expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

sábado, 24 de setembro de 2016

São Tomé – P.M. Patrice Trovoada, fala na ONU com plateia vazia, em francês com sotaque gabonês - onde é natural – pra hipotecar o país em mais uns milhões “às nações desenvolvidas”– FMI diz que o seu país atingiu o limite em termos de endividamento” mas ele continua a gastar balúrdios em centenas de passeatas – Que justifica: "As pessoas têm que saber onde é que está São Tomé e Príncipe" - Este ano, Portugal, confiou-lhe 66,5 milhões de euros - Volta do Cacau em ciclismo conhece primeira interrupção – Não há “cacau” para 30.000 euros, há para extravagantes viagens de largos milhares.

Por Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e Análise

Em 2015, apenas esteve no país 75 dias, desbaratando dinheiros públicos  que custaram 1 milhão e 800 mil euros, Gastos que tanto jeito dariam a alguns milhares de famílias  - Uma só viagem pagaria a popular volta de ciclismo do Cacau, que agora é interrompida por falta de apoios necessários

PATRICE TROVOADA- DISCURSO PARA UMA PLATEIA VAZIA  - SEM A PRESENÇA DE NENHUM CHEFE DE ESTADO OU PRIMEIRO MINISTRO 




Ele bem encenou a sua performance , sempre com o ajudante campo atrás, como se fosse Chefe de Estado, mas, pelos vistos, de nada lhe valeu.

Azar das arábias: pois consta-se que teria saído muito contristado pelo facto de ter estado a falar para uma enorme plateia, praticamente vazia, tal como documentam  as imagens - Sem a presença de qualquer Chefe de Estado ou Primeiro-Ministro 


Mas vamos ao mais relevante: - Já com Patrice ausente no Estrangeiro, onde, o empresário-governante, tem passado a maior parte do tempo, nas suas tornês misteriosas, desconhecendo-se se são pela causa pública ou para defesa dos seus negócios pessoais,  o FMI afirmou  “que o país já atingiu o limite em termos de endividamento. «São Tomé e Príncipe tem uma  dívida bastante elevada”. O que implica que deve haver muito controlo no tipo de empréstimos que tenta obter», afirmou o chefe da delegação do FMI” 

PORTUGAL PARECE  NÃO SE IMPORTAR EM CEDER AOS  TROVOADAS NO PODER 


Maria do Carmo Trovoada - CPLP?
Essas contas do FMI pelos vistos, não é preocupação do Governo Português, cede no que for preciso  

-  A primeira cedência começou pela nomeação de Maria  do Carmo Trovoada para secretária do CPLP , que esteve envolta em polémica, com Portugal e São Tomé e Príncipe a reclamarem o direito de indicar o sucessor de Murargy,

E agora está solidário com os apoios de milhões a  Patrice Trovoada, tal como esteve nos anos 80, Mário Soares, à prisão  de Miguel Trovoada, pai do atual  Primeiro-Ministro  - E não hesita em desfazer-se de milhões, cedidos a um Governo, que está longe de oferecer o mínimo de credibilidade 30/07/2016 Linha de crédito de 10 milhões vai apoiar investimento português em ... 02/09/2016  Novo programa de cooperação Portugal-São Tomé envolve 57,5 .primeira cedência começou pela nomeação de Maria  do Carmo Trovoada, que esteve envolta em polémica, com Portugal e São Tomé e Príncipe a reclamarem o direito de indicar o sucessor de Murargy,.

PRIMEIRO-MINISTRO SANTOMENSE OPTA POR FALAR EM  FRANCÊS COM SOTAQUE DO GABÃO, PAÍS DA SUA ORIGEM -  Exemplo a seguir pela sua prima Maria do Carmo Trovoada a futura Secretária Executiva da CPLP  - Se é assim que querem impor o Português, como língua oficial, então sigam por esse caminho, que vão bem   - Claro que um mau exemplo nunca vem só -  Até houve quem falasse em inglês mas os exemplos ficam para quem os pratica

Este papel deveria ter sido desempenhado pelo atual Presidente da República, Evaristo Carvalho (este dificilmente falaria noutra língua), eleito pela partido que detém o poder, mercê de  um processo eleitoral fraudulento promovido  pelo seu  governo - Mas era justamente isto o que, o espírito vaidoso, de hábil ilusionista  Patrice Trovoada, pretendia concretizar: - ou seja, eleger apenas uma figura decorativa na Presidência da República e fazer dele a sua marioneta  - Não apenas para a "constituição do lóbi para as as reformas", ultra-liberais, que pretendia impor mas também para justificar as suas constantes passeatas por vários países do mundo.

Vejam só: um país que tem na comunidade lusófona, os seus principais parceiros a nível de cooperação, renega a língua comum e opta pelo francês com  sotaque gabonês  -

 "No seu discurso, de cerca de nove minutos, em francês, e não em português como a maioria dos restantes líderes de países de língua portuguesa, o primeiro-ministro são-tomense, garantiu que  "Nós, governo, fazemos a nossa parte. Promovemos atos e reformas e obtemos resultados. Mas convidamos também as nações desenvolvidas a garantir que o seu compromisso com o financiamento do desenvolvimento sustentável é respeitado", São Tomé e Príncipe pede aos países desenvolvidos que cumpram financiament

Téla Nón - O primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, falou na Assembleia Geral da ONU nesta sexta-feira no 4º dia do Debate Geral da 71ª Assembleia Geral da ONU.Ouça o discurso na íntegra. Tempo: 8’58ºhttp://www.telanon.info/politica/2016/09/24/22813/discurso-na-assembleia-geral-patrice-trovoada-em-frances/
VÍDEO  COM IMAGENS DE PATRICE COM ALI BONGO

LIBREVILLE, Gabon, June 14, 2016/ —  His Excellency Ali Bongo Ondimba, alongside the Prime Minister of São Tomé and Príncipe, Patrice Trovoada, recently inaugurated the Moanda School of Mining and Metallurgy (known as E3M) in the Haut-Ogooué province. President Ali Bongo inaugurates the Moanda School o



Thursday, 27 June 2013. Head of State Ali Bongo Ondimba grants an audience to Mr Miguel Trovoada, the executive secretary of the Gulf of Guinea Commission. The former President of Sao Tomé y Principe discussed the problem of maritime piracy in Africa with the Gabonese leader. Head of State Ali Bongo Ondimba grants an audience to Mr Miguel ...

Omar Bongo,  Governou o Gabão, desde 1967 e  ao longo de 42 anos, e, não foi mais longe porque a morte o surpreendeu, no dia 9 de Junho de 2009, aos 74 anosmas deixou cerca de 30 filhos para perdurar  a sua dinastia .

Durante o seu reinado, “estabeleceu uma dinastia e um clientelismo que acabaram por tornar o Gabão em seu refém e país de um homem só. Por isso, Bongo considerava-se o messias dos gaboneses. Embora não tivesse pressa nenhuma de deixar o poder, ele estava já a preparar o seu filho, Ali Bem Bongo, ministro da Defesa, para sucedê-lo.

Omar Bongo fez do Gabão uma espécie de quinta privada. Tudo no país girava em torno dele e da sua família e seus bajuladores. - É o que pretende fazer de S. Tomé e Príncipe. Patrice Trovoada 

MILHÕES DESPERDIÇADOS – MAS NÃO SOBRAM 30 MIL EUROS PARA A TRADICIONAL PROVA DE CICLISMO

Refere noticia do Téla Nón, que “Depois das seis edições, a Volta do Cacau conhece este ano a primeira interrupção, justificada pelo presidente da Federação do Ciclismo, Tiziano Pisoni, com o facto de não reunirem a verba suficiente para a materialização da sétima edição.

“Infelizmente no ano passado não conseguimos cobrir todos os custos relacionados com a organização da  Volta do Cacau cujo orçamento rondou por volta dos 30.000 euros com um número de 40 a 45 participantes”.

“Realmente é uma pena porque desde o início do ano recebemos muitos pedidos de participação, pois a Volta do Cacau está a começar a entrar no calendário desportivo internacional e uma interrupção pode comprometer todo o progresso conseguido nos últimos anos”. Lamentou Pisoni.

STP sem Volta do Cacau | Téla Nón


TIZIANO PISONI


 Tal como já referimos neste site –  Tiziano Pisoni,fundador e Presidente da Federação de Ciclismo de São Tomé e Príncipe, e também Presidente e Organizador da Volta do CACAU em bicicleta, prova rainha do ciclismo  santomense, e já com projeção internacional, cuja VI edição, se realizou de 27 a 30 de Agosto, com a a participação de ciclistas de São Tomé e Príncipe, Portugal, Angola e Cabo Verde  - Sim, ,  bastaria o sucesso da organização e promoção deste evento  da  Volta do Cacau para o tornar famoso e admirado. Visto já ser  considerado  um dos acontecimentos  desportivos de maior relevância no panorama são-tomense, tanto para o ciclismo local, como oportunidade para a divulgação  do desporto em geral

Porém,  o passado de cooperação, de  Tiziano Pisoni, é  bastante mais amplo, frutuoso e  multifacetado - Chegou a São Tomé, em 1992, como cooperante de ONG ALISEI – Uma associação para a Cooperação Internacional, com sede em Milão - Itália, mas com escritórios descentralizados em muitos países do continente Africano, já presente em São Tomé desde 1986.

Sem dúvida,  trata-se de um dos mais antigos e prestigiados rostos da Cooperação, em  São Tomé e Príncipe –  Exemplo de dedicação, de empreendedorismo e de paixão por esta terra e as suas gentes  -  Um caso singular a nível dos cooperantes internacionaisde experiencia multifacetada e enriquecedora, tanto pessoal como profissional, que, segundo confessa, surge um pouco por acaso. - Mais pormenores http://www.odisseiasnosmares.com/2015/09/em-sao-tome-tiziano-pisoni-o-italiano.html


PATRICE O INVETERADO VIAJANTE - NOS ÚLTIMOS DOIS MESES, PASSOU A MAIOR PARTE DO TEMPO FORA DO SEU PAÍS

Patrice Trovoada, continua a ser o viajante inveterado, desbaratando milhões em viagens, num país de pensões de 20 euros e ordenados mínimos  de 60 mensais  - Quer na primeira legislatura, de 2010 – 2012, interrompida a meio, devido a acusações graves, quer na segunda, que venceu por maioria absoluta em 2014, mercê da instituição dos seus “banhos públicos”, de empresário milionário – A oposição disse que, no ano passado, só esteve 75 dias no país e gastou cerca de 28 mil euros, em cada viagem oficial que efetua ao estrangeiro, num total de  milhão e 800 mil euros, gastos pelo Primeiro-ministro em viagens oficiais durante o ano 2015. 07/01/2016 –Patrice só cá esteve 75 dias em 2015- Viagens custaram 1 milhão e ...07/01/2016

DANTES JUSTIFICAVA QUE ERAM DESPESAS SAÍDAS DO SEU BOLSO E AS QUE ERAM PAGOS PELO ESTADO, CONSTITUÍAM UMA NINHARIA

Em 03/04/2013 . antes de voltar a ser eleito-  numa entrevista, foi_lhe colocada esta pergunta: Continua a viajar pelas Américas, Ásia, África e Europa. São as simpatias granjeadas que têm custeado as suas viagens? Eu continuo a viajar sem o dinheiro do Estado, como eu digo, sabe a promoção da imagem do país é fundamental. As pessoas têm que saber onde é que está São Tomé e Príncipe, quê que São Tomé e Príncipe tem a dar ao mundo. E a política de mão estendida, de pedinte, já não resulta.(…) Eu continuo a viajar. E sabe. Eu fiz as contas (…) custaram uma ninharia. Uma ninharia. As viagens do Patrice Trovoada, Primeiro-Ministro, custaram ao Estado em média cada viagem qualquer coisa como seis mil euros"

Pergunta - Nessas viagens, teve encontros com dirigentes políticos, homens de negócios e responsáveis de organismos internacionais, e na hospitalidade à santomense, também recebeu individualidades do mundo da política e de negócios em São Tomé e Príncipe. Que benefício para o povo são-tomense?

Resposta  - Essas viagens tiveram resultados. Se nós olharmos para tudo aquilo que foi dito em relação aos organismos internacionais tiveram resultados. Se nós olharmos, de facto, o interesse dos investidores, tiveram resultados. Se vamos olhar as estatísticas, quantas empresas estrangeiras visitaram São Tomé e Príncipe? Hum! Quantas delegações visitaram São Tomé e Príncipe?


PATRICE TROVOADA NA ENTREVISTA À RTP DIZ QUE O PRESIDENTE EVARISTO FAZ LÓBI COM O GOVERNO PRÁS REFORMAS NECESSÁRIAS



Na entrevista, que recentemente  deu   à  RTP disse que, o novo Presidente da República, eleito pelo seu partido é o  Presidente de todos os santomenses  - Ele sabe (todo o mundo sabe, em S. Tomé ) que é uma rotunda falsidade - Não se enganou foi quando disse que, "será mais uma instituição que vai fazer  lobi com o Governo  para os santomenses entenderem que estas reformas são absolutamente  necessárias para a modernização da nossa economia" - Porque - segundo diz - as reformas nunca são pacificas - Claro, quando defendem grandes interesses  liberais que não propriamente  os das populações, embora ele alegue que as serve. http://www.rtp.pt/noticias/mundo/aceitamos-a-guine-equatorial-na-cplp-e-temos-de-o-assumir_v947809

PT AFIRMOU NA MESMA ENTREVISTA QUE ANTÓNIO COSTA VIAJA MAIS DO QUE ELE - Em 2011 - Alegava que fazia viagens privadas e públicas

Na primeira legislatura, quando teve  dar o fora antes de que fosse engavetado, alegava à oposição que era ele que suportava as despesas das viagens privadas - As que não não eram como PM: - Alegando que tais  viagens tinham a ver "com a maneira de viver e os hábitos de cada um" - Agora é tudo promocional

06-junho 2011 – Questionado pela oposição «Temos assistido a um entrar e sair constante seu e da sua família, Senhor Primeiro Ministro. As vezes mais de uma vez por semana em aviões privados. Não o vimos a andar em aviões de carreira. Gostaríamos de saber como são financiadas essas viagens. São pagas com recursos públicos? Se sim, como? Através do OGE? Se não quem financia e a troco de quê?», interrogou.

Dizia ele :- «Toda gente sabe que Patrice Trovoada costuma viajar muito. Não Patrice Trovoada primeiro-ministro. Aliás a maneira de se viver, os hábitos de cada um quando tocam a esfera pública tem-se que prestar contas e há mecanismos de prestação de contas. Por isso convido os deputados a verem se de facto nalgumas dessas viagens quais forem aquelas em que foram utilizados fundos públicos e quais são aquelas que correspondem simplesmente a uma maneira privada de viver e de operar que é própria minha», declarou Patrice Trovoada. Téla Nón  http://www.telanon.info/politica/2011/01/06/6011/primeira-prova-de-fogo-de-patrice-trovoada-no-parlamento/

PATRICE É COMO O BICHO CARPINTEIRO - ESTE  NÃO PARA DE ESCARAFUNCHAR; , PATRICE NÃO PARA DE VIAJAR  Em 2015, apenas esteve no país 75 dias, desbaratando dinheiros públicos  custaram 1 milhão e 800 mil euros Patrice só cá esteve 75 dias em 2015- Viagens custaram 1 milhão e   Gastos que tanto jeito dariam a alguns milhares de famílias 

Em 2016 vai pelo mesmo caminho  - Agora já vem dizer que "são viagens promocionais, absolutamente necessárias, dando como exemplo quantas vezes Holand e  Merkel estão  juntos!... Mas se é cumpliciado poderão dizer quantas vezes, António Costa, sai de Portugal. O mundo mudou e nós temos de ter presente uma coisa: a promoção é fundamental" 

Sim, em viagens altamente dispendiosas, num pais dos mais pobres de África, com reformas de 20 euros mensais e ordenados munimos de 50 a 60 euros, que vive essencialmente dos subsídios  externos e que desbarata, perdulariamente, em passeatas que nunca é claro se são em nome do interesse público ou do empresário misterioso, com alegados negócios em várias partes do mundo. Hábil na sua promoção pessoal -  Encontra sempre quem lhe  faça o jogo  São Tomé e Príncipe: mudança e estabilidade | Público 

HÁBEIS MANOBRADORES PARA OS QUAIS NUNCA FALTAM FUNDOS - POIS QUEM OS CONCEDE SABE QUE A GROSSA FATIA TOCA AOS SEUS 

FAO doa 354 mil dólares a STP para sector de pescas
 22.09.2016 – O governo são-tomense, e a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, (FAO), assinaram esta última quarta-feira, um acordo de cooperação no âmbito do projeto de apoio a melhoria da conservação dos produtos ali- éticos em São Tomé e Príncipe, orçado em cerca de “354 mil dólares”, com a duração de dois anos – Fonte Jornal Transparência 

terça-feira, 20 de setembro de 2016

SÃO TOMÉ - HELPO QUER DAR SAPATINHOS USADOS ÀS CRIANCINHAS - A hipocrisia disfarçada da caridadezinha enganosa e lucrativa das ONGs, que ninguém controla - Em STP há 200 - Recebem milhões para darem esmolinhas - Dão uma morcela para ficarem com um salpicão - Ainda para mais calçado usado e talvez até contaminado - Portugal concede " um envelope financeiro de 57,5 milhões, depois dos 10 milhões da CGD." - E para onde vão? Para as extravagantes viagens de um Primeiro-Ministro que passa mais tempo no estrangeiro que no seu país . Mas à RTP alega que, António Costa, ainda viaja mais.

Por Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e Análise 

GOVERNO PORTUGUÊS ATUAL APTO A DAR OS MILHÕES DE QUE PRECISA O GOVERNO DOS TROVOADAS PARA AS SUAS EXTRAVAGÂNCIAS - O FMI considera que o país já atingiu o limite em termos de endividamento. «São Tomé e Príncipe tem uma dívida bastante elevada. O que implica que deve haver muito controlo no tipo de empréstimos que tenta obter», afirmou o chefe da delegação do FMI, que veio a São FMI - “São Tomé e Príncipe tem dívida bastante elevada”´ | Téla Nón  ..30/07/2016 Linha de crédito de 10 milhões vai apoiar investimento português em ... 02/09/2016  Novo programa de cooperação Portugal-São Tomé envolve 57,5 ...


A CARIDADE HIPÓCRITA E ENGANOSA

As criancinhas mais desfavorecidas de  S. Tomé - e são  a esmagadora maioria - vão poder calcar saptinhos usados por dádivas recolhidas pela  HELPO -  Mais uma das muitas  associações que, sob o rótulo   de atvidades sociais, sem fins  lucrativos. à sombra  das hipócritas boas intenções, servem interesse privados: recebendo balúrdios de fundos para depois darem uns sapatinhos usados - E se calhar mal cheirosos e contaminados de pé de atleta  ou de outras bactérias ,  -  Eis, no fundo,  a finalidade de mais uma das últimas ações da chamada HELPO,sediada em Cascais, na cidade das tão generosas e  afamadas tias . 

Actividades estas que deveriam competir ao Estado, são delgadas a privadas, mas com dinheiros públicos  - Por isso, toca de enviar milhões (Portugal, ainda agora (além concedeu uma linha de crédito de 57 milhões,  a um Governo, fraudulento e  corrupto, que controla todos órgãos de soberania e   as principais instituições, isto,  porque, os lóbis, tanto em Portugal, como nas Ilhas Verdes do Equador, entendem-se, mutuamente, nas suas cumplicidades, são poderosos e, estando na politica, é para se encherem e nunca por amor às causas sociais, em minorar a fome e a  miséria   dos desgraçados cidadãos, senão com vista a  promoverem ainda mais as suas negociatas e desvios, 


 Este é apenas o pretexto, que serve, como luva, os desígnios de um Governo sem credibilidade, cujo Primeiro-Ministro, passa o tempo a viajar, com uma agenda mais misteriosa de que transparente.. 



PATRICE TROVOADA NA ENTREVISTA À RTP DIZ QUE O PRESIDENTE EVARISTO FAZ LÓBI COM O GOVERNO PRÁS REFORMAS NECESSÁRIAS



Na entrevista, que recentemente  deu   à  RTP disse que, o novo Presidente da República, eleito pelo seu partido é o  Presidente de todos os santomenses  - Ele sabe (todo o mundo sabe, em S. Tomé ) que é uma rotunda falsidade - Não se enganou foi quando disse que, "será mais uma instituição que vai fazer  lobi com o Governo  para os santomenses entenderem que estas reformas são absolutamente  necessárias para a modernização da nossa economia" - Porque - segundo diz - as reformas nunca são pacificas - Claro, quando defendem grandes interesses  liberais que não propriamente  os das populações, embora ele alegue que as serve. http://www.rtp.pt/noticias/mundo/aceitamos-a-guine-equatorial-na-cplp-e-temos-de-o-assumir_v947809

PT AFIRMA QUE AS VIAGENS SÃO PROMOCIONAIS E QUE ANTÓNIO COSTA VIAJA MAIS DO QUE ELE - Em 2011 - Alegava que fazia viagens privadas e públicas

Na primeira legislatura, quando teve  dar o fora antes de que fosse engavetado, alegava à oposição que era ele que suportava as despesas das viagens privadas - As que não não eram como PM: - Alegando que tais  viagens tinham a ver "com a maneira de viver e os hábitos de cada um" - Agora é tudo promocional
06-junho 2011 – Questionado pela oposição «Temos assistido a um entrar e sair constante seu e da sua família, Senhor Primeiro Ministro. As vezes mais de uma vez por semana em aviões privados. Não o vimos a andar em aviões de carreira. Gostaríamos de saber como são financiadas essas viagens. São pagas com recursos públicos? Se sim, como? Através do OGE? Se não quem financia e a troco de quê?», interrogou.

Dizia ele :- «Toda gente sabe que Patrice Trovoada costuma viajar muito. Não Patrice Trovoada primeiro-ministro. Aliás a maneira de se viver, os hábitos de cada um quando tocam a esfera pública tem-se que prestar contas e há mecanismos de prestação de contas. Por isso convido os deputados a verem se de facto nalgumas dessas viagens quais forem aquelas em que foram utilizados fundos públicos e quais são aquelas que correspondem simplesmente a uma maneira privada de viver e de operar que é própria minha», declarou Patrice Trovoada. Téla Nón  http://www.telanon.info/politica/2011/01/06/6011/primeira-prova-de-fogo-de-patrice-trovoada-no-parlamento/

PATRICE É COMO O BICHO CARPINTEIRO - ESTE  NÃO PARA DE ESCARAFUNCHAR; , PATRICE NÃO PARA DE VIAJAR  Em 2015, apenas esteve no país 75 dias, desbaratando dinheiros públicos  custaram 1 milhão e 800 mil euros Patrice só cá esteve 75 dias em 2015- Viagens custaram 1 milhão e   Gastos que tanto jeito dariam a alguns milhares de famílias 

Em 2016 vai pelo mesmo caminho  - Agora já vem dizer que "são viagens promocionais, absolutamente necessárias, dando como exemplo quantas vezes Holand e  Merkel estão  juntos!... Mas se é cumpliciado poderão dizer quantas vezes, António Costa, sai de Portugal. O mundo mudou e nós temos de ter presente uma coisa: a promoção é fundamental" 

Sim, em viagens altamente dispendiosas, num pais dos mais pobres de África, com reformas de 20 euros mensais e ordenados munimos de 50 a 60 euros, que vive essencialmente dos subsídios  externos e que desbarata, perdulariamente, em passeatas que nunca é claro se são em nome do interesse público ou do empresário misterioso, com alegados negócios em várias partes do mundo. Hábil na sua promoção pessoal -  Encontra sempre quem lhe  faça o jogo  São Tomé e Príncipe: mudança e estabilidade | Público 

SERÁ QUE ANTÓNIO COSTA SABERÁ A QUEM VAI CONFIAR OS MILHÕES OU QUERERÁ PROTEGER MAIS UM TROVOADA, COMO JÁ O FEZ MÁRIO SOARES?  -  Depois de terem ajudado a colocar a Prima na CPLP - Maria do Carmo Trovoada a futura Secretária Executiva da CPLP  Se não está a par disso, o Primeiro-ministro português,, deverão estar com certeza os lóbis  para os quais o que conta são os cifrões.Presença de deputados portugueses em São Tomé "é uma vergonha"   


Na altura em que as desavenças, entre os dois fundadores históricos do MLSTP, Manuel Pinto da Costa e Miguel Trovoada, chefe do Governo, se extremaram, culminando  com a prisão deste, o então  líder socialista veio a público  - e através de várias instâncias internacionais - atacar um e defender o outro, sem todavia se inteirar bem das razões: ou antes, fê-lo porque, no ponto de vista do que a media apregoava, Manuel Pinto da Costa, principal líder do MLSTP, era tido como marxista, pelo facto do Movimento de Libertação de STP, ter tido o  apoio do bloco leste e dos países Não Alinhados , enquanto Trovoada, era tido como liberal pró-ocidental, se bem que, quando foi votada a nova constituição instituindo o pluralismo, ele votasse contra e se opusesse

Manuel Pinto da Costa e Miguel Trovoada

Por isso, em vez de se esbaterem, a  que se assiste?... Acicatarem-se ainda  mais: por um lado, temos, João Soares, envolvido, em frequentes ataques a José Eduardo dos Santos, posicionando-se ao lado da UNITA, e , agora, em S. Tomé, o Governo de António Costa, a apadrinhar um Governo da tribo Trovoada, fundadora da ADI, partido de maioria absoluta, conquistada pela fraude por um empresário milionário Empresário misterioso chega ao poder em São Tomé  e da riqueza acumulada por seu pai nos altos cargos (governação, petróleo, ONU) entre outros.

Milhões gastos em viagens e o Povo a viver em pocilgas 

É certo que o antigo país colonizador, nunca deixou de apoiar o jovem pais - o mais pequeno  e mais pobre das antigas colónias que ascenderam à independência -  tal como o tem feito outros países,  mas então agora, com os Trovoadas a ascenderem à liderança da CPLP e a  dominarem por completo todas as instituições,em STP,  é que os cofres do Estado Português, vão ser mãos largas?!... Ainda se fosse em beneficio das populações!... Mas não é -

 Palavras de Trovoada à RTP -  O primeiro-ministro explicou na RTP que São Tomé e Príncipe beneficia há muitos anos do apoio de Portugal, tentando-se agora ir mais longe. O país pretende ainda, com a ajuda de Portugal, fazer reformas institucionais consideradas necessárias, nomeadamente para reduzir a burocracia" (... ) e a de forma a reduzir custos e combater melhor a corrupção" 

Tal pai, tal filho - Miguel Trovoadanão me parece que seja um belo exemplo politico a seguir: conflituoso, autoritário e arrogante, na Governação de S. Tomé e Príncipe e péssimo nos lugares que desempenhou fora do seu país, nomeadamente na Guiné-Bissau  TROVOADA - UM PROSTITUTO EM BISSAU  Quando me recebeu no seu gabinete,  perguntou-me a minha opinião, nestes termos: "Camarada, Jorge! O nosso camarada, Pinto da Costa,  quer que S. Tomé adira ao  Movimento Não Alinhado –  "Trovoada, que era de tendência liberal, já mais enamorado pelo fascínio do el-dourado  americano, manifestava a sua discordância achando que era uma cedência  aos comunistas -  Bom, lá falámos um pouco sobre o assunto, ficando com a impressão de que não tardaria por ali haver algumas fissuras - E não me enganei, Neste interessante artigo do Téla Nó, são explicadas - As versões de Pinto e de Trovoada sobre os acontecimentos de 1978 ..


OUÇA AS PALAVRAS DE TROVOADA, NESTE VÍDEO VERTIDAS DE RESSENTIMENTO E ÓDIO - 1975

 


COMO ELE SE CONTRADIZ – TROVOADA UM DOS POLÍTICOS QUE  MAIS ÓDIO VERTEU CONTRA O PAÍS COLONIZADOR E SE OPÔS AO REFERENDO EM 23 DE AGOSTO DE 1990 PELA ABERTURA AO SISTEMA MULTIPARTIDÁRIO 

11/06/2015 Em entrevista à DW África, o ex-Presidente são-tomense assume que houve erros desastrosos após a independência - cometidos por inexperiência governativa e devido à fragilidade da estrutura económica.

Sabíamos perfeitamente que a independência não era a meta final, era uma etapa. Mas os mecanismos do desenvolvimento foram mais difíceis.  Trovoada sublinha que o poder deve ser um instrumento de realização das aspirações do povo são-tomense e não para a satisfação de pequenos interesses pessoais ou de grupos.″A independência não era a meta final, era uma etapa″, diz Miguel

Combater a corrupção?!.... Daria vontade de rir se tal afirmação  não fosse tão falsa e patética!

Num pais, em que, a Justiça está completamente na sua órbita politica, às ordens de  um Juiz (antigo homem forte das policias) que é simultaneamente Presidente  do Supremo Tribunal de Justiça, do Tribunal Constitucional e do Tribunal Tributário, e outras instituições judiciais! Sim, que é cúmplice, com os desígnios de Trovoada,  da monstruosa fraude presidencial! - O mesmo PM, na altura da polémica levantada à volta dos saneamentos políticos judiciais, veio afirmar que  os juízes considerados medíocres nos resultados da inspeção aos magistrados judiciais, poderão ser uteis em outros sectores do país.Se não tem aptidão podem fazer outra coisa. O governo está disponível para coloca-los noutro sector, não são pessoas inválidas. São pessoas que para determinada função foram consideradas inaptas. E qual é o problema?», afirmou o Chefe do Governo.Patrice- “Juízes medíocres podem ser úteis noutros sectores” | Téla Nón

O mesmo primeiro-ministro que, depois de ter saneado juízes por razões politicas,  quer mandar prender os  juízes santomensses pelo facto destes terem feito cumprir as lei com o aprisionamento de dois barcos  petroleiros, que foram apanhados nas suas águas territoriais a fazer transfega ilegal de combustível e de equipamentos, a que, agora, uma decisão do Tribunal Arbitral de Haia, haveria de   dar outra interpenetração, colocando -se ao lado do Governo Maltez e da Máfia Internacional -http://www.telanon.info/destaques/2016/09/19/22783/mau-demais/  ..E neste site em http://www.odisseiasnosmares.com/2016/09/mafia-global-virada-pro-golfo-da-guine.html
  
Na última semana antes de deixar o país rumo a uma tournée Euro-americana, Patrice Trovoada Primeiro-ministro e Chefe do Governo, fez uma denúncia grave contra a classe dos jornalistas são-tomenses, ao confundir o nome de uma gente da guarda presidencial do anterior presidente da República, com um jornalista http://www.telanon.info/politica/2016/09/16/22766/patrice-equivocou-se/



HABILIDADES DE PATRICE  - Escândalo espreita o Banco Central Tudo por causa do procedimento alegadamente inconstitucional, e pouco transparente adoptado pelo Banco Central para emissão de novas notas da moeda nacional, a dobra. http://www.telanon.info/politica/2016/04/18/21615/escandalo-espreita-o-banco-central/

07/06/2013 Forte suspeita de lavagem de dinheiro recai sobre  Patrice Trovoada
 “A pessoa em causa também assina o recibo confirmando a recepção do montante em cash. Levou o dinheiro para o Gabão, para ser depositado na conta número 81011146011-03, devidamente especificada no recibo. O LEITOR DEVE CONSULTAR O RECIBO QUE INDICIA LAVAGEM DE DINHEIRO CLIQUE –RECIBO DA TRANSACÇÃO  Téla Nón - Forte suspeita de lavagem de dinheiro recai sobre o ex-Primeiro ...
«STP tem “organizações criminosas com ligações a células que actuam em países estrangeiros”»STP tem “organizações criminosas com ligações a células que ...

CARIDADE HIPÓCRITA QUER OFERECER  CALCADO USADO ÀS CRIANÇAS 

TSF - 19 DE SETEMBRO DE 2016 - 15:54 Nestes países, um par de sapatos pode impedir crianças de frequentar o ensino secundário. “HELPO quer calçar crianças de Moçambique e São Tomé (…)Nos dois países, nas zonas rurais, há centenas de crianças nestas condições e a taxa de insucesso escolar é muito elevada. A organização não governamental HELPO decidiu por isso lançar uma campanha nacional de recolha de sapatos.

A campanha decorre até ao dia 16 de outubro. Os sapatos podem ser entregues na sede na organização HELPO em Cascais e em Ermesinde e também em várias empresas e clubes desportivos que se associaram à iniciativa.  Esta a noticia no site da  TSF, que não aceita comentários incómodos) falsa caridade divulgada  através das redes sociais (e na media) que serve a propaganda hipócrita de interesses disfarçados: ou de promoções publicitárias ou para servirem a manutenção de autênticos chorudos negócios, formas parasitárias de uns punhados de oportunistas, fazerem vida luxuosa e folgada sob capa de generosas almas. HELPO quer calçar crianças de Moçambique e São Tomé

PROPAGANDA DA HELPO – Em Outubro de 2006 a Helpo converteu-se numa Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD), devidamente reconhecida como tal pelo IPAD (Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento) e hoje dá continuidade a um trabalho constante, assegurado por equipas estabelecidas permanentemente no terreno, junto das comunidades com as quais e pelas quais trabalha.

É já no dia 16 de outubro que tem lugar a 6ª Corrida Solidária Internacional Helpo, a favor da Erradicação da pobreza. Este ano, a prova acontece em 7 cidades: Oeiras, Vila Real, Maputo, Nampula, Pemba, Ilha de Moçambique e São Tomé, com um desafio acrescido: uma recolha de ténis, novos ou usados, para as crianças beneficiárias dos nossos programas de apoio em Moçambique e São Tomé e Príncipe.

Parte dos ténis serão entregues pessoalmente pelos padrinhos desta iniciativa Francis Obikwelu e Dulce Félix, no dia 30 de outubro, data da prova em Moçambique.

  Em parceria com a Helpo, a Green Media lançou a “SHOE BOX”, que tem como objetivo a recolha de calçado (ténis, sapatos abertos e alpercatas) do tamanho 25 ao 45, para as crianças que a Helpo apoia em Moçambique e São Tomé e Príncipe. Esta ação irá contar com a participação de várias marcas e meios de comunicação social, com a finalidade de combater a taxa de insucesso escolar nestes países, sendo que uma das razões deste problema social é a carência notória de calçado. 
A ação termina no dia 16 de Outubro, com a 6ª edição da Corrida Solidária Internacional Helpo (inscrições em corridasolidaria.helpo.pt). http://www.helpo.pt/

TUDO ISTO NÃO PASSA DE FORMAS DISFARÇADAS DE DISTRIBUIR TACHOS A CORRELEGIONÁRIOS PARTIDÁRIOS – QUE VIVEM À SOMBRA DAS ONG

Mais umas discursatas para fazer de conta, que o trabalho e  em prol das populações,  é sério, prático e bem intencionado ~7 de Setembro 2016 - No quadro do projecto “Futuros Criativos: Economia Criativa como Estratégia de Desenvolvimento em Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe”, financiado pela Fundação Portugal África e Cooperação Portuguesa, a FONG-STP realizou uma formação em Técnicas de Gestão de Rendas destinada aos músicos, grupos culturais, artesãos, produtores musicais, etc. A formação dinamizada pela Incubadora de Empresas de Base Alargada de São Tomé e Príncipe permitiu munir 13 actores no dominio da economia criativa de instrumentos que permitam gerir da melhor maneira a sua renda e organizar os seus negócios. https://www.facebook.com/Federa%C3%A7%C3%A3o-das-ONGs-em-S%C3%A3o-Tom%C3%A9-e-Pr%C3%ADncipe-249383918425584/

FONG-STP e ACEP falaram sobre a conferência internacional Sociedade Civil e Governação no programa da tarde da Televisão Santomense "Há tarde na TVS", hoje, segunda-feira, 27 de junho. Esteve também presente o representante da Plataforma das ONG de Cabo Verde.

UM PADRE QUE FAZIA VIDA FAUSTOSA - DE UM ONG FALIDA NA ILHA DO PRINCIPIE 

Soraia Ramos – RTP 15 Abr, 2016,  Padre preside a ONG falida mas é acusado de gastos sumptuários
A organização "Ligar à Vida", do padre Arsénio Isidoro, é uma ONG de espírito católico que não só deu sempre prejuízo como foi à falência e deixou ao abandono crianças e idosos da ilha do Príncipe.
Em contrapartida, o pároco é acusado de levar uma vida de luxo, mas recusa qualquer comentário. O Sexta às 9 descobriu que, só em Príncipe, o padre Arsénio Isidoro tem um barco de recreio e tentou construir uma moradia, em frente à praia, através de um negócio ilegal.

O Patriarcado alega desconhecer todos estes factos, mas admite abrir um processo canónico que pode levar à suspensão ou, em último caso, à demissão de todas as funções religiosas exercidas por este padre. Padre preside a ONG falida mas é acusado de gastos ... - RTP

NEGOCIATAS DAS ARÁBIAS À SOMBRA DA ÁRVORE DAS PATACAS DA  CARIDADE 

16/04/2016 A Humana é uma organização sem fins lucrativos mas movimenta mais de três milhões e meio de euros por ano. A fonte de tanto rendimento são as roupas entregues em contentores espalhados por todo o país, segundo uma investigação realizada pela "RTP".

Do que é colocado nos contentores só 13% segue para as alegadas missões humanitárias que sustentam o projecto, mas que ninguém fiscaliza, revela a estação pública. A roupa é antes encaminhada para as lojas do grupo.

No Natal passado a Humana assinou um protocolo com o Instituto de Apoio à Criança. A parceria permitiu-lhe usar a imagem da instituição em diversos contentores. 
Confrontada com estas revelações a instituição liderada por Manuela Eanes já garantiu que irá rever esta parceria.

A Humana está presente em Portugal desde 1998 e existe em 43 países. Já foi acusada várias vezes de pertencer a uma seita com motivações económicas, que pratica fraudes e tem rasto de contas offshore.  Peças de roupa usada à venda em Portugal provêm de peças doadas ...

Estas palavras, que a seguir transcrevo, dir-se-ia subsumirem as minhas e de todos aqueles que não embarcam nesta hipócrita caridade – Vem inseridas nos comentário de um artigo, sob p titulo Helpo - 
O nosso mundo é humano, assinado por  Guilherme do Carmo, a propósito da falsa caridade natalícia Natal!! Época de sonhos, fantasia, presentes e alegria!! E... no topo do pinheirinho, hipocrisia...
Dar, receber, dar, receber, o rebuliço dos presentes, às vezes não recebemos e ficamos discretamente intrigados. Altura remotamente pré-definida para pelo menos uma vez no ano tentar ou fingir ser generoso”

Mais adiante, no comentário de um leitor, diz-se o seguinte

Claro que as campanhas solidárias são necessárias, o pior são aqueles que á sombra da solidariedade se estão a "governar", vem-me á lembrança uma daquelas ONG's em que os seus responsáveis estavam ligados ao trafico de crianças, portanto no melhor pano cai a nódoa e de boas intenções está o inferno cheio. Por exemplo ontem, ex- dia da mãe, fui à missa, saudamo-nos na paz de Cristo, quando saí da igreja assisti ao bate-papo de umas paroquianas que se travaram de razões por causa de um problema de miúdos na escola, olha pro que eu digo, não olhes pro que eu faço...amen!
Como enfermeiros somos sensíveis e portanto cada um, nestas campanhas de solidariedade...seja feita a sua vontade...mas admito que o nosso altruísmo acabe por ser um defeito e não uma virtude! Talvez por isso, nos sentimos uns heróis pelo altruísmo mas no final da história não passamos de uns heróis mortos enquanto os cobardes vivos se pavoneiam pelo local de trabalho...têm dúvidas?
A tanga oportunista deste comentário: “…os  Correios vão fazer um envio massivo de um folheto informativo por todas as casas do País. Esse folheto, que será acompanhado de um saco específico para o transporte dos donativos, informará a população sobre as instituições de solidariedade aderentes ao projecto e que tipo de bens necessitam.

Com esse esclarecimento em mente, bastará a qualquer pessoa deslocar-se a uma das quase 1000 Estações de Correio existentes de Norte a Sul do País com o seu donativo. Uma vez lá, ser-lhe-á fornecida gratuitamente uma caixa de transporte em cartão. O autor do donativo apenas terá de encher a caixa e escolher a instituição destinatária, entre as várias possíveis, sem precisar de indicar uma morada. Os Correios tratam do transporte e da entrega, de forma totalmente gratuita..

Que teve como resposta: “também recebi a cena dos ctt, mas não acredito lá muito na generosidade de uma empresa q visa o lucro como os ctt, mas enfim...tb n sou dona da razão.” – In Porque deixei de ser enfermeiro: Helpo - O nosso mundo é humano

BENEFÍCIOS DO IRS  - Ao preencher o IRS, usem o campo da Consignação de 0,5% do IRS. Não vos custa nada e é dinheiro que certamente será melhor gasto do que se não o preencherem.
Um dos ex que sugiro para preencher é a Helpo, uma IPSS como o número 507 136 845.
Fiquem com um exemplo recente de construção de uma estruturas escolar: