expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

terça-feira, 29 de junho de 2010

CANCÃO DO MAR DE DULCE PONTES E MAR AZUL DE CESÁRIA ÉVORA - EM MEMÓRIA DAQUELES QUE NAUFRAGARAM NAS PROFUNDEZAS OCEÂNICAS




Dulce Pontes - Canção do Mar

LINKS PARA MAIS FÁCIL ACESSO A OUTRAS POSTAGENS:***ROCEIROS COMANDADOS POR TENENTE-CORONEL SPINOLISTA - POR POUCO NÃO PROVOCARAM UM SEGUNDO MASSACRE DO BATEPÁ 

ESPIA “MATA HARI*****SÃO TOMÉ E A GUERRA DO BIAFRA******CIA EM SÃO TOMÉ,.************* 36 ANOS DE INDEPENDÊNCIA ****** NÁUFRAGO POR VONTADE PRÓPRIA*******(2)SÃO TOMÉ  E PRÍNCIPE -ANTIGAS ILHAS ASBEN E-NAUFRÁGIO  .****36 ANOS DE INDEPENDÊNCIA****(1)SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE - ANTIGAS ILHAS POVOADAS POR CANOAS AFRICANAS..*****23º DIA À DERIVA NO GOLFO DA GUINÉ****SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE E A MATANÇA DOS ESCRAVOS****"22º DIA DE MAR,11 DE NOVEMBRO EM TERRA*****"COM A FÚRIA DOS VENTOS PORCELOSOS*****HOJE É DIA DA INDEPENDÊNCIA DE ANGOLA:****CANCÃO DO MAR****PEREGRINO DA LUZ NA TERRA E NOS MARES****QUANDO OS TUBARÕES ATACAM****VOGANDO A COBERTO DA NOITE E À FLOR DO MAR.******TITANIC - A HOMENAGEM******MARES DE ONTEM, DE HOJE E DE SEMPRE.****ANTES DE HAVER LUZ, A IDEIA DE LUZ BRILHAVA*****PERDIDO NO GOLFO DA GUINÉ:*****POETAS!... VINDE VER O MAR!***** SÃO TOMÉ - NIGÉRIA******NO MAR DOS TORNADOS E DOS TUBARÕES -*******HISTÓRIA SINGULAR DE UM NAVEGADOR SOLITÁRIO***** ATITUDE DE JORGE MOYSÉS TEIXEIRA. COIMBRA******ESCALADA VERTICAL DO PICO CÃO GRANDE* ****AZEREDO PERDIGÃO, O QUE ME REVELOU ***

 

Breves excertos do Diário registado num pequeno gravador, guardado num contentor do lixo - o meu baú)

Décimo Quinto dia

É uma hora da tarde do 15º dia. Está um calor abrasador!...Uma calmaria muito grande! Não há praticamente vento! O que pode ser mau sinal porque, quando assim o tempo está calmo, normalmente segue-se um temporal violento!..De tempestade!... De ventos fortes.

Apetecia-me realmente beber água... E tomar um banho fresco! Sim, mas é impossível aqui neste mar...Há muitos tubarões em volta, muita fauna marinha que não me convém visitar... Mas o céu está totalmente descoberto. O mar de um azul muito claro. Há por aqui algumas aves que andam a voar à procura de peixes...Eu sempre na mira de ver terra!


Hoje avistei duas grades baleias!...aqui próximo da canoa e um tubarão monstro! Um tubarão muito grande! Que andou aqui a voltear a canoa de um lado para o outro...Os pequenos tubarões, esses, continuam a todo o momento. Pois até já pesquei dois.

Há uma serenidade!... Só se vê mar! Absolutamente mar! Mar e mais nada! ... a minha canoa a vaguear, a vaguear!... Eu não sei onde estou... Não sei!... Mas não estou desesperado! Não perdi a confiança!... Estou emocionado, com certeza!... mas continuo confiante!... Realmente o homem!... Eu acho que o homem é precisamente nestas circunstâncias que ele se superioriza a si próprio....o seu espírito se enaltece!...

Há qualquer coisa de místico!...Ontem! No meio daquelas ondas!!...alterosas!...De vez em quando uma ou outra entrava com alguma água dentro da canoa!...Eu sentia-me ao mesmo tempo pequeno e gigante!... Pequeno! no meio de tanta grandeza!... E gigante! por vencer tamanha força!.








Náufragos! - Meus irmãos da desventura!

Náufragos! - Irmãos do sofrimento e do infortúnio!
- De todos os mares, em todas eras e em todos os tempos!...
- Filhos das vagas! Do tumulto das trevas
e do bramido dos ventos!... - Aves perdidas de asas cortadas
na fulminada irrupção da noite!... - Erráticos duendes
à deriva no pavor das tempestades!
Fantasmas peregrinos, vogando assombrados,
atordoados, vogando balanceados à toa
num silêncio antigo, vertiginoso!
- Em demanda de um pouso,
duma tranquila enseada,
dum acolhedor porto de abrigo!...

Em Vós, e no meu coração, a angústia das longas horas de vigília,
ansiosamente aguardadas, interminavelmente vazias, em vão!...
- Em vós, o cerrado horizonte!... O inesgotável círculo!...
Sempre à frente dos olhos, a um escasso palmo da mão!...
- Todavia, sempre mais além
da fronteira da vida,

da outra margem que a separa,
do que aquém..
.

.








MAR AZUL - Cesaria Evora


..
Yemanjá - Rainha do Mar.

Náufragos, meus irmãos!
Afinal, irmãos de todos os homens,
de todos os seres e de todas as coisas!
Tal como vós, fiz do meu pequeno barco
o mesmo lar no grande mar!...
E, através das suas ondas
rugidoras de presságios,
se não tive a vossa sorte,
quantas vezes não naveguei e aspirei,
em cada espuma, em cada noite cerrada,
em erma e afrontosa bruma, um perfume salgado de morte!...




..

Nenhum comentário :