expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quinta-feira, 14 de julho de 2016

“Quê S.Tomé” – Dos África Negra - Saudação às Ilhas do Povo Flogá de S. Tomé e Príncipe – Às mais belas e pacificas do Mundo! - 41 Anos de Nação Livre e Independente, no limiar de mais uma decisão histórica importante do seu futuro.

Jorge Trabulo Marques - Jornalista


S. Tomé e Príncipe – A Minha Saudação às Ilhas do Povo Flogá, as mais belas e pacificas do Mundo - Qual o lugar da Terra, mais maravilhoso, paradisíaco e de um Povo tão extrovertido, alegre e amoroso?!... Só as Ilhas Verdes do Equador e do meio do Mundo
41 anos volvidos da sua história, como Nação livre e independente, vão decorridos! E, agora, no limar de mais uma decisão importante nos destinos do seu futuro,  há que continuar acreditar nas maravilhas naturais da terra, nas suas gentes, nas versos dos seus poetas, nos seus escritores e pensadores,  nos políticos  bem intencionados e honestos e continuar a remar ou a velejar em  frente, contra ventos e marés, ao sabor de calmaras ou calemas.



A MINHA SAUDAÇÃO A SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE  
    
Sob os céus distantes do equador, amanhece e desponta um novo dia!
Irrompe e acorda a resplandecente aurora, desprendem-se do ar
sons dedilhados de luz, erguem-se à superfície das águas
brumas transparentes, evoluem halos leves de claridade,
cintilam e vibram os vultos verdejantes e iluminados
de duas ilhas encantadas: São Tomé e Príncipe!

Ó melodiosa harmonia celestial! - Meu paraíso terreal perdido!
Voz oculta do meu próprio destino!
Eco silencioso do meu pensamento nostálgico!
Via errante dos meus passos! - Onde poderei agora encontrar
o perfume, inigualável, das vossas florestas,
o elixir com que alimentava a minha alma e os meus sentidos?!...
- Oh, aqueles aromas inebriantes que exalam
do fundo húmido dos vossos fecundos solos,
tornam ainda mais fresca e pujante a natureza,
irrompem na sinfonia cromática do aveludado verde da folhagem,
refletem-se através dos raios de luz que penetram
as próprias gotículas do orvalho, atravessam
os frondosos arvoredos, dissolvem-se
em misteriosos vapores e nevoeiros,
até à alucinação, até à saturação,
por montanhas, enseadas e vales!
- Espalham-se e são arrastados
no leito dos rios e das ribeiras
e pela suave brisa do mar!
Irradiam como gotas de cristal
e a brancura das magnólias,
nas manhãs mais claras e iluminadas,
através da imensidade e pureza do espaço!
(...)São Tomé e Príncipe! Amadas Ilhas!
- Ilhas de sonho, de mistério e promissão!
Perfumes incandescentes dos calores abrasivos do Equador!!
Bálsamos com odores a maresia e a palmas!
Verdura ardente, exalação sagrada! - Genésica obra
do primeiro dia da Criação!
Tudo, em vós, ó formosas ilhas, soa a prodígio!
É deslumbramento, é maravilha!
É a mais perfeita visão idílica de um lugar sagrado,
de um lugar de paz, de tranquilidade e de bênção!

Excerto - Jorge Trabulo Marques - 


Nenhum comentário :