expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Telenovela da SIC, anunciada como “Golpe do Destino”, afinal batizada de “Amor Maior” A estreia, decorreu ontem no horário nobre telenovesco – Até agora, ignorada nas redes sociais santomenses – Patrice Trovoada, em lisboa, por certo prá festejar. Trata-se de mais uns pastiches colados nos enredos, rodados em Lisboa, em jeito de propaganda colonial, usando e abusando da inocência das criancinhas, atrás de uns jipes conduzidos por uns atores musculados e bem nutridos, com cenários da beleza natural (praias, sobretudo) para seduzir turista endinheirado a bronzear-se em águas tropicais – Mais uma mostra trivial do culto do hedonismo pra justificar perdulários subsídios .

Por Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise  - Nem é documentário nem produção cinematográfica ou telenovela - É uma miscelânea a fazer lembrar os vídeos que os turistas fazem

Ontem foi a estreia da telenovela da SIC, Amor Maior - Na madrugada de amanhã, estará em Lisboa, Patrice Trovoada, provavelmente  para brindar com os seus promotores, uns cálices de champanhe -  É que estas coisas, envolvem muitos custos e não acontecem por mero acaso nem por obra do Espírito  Santo, que também é Evaristo Carvalho, que ascendeu a Presidente da República, há uma semana - É preciso mostrar que S. Tomé é realmente um paraíso convidativo para turista visitar e que é um país  que não é governado nem por políticos corruptos nem por ladrões.

Afinal, a telenovela Golpe do Destino, que tanta propaganda tivera  pelos media portugueses, e, nomeadamente pela SIC, foi batizada de "Amor Maior"  -  Para um público das telenovelas, portuguesas, são ingredientes assegurados, tanto mais que lhe mostra imagens de outras paragens, que só por si seduzem os olhares - Mas dificilmente terão algum  interesse especial para as populações onde as mesmas foram filmadas, já que, uma vez mais, continuam a ser as eternas usadas e exploradas, passando à margem dos seus verdadeiros problemas. carências e necessidades;  constituindo a demonstração  de uma certa mentalidade liberal neocolonialista  e hedionista, seguidora da  apologia do culto do egoísmo e do desbragado individualismo, do salve-se quem puder . 

LÁ SE FOI O GOLPE DO DESTINO À VIDA 

Anunciada inicialmente, como “Golpe do Destino”, Havia que disfarçar para um “Amor Maior” :  - Era coincidência, demasiado óbvia com a   festança do Evaristo, no passado dia 3,  promovido a Presidente da República, pela tribo Trovoada e seus amigos Ribeiros e Castros  e outros oportunistas, manipuladores da opinião pública, à custa do esbanjamento de milhões que, os lóbis  instalados no poder  politico em Portugal, na saga do neocolonialismo liberal, enviam para outros parasitas, em S. Tomé e Príncipe,  que, em muitos aspetos,  se portam ainda pior que nos tempo do “salazarismo”

Golpe do Destino só chega em setembro ao ecrã da SIC, mas o elenco já grava a todo o gás. Os seis atores, que partiram esta sexta-feira para São Tomé e Príncipe para duas semanas "alucinantes" de gravações, desvendam alguns pormenores sobre as suas personagens. SIC - "Golpe do Destino": atores da novela já estão em São Tomé e ...

27/06/2016 Sara Matos, José Fidalgo e Inês Castel-Branco são os protagonistas da nova novela da SIC, Amor Maior. As gravações já arrancaram e a sua estreia está agendada para meados de setembro. Eis o elenco completo de «Amor Maior», a nova novela da SIC

25/05/2016 Sara Matos, Inês Castel-Branco, José Fidalgo e Rita Loureiro encontram-se em gravações para a nova novela da SIC, Golpe do Destino, desde a semana passada, conforme os próprios fizeram questão de partilhar nas redes sociais. Atores da SIC gravam em São Tomé e Príncipe - Portal dos Programas

 A HOSPITALIDADE DO POVO E A INOCÊNCIA DAS CRIANÇAS  - USADAS E ABUSADAS PELO HEDONISMO CONSUMISTA, SEM ESCRÚPULOS   

A queda de um avioneta simulada, algures numa praia, de S. Tomé, mas de tal forma primária e grotesca, feita em estúdio, com um brinquedo qualquer  e depois com umas chapas espalhadas no areal, em moldes de tal forma primários que, no meio daquilo tudo, o que se safa é o cenário natural.

 De resto, é este mesmo cenário que vai  servir para justificar todo um atabalhoado de cenas e de enredos, com mergulhos e mais mergulhos de “enamorados” casais de atores e longas vistas  de praias de águas espumosas, glaucas e transparentes, convidativas ao banho e ao veraneio,  orladas de coqueiros e vegetação luxuriante. – Com as mesmas imagens das crianças (agora ainda mais excessivas, porque atraídas por câmaras de filmar) de quando normalmente se acercam à cata de umas moeditas  dos Turistas, que por ali vão passar uns curtos dias de férias ou dar os seus passeios

Mais uma telenovela para o entorpecimento das consciências, a apologia do culto da futilidade, do egoísmo e do individualismo: - "Você faz sexo, você tem que encontrar um bom uso '"Você tem um corpo, deve desfrutar" "Você tem uma necessidade de gastar libido", etc. [6 Segundo estudiosos  dos fenómenos sociais  da sociedadeatual,  as consequências do culto do hedonismo e da sua propaganda,  são avassaladoras. “O indivíduo completamente oprimido por esta indústria cultural, perde o seu poder de decisão autónomo, aderindo acriticamente aos valores que lhe são impostos. Desta forma a indústria cultural, completamente dominadora e omnipresente gere as necessidades de cada indivíduo. "Mesmo os tempos livres não passam de reproduções do estereótipo original. Na opinião de Horkheimer, divertir-se significa não dever pensar”

"Na verdade, os indivíduos não passam de fantoches manipulados pela sociedade. A força da estrutura social é desproporcionadamente superior à de cada indivíduo. Por isso ao ser intensamente bombardeado pela indústria cultural, ele acaba por ceder e quebrar, alterando a sua própria individualidade".6 A indústria cultural anula qualquer traço de individualidade. As pessoas não dizem o que pensam, mas o que os media querem que elas pensem. Os produtos da cultura de massas são apresentados a um ritmo tão rápido, que impede a actividade mental e dificulta a reflexão, provocando uma total inércia intelectual. "O espectáculo das massas - Labcom.IFP - Universidade da Beira In

APOLOGIA DO MAIS SUPERFICIAL DA SOCIEDADE DE CONSUMO PARA OCULTAR O QUE VAI DE  " PODRE NO REINO DA DINAMARCA"
 A promoção do turismo é importante como factor económico para o desenvolvimento destas maravilhosas ilhas - E tem sido até agora um dos seus principais sustentáculos de receitas de divisas  mas têm que ser conduzida de forma integrada e  não à margem dos interesses das populações. 

"A problemática do turismo é assumida a nível global, como um dos sectores mais importantes na interação dos povos e das respetivas culturas na abordagem do desenvolvimento de STP, podendo assumir um papel importante na estrutura económica, através da captação de recursos financeiros para gerar riqueza e estruturas de desenvolvimento.”  Mas “o desenvolvimento do sector de turismo necessita dos mesmos tipos de recursos que beneficiará toda a população. As necessidades especiais para o sector de turismo são planos confiáveis e consistentes para uma provisão integrada desses serviços. Análise sobre o Turismo em São Tomé Príncipe | Téla Nón

OS LOBOS DOS LÓBIS SABEM QUE PODEM CONTAR COM A FATIA DE LEÃO  - MAS QUEM SE LIXA É SEMPRE  O  MEXILHÃO ..São Tomé, à porta do futuro - PÚBLICO....São Tomé e Príncipe: mudança e estabilidade | Público 


Os milhões enviados para S. Tomé e Príncipe, que vão cair na alçada  das mãos de governantes ou dos seus testas de ferro, que têm  dado mostras de praticas fraudulentas e de uma não criteriosa aplicação dos fundos, é um risco e uma provocação aos sacrifícios exigidos aos contribuintes portugueses – Quem lhos concede, não passa privações, pois  os que lhes importará é saciar a avidez dos lobos que espreitam por detrás dos lóbis ou de pseudoprojectos, disfarçados de interesse público.

Por isso mesmo, sabem que podem contar com uma folgada almofada – Pois nunca arriscam, só petiscam: "Os portugueses que queiram investir ou exportar para São Tomé e Príncipe deverão contar, no final deste ano, com uma linha de crédito de dez milhões de euros. 30/07/2016 Linha de crédito de 10 milhões vai apoiar investimento português em ...

"O novo programa estratégico de cooperação entre Portugal e São Tomé e Príncipe dedica 57,5 milhões de euros para projetos a desenvolver até 2020 Novo programa de cooperação Portugal-São Tomé envolve 57,5 ...
NA VISÃO LIBERALISTA, O QUE POVO PRECISA - TANTO EM PORTUGAL COMO EM S. TOMÉ - É  DE TELENOVELAS MARIA MIJONA PARA ESQUECER A FOME E NÃO CHATEAR OS RICOS E BEM POSTOS NA VIDA



Trata-se, unicamente, de uma telenovela encomendada para promover turismo e mostrar que tudo em S. Tomé é como um sonhoa ideia seria até positiva se não viesse encapotada de outros objetivos: que é o de justificar fundos de milhões desperdiçados por oportunistas, dar a entender que o país é uma maravilha, ocultando, porém, a verdadeira realidade, a pobreza extrema em que as populações vivem, que só não revela as mesmas imagens do resto do continente africano, no grosso das populações, porque, felizmente, a natureza ali é  fértil e generosa e ameniza as suas carências –

Sim, mas que nem por isso deixam de ser imensas as suas privações, com salários mínimos de 40 a 50 euros e pensões de 25 euros mensais, que mal dão para comprar uma aspirina na farmácia, quanto mais para suprir outras necessidades básicas

Sem mudanças desde que este artigo foi publicado Democracia e corrupção : o caso de São Tomé e Príncipe / Gerhard ....Nada se alterou - Qual é a actual percepção da corrupção em São Tomé e Príncipe?….Empresário misterioso chega ao poder em São Tomé ….Sociedade Civil pelo Desenvolvimento: São Tomé e Príncipe ocupa o ...

HABILIDADES DE PATRICE  - Escândalo espreita o Banco Central Tudo por causa do procedimento alegadamente inconstitucional, e pouco transparente adoptado pelo Banco Central para emissão de novas notas da moeda nacional, a dobra. http://www.telanon.info/politica/2016/04/18/21615/escandalo-espreita-o-banco-central/


07/06/2013 Forte suspeita de lavagem de dinheiro recai sobre  Patrice Trovoada “A pessoa em causa também assina o recibo confirmando a recepção do montante em cash. Levou o dinheiro para o Gabão, para ser depositado na conta número 81011146011-03, devidamente especificada no recibo. O LEITOR DEVE CONSULTAR O RECIBO QUE INDICIA LAVAGEM DE DINHEIRO CLIQUE –RECIBO DA TRANSACÇÃO  Téla Nón - Forte suspeita de lavagem de dinheiro recai sobre o ex-Primeiro ...

..

Nenhum comentário :