expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

sábado, 29 de outubro de 2016

Patrice Trovoada, em Lisboa – Vem aí um vendaval de aumentos que poderão dar um grande abalão ao Governo de Patrice Trovoada, o eterno retornado, que passa mais tempo no estrangeiro, fora das ilhas, que a governar – Diz-se que teria partido na manhã de hoje, com destino a Portugal, pra se juntar à esposa e mais uma nova passeata: os negócios das suas empresas, precisam dele e talvez ele queira cravar mais uns milhões a António Costa - FMI aperta-lhe o cerco e afunila-se-lhe o crédito internacional - Ao mesmo tempo, Presidente da Câmara de Água Grande (capital) faz giro em Paris. Anúncio em Nov. de aumentos brutais nos combustíveis, em ordenados de 40 euros mensais, à cautela, reforçam o poder militar – É assim nas ditaduras

Por Jorge Trabulo Marques - Informação e análise -




Segundo as nossas fontes, Patrice Trovoada, teria viajado, na manhã deste sábado para Lisboa,  As noticias da sua ausência, como geralmente acontece, raramente são divulgadas – A lei impõe que comunique ao Presidente da República, a sua ausência, mas este dificilmente abrirá a boca: além de agora estar ausente no Brasil, onde foi participar numa cimeira CPLP, Evaristo Carvalho, é da confiança politica de Patrice Trovoada, que ascendeu à chefia do Estado, mercê de enormíssima fraude eleitoral  

Com efeito, por mais voltas que der, não nos parece que possa haver promoção que lhe possa valer: trata-se, de facto,  de um empresário-governante, sem prestígio internacional, de   credibilidade debilitada  ou mesmo de rastos – Ele bem tenta até colocar-se no papel de Chefe e Estado, nem assim, lá vai, não respeita protocolos, nem interna nem externamente: -  Ainda, com Manuel Pinto da Costa, a Presidente da República, deu-se ao desplante, numa audiência particular, concedida por Marcelo Rebelo de Sousa, de o convidar a visitar o seu país, atribuições que extravasam a sua competência, mas já o tinha feito noutros países.

(Atualização) ANDANÇAS PATRICIANAS  “Entretanto, posteriores noticias (além do que convém omitir) referem que “o  chefe do Governo de São Tomé permanecerá em Portugal pelo menos três dias em visita privada, seguindo depois para Turquia para a cimeira Turquia-África e participa também, em Marraquexe, na 22.ª cimeira sobre o clima

COMO ELES SE ENTENDEM - 

E, de facto, últimas noticias dizem-nos que Patrice Trovoada, em Ancra, na Turquia, até já fez posse fotográfica com, Recep Erdogan, considerado um “predador da liberdade de imprensa” pela organização Repórteres Sem Fronteiras – Afinal, ambos partilham dos mesmos gostos: tanto um como outro, só apreciam bajuladores . São inimigos viscerais da liberdade de expressão

De recordar que  “a suspeição lançada pelo primeiro-ministro, segundo a qual poderia haver Jornalistas  mercenários, é extremamente grave para ficar sem resposta por parte da nossa Associação, que tem o dever de defender os interesses e a imagem da classe", diz Juvenal Rodrigues, presidente da AJS, a saída do Ministério Público, onde entregou uma exposição esta tarde

OUVE QUE EU DIGO MAS NÃO OLHES PARA QUE EU FAÇO:


"Nós estamos hoje num clima de estabilidade política que deve nos permitir deixarmo-nos de politiquices, deixarmo-nos de amiguismo, de camaradas, de companheiro. De quem é mais ou menos fiel ao partido", afirmou o chefe do executivo são-tomense” Lusa


PATRICE PEDE MAIS SACRIFÍCIOS A UM POVO JÁ DEMASIADO SACRIFICADO – GASTOS NAS VIAGENS DAVAM PARA PAGAR OS SALÁRIOS DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS E ATÉ DE OS AUMENTAR

Já não há dinheiro fabricado, à margem das leis da A.N. que resolva a derrapagem de um Primeiro-ministro, perdulário e esbanjador do erário público -  Aos media portugueses, disse que  a economia do seu país enfrenta uma situação difícil, sem motivos "para alarme", e admite pedir "um pouco mais de sacrifício" à população:. Primeiro-ministro pede "um pouco mais de sacrifício" aos são-tomenses

ECOS DE S. TOMÉ E PRÍNCIPE, QUE NOS CHEGAM DO DESCONTENTAMENTO, GENERALIZADO, QUE  JÁ GRASSA ATÉ NAS FILEIRAS DO PARTIDO DO GOVERNO

Dizem-nos  leitores: - Que militantes de Cantagolo estão muito muito aborrecidos com ADI e Patrice por ter retirado seu Ministro numero 2 de lista DEPUTADO  do Circulo Santana, e que os Staff do Agostinho Fernandes,  que hoje estão sem função de chefia, se sentem  muito aborrecidos com situação; há diretores com créditos no Banco a contar que tinham garantias até 2018 e viram-subitamente  a sua situação complicar-se
Dirigentes do ADI e Militantes, «estão revoltados com a situação de vida - Isto atinge os Ministros exonerados e diretores que perderam o seu trabalho, ao serem  banidos do Ministério e traídos das promessas falsas do líder Patrice, pelo que agora se vêem aflitos com  as suas contas no Banco, com créditos que julgavam que não iam sofrer  alterações"

Patrice Trovoada pede sacrifícios, ao mesmo tempo que faz Promoções de altas Patentes do Exercito São Tome e Príncipe. Não temos  guerra, mas chefias militares, tem altas regalias desde carros transporte, combustível, cartão de recargas telemóvel, etc.

 "(Kauki) seu vulgo ,chama-se Aurélio Silva é membro de conselho superior de imprensa,  já não ocupa esta Função, há  meses como Membro líder sindical da função Publica  - Este senhor estava a serviço do ADI e do Patrice Trovoada nas Eleições Legislativa de 2014 sai em vários Tempos de Antena, atacando os Partidos da Oposição de EBOLA, tendo sido um dos Autores de vários Panfletos contra Pinto da Costa e outros candidatos que não eram da sua preferência  - O Gabinete de impressão de Panfletos estava sediada na Fundação HELENA TROVOADA a MÃE Adotiva do Patrice, e eis esposa do Trovoada Pai ,Miguel"


"Aquele mesmo senhor, na semana Passada, foi Condenado a pagar uma indemnização ao Filinto Costa Alegre, acusado  difamação, no montante de 150 milhões de dobras, pena esta que que poderá pôr em causa a sua permanência  no conselho daquele  Órgão que regula a uma imprensa”  

NEGOCIATAS E FALCATRUAS COM O ARROZ OFERECIDO PELO GOVERNO JAPONÊS- 

 Vêm de longe, as negociatas, que se sucedem com produtos alimentares, que continuam a  prosperar, tal como erva daninha, que prolifera e não se consegue exterminar.  

Japão oferece  toneladas de arroz  para suprir algumas carências alimentares, junto da população, mas  depois o mesmo arroz, em vez de ser distribuído na sua totalidade, acaba por ser comercializado em negócios marginais – É frequente, ver-se, todos os dias, esse mesmo arroz, à venda à porta do Mercado Municipal -  

No princípio do ano, “O governo japonês fez a entrega de 1.800 toneladas de arroz ao governo da República de São Tomé e Príncipe, correspondente a KR 2014, e os dois países assinaram ainda no mesmo dia, a troca de notas de ajuda alimentar de 2015 para o presente ano 2016. Japão doa 1800 toneladas de arroz a São Tomé e Príncipe - 

Onde está esse arroz? – Segundo outra nossa fonte, existe em armazém, num dos edifícios das alfândegas, uma quantidade significativa de ARROZ dito 13 contos, ofertado pelo Japão ao governo do ADI,  que ainda não foi distribuído
 Agora soa o alarme de que o arroz se encontrará  deteriorado, cheio  de bichos, tendo sido enviadas algumas amostras a Portugal para  exames – Todavia, correm rumores de que, mesmo nesse estado, este arroz poderá vir a ser vendido no final do mês de Novembro a Dezembro para   serenar os ânimos do "povo-pequeno", que tão duramente tem sido castigado e maltratado  pela encenação demagógica   de Patrice Trovoada 

Crescente é, pois, o descontentamento e a impopularidade do nativo do Gabão – Salários da Administração Pública em atraso -  Num pais com salários mínimos de 40 euros mensais - Mais de que uma provocação, é um crime: da insensibilidade de um Primeiro-Ministro, autoritário, inconstante, vaidoso, imprevisível e profundamente egoísta. - Para onde vão os milhões da ajuda externa? - Numa população de 180.000 habitantes, é assim tão difícil dar o mínimo de condições de dignidade humana? 


FMI QUER AUMENTOS DE IMPOSTOS E DE COMBUSTÍVEIS - ANGOLA NÃO FIA A VENDA DE PETRÓLEO SEM GARANTIA

Patrice Trovoada, ao lado do líder da UNITA Isaias Samakuva. 
MPLA, não vê com bons olhos, os amigos da UNITA e não quer dar facilidades ao Governo de Patrice Trovoada: -  Diz-se que não quer nada fiado e exige pagamento antecipado do fornecimento do combustível 

Por sua vez, o FMI, aperta igualmente o cerco ao governo santomense, com medidas draconianas, que impõem aumento de impostos e  dos combustíveis, sim, e  já para o início de Novembro, pelo que é provável que tenha ido pedir socorro a António Costa: a ver se lhe crava mais uns milhões, além da linha de crédito, já concedida este ano, que já totaliza 66 milhões.

De recordar que, o último relatório do  FMI, não deixa escapatória à divida, no qual se diz   “que o país já atingiu o limite em termos de endividamento. «São Tomé e Príncipe tem uma  dívida bastante elevada. O que implica que deve haver muito controlo no tipo de empréstimos que tenta obter», afirmou o chefe da delegação do FMI” 

"As discussões durante a missão centrada em políticas para lidar com quebras nas receitas na cobrança de impostos através da implementação vigorosa coleção impostos em atraso após a passagem da legislação para transferir a cobrança de impostos atrasados ​​à administração fiscal IMF Staff Completes Review Mission to São Tomé and Príncipe  ….Traduzir esta página28/09/2016

Segundo esse relatório, "a decisão de ajustar o preço dos combustíveis até Novembro é um compromisso assumido pelo executivo do primeiro-ministro Patrice Trovoada com o FMI.
O relatório do FMI sublinha ainda que tais ajustes estão em atraso e visam resolver o já antigo problema de acumulação de atrasos internos que tem vindo a afectar os esforços de consolidação orçamental. 

Há vários anos que a gasolina é vendida a 26 mil dobras o litro (cerca de um euro), o gasóleo a 21 mil dobras e o petróleo doméstico a 13 mil dobras São Tomé e Príncipe: Governo promete ao FMI ajustar preços dos ...

GOVERNO TEME REAÇÕES IMPOPULARES OU MESMO MILITARES - PRIMEIRO, FOI PATRICE AVISAR A TROPA DE QUE QUER MAIS DISCIPLINA – AGORA MANDA MINISTRO DA DEFESA A FALAR DE POUPANÇAS NOS COMBUSTÍVEIS E OUTRAS TRETAS - Mas com chuva de promoções na manga

Noticias recentes , dizem que Arlindo Ramos, que foi investido na semana passada pelo Presidente da República Evaristo Carvalho, como Ministro da Defesa e da Administração Interna (nas atabalhoas mexidas  de Patrice),  visitou na quarta – feira passada o quartel-general do exército - É claro,que,  tal como, o Primeiro-Ministro, o havia feito há uns dias, naturalmente que para mostrar que quem tem o poder sobre os militares é o poder absoluto do Governo, com maioria parlamentar, mas que já está dando sinais de gravemente se fracionar 

Ao contrário do que diz a Constituição, que delega esse poder no Presidente da Republica, como Chefe supremo das Forças Armadas, mas a intolerância de quem se mostra incapaz de dialogar e gerar consensos  com a oposição, é no que dá: em virar-se para a tropa a fim de  reforçar as suas posições ditatoriais.

Para serenar os ânimos da tropa, declarou que  “As dificuldades financeiras que o país atravessa dificultam o abastecimento das viaturas militares com combustível suficiente para realizar as suas missões. Foi uma das dificuldades de logística constatadas pelo novo ministro da defesa. Ministro da Defesa quer elevar a capacidade operacional do exército .

Ministro foi pedir empenho e trabalho em equipa, para resolver os muitos problemas que flagelam o exército, num país que segundo ministro tem «’uma economia fraca»., argumentando, que, para a dignificação dos militares. quer «revisão e actualização necessárias da legislação militar em vigor»,  "O exército e a guarda costeira, dois ramos das forças armadas de São Tomé e Príncipe, têm que ter uma capacidade operacional apurada". «Temos que transformar as forças armadas numas força verdadeiramente operacionais que servem a sociedade e o povo de São Tomé e Príncipe», 

Na parada do quartel-general do exército,  à semelhança de Patrice Trovoada,  também o operacional ministro, recordou aos praças que o comportamento fora do quartel é que dignifica as forças armadas. «Contem com o ministro para tudo que for necessário, mas não contem com o ministro em questões de indisciplina» 


 Patrice Trovada falou da necessidade de haver disciplina no quartel 

A POLÉMICA LEI APROVADA NA ASSEMBLEIA NACIONAL DO ENSINO PRIVADO – JÁ DÁ SINAIS DE SERVIR INTERESSES CRUZADOS POLITICO-PARTIDÁRIOS

De recordar que, na sessão parlamentar da Assembleia Nacional, todos os partidos da oposição, manifestaram duras criticas à provação pela maioria ADI, das propostas de Lei nº13/2016, Regime Jurídico das instituições do Ensino Superior de São Tomé e Príncipe, tendo o líder do PCD, perguntado, nomeadamente: como contribuir com propostas quando existe um claro clima de ditadura: para se ter propostas tem que se encontrar abertura do outro lado: o PCD reconhece ser fundamental a regulamentação das instituições superiores no país, porém, a proposta de lei, ora aprovada com os votos da maioria, contêm inúmeras incongruências que a nosso ver,  deviam ser superadas com uma análise mais aturada”

Aprovação do Ensino Superior – PCD, fez críticas à "ditadura" ADI



Não há dinheiro para arranjar os passeios da cidade
Pois aí está, ao que parece, mais uma negociata em vista por parte do hábil e charmoso,  Kiney Santos, que, segundo as más línguas, não há lâmpada, colocada na via pública, que não passe por empresa privada – Agora, segundo as nossas fontes, diz-se que anda  pela cidade de  Paris, lá nas diligências ou passeatas, que só ele sabe

O ensino privado, seja onde for, é sempre uma fonte muito apetecível a gulosos negócios, se bem que, por vezes, disfarçados de ensino público: pelos vistos, parece ser o caso da projetada construção, de raiz, de um centro formação profissional em São-Tomé, anunciada, na  quarta-feira passado, por EKeneide dos Santos na cerimónia de abertura da 3ª edição de cursos para jovens estudantes da capital são-tomense.

 EXONERAÇÕES EM  CADEIA COM SUBSTITUIÇÕES DA MILITÂNCIA ADI

Depois da exoneração de ministros, sucede-se a dos diretores de serviços e nas chefias militares: dize-nos fontes que também teria exonerado 4 Directores, da EMAE,  empresa de agua e Eletricidades, atirando-lhes as culpas dos cortes de Agua e Energia que  frequentemente se repetem  
Além destes quatro, fala-se da exoneração do  famoso Diretor do serviços e Emigração e Fronteiras, Fernando Pereira( vulgo Cobo) homem que liderou o Golpe do estado contra Maria das Neves, Fradique Menezes, em 2003

Dizem-nos, também,  que,  no Conselho de Ministro, que ontem decorreu, teria sido oficializado o nome do Atanásio Silveira da Costa.

Para não desgostar, Agostinho Fernandes, com a sua demissão, fala-se da sua possível nomeação  para ocupar cargo do Administrador  BISTP Banco Internacional, funções atualmente desempenhadas por  Acácio Elba Bonfim


PATRICE TROVOADA- DISCURSO PARA UMA PLATEIA VAZIA  - SEM A PRESENÇA DE NENHUM CHEFE DE ESTADO OU PRIMEIRO MINISTRO 





Ele bem encenou a sua performance , sempre com o ajudante campo atrás, como se fosse Chefe de Estado, mas, pelos vistos, de nada lhe valeu.

Azar das arábias: pois constatou-se que teria saído muito contristado pelo facto de ter estado a falar para uma enorme plateia, praticamente vazia, tal como documentam  as imagens - Sem a presença de qualquer Chefe de Estado ou Primeiro-Ministro
O INVETERADO VIAJANTE - NOS ÚLTIMOS DOIS MESES, PASSOU A MAIOR PARTE DO TEMPO FORA DO SEU PAÍS

Patrice Trovoada, continua a ser o viajante inveterado, desbaratando milhões em viagens, num país de pensões de 20 euros e ordenados mínimos  de 60 mensais  - Quer na primeira legislatura, de 2010 – 2012, interrompida a meio, devido a acusações graves, quer na segunda, que venceu por maioria absoluta em 2014, mercê da instituição dos seus “banhos públicos”, de empresário milionário – A oposição disse que, no ano passado, só esteve 75 dias no país e gastou cerca de 28 mil euros, em cada viagem oficial que efetua ao estrangeiro, num total de  milhão e 800 mil euros, gastos pelo Primeiro-ministro em viagens oficiais durante o ano 2015. 07/01/2016 –Patrice só cá esteve 75 dias em 2015- Viagens custaram 1 milhão e ...07/01/2016

DANTES JUSTIFICAVA QUE ERAM DESPESAS SAÍDAS DO SEU BOLSO E AS QUE ERAM PAGOS PELO ESTADO, CONSTITUÍAM UMA NINHARIA

Em 03/04/2013 . antes de voltar a ser eleito-  numa entrevista, foi_lhe colocada esta pergunta: Continua a viajar pelas Américas, Ásia, África e Europa. São as simpatias granjeadas que têm custeado as suas viagens? Eu continuo a viajar sem o dinheiro do Estado, como eu digo, sabe a promoção da imagem do país é fundamental. As pessoas têm que saber onde é que está São Tomé e Príncipe, quê que São Tomé e Príncipe tem a dar ao mundo. E a política de mão estendida, de pedinte, já não resulta.(…) Eu continuo a viajar. E sabe. Eu fiz as contas (…) custaram uma ninharia. Uma ninharia. As viagens do Patrice Trovoada, Primeiro-Ministro, custaram ao Estado em média cada viagem qualquer coisa como seis mil euros"

Pergunta - Nessas viagens, teve encontros com dirigentes políticos, homens de negócios e responsáveis de organismos internacionais, e na hospitalidade à santomense, também recebeu individualidades do mundo da política e de negócios em São Tomé e Príncipe. Que benefício para o povo são-tomense?

Resposta  - Essas viagens tiveram resultados. Se nós olharmos para tudo aquilo que foi dito em relação aos organismos internacionais tiveram resultados. Se nós olharmos, de facto, o interesse dos investidores, tiveram resultados. Se vamos olhar as estatísticas, quantas empresas estrangeiras visitaram São Tomé e Príncipe? Hum! Quantas delegações visitaram São Tomé e Príncipe?


PATRICE TROVOADA, NUMA ENTREVISTA À RTP, DECLAROU  QUE O PRESIDENTE EVARISTO FAZ LÓBI COM O GOVERNO PRÁS REFORMAS NECESSÁRIAS



Na entrevista, que, em Setembro, deu   à  RTP Patrice trovoada, disse que, o novo Presidente da República, eleito pelo seu partido é o  Presidente de todos os santomenses  

- Ele sabe (todo o mundo sabe, em S. Tomé ) que é uma rotunda falsidade - Não se enganou foi quando disse que, "será mais uma instituição que vai fazer  lobi com o Governo  para os santomenses entenderem que estas reformas são absolutamente  necessárias para a modernização da nossa economia" - Porque - segundo diz - as reformas nunca são pacificas - Claro, quando defendem grandes interesses  liberais que não propriamente  os das populações, embora ele alegue que as serve. http://www.rtp.pt/noticias/mundo/aceitamos-a-guine-equatorial-na-cplp-e-temos-de-o-assumir_v947809

PT AFIRMOU NA MESMA ENTREVISTA QUE ANTÓNIO COSTA VIAJA MAIS DO QUE ELE - Em 2011 - Alegava que fazia viagens privadas e públicas

Na primeira legislatura, quando teve  dar o fora antes de que fosse engavetado, alegava à oposição que era ele que suportava as despesas das viagens privadas - As que não não eram como PM: - Alegando que tais  viagens tinham a ver "com a maneira de viver e os hábitos de cada um" - Agora é tudo promocional

06-junho 2011 – Questionado pela oposição «Temos assistido a um entrar e sair constante seu e da sua família, Senhor Primeiro Ministro. As vezes mais de uma vez por semana em aviões privados. Não o vimos a andar em aviões de carreira. Gostaríamos de saber como são financiadas essas viagens. São pagas com recursos públicos? Se sim, como? Através do OGE? Se não quem financia e a troco de quê?», interrogou.

Dizia ele :- «Toda gente sabe que Patrice Trovoada costuma viajar muito. Não Patrice Trovoada primeiro-ministro. Aliás a maneira de se viver, os hábitos de cada um quando tocam a esfera pública tem-se que prestar contas e há mecanismos de prestação de contas. Por isso convido os deputados a verem se de facto nalgumas dessas viagens quais forem aquelas em que foram utilizados fundos públicos e quais são aquelas que correspondem simplesmente a uma maneira privada de viver e de operar que é própria minha», declarou Patrice Trovoada. Téla Nón  http://www.telanon.info/politica/2011/01/06/6011/primeira-prova-de-fogo-de-patrice-trovoada-no-parlamento/

PATRICE É COMO O BICHO CARPINTEIRO - ESTE  NÃO PARA DE ESCARAFUNCHAR; , PATRICE NÃO PARA DE VIAJAR  Em 2015, apenas esteve no país 75 dias, desbaratando dinheiros públicos  custaram 1 milhão e 800 mil euros Patrice só cá esteve 75 dias em 2015- Viagens custaram 1 milhão e   Gastos que tanto jeito dariam a alguns milhares de famílias 

Em 2016 vai pelo mesmo caminho  - Agora já vem dizer que "são viagens promocionais, absolutamente necessárias, dando como exemplo quantas vezes Holand e  Merkel estão  juntos!... Mas se é cumpliciado poderão dizer quantas vezes, António Costa, sai de Portugal. O mundo mudou e nós temos de ter presente uma coisa: a promoção é fundamental" 


Sim, em viagens altamente dispendiosas, num pais dos mais pobres de África, com reformas de 20 euros mensais e ordenados mínimos de 40 euros mensais que vive essencialmente dos subsídios  externos, que desbarata, perdulariamente, em passeatas que nunca é claro se são em nome do interesse público ou do empresário misterioso, com alegados negócios em várias partes do mundo. Hábil na sua promoção pessoal -  Encontra sempre quem lhe  faça o jogo  São Tomé e Príncipe: mudança e estabilidade | Público 

EMPRESAS NA CAPITAL DO ESTADO DO TEXAS - A MECA DOS GRANDES NEGÓCIOS DO PETRÓLEO  - ´´E lá que, Patrice Émery Trovoda e sua mulher - Nana Oumou Touré Trovoada, detêm os títulos de várias empresas 


 Ela é gestora principal de CHARMBORDEAUX, S.A, empresa constituída em Dezembro de 2013, em Lisboa, num edifício da Rua Castilho, dedicada à compra e venda de bens imobiliários, Nana Oumou Touré Trovoada - eInforma - Mas o seu nome também aparece associado a várias empresas noTextas, nomeadamente no ramo dos transportes e turismo. Trovoada Nana O Tour - Houston, TX 77056-6230 - LocalBiziness - E, em nome do marido, várias: TEXAS OVERSEAS CONSULTING SERVICES,INC. - PTROVOADA ... Traduzir esta página 2010-2016 Transportation, Communications, Electric, Gas, And Transportation Services Tour Operators 





"A CORRUPÇÃO É UMA TRADIÇÃO E COMPRAR  VOTOS FAZ PARTE DO JOGO" 18/04/2008 -"Patrice Trovoada, passou a maior parte de sua vida fora do país. Ele fala Português, língua oficial de São Tomé, com um acento; tinha-se convertido ao Islão. Ninguém sabe como ele fez o seu dinheiro. Ele é dono de uma empresa de construção em Houston, Texas. Ele diz que está injustamente acusado de envolvimento no tráfico de drogas. Ele também diz que a corrupção faz parte da tradição da ilha, e compra de votos faz parte do jogOil Speculation in São Tomé: To Get Rich, Be a Minister - SPIEGE 


Nenhum comentário :