expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

sábado, 27 de maio de 2017

"Divina Comédia" - Lembrando o poeta Antero Quental


 “DIVINA COMÉDIA”
Erguendo os braços para o céu distante 
E apostrofando os deuses invisíveis, 
Os homens clamam: — «Deuses impassíveis, 
A quem serve o destino triunfante, 



Porque é que nos criastes?! Incessante 
Corre o tempo e só gera, inestinguíveis, 
Dor, pecado, ilusão, lutas horríveis, 
N'um turbilhão cruel e delirante... 

Pois não era melhor na paz clemente 
Do nada e do que ainda não existe, 
Ter ficado a dormir eternamente? 

Porque é que para a dor nos evocastes?» 
Mas os deuses, com voz inda mais triste, 
Dizem: — «Homens! por que é que nos criastes?» 
Antero de Quental, in "Sonetos" 

Fotos de Jorge Trabulo Marques - Na Personagem de PeregrinoDaLuz



Contemplai as maravilhas de Deus - Criador e Supremo das Alturas e dos Infinitos Espaços ! Purificai e alimentai a nossa alma de pureza e de revigorante energia e fazei com que o nosso Espírito se ilumine




Nenhum comentário :