expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Peregrino da Luz - Se a alma da minha vida assumisse o condão o seu íntegro destino, sob os céus dos mui altos pensamentos, eu peregrino, estou certo que nem seria humano mas divino

Peregrino da Luz - Em Flasches de esplendor e de Luz


NÃO DORMINDO HÁ DOIS DIAS, DEUS MEU..

Oh Deus! Sendo vosso estimado filho, e, tendo já orado eu
no alto de sublime cume, mas debaixo do teto do vosso céu,
dizei-me a razão pela qual  me conservais  humano e mortal,
e, embora já tivesse atingido o alcance da  sacra visão insigne

me não concedeis a graça de ser o etéreo peregrino  intemporal



Nenhum comentário :