expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

terça-feira, 6 de junho de 2017

Em S. Tomé - Aprovação do Projeto da Lei Orgânica do Tribunal Constitucional, na AN, pelo partido maioritário do Governo, gera acesso debate – Oposição diz que é uma ação politica destinada a branquear as eleições que se avizinham – Num pais onde cresce o consumo de droga e de álcool nas escolas – Patrice Trovoada deixou de contar com o todo poderoso Juiz-Conselheiro, José Bandeira, que presidia ao STJ e ao Constitucional e quer reduzir poderes ao novo Presidente, Manuel Silva Gomes Cravid, que prometeu, "dar volta" ao "total descrédito e incompreensão" em que se afundaram os tribunais

Lamentavelmente. Nós sabemos que este Tribunal é uma ação política”  - Expressão usada por Jorge Amado – O líder da bancada parlamentar  do MLSTP.PSD, acusou  o partido do Governo de  querer que o Tribunal Constitucional possa vir a branquear as eleições que se avizinham, as eleições autarquias e as eleições legislativas.  Não há dinheiro para pagar aos funcionários judiciais mas sobra para custear os carros topo de gama num Tribunal, que raramente funciona mais de que uma vez ou duas por ano.

Afirmações produzidas, durante a sessão plenária, que decorreu a meio da manhã e principio da tarde de hoje, para a  discussão e votação na generalidade dos Projetos de Lei relativos à Lei Orgânica do Tribunal Constitucional; Leis da Secretaria e das Custas do Tribunal Constitucional, aprovados  com 32 votos a favor do ADI e 17 contra da oposição: 11 do MLSTP/PSD, 5 do PCD e 1 de UD.

Mural em S. Tomé

As Bancadas de oposição consideraram  “de inoportuna uma tal lei na actual conjuntura económica do país, porque, na sua perspectiva, implicariam despesas que não constam do Orçamento Geral do Estado. Enquanto isso, a Bancada do ADI, proponente do referido Projecto de Lei, argumenta que a votação do diploma não pressupõe automaticamente a criação de despesas.

O partido do Governo, faz ouvidos de mercador, propõe e aprova as leis segundo a sua conveniência partidária. Em boa verdade, conquanto a Constituição garanta um serviço público de imprensa independente dos interesses de grupos económicos e políticos, tal norma não é respeitada pelo Governo, liderado por Patrice Trovoada , que chama a si o controlo absoluto dos órgãos de comunicação social . E, no Parlamento, são também enormíssimas as desigualdades de tempos concedidos aos deputados da oposição, que mal podem expressar a sua voz e fazer valer  seus argumentos.


(atualizaçao) TC do ADI é contestado por juristas que o considera inconstitucional e irracional
Rádio Jubilar é privada, brindou o público são-tomense com um debate esclarecedor sobre a polémica em torno da instalação urgente do Tribunal Constitucional. Num país onde o contraditório passou a ser crime, facto justificado pela ausência de programas de debate na TVS e na Rádio Nacional, resta saber se o programa da Rádio Jubilar, resistirá a fúria que terá gerado na sua edição do último fim-de-semana.http://www.telanon.info/politica/2017/06/14/24654/tc-do-adi-e-contestado-por-juristas-que-o-considera-inconstitucional-e-irracional/
BANDEIRA NO POST DA ADI  E A SUA CORTE

Segundo informações, que nos chegam, "tudo indica que pela forma como ADI tem levado os assuntos do país, as constantes  violações das leis, que o Tribunal Constitucional poderá ter como elementos José Bandeira, Elísio Teixeira e  Carlos Olímpio Stock."


Em S. Tomé, na atualidade, não existe propriamente democracia, senão a da expressão popular nas ruas de um povo, que é por  natureza, além de pacifico,  expansivo e alegre. No entanto, mesmo essa alegria vai sendo cada vez mais reprimida, face às profundas desigualardes sociais, que a atingem, em que, a elite do poder, é fracamente privilegiada, com duplas funções, escandalosamente remunerada na administração pública ou em empresas estatais ou de capitais mistos.

A culpa das bebedeiras não é do tradicional vinho de palma  
Na sessão  parlamentar, que antecedeu  o debate da generalidade dos projetos aprovados, várias foram as vozes dos deputados da oposição que se referiram às enormes privações, em que se confronta  a população, conduzindo os jovens a situações marginais, nomeadamente ao consumo exagerado do álcool e até elevando  índices de criminalidade, tendo havido, até no seio do partido do Governo, quem defendesse uma cadeia de alta segurança.

Não se verificam as imagens, da extrema pobreza que se vêm na generalidade  dos países africanos, porque, há abundância de frutos, a natureza é fértil e generosa. Contudo, a degradação social  e dura realidade, com que se defronta o chamado Povo Pequeno, e até a camada jovem, é realmente preocupante

Revela  um estudo, que S. Tomé e Príncipe é  segundo pais lusófono do maior consumo de álcool – Referindo que a cerveja é a bebida mais consumida pelos adolescentes nos centros de ensino. 7,8% das crianças com idades compreendidas entre 10 e 14 anos bebem  em média 15 garrafas de cervejas por mês – Adiantando, ainda, que a prevalência da droga no seio da juventude são-tomense, teve 4 distritos como alvos, nomeadamente, Água Grande e Mé-zochi que albergam cerca de 70% da população são-tomense. O distrito de Lembá ao norte da ilha de São Tomé e a Região Autónoma do Príncipe, também foram alvos do estudo. Estudo diz que Bebedeira e Consumo de drogas estão a aumentar ...

EMBRULHADA GOVERNAMENTAL PARA BRANQUEAR AS FRAUDES ELEITORAIS

Obra megalómana - Com o Povo a viver nas barracas
“Estamos perante um imbróglio: se estamos a discutir princípios, efetivamente é uma contradição: o parecer refere a matéria de inconstitucionalidade, fala também de desfasamento da própria lei e por isso recomendou ao proponente para fazer alteração  e depois ser submetido ao plenário, no entanto veio tal como estava” – Diz o deputado do PDC  

Por sua vez, Jorge Amado, líder da banca parlamentar do MLSTP-PSD, disse que “estamos perante uma lei inconstitucional  que nem sequer deveria ser discutida nem votada nesta casa Parlamentar sem que haja as devidas correções .

Que  nenhuma despesa pode ser assumida, ordenada ou realizada  sem que se encontre devidamente inscrita no Orçamento geral do Estado aprovado. Portanto, este projeto lei não consta mo Orçamento geral do Estado . Além disso deve justificar  a  sua economicidade, a sua eficiência

Lamentavelmente, nós  sabemos que este Tribunal é uma ação política: querer que o Tribunal Constitucional possa vir a branquear as eleições que se avizinham, as eleições autarquias e as eleições legislativas.


PATRICE TROVOADA QUER QUE A JUSTIÇA LHE CONTINUE A BRANQUEAR AS  MEGAS FRAUDES  ELEITORAIS E OS  GOLPES DE CORRUPÇÃO

Patrice Trovoada quer continuar a subverter o poder judicial e tê-lo refém das   suas vaidades e excêntrica ambições  - Ele, que, através do seu amigo Bandeira,  havia encomendado um relatório a uma comissão portuguesa para o saneamento de juízes que não eram da sua confiança politica, a pretexto  de uma      pseudo-avaliação   composta pelos consultores judiciais, portugueses António Reis e Diamantino Pereira,  às ordens do então todo poderoso Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça de São Tomé e Príncipe e inspetor judicial Silvestre Leite, cunhado do atual Presidente da República. Evaristo Carvalho.. pois, já deu para ver que estão em curso novas manobras para subverter a justiça. … Acórdão do STJ anulou classificação após inspecção dos juízes –   E Patrice não concorda, está-se mesmo a ver, que não seja  este o ponto de vista para quem quer ter o controlo absoluto de todos os poderes institucionais. "Espero que não voltarem a reintegrar", São Tomé e Príncipe: Governo vai recorrer da decisão do STJ 

"LISTA NOMINAL DOS SENHORES QUE FAZEM PARTE DO MEMBRO DE CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO: ÂNGELA COSTA PINHEIRO, ABNILDO D'OLIVEIRA, LEVY NAZARÉ, ELÍSIO TEIXEIRA E WATSON ALMEIDA." - Denunciada nas redes sociais santomenses 

Milhões deitados ao lixo
(…) “Patrice Trovoada já pediu e tem estado a pedir apoio financeiro nos países vizinho, até então, nenhum país deu Patrice Trovoada apoio, porque quase nenhum país acredita mais em Trovoada.

Desde da sua juventude, Patrice Trovoada foi homem de negócios obscuros, mentiroso e ama dinheiro e viagens”

Primeiro-ministro santomense que encontra-se sem rumo e perdido, pode ser achado em Portugal na sua vivenda de luxo que custa mais de cinco milhões de euros, assim que perder eleição legislativa de 2018.

Patrice que tinha o silencio de Levy Nazaré como secretario de ADI, que chamou de desgraçado ao povo para exercer o cargo de administrador de conselho de administração da CST... onde, a juntar aos quarenta milhões de dobras como deputado, vai ganhar na CST, 75 milhões de dobras mensais, num total de cento e quinze milhões de dobras (115 dbs).

Patrice Trovoada que está fazer tudo por tudo para agradar os seus seguidores, fez as seguintes nomeações juntos ao ministro da tutela, Carlos Vila Nova:- Levy Nazaré , deputado, administrador de conselho de administração da CST, salário mensal, 75 milhões de dobras.- Abnildo D'Oliveira, deputado, membro de conselho de administração da ENCO, salário mensal, 80 milhões de dobras.- Wadson Almeida, funcionário da Agência de Petróleo, membro de conselho de Administração da ENASA, salário mensal, 60 milhões de dobras.- Ângela Costa, deputada, a senhora que foi nomeada embaixadora de STP em Guine-Equatorial, membro de conselho de administração de Instituto de Segurança Social, salário mensal, 50 milhões de dobras.- Elísio Teixeira assessor jurídico de Patrice Trovoada, membro de conselho de administração da ENCO, salário mensal, 80 milhões de Dobras.(...) Não pertenço a nenhuma família partidária, mas se me calar, é tomar sopa com garfo. Gabriel Graça:  Riboque Capital."

ATAQUES À JUSTIÇA PELOS MESMOS LEGIONÁRIOS AO RECÉM ELEITO PRESIDENTE DO STJ - 

Manuel Silva Gomes Cravid, prometeu, "dar volta" ao "total descrédito e incompreensão" em que se afundaram os tribunais são-tomenses Manuel Cravid chamou a atenção dos magistrados para não se esquecerem que “somos independentes e que devemos resistir e afastar de qualquer influência política, publica ou privada”. “O nosso chefe é a constituição, são as leis e a nossa consciência”, disse, lembrando que o poder judicial tem estruturas e mecanismos próprios “para resolver os nossos problemas e interesses ligados a magistratura e ao exercício da função judicial”. Obviamente que a tribo  Trovoada e os seus cúmplices, não gostaram desta afronta à sua ditadura

JOSÉ BANDEIRA  - O PODER ABSOLUTO DA JUSTIÇA – Presidente do Tribunal Constitucional, do Supremo Tribunal de Justiça. Do Conselho de Administração dos Tribunais e do Tribunal Tributário 

– Perdeu um elo mas o Patrice quere-o lá de volta no TC.



– Perdeu um elo mas o Patrice quere-o lá de volta no TC.

Juiz Bandeira procura segundo mandato como Presidente do STJ José Bandeira, Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça desde Abril de 2013, anunciou que vai brigar para um segundo mandato na eleição marcada para a próxima quarta - Só que foi chumbado na briga

JOSÉ BANDEIRA, AUTO-PROCLAMADO  PRESIDENTE DO TRIBUNAL TRIBUTÁRIO, COM POMPA E CIRCUNSTÂNCIA SOB OS AUSPÍCIOS  DE PATRICE TROVOADA 

Presidente  do Conselho de Administração dos Tribunais, onde ele se autoproclamou, ao dissolvê-lo  – vozes falaram então em Assalto ao Poder -   violando uma competência  da Assembleia NacionalBandeira dissolveu Conselho de Administração dos Tribunais   Uma fonte do Conselho de Administração dos Tribunais, agora dissolvido, disse que Téla Nón, que o Presidente do Supremo Tribunal de Justiça não tem competência para redesenhar a estrutura organizacional da administração dos Tribunais. «É uma competência da Assembleia Nacional. Só o legislador pode fazer tal redesenho. Ele está a substituir a Assembleia Nacional. É um assalto ao poder». Frisou – Fonte Téla Nón

NOVOS GOLPISMOS EM PREPARAÇÃO PARA CIMENTAR A FRAUDE 


Governo de Trovoada e o partido que o seu pai fundou, protagonizando desde então os maiores escândalos de corrupção e de perversão democrática, não se conforma com o derrube do seu aliado, o juiz conselheiro José Bandeira, que foi cilindrado nas recentes eleições para a Presidência do STJ  - E muito menos gostou destas palavras do novo Presidente – Quer o poder judicial ao serviço dos seus misteriosos desígnios


A recente eleição do novo Presidente do STP, Juiz Conselheiro, Manuel Silva Gomes Cravid, que veio destronar o reinado do todo poderoso e polémico, Juiz Conselheiro, José Bandeira, mais na colagem ao Governo de que a pugnar pela  dignificação da justiça e da sua independência,  parece não ter sido bem recebida por Patrice Trovoada, que  quer agora nomear Bandeira para o Tribunal Constitucional 

Juiz Cravid avisou que não vai aceitar ingerência nos assuntos dos Tribunais"

«Os tribunais são um órgão de soberania, como o governo, a assembleia nacional e o Presidente da República são. Não nos cabe imiscuir nos assuntos do Governo, nem da Assembleia Nacional e muito menos nos assuntos do Presidente da República. E Gostaria que os outros órgãos de soberania agissem em conformidade», assim  respondeu o novo juiz Presidente do Supremo Tribunal de Justiça e do Tribunal Constitucional, Manuel Silva Gomes Cravid.


Uma resposta a imprensa que fez aplausos ecoarem no salão do Tribunal. Dezenas de funcionários judiciais e alguns magistrados dos Tribunais presentes no salão selaram as palavras do novo Presidente em resposta aos jornalistas com aplausos prolongados. Juiz Cravid avisou que não vai aceitar ingerência nos assuntos




Por onde andam publicados os negócios de Patrice
As avultadas comissões das negociatas petrolíferas (e outro enriquecimento, nunca explicado) permitiram ao estrangeirado e apátrida, Patrice Trovoada, nativo do Gabão (onde foi educado e viveu até à adolescência; trabalhou quase sempre no estrangeiro e mesmo no exercício da sua atividade política eram" - aliás, continuam a ser - "fugazes os seus momentos de permanência no país), deram-lhe a possibilidade de corromper uma enorme fatia do eleitorado e assegurar-lhe uma maioria confortável parlamentar - sim, porque, no seu dizer, " a compra dos votos, faz parte do jogo - Mas dificilmente lhe poderá permitir comprar as consciências mais nobres e atentas santomenses

Nenhum comentário :