expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Em São Tomé – Restrições ao Facebook na mira do ataque à liberdade de expressão - Recentes acordos com a gigante StarTimes, que dispõe de meios poderosos de expansão e filtragem, é no que poderão vir a dar – Procurador-geral promete “caçar” criminosos cibernéticos - Diz Frederique Samba – O Procurador que decidiu instaurar processo a Peter Lopes e processar criminalmente o autor do livro “Batota do Juiz” - Este é apenas um pretexto do que está para vir: "O perigo para a mídia em novidade é que os governos repressivos olham para a China, particularmente quando tentam entender a melhor forma de limitar o alcance das mídias online



Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise 



Procuradoria sintonizada com as preocupações do Governo de Patrice Trovoada:  TVS e Rádio nacional, sob controlo absoluto Estatal  - Rádio da igreja católica, alvo de censura e de injúrias ao Bispo  - "A riqueza e o expansionismo do estado chinês, combinados com o conhecimento generalizado de como a Internet da China é restrita e censurada, fizeram da China um modelo para regimes que desejam manter a discussão gratuita sob controle"

DEPOIS DAS TROPAS DO RUANDA – É PROVÁVEL QUE VENHA A CENSURA ÀS NOVAS TECNOLOGIAS ATRAVÉS DOS CHAMADOS ACORDOS DE COOPERAÇÃO DE OUTROS PAÍSES CAMPEÕES DA REPRESSÃO



ACORDOS QUE TRAZEM ÁGUA NO BICO  - São-Tomé, 7 Set ( STP-Press) - O governo de São-Tomé e Príncipe e a  empresa StarTimes da República Popular da China  assinaram um acordo de cooperação visando a modernização e digitalização da Televisão, TVS e Rádio Nacional bem como a introdução de “grandes melhorias” nas redes de telecomunicações no País, - soube-se hoje de fonte oficial.

O acordo foi assinado quarta-feira em São-Tomé pelo ministro das Infraestruturas, Recursos Naturais e Ambiente, Carlos Vila Nova, e pelo Presidente da empresa chinesa, StarTimes Group, Xinxing Pang, testemunhado pelo ministro da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação, Olinto Daio.
 http://www.stp-press.st/c96.htm....
Turquia através da Fundação Maarif entra no sistema de ensino d



"A Censura da Internet na China é extrema devido a uma grande variedade de leis e regulamentos.
[1] O aparato do controle de internet chinês é considerado mais extensivo e avançado que qualquer outro país do mundo. As autoridades do governo não apenas bloqueiam o acesso ao conteúdo dos websites mas também monitoram o acesso de internet dos indivíduos; essas medidas renderam o apelido infame de "O Grande Firewall da Chinaje de fonte oficial.
 Censura na China  - Mais à frente outros pormenores 


A PRÓXIMA MORDAÇA AO PACÍFICO POVO DE S. TOMÉ E PRÍNCIPE POR UM APÁTRIDA - - ESTÃO EM ANGOLA E MOÇAMBIQUE - - empresa chinesa de tecnologias de informação quer universalizar o acesso à televisão em África   AO JEITO EXPANSIVO  DOS SEUS INTERESSES E  CENSÓRIO DOS GOVERNOS - "A empresa chinesa Startimes Software Technologies vai liderar o processo de migração digital em Moçambique, após ter vencido um concurso público lançado em Junho último, em que concorreram 20 empresas, entre nacionais e estrangeiras Startimes lidera migração digital - Jornal Notícias...    Star Times lidera salto digital em África - Angola News


NÃO TARDA A CENSURA A SER INSTALADA EM ON LINE





Como é sabido, o Facebook é uma das maiores conquistas da  liberdade de expressão pelas novas tocologias, graças ao engenho e ao arrojo de  Mark Zuckerberg – Que, desde a sua fundação,  tem sido alvo de fortes ataques – quer pela media oficial liberal – quer por outras forças  e sob os mais diversos pretextos – Tem as suas normas de convivência e divulgação e mecanismos adequados para serem respeitadas. No entanto, para os inimigos da liberdade de expressão, o ideal era que não existisse mesmo a possibilidade das pessoas expressarem as suas opiniões.

Não é acessível em todos os países; sofre severas restrições nos regimes ditatoriais ou mesmo naqueles, em que, sob     a capa de democratas, são governados por regimes avessos à liberdade de expressão.

Pelos vistos, é para onde tende o desejo de uma das figuras politicas santomenses, mais controversas e impopulares: ou seja, a mesma pessoa que quer à força impor o seu credo religioso, perseguindo as religiões seculares, já existentes a mesma pessoa,  que, frequentemente, condiciona, calunia ou move perseguições a quem não afinar pelo trombone da sua propaganda – e sem que a Justiça levante o dedo: desde o confundir jornalistas como perigosos agentes armados, às mais diversas formas de intimidação, de censura  e controlo: quer usando e abusando dos órgãos de comunicação estatal a seu belo prazer, quer pressionando-se os órgãos judiciais a instaurar  processos de intimidação

 É  o que poderá depreender-se do comunicado insaturado pelo Procurador-geral da República, anunciando   que a criminalidade praticada com recurso as tecnologias de informação e as redes sociais, continua a aumentar no país. – Claro, num país onde os índices de pobreza se agudizam, nem é de estranhar que haja quem  se insurja contra às injustiças sociais de que é alvo e a sua voz desagrade a um  poder corrupto e de maioria parlamentar absoluta  – Mas disso, a PR não diz uma palavra 

Depois do recente inquérito instaurado  Ministério Público   ao ex-operacional Peter Lopes, pela sua denúncia que fez num vídeo, acusando Patrice Trovoada de ter financiado o golpe de  Estado de 16 de Julho de 2003, aí está de novo, Frederique Samba, a defender a honra de quem tem dado bastas provas de perigosa desgovernação – Sim, através do mesmo Procurador que tentou  Abafar o Livro “BATOTA DO JUÍZ” |

 Diz o douto e meritíssimo magistrado, que “Quase que diariamente são postadas sobretudo no facebook novidades relacionadas com membros do governo, deputados, juízes e procuradores, incluindo o procurador-geral da república. Novidades sobre os políticos da oposição e de cidadãos que estão fora da vida política activa, são também postadas periodicamente no facebook.


Os são-tomenses agarraram com unhas e dentes, a ferramenta que lhes foi prometida em campanha eleitoral. “Acesso Livre a Internet para Todos”. Criaram vários espaços de debate on line.
As novidades sobre as acções e a vida de todos, circulam de forma volátil no país e no mundo.
Mas o procurador-geral da república considera que no uso das TIC, o são-tomense está a ter «condutas que têm provocado ofensa a honra e dignidade das pessoas a reserva da vida privada. O Ministério Público utilizará as prerrogativas que a lei lhe confere para salvaguardar o poder punitivo do Estado relativamente aos referidos ilícitos», avisou o Procurador-geral da República.
Informações chegadas a redacção do Téla Nón indicam que as autoridades nacionais procuram a todo o custo, descobrir os autores dos perfis considerados falsos no facebook, que têm postado informações e casos escandalosos.

Espera-se no entanto, que o país não venha a adoptar as medidas recentemente tomadas pela República Popular da China, e divulgadas pela imprensa internacional, segundo as quais as autoridades chinesas, cortaram do seu país o uso do Watsap e do Facebook. Procurador-geral promete “caçar” criminosos cibernéticos | Téla Nón



 EM PORTUGAL OS CHINESES JÁ CONTROLAM JORNAIS, RÁDIOS,  BANCOS, EDP – E POR AÍ ADIANTE.

DN - Jornal secular é chinês

A empresa de Macau KNJ Investment Limited vai passar a controlar 30% da Global Media através de uma injeção de capital de 17,5 milhões de euros, tornando-se o maior acionista do grupo, disse hoje o mediador das negociações. DN, JN e TSF nas mãos de chineses - Cm ao Minuto - Correio da Manhã ..  .. Chineses formalizam entrada no capital da dona do “DN” e “JN”

 EM ÁFRICA JÁ  SÃO OS GRANDES SENHORES DA INTERNET - COM PODERES ARBITRÁRIOS PODEROSOS AO SEU  DISPOR 

"Depois da StarTimes, uma empresa de mídia chinesa, ganhou a única licença de transmissão de TV digital do Quênia em 2011, um editorial da Daily Nationdesafiou o acordo, perguntando: "Os sites na China foram encerrados em reação às revoluções que varreram o norte de África e o meio Leste. Este é o país que queremos procurar em questões de liberdade de expressão e expressão? "

P.Trovoada não tem esta vida
O perigo para a mídia em novidade é que os governos repressivos olham para a China, particularmente quando tentam entender a melhor forma de limitar o alcance das mídias online. A riqueza e o expansionismo do estado chinês, combinados com o conhecimento generalizado de como a Internet da China é restrita e censurada, fizeram da China um modelo para regimes que desejam manter a discussão gratuita sob controle. A gestão da mídia on-line do país parece especialmente atraente para os autoritários em comparação com as alternativas: a revolução da Tunísia foi alimentada em parte pela atividade no site do Facebook que - ao contrário dos blogs de oposição - os líderes do país optaram por não bloquear (em parte, porque eles usou eles mesmos). A China não só bloqueou o Facebook, Twitter e outros sites internacionais de redes sociais, usou sua ausência para incentivar versões domésticas, como Sina Weibo (semelhante ao Twitter) e RenRen, um aspecto semelhante ao Facebook, que é fortemente auto-suficiente - censura. O governo chinês não respondeu ao pedido escrito do CPJ, enviado pela Embaixada da China em Washington, DC, para comentar para este relatório.

A receita para o modelo da China de controle na Internet não é difícil de entender. O país tem filtros fortes em todo o tráfego que atravessa suas fronteiras, através da tecnologia do seu Great Firewall. Os sites fora da China podem ser bloqueados inteiramente ou páginas individuais podem ser bloqueadas pela presença de uma palavra-chave. A totalidade do Facebook é inacessível para os cidadãos chineses  - Excerto De Challenged in China - Committee to Protect JournalistsTraduzir esta página




 Conheça os países considerados "inimigos da internet"

O mais recente relatório publicado pelo órgão lista os países e as organizações que mais praticaram atentados contra a internet mundo afora. Ao todo, 19 países são elencados, sendo que seis deles são “calouros” – ou seja, fizeram sua estreia junto à análise conduzida pela Reporters Without Borders na listagem deste ano. Confira então quais são os países que compõem a nova meia dúzia de “inimigos da internet”; abaixo desta, todos os demais “vilões” são listados. https://www.tecmundo.com.br/internet/52528-conheca-os-paises-considerados-inimigos-da-internet-.htm

POVO A ESPIGAS DE MILHO E A VIVER EM POCILGAS E OS GOVERNANTES EM  ALMOÇARADAS  AO VELHO ESTILO COLONIAL, DESBARATANDO AJUDAS FINANCEIRAS 
“São Tomé e Príncipe tem 70% das crianças afetadas pela pobreza e falta de proteção social”

08/06/2016 Um relatório do Fundo das nações Unidas para Infância (Unicef) relata que mais de 70% das crianças são-tomenses são pobres. 
estudo relata que num país onde mais de 66% da população vive abaixo da linha da pobreza, a incidência da pobreza é ainda mais elevada nas crianças, que “apresentam maior vulnerabilidade relativamente à situação da protecção social” do que os adultos. abandono e trabalho infantil), o saneamento e a área da nutrição. Pobreza e falta de proteção social afeta 70% das crianças de São Tomé.

TAREFA HERCÚLEA NA LEGISLATURA DE UM  GOVERNO  QUE DESRESPEITA A SEPARAÇÃO DE PODERES 
 Organizar a casa e pôr os Tribunais a funcionar, que estão paralisados   há quase dois meses – Este era então o  objetivo imediato do novo Presidente do Supremo Tribunal de Justiça - Silva Cravid , na altura em logrou afastar,  o todo poderoso, José Bandeira  - Porém, face ao cerco das forças do poder politico, é suspsoto que dificilmente poderá levar a bom termo  o seu desejo

 27/04/2017 Em declarações a imprensa, o novo presidente do Supremo defendeu a necessidade de se dignificar os tribunais e todo o sistema judicial são-tomense, sobretudo, através da organização da classe e a união entre os diferentes agentes e fazedores da justiça em São-Tomé e Príncipe.

 É preciso organizar a casa e unir a classe” – disse Silva Gomes Cravid, tendo sublinhado que “ a que fazer funcionar de facto os tribunais” uma vez que “ é preciso que a sociedade volte acreditar” nos tribunais e que “os políticos deem credito” ao sistema judicial.

«Os tribunais são um órgão de soberania, como o governo, a assembleia nacional e o Presidente da República são. Não nos cabe imiscuir nos assuntos do Governo, nem da Assembleia Nacional e muito menos nos assuntos do Presidente da República. E Gostaria que os outros órgãos de soberania agissem em conformidade», assim  respondeu o novo juiz Presidente do Supremo Tribunal de Justiça e do Tribunal Constitucional, Manuel Silva Gomes Cravid.

Uma resposta a imprensa que fez aplausos ecoarem no salão do Tribunal. Dezenas de funcionários judiciais e alguns magistrados dos Tribunais presentes no salão selaram as palavras do novo Presidente em resposta aos jornalistas com aplausos prolongadosAbel Veiga http://www.telanon.info/politica/2017/04/26/24284/juiz-cravid-avisou-que-nao-vai-aceitar-ingerencia-nos-assuntos-dos-tribunais/



HÁ LIBERDADE DE IMPRENSA EM STP?  "Liberdade de imprensa é uma componente de Democracia e sem ela não há democracia; ou há-a de forma coxa, atípica ou autentico simulacro, porque diz-se facilmente que STP é um país democrático, sobretudo quem está no poder, mas não há liberdade de expressão. Esta não pode ser entendida apenas como a faculdade de se poder exprimir nas redes sociais que angustia o poder e que ele não pode extinguir ou impedir a sua existência.

Nem se pode dizer que há Democracia porque, aí sim, os cidadãos podem falar, criticar e dizer o que pensam. Isso só não basta!



Democracia funcional e a única digna deste nome, é aquela em que há instituições que põem o Estado a funcionar e existir no quadro da normalidade legal e constitucional; por outras palavras, é quando todos os órgãos do Estado cumprem e respeitam os desígnios do Estado de Direito Democrático. Ex.: Governo deve deixar TVS e RACIONAL funcionar com liberdade e não comanda-las para fazer o que lhe agrada. - Magda Silva
lise  - Desde há 46 anos




S. TOMÉ – (1) VIOLAÇÃO DA LEI ELEITORAL – A DESMONTAGEM DE GIGANTESCA FRAUDE NO DIA DO ESCRUTÍNIO – PATROCINADA PELO PODER GOVERNAMENTAL (video alargado, além de dois mais à frente - Um deles abreviado)



      Artigo 133.º Deveres dos Profissionais de Comunicação Social) Os profissionais de comunicação social que, no exercício das suas funções, se desloquem às assembleias de voto não podem: Colher imagens e aproximar-se das câmaras de voto de forma que possam comprometer o segredo de voto; Obter outros elementos de reportagem no interior da assembleia de voto ou no seu exterior até à distância de 500 metros que igualmente possam comprometer o segredo do voto; De qualquer outro modo perturbar o acto eleitoral.


Artigo 198.º
(Corrupção Eleitoral)
1.      Aquele que persuadir alguém a votar ou a deixar de votar em determinada lista, oferecer, promover ou conceder emprego público ou privado ou outra coisa ou vantagem a um ou mais eleitores ou, por acordo com estes, a uma terceira pessoa, mesmo quando a coisa ou vantagem prometida ou conseguida, for dissimulada a título de indemnização pecuniária dada ao eleitor para despesas de viagem ou de estada ou pagamento de alimentos ou bebidas ou a pretexto de despesas com a campanha eleitoral, será punido com prisão até dois anos e multa de Dbs 1.500.000,00 (um milhão e quinhentas mil dobras) a Dbs 7.500.000,00 (sete milhões e quinhentas mil dobras).

2.      A mesma pena será aplicada ao eleitor que aceitar qualquer dos benefícios previstos no número anterior, ou votar ou tentar votar mais de uma vez, em lugar de outrem.



Nenhum comentário :