expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

S. Tomé – MLSTP- PSD, em convulsão - Pluralidade democrática ameaçada com duas eleições à vista - Patrice Trovoada, PM e líder da ADI, conhecido como "o empresário misterioso", desacreditado, em crescente queda popular, ganha trunfos de Aurélio Martins, líder do MLSTP, outro empresário de expedientes – Denúncia de jogos de subornos no Conselho Nacional, de mão patriciana, reforçam aparentemente o poder “aureliano” no recente Conselho Nacional, mas poderá vir a ser a estocada final - depois de várias derrotas consecutivas- , ao partido fundador da nacionalidade santomense, donde emergiram as demais formações liberais - Pudendo desaparecer para dar lugar à clarificação de um ideário mais social, democrático e patriótico, sob pena do pacifico povo santomense, continuar traído por mercenários do saque e da corrupção

Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise 
BANHO DE SUBORNOS NO CONSELHO NACIONAL DO MLSTP, REFORÇA A LIDERANÇA DE AURÉLIO MARTINS DE COSTAS VOLTADAS  PARA OS HISTÓRICOS  - E Patrice Trovoada, deverá estar a esfregar as mãos de contentíssimo pelo desfecho do veredito  

Está descansado que ele é nosso pau-mandado


COM ESTA VOTAÇÃO DO BANHO de 77/% NO AURÉLIO MARTINS DA SUA MÁQUINA INTERNA  - ATÉ PARECE QUE NÃO FOI ESMAGADO POR TROVOADA NOS TRÊS ESCRUTÍNIOS OU QUE É A REELEIÇÃO DO DITADOR PAUL KAGAE NO RUANDA  -   


Diz a  propaganda liberal  - “Aurélio MartiAurélio Martins tornou-se líder incontestado no  MLSTP/PSD, esmagando a velha-guarda com 77% dos votos – 

"Resolve definitivamente a questão sobre a disputa pela liderança no seio do MLSTP/PSD, ao vencer ao vencer, com 77% dos votos” – Num pais com ordenados mínimos, entre  os 35 e os 45 euros mensais, não é difícil a qualquer empresário chico esperto, dar a volta aos votos  - Mas, Aurélio, a meças com o Patrice, sabe que jamais fará sombra  ao seu poderio financeiro : Daí as alianças secretas de que é suspeito:   se não os podes vencer, junta-te a eles – É o que está a fazer,  para defender as suas empresas falidas, comprometendo o futuro do seu partido e traindo  as esperanças de um povo desiludido e roubado. 

BOA NOTICIA PARA O MERCENARISMO GOLPISTA  E MÁ NOTICIA PARA A EVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA EM SÃO TOMÉ “O Conselho Nacional do MLSTP/PSD reunido dia 16/12, reafirmou de forma expressiva a confiança no seu líder, camarada Aurélio Martins. https://www.facebook.com/STP.MLSTP/posts/1322846317816114  -  A media do neocolonialismo e do ultraliberalismo selvagem, depressa deu eco e fez coro - S. Tomé e Príncipe: Aurélio Martins tornou-se líder incontestado no MLSTP/PSD, esmagando a velha-guarda com 77% dos votos. S. Tomé e Príncipe: A velha-guarda "revitalizadora" do MLSTP/PSD foi

ENTENDIMENTO ENTRE EMPRESÁRIOS POLÍTICOS É FÁCIL”  - Confessa  o empresário de empresas falidas - Acordos secretos entre os líderes dos dois maiores partidos, poderão comprometer, ainda mais, o futuro social, democrático e o bem-estar das populações - Por um corrupto a governar e por outro de empresas  falidas a deixar-se subornar à estratégia do que quer voltar a ter a  maioria nas eleições que se avizinham e perpetuar-se  no poder 

MANUEL PINTO DA COSTA ESTEVE AUSENTE - NÃO PACTUOU COM A FARSA, TAL COMO FEZ NA 2ª VOLTA COM EVARISTO  - Mas Aurélio Martins, para iludir os militantes,  foi buscar uma fotografia anterior e juntou-a na noticia da página do Facebook, entre as dez imagens do  manobrado Conselho Nacional


O fundador do Partido não pactuou com a farsa 
MLSTP- PSD – O Partido da Fundação da Nacionalidade”, de  novo com a liderança em  convulsão: Dividiu-se nas eleições presidenciais e ameaça fraturar-se de vez com a insistência do empresário  Aurélio Martins, tido como aliado das estratégias de  Patrice Trovoada  – “Arrependido por ter participado nas eleições presidenciais, de 2011 “confessando que gastou muito dinheiro e que está endividado”, mas nem com os erros parece ter apreendido  – Povo Santomense  à mercê do oportunismo aventureiro  golpista

NAO SE É LÍDER PORQUE SE QUER SER - É PRECISO SABER MERECER -Aurélio Martins - Insiste no Auto suicido do MLSTP - Depois de tão pesadas derrotas o que é que ele pretende? - Ainda não reconheceu que tem sido incapaz de unir esforços e congregar as várias sensibilidades do partido fundador da nacionalidade satomense? - Sem com isto prender meter foice em seara alheia, tanto mais que não tenho qualquer tipo de filiação partidária, não deixarei porém de lhe deixar esta sugestão: a de que saiba aproveitar as suas capacidades, que as tem, naturalmente, não na liderança do seu partido, para a qual não revela talento, mas como elemento ativo em contribuir para a sua unidade. – Paradoxalmente,  não é isso que tem procurado promover 

NUM PAIS POBRE,  O DINHEIRO COMPRA TUDO – PATRICE TROVOADA DISSE RECENTEMENTE QUE Há uma máfia instalada nos tribunais do país de São Tomé e Principe  ” – MAS NÃO DISSE  TUDO - QUE A MÁFIA COMEÇAVA POR ELE PRÓPRIO



Patrice Emeri Trovoada,  saberá, com certeza,  como  empresário mais experiente, o  mais viajado em torno das  grandes negociatas do património do Estado, que as máfias da corrupção, sob a sua égide,  estão instaladas em STP, desde a Justiça à  Governação, desta ao partido que lhe garante a maioria absoluta e à própria liderança do maior partido da oposição.

Os milhões de apoios que tem chegado a S. Tomé, os nublosos negócios  por explicar de navios e  catamarãs e outros esquemas de empréstimos ou de aplicações de duvidosa  credibilidade, para alguma coisa deverão servir – Menos para minorar a extrema pobreza da esmagadora maioria da população que tem que conformar-se com inaugurações de fachada para mostrar que o estrangeirado Emery, nascido, criado e educado no Gabão,  junto burguesia, vaidosa e corrupta,, é generoso e amigo do Povo, com o qual nunca cultivou nem raízes nem afinidade de qualquer espécie.



O Executivo deve adquirir mais urgentemente possível um detetor de mentiras”   A propósito da corrupção instalada no topo dos Tribunais,  – Aviso, no Facebook,  de Augúrio Amado Vaz, mais conhecido por Gégé   (ex-juiz,   ex-membro de um dos gabinetes de Patrice Trovoada e de Evaristo Carvalho, atual PR), agora pelo Gabão, para onde o despacharam por via das  flutuações dos seus humores, que, de vez em quando, sob o efeito da copofonia lhe fazem abrir a língua viperina e fazer perder a tramontana e disparar em direções nem sempre ajustadas ao politicamente correto do poder  . - A ideia é boa, pois  bem,  mas como é possível um governo adquirir um detetor de mentiras, quando esse mesmo Governo é o campeão da maior aldrabice e da corrupção? 


TER BEM PRESENTE O QUE SE DISSE DE UM ALTO CORRUPTO QUE TRAIU UMA PEQUENA E POBRE NAÇÃO  E  DOS CÚMPLICES DAS SUAS JOGADAS 

"A ERHC precisa de ser novamente desafiada no tribunal internacional por sua criminalidade! Eles conscientemente aproveitaram-se de  um país sem experiência prévia e colaboraram com o então presidente Miguel Trovoada que aceitaram gananciosamente dinheiro e partes adicionais da ERHC abaixo da mesa. Ele basicamente viraram as costas para o povo dele. Vergonha com ele e seu filho por suas ações implacáveis ​​e irreflexivas!  STP é um pequeno país familiar onde todos conhecem todos. O que ele fez é esfaquear sua família STP nas costas! É criminoso." – In ERHC On The Move Sex 13 de maio, 11:27:00 AM EDT


Patrice Trovoada, concordou em lidar com DiamondWorks.   A  DiamondWorks teve ligações passadas com  a África do Sul a  empresas mercenárias, algumas das quais estavam ligadas ao golpe de julho de 2003 contra de Menezes

MAS QUEM É QUE PODE DAR CREDIBILIDADE A QUEM A NÃO TEM?

DEPOIS DE TER ELEITO – PELA VIA FRAUDULENTA - UM PAU-MANDADO À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, CONSEGUE REFORÇAR A SUBSERVIÊNCIA DO MAIOR PARTIDO DA OPOSIÇÃO

Patrice Trovoada, deverá  estar a esfregar as mãos de contentíssimo pelo já proclamado reforço da liderança de Aurélio Martins, pese o facto de, caulcolística e hipocritamente, ter afirmado que não queria candidatar-se a Primeiro-Ministro 

"O Conselho Nacional do MLSTP/PSD reunido hoje, dia 16/12, reafirmou de forma expressiva a confiança no seu líder, camarada Aurélio Martins. O Presidente do MLSTP/PSD, camarada Aurélio Martins, viu reforçada a sua legitimidade democrática na magna reunião do Conselho Nacional, uma demonstração clara de que tem o apoio das bases do seu Partido.   https://www.facebook.com/STP.MLSTP/posts/1322846317816114


GRANDE ÊXITO PARA A ESTRATÉGIA DO MISTERIOSO EMPRESÁRIO PATRICE - Depois de ter logrado, através de movimentações disfarçadas, que, o empresário-da Cervejeira Rosema do deputado “Nino Monteiro”,  um dos maiores caloteiros do Estado, lhe fizesse o primeiro golpe,  para conspurcar o nome de figuras da justiça e da politica, que não lhe são gradas e fragilizar a  oposição interna ao seu colega empresário do  MLSTP-PSD. sim, executada, tal como então referi,   quase a fio de sabre, em quadra natalícia, mas prestes a entrar no ano de eleições legislativas e a poucos dias de alguma clarificação na liderança do maior partido da oposição, eis que, em escassos dias,  atinge a perfeição do  mafioso controlo do poder: a liderança do Governo com a liderança do chamado maior partido da oposição.


CONSUMADA A “FARSA DO CONSELHO NACIONAL DO MLSTP” - ANTEVISTA PELA DEMISSÃO DO VICE-PRESIDENTE, OSVALDO VAZ QUE SE RECUSOU SERVIR DE MARIONETA AOS DESÍGNIOS DA ADI


Há uns dias atrás, em 11 de Novembro, Osvaldo Vaz, vice-presidente do MLSTP-PSD, em carta dirigida ao Presidente do MLSTP,  “decidiu de forma irreversível afastar-se da estrutura de direcção do partido, acusando a actual direcção de ser uma marioneta do partido ADI de Patrice Trovoada frisando que (…)Há muito tempo que rumores no seio dos militantes do MLSTP; denunciavam o domínio e subserviência da actual direcção liderada por Aurélio Martins, aos jogos políticos da ADI e de Patrice Trovoada. MLSTP: Crise agudiza-se vice-presidente bateu com a porta – Téla Nón

DE VÉSPERA, OUTRO MILITANTE DEIXAVA IGUALMENTE  SÉRIOS AVISOS À NAVEGAÇÃO DO SEU PARTIDO, : - Não é por acaso que noticias vindas da Terra dizem que desde ontem, muito dinheiro tem estado a ser distribuído aos militantes meticulosamente escolhidos para participarem no Conselho Nacional de amanhã() Essa manobra só pode ser entendida como uma luta sem trégua dentro do próprio Partido para defesa dos interesses pessoais (do Patrice Trovoada), em prejuízo do próprio MLSTP, partido de todos nós os militantes, transformando-o simultaneamente numa espécie de Presidente executivo do ADI e Presidente não executivo do MLSTP”.


O FUNDADOR DO MLSTP - MANUEL PINTO DA COSTA - TAMBÉM JÁ HAVIDO SIDO PORTADOR DA MESMA PREOCUPAÇÃO - DENUNCIANDO OS JOGOS DE FINANCIAMENTO COMO UMA PEÇA INDECOROSA DE TEATRO DIRIGIDA POR PATRICE TROVOADA
“Pinto da Costa primeiro Presidente do partido MLSTP e membro fundador do partido, teve direito de discursar na abertura da Conferência Nacional do MLSTP” – Referia o Téla Nón, no passado dia 27 de Nov, citando palavras de Manuel Pinto da Costa..

Alguns dirigentes do MLSTP, bem identificados, usam o seu poder financeiro para influenciar os demais camaradas na tomada de certas decisões que possam continuar a garantir condições para continuarem a fazer negócios obscuros em proveito próprio, não se preocupando com o Partido, transformando o mesmo numa espécie de uma empresa pessoal, usando os demais militantes como figurantes de uma peça de teatro dirigida pelo mestre Patrice Trovoada, neste momento com Aurélio Martins sequestrado e metido no bolso.

Essa proposta pré-elaborada é de todo indecorosa e revela claramente que a actual Direcção está ao serviço de Patrice Trovoada.

Porque nenhum partido sério, de envergadura histórica do MLSTP, pode ser dirigido por uma comissão paralela, quando o mesmo conta com inúmeros quadros capazes de dirigirem o seu destino.

NO MESMO DISCURSO,  A FIGURA EMBLEMÁTICA E HISTÓRICA DO MLSTP, APELAVA À UNIDADE - Acrescentando  que «a união é conseguida quando todos reconhecem que não há posições cativas nem reservadas para uns que consideram predestinados para um papel de relevo» MLSTP : Presidente Fundador exigiu cedências a actual Direcção ..
PARA QUEBRAR A OPOSIÇÃO INTERNA NO SEIO DO PARTIDO, O CALCULISMO HIPÓCRITA DE AURÉLIO VEIO COM O DISCURSO DE QUE  NÃO  QUERIA SER CANDIDATO A PM. 


27 de Novembro de 2017MLSTP  - Presidente Aurélio anunciou que não será candidato ao cargo de Primeiro Ministro. « Fiz cedências, abstendo-me de ocupar o cargo de primeiro-ministro para facilitar o entendimento entre ambas as partes e facilitar a unidade e coesão dentro do partido», afirmou Aurélio Martinshttps://www.telanon.info/politica/2017/11/27/25929/mlstp-presidente-aurelio-nao-quer-ser-primeiro-ministro/

RDP- ÁFRICA, EM PORTUGAL -   - PRONTA A SERVIR DESÍGNIOS ULTRA-LIBERAIS

Pelo que vejo, o safanão dado a Aurélio Martins, pelo opinador oficial da RDP´- África, Sr. Jorge Goncalves, pelos vistos resultou, foi pontaria certeira: é que, isto dos  propagandistas do liberalismo selvagem, verem ascender alguém que não se enquadrasse no perfil de um messias, Eméry, era  uma chatice - Assim, ele e outros manipuladores da opinião pública,  ficarão  mais descansados, porque, saberão, com certeza, que, com a continuidade do atual líder, o MLSTP-PSD, não vai a lado algum – Para o Emery, são favas contadas.  Pois quem é que vai lembrar-se dos escândalos e da desgovernação do atual PM, trocando-o um misterioso mas espertalhão empresário por um outro apagado ou cinzentão, que nem sequer desfrutou dos milhões de ser muito viajado?

Oxalá me engane mas não o vai longe um MLSTP-PSD com a ceia de Natal, previamente cozinhada  e preparada por Aurélio Martins, aos seus convivas – Aurélio Martins, que me desculpe a franqueza, pese a sua teimosia, mas já demonstrou em anteriores escrutínios, e com expressivas derrotas, que não tem perfil, não é competente para liderar o que poderia continuar a ser o partido charneira da pátria santomense, atendendo ao seu passado histórico

Por isso, interpreto a vitória de Aurélio Martins, com alguma apreensão: mais como um  cozinhado de Natal, antecipadamente preparado e pronto a ser consumido numa ceia, de que  como alguém que acaba de  oferecer uma cana de pesca para lhe garantir o futuro ou assegurar o seu ganha pão – É verdade que, o Aurélio Martins, tem o seu passado, não é um desconhecido no seu partido, porém, na minha sincera análise de observador, não basta: quando chegar a vez  do ato eleitoral, oxalá me engane, mas não estou a ver que, com um banho bem ensaiado do milionário Patrice Trovoada, o falido Aurélio destrone o Ditador das Ilhas  e  suba  a Marco Aurélio Imperador de S. Tomé e Príncipe


Pinto da Costa leu Governação de Patrice Trovoada 

 Na Conferência Nacional do MLSTP, e falando aos militantes na qualidade de Presidente Fundador do Partido, Pinto da Costa descreveu a situação actual do país. «As circunstâncias do presente são intoleráveis, vivemos numa sociedade dividida, com promessas não cumpridas, onde o número de pobres e pessoas desprotegidas aumenta todos os dias, onde na luta pela sobrevivência as pessoas perdem padrões mínimos de dignidade, fazendo quase tudo para garantir pão nosso de cada dia», afirmou.

(…) Pinto da Costa lê um país que está a perder carácter e ética. «Um país que muda de amigos conforme as conveniências pessoais de momento, por interesses pessoais desconhecidos, enquanto a pobreza se agrava e a esperança desaparece dia-a-dia». - Excerto de «https://www.telanon.info/politica/2017/11/27/25924/pinto-da-costa-leu-governacao-de-patrice-trovoada/

AURÉLIO MARTINS CONFESSA QUE O ENTENDIMENTO POLITICO E FINANCEIRO ENTRE EMPRESÁRIOS É FÁCIL - Apoiante do empresário Patrice Trovoada, em 2006, com um jipe e meios financeiros, reconhecerá, certamente, que agora poderá haver vantagens recíprocas para ambos, com ele no poder

Aurélio Martins - Télanón

Em 2006, uma errada estratégia do MLSTP, para fazer frente à recandidatura de  Fradique Menezes, apoiado pela coligação (MDFM-PCD), presta-se a  juntar-se ao seu maior adversário para apoiar Patrice Trovoada, que, em 2005, o então Presidente da República, havia afastado do cargo de conselheiro para os assuntos petrolíferos sob suspeita de usar a sua posição em benefício próprio.

O mais entusiasta do apoio ao Empresário misterioso nativo do Gabão,  filho de Miguel Trovoada (visto como uma pessoa misteriosa e ausente, que não costuma juntar-se com as pessoas nos bairros, nem participar em convívios". por não ter ligações fortes à terra onde não nasceu nem foi educado) foi justamente o politico e empresário santomense, Aurélio Martins, atual líder do MLSTP-PSD,  que lhe comprou um Jeep HUMER para promover a sua campanha e vários milhares de dólares, que havia recolhido de alguns amigos angolanos, onde detém empresas mistas com a corrupção destes país.

Quando me encontrei, em Lisboa, com o agora “reforçado líder”  - sim, no dizer da propaganda  e dos seus correlegionários - , mas não creio no sentimento da grande maioria dos que não estiveram lá  -  a propósito de uma polémica despoletada num debate da AN, sobre um cheque ainda em divida de Patrice a Aurélio,  o líder do MLSTP-PSD, confirmou-me, que, de facto,  além do milhares de apoio financeiro que logrou oferecer-lhe, nunca mais lhe pagara um empréstimo, que lhe passara através de um cheque, argumentando que  Patrice era muito gastador.

 Questionado pela troca das relações diplomáticas, que agora completam um ano, da Taiwan pela China de Pequim, Aurélio respondeu-me  “os empresários, sejam eles de que país forem, em matéria de negócios, entendem-se bem – É justamente o que espera o vivaço empresário Patrice do apagado empresário Aurélio, que nem sequer goza do estatuto de ser muito viajado; - Que nunca será este que o vai incomodar ou destronar. Facto este, que,  conquanto,  me coloque no papel de atento e critico observador, não deixo porém de sentir mágoa e desapontamento por mais este golpe antecipado no histórico partido fundador da nacionalidade santomense 

POVO DESCONTENTE, FRUSTRADO, TRAÍDO E DESILUDIDO PELA CORRUPTA DESGOVERNAÇÃO DE PATRICE TROVOADA – Mas  também muito confuso. Sem saber para onde se voltar – A liderança do maior partido de oposição parece não ter aprendido com a mais pesada derrota da sua história, nas legislativas de Outubro de 2014,  revela-se incapaz de unir sensibilidades internas e de reforçar para o exterior a via da uma nova esperança governativa do país.


Ao empresário, Aurélio Martins, sócio-maioritário do Grupo Gibela, ambição de ser grande na política, e até na vida empresarial, isso tem,  mas, ao que parece, sem rasgo, seriedade  e vocação: pois não basta querer, é preciso algo mais inato, que ele não tem revelado até agora –Depois de ter protagonizado  a mais pesada derrota, nem assim parece ter aprendido a lição.    

Em 2006 foi eleito deputado suplente pelo MLSTP no círculo eleitoral de Lobato, precisamente no ano em que se envolveu na campanha de  apoio ao misterioso empresário  Patrice Trovoada – Hoje pretende fazer crer que grandes diferenças os separaram no estilo, na seriedade  e nos projetos de governação.  Mas, se existem, não têm logrado conquistar a sua afirmação como líder do maior partido da oposição – O único combate, mais visível, tem sido justamente através do aguerrido debate do Grupo Parlamentar do MLSTP-PSD, reduzido a 16 deputados, menos 19 que ADI, o que torna impotente para contrariar  o absolutismo e  a arrogância do partido que serve de apoio a um governo corrupto e autoritário.



O DIÁLOGO NUNCA SERÁ UMA CAUSA PERDIDA “ – Disse o então Presidente da República de S.TP, Manuel Pinto da Costa, no 12 de Julho de 2015 -Mas como dialogar cm quem se furta ao díalogo? 
2015  "O diálogo nunca será uma causa perdida nem falhada porque sem diálogo não há democracia nem coesão social" - Palavras  de Manuel Pinto da Costa, no dia 12 de Julho, por ocasião dos 40 anos da Independência de S. Tomé e Príncipe"

"Dizia eu há 3 anos que é preciso, neste mundo global, competitivo e vivido em tempo real devido aos avanços tecnológicos no domínio da comunicação, construir pontes para o exterior, preservando a imagem de um país que é, seguramente, a sua principal marca.

Hoje queria acrescentar que temos de saber também e ao mesmo tempo construir pontes entre nós próprios, independentemente das diferenças, num permanente diálogo construtivo e gerador de consensos estratégicos que permitam ao país construir um futuro melhor, o futuro com que todos sonhamos desde que conquistámos a independência"

A TEIMOSIA DO AURÉLIO MARTINS. Quando tudo indicava que seria desta vez que a actual direção do MLSTP abriria uma janela de oportunidade para o seu relançamento, enquanto partido com vocação para governar e preparar-se para ganhar os próximos pleitos eleitorais, eis que o teimoso presidente optou por boicotar (sem sucesso) a reunião que poderia ser o ponto de partida para a vitória” – Desabafo de um militante no Facebook, na  página Informar Com Verdade - https://www.facebook.com/groups/1046261748750459/ que acrescenta ainda  estas palavras , na língua santomense, dirigidas a Aurélio Martins:
KAÇÔ DI TÉMA, KÁ MÔLÊ KU OLIÁ KÓTÁDU ! NGÁ SÊBÊ SA TÁGI ! ENFIM ! “MLSTP procura revitalização”  - Mas o atual líder em vez de unir fragmenta e divide ainda mais
Téla Nón  -Desde Março de 2017 corrente que alguns dirigentes, militantes, quadros e simpatizantes, preocupados com a grave crise política, económica e social que se vive em S.Tomé e Príncipe, que obriga o MLSTP/PSD ao exercício de uma oposição responsável, esclarecida, determinada e com propostas sérias e alternativas a actual situação, vêm desencadeando contactos, reflexões e debates, que possam conduzir o MLSTP/PSD à uma análise profunda da real situação do país e do partido.– Téla Nón - Excerto de MLSTP procura revitalização | Téla Nón

AURÉLIO MARTINS VOLTA A REJEITAR O ESFORÇO DE MANUEL PINTO DA COSTA PARA DAR MAIS UNIÃO E CREDIBILIDADE AO MAIOR PARTIDO DA OPOSIÇÃO
Negou-lhe esse apoio nas Presidenciais, já por duas vezes e, em ambas as situações, a sua estratégia saiu  sempre derrotada, além do enorme desastre nas últimas legislativas. – Nem assim aprendeu: pois insiste nos mesmos erros – Agora, volta-lhe de novo as  costas na reunião de reflexão  da passada quinta-feira, optando por se juntar a uns quantos subservientes da denominada Comissão Politica, que o bajulam,  longe de representarem  a unidade e a força desejável a um partido  que pretende ser alternativa à desastrada Governação - Sob o falacioso  pretexto de todos unidos numa só voz e sem exclusão em torno da actual direção” – Não deixando, porém, de ,mover despropositadas insinuações a quem ali não compareceu, alegando que : não pode valer tudo apenas para conquistar os protagonismos, interesses individuais, ou de grupos, sobrepondo á vontade da esmagadora da maioria de militantes, que sufragaram, e legitimaram a actual direção do partido”.
Mas, afinal, que esmagadora maioria o MLSTP- PSD, tem representado, sob a liderança de Aurélio Martins?  - Senão a imagem de desaires e de pesadas derrotas consecutivas.

DISCURSO PROFERIDO POR  MANUEL PINTO DA COSTA NA REUNIÃO DE REFLEXÃO SOBRE O MLSTP/PSD E O PAÍS









Proprietário de empresas em Angola e em S. Tomé - desde a construção civil, hotelaria até segurança privada"  - Serve-se da sua influencia politica, simplesmente  para defender os seus interesses pessoais - Não goza de boa fama, tanto em Angola, como em S. Tomé, onde é  visto como um oportunista e franco “atirador”  - Mas, como e sabido, estas pessoas, são hábeis na arte do disfarce e de enganar



O seu percurso politico e empresarial, tem-se caracterizado  por  actos de oportunismo, servindo-se do  poder financeiro para atingir os  objetivos de ordem material.  –  Criou prémios de jornalismo para se promover e manobrar os jornalistas, que, aliás, por duas vezes, o chegaram a eleger como a personalidade do ano - Numa terra onde os salários são miseráveis, não é difícil corromper consciências. – E, como  não podia deixar de ser, também criou  uma Fundação para se arvorar em filantropo, em alma generosa e lograr visibilidade e outras benesses.

DEFENDE A ESTABILIDADE MAS ACABA POR SER O PRINCIPAL DESESTABILIZADOR

20/06/2011 “A pobreza em  São Tomé e Príncipe só vai terminar quando houver estabilidade política, disse, Aurélio Martins, durante o lançamento da sua campanha às eleições presidenciais que se realizam no dia 17 de Julho. Aurélio Martins, candidato do MLSTP/PSD, garante que caso seja eleito, vai acabar com a instabilidade política e governativa

Eleito presidente dos sociais-democratas a 1 de janeiro de 2011, Aurélio Martins assegurou que o nível de descontentamento da cúpula aumentou quando decidiu concorrer às presidenciais do ano passado, que deram vitória a Manuel Pinto da Costa, um dos fundadores e líder carismático do partido. Maior força da oposição santomense elege novo líder - Panapress

ARREPENDEU-SE MAS DEPRESSA SE ESQUECEU; - REGRESSOU PARA UNIR OU   DIVIDIR  AINDA MAIS O QUE JÁ ESTAVA  DIVIDIDO?

11/04/2012 - Aurélio Martins, licenciado em relações internacionais, mostrou-se arrependido por ter participado nas eleições presidenciais, confessando que gastou muito dinheiro e que está endividado, e que inclusive algumas das suas empresas estão em dificuldades em Angola e no país.

“Vou dedicar-me a todas elas com a minha saída da liderança do partido. Tenho empresas nas áreas da construção civil, da segurança, agência de viagens, imobiliária e uma fundação”, precisou o líder demissionário do MLSTP-PSD.

NOVO EDIFÍCIO DA EMBAIXADA DA ANGOLA EM S. TOMÉ – ANUNCIADO COMO OBRA EMBLEMÁTICA E EM LOCAL APRAZÍVEL –UM FIASCO  COM  BARBAS DE HÁ ANOS    - FATUROU MAS NÃO ACABOU "construção da nova embaixada de Angola, entregue a uma empresa de capitais angolanos, a Gibela"

Imagem atual do edifício da Embaixada de Angola, em S. Tomé,: desde há 5 anos neste estado - Faturou mas não acabou - Passaram-lhe para mão 3.000.000 de dólares  e a obra continua na mesma. Tal a desorientação da sua empresa, que as instalações dos escritórios, em S. Tomé, já foram hipotecadas pelo Banco Equador - Se ele não sabe gerir o que tem, como é que pode saber dirigir um Partido ou Governar um país? 


Emb. de Portugal
Expresso, 20|Junho|2009 Edifício avantajado, na melhor localização possível, na marginal entre os dois hotéis do grupo Pestana e a duzentos metros da embaixada portuguesa, ele será omnipresente. E enquanto se aguarda estafadamente pelo porto de águas profundas, as mini-hídricas e a ampliação do aeroporto, alguns quadros da administração pública e outras instituições tentam manter de pé a dignidade do país, enquanto lá fora os cães continuam magros, de pernas altas e coxos, num fundo verdejante de causar inveja.,

Nem as árvores o disfarçam


-Há poucos meses foi assinado um acordo entre a Sonangol e o Estado são-tomense para a criação de uma zona franca de fornecimento de combustível e prestação de serviços nesta região. Um investimento de 20 milhões de euros na cidade de Neves permitirá à Sonangol ter a concessão por vinte anos. Este reforço das relações bilaterais já tinha sido anunciado em Novembro do ano passado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros aquando de uma visita a Luanda: Angola é o primeiro parceiro estratégico de cooperação em África. E como a realidade é feita de factos mas também de símbolos, que melhor exemplo pode haver se não o da construção da nova embaixada de Angola, entregue a uma empresa de capitais angolanos, a GibelExpresso | São Tomé e Angola, o elo forte

 09 Jan 2009 HÁBIL NOS CORDELINHOS DO  MARKETING  “Pela segunda vez consecutiva, o empresário e deputado do MLSTP/PSD Aurélio Martins, é escolhido pela maioria dos são-tomenses que participou num concurso radiofónico como sendo a figura principal do ano. Foi assim em 2007 e volta a acontecer em 2008 Aurélio Martins eleito figura do ano 2008 em São Tomé e Príncipe ...

RECEBEU A MASSAROCA  MAS NÃO CONCLUIU O PROJETO


Em  Junho de 2007, servindo-se da sua posição política (como, aliás, o tem feito geralmente) logrou que,  a  Gibela (sediada em Angola e em S. Tomé), com outra empresa angolana, lhe fosse adjudicado o concurso público para recuperar  as infra-estruturas públicas em Porto Alegre, zona sul da capital de São Tomé e Príncipe – Obras essas, estimadas em 1,5 milhões de dólares.


O referido projeto, destinava-se obras de reabilitação do edifício que alberga os serviços administrativos da zona, balneários e lavandaria públicos bem como uma dezena de residências localizada no centro da cidade de Porta-Alegre, que dista a 90 quilómetros da capital são-tomense. Empresas angolanas ganham concurso público em São Tomé e ... –


Embolsou os  milhões, mas até hoje ainda não concluiu as obras - Há um recibo, que foi tornado público, através da Internet, que aqui reproduzimos,  documentando esse recebimento.

 ACUSADO DE NÃO PAGAR OS SALÁRIOS AOS TRABALHADORES EM ANGOLA -

Referem comentários num blog angolano, que, em 2011, "ele deixou a maioria de seus funcionários sem seus devidos salários"  (...)  "cerca de 400 trabalhadores, estão sem receber a mais de 7 meses, e muitas outras coisas pesadas”



Nenhum comentário :