expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

São Tomé e Príncipe –- Justino Veiga, Ex-ministro da Justiça, afastado há um ano por Evaristo Carvalho, agora detido e libertado depois de humilhado - PROMISCUIDADE: Governo, Negócios e Poder Judicial - Fradique Menezes já reagiu à embrulhada - S.T.J. ignora processos dos partidos do contra e move caça aos opositores do regime com suporte em queixa do maior caloteiro do Estado Santomense – deputado, empresário e homem da Fed. do Futebol “Não pode haver vitória sem que haja maioria absoluta”- Reclama o Primeiro-Ministro e líder da ADI - “Eu não tenho nenhuma razão para duvidar da palavra do Presidente do STJ que diz que houve de facto tentativa de corrupção por parte do Sr. Justino Veiga a mando de Delfim Neves e Osvaldo Vaz – afirmou Patrice Trovoada– O mesmo que se opôs ao acórdão do STJ que anulou a classificação dos juízes – O Povo não vê os milhões mas nem sequer come feijões

Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise


NOVELAS E TRAPAÇAS EM QUADRA DE NATAL - "A realidade está a vista, quando se vê a olho nu que nenhum investidor à sério investe em STP. Só investimento de amigos e compadres. Num contexto de crise financeira mundial, nenhum investidor que se preze irá investir num país com justiça duvidosa. Sem honestidade política e intelectual, não chegamos lá!." - Adelino Ramos no Facebook 

"Nenhuma comunidade internacional está com ele porque sabem que ele é O MAIOR BANDIDO que o pais conheceu na sua história. O Evaristo pseudo PR que por si não é mau homem vai apanhar bem quando PT a abandonar o país. Não é por acaso que ele foi buscar TROPAS RUANDESAS. É para ajuda logo fugir porque ele cometeu muito crime e vai ter que ir para a Cadeia: o caso 30 dos  milhões, barcos, branqueamento c BCGI etc que muitos sabem. FIQUEMOS TODOS ALERTAS"


A ERHC assegurou sua posição de privilégio através do uso de subornos projetados através de Patrice Trovoada.  atual primeiro-ministro e filho de ex-presidente do STP, Miguel Trovoada - A população vive abaixo da linha de pobreza e o país permanece, "inviável", no sentido de que não pode produz o suficiente nas exportações para satisfazer seu próprio nível de consumo.http://scholarship.law.berkeley.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=1098&context=bjalp

SANTOMENSE  - . "Como vêm aí as eleições o MAIOR MAFIOSO  chama os outros de MÁFIA para distrair o "POVO PEQUENO", denegrindo os maiores adversários, pois ele tem consciência de que a massa pensante não está com ele. Ele está rodeado dos seus lambe-botas que irão para lixo quando ele perder eleições e fugir de vez de STP porque desta vez ele não vai p asilo para voltar glorioso. TUDO O QUE SE ESTA A PASSAR COM ROSEMA É UMA FARSA, UMA CABALA MONTADA PELO PT PARA ELE SE SAFAR NAS ELEIÇÕES - Ele sabe, que tirando os seus capangas, nenhum homem culto ou intelectual santomense está com ele" 


Há uma máfia instalada nos tribunais do arquipélago.  Declarou, Patrice Trovoada, no aeroporto internacional de São Tomé, quando deixava o país para gastar mais uns milhares de euros, em mais uma das centenas de passeatas agora para assistir a inauguração do novo aeroporto do Senegal   Patrice só cá esteve 75 dias em 2015- Viagens custaram 1 milhão e oitocentos mil euros

Trovoada, no Senegal - Único PM entre 4 Chefes de Estado
Trovoada reagia ao caso de alegado suborno à magistrados do Supremo Tribunal de Justiça envolvendo o antigo ministro da justiça e ex-assessor do supremo tribunal de justiça, Justino Veiga, e dois deputados - Delfim Neves, do PCD; e Osvaldo Vaz do MLSTP-PSD. Há uma máfia instalada nos tribunais do país de São Tomé e Principe 

OLHA QUEM….ARMADO EM JUIZ QUANDO ELE É QUE DEVIA SER O PRIMEIRO A SER JULGADO – É bom não esquecer que este senhor Patrice mandou emprestar 30 milhões de dólares a uma empresa . chinesa alegadamente a margem das leis

Combate à Máfia  - «É mais uma manifestação de uma máfia instalada no nosso país, que tem uma maneira de actuar que põe em perigo a democracia, a liberdade das pessoas, a segurança das pessoas e os bens das pessoas»,  - «Eu não tenho nenhuma razão para duvidar da palavra do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça que diz que houve de facto tentativa de corrupção por parte do senhor Justino Veiga a mando do senhor Delfim Neves e do senhor Osvaldo Vaz. É uma situação gravíssima e eu espero que o ministério público faça tudo para que essa situação seja devidamente esclarecida», https://www.telanon.info/politica/2017/12/07/26000/combate-a-mafia/

Patrice Trovoada: "Para viver bem em São Tomé, precisamos apenas de 250 milhões de dólares por ano" - Tanto para dar a tão poucos: - Numa população de menos de 200 mil habitantes -  27/05/2016 - - "Um salário mínimo foi estabelecido [em vigor desde 1 de janeiro, é 1,1 milhão de Dobras, cerca de 45 euros para o setor público, 35 euros para particulares e 53 euros para grandes empresas]. Resta iniciar reformas e criar uma economia de riqueza Patrice Trovoada : Patrice Trovoada : « Pour bien vivre à São Tomé, il ne nous faut que 

Persiste a escravatura - Agora por dirigente negro

São Tomé e Príncipe, é um pais pacifico e maravilhoso, que emerge no imenso Golfo da Guiné, mas pobre, pequeno e escravizado, por corsários, corruptos, vira-casacas e oportunistas – Esta parece ser a herança colonial, que persiste atualmente, sob outras roupagens e outras máscaras, tendo, como grande estrela da constelação da pirataria, oficialmente encartada, o próprio líder da Governação, um estrangeirado nascido no Gabão.
 




Obviamente que não é meu desejo fazer aqui o papel de  defensor, seja de quem for - Não ponho as mãos no lume por pessoas que desconheço. Mas à uma evidência: a de que se trata de um caso de  mais que evidentes contornos políticos - Pois não se percebe por que razão se vão deter pessoas - independente do grau ou nao de culpabilidade ou de ausência dela - mas com tamanho suporte policial  - E logo no momento em, que, um dos acusados, dava aulas - Será que é esse o espírito que o pelotão de tropa ruandesa - vinda de um dos países mais conflituosos de África.  veio incutir às forças policiais? - Comportamento preocupante, que dá que pensar 

 Como é do conhecimento público, o Dezembro começou com acesas polémicas, perseguições judiciais e políticas, como nunca se viram, que terão tido como principal mentor, um tal Gégé,  em volta da fábrica de cervejas Rosema, que nunca deixou de protagonizar os mais sucessivos escândalos, desde a sua fundação, em  Neves, um humilde  agregado populacional,  situado a noroeste de S. Tomé, palco de outros desenganos e  deceções da população,  desde  as goradas indústrias de pescas aos obscuros e frustrados  negócios das  esferas de gás, que ainda por lá bóiam para mostra da insensatez e da irresponsabilidade governativa.




Não vou aqui recapitular os episódios de um longo folhetim, bem conhecido pelos santomenses, mas escalpelizar alguns aspetos da vergonhosa perversidade ou aparente cumplicidade, politico-judicial, que parece envolver, de forma visível ou obscura, atores judiciais e políticos-empresariais, citando alguns comentários que dizem mais que qualquer das muitas noticias divulgadas e das aberturas dos telejornais do regime  –

FRADIQUE DE MENEZES - É O CAPITULO MAIS RECENTE DA GRANDE TRAPALHADA ENCOMENDADA

Fradique Menezes, ex-presidente da Republica, “interpõe queixa crime contra magistrados do Supremo Tribunal de Justiça: respetivamente, contra os juízes: Presidente e Conselheiro, Manuel da Silva Gomes Cravid e Frederico da Glória bem como Justino  Veiga por terem mencionado o seu nome no alegado suborno no Tribunal  - E, por conseguinte, não ver a nobreza e honra do seu nome, envolvido  nesta escandalosa trapalhada http://www.rnstp.st/index.php/noticias/item/720-fradique-de-menezes-interpoe-queixa-crime-contra-magistrados-do-supremo-tribunal-de-justica

PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA. QUEIXA-CRIME CONTRA  O SEU EX-ASSESSOR?  - E COM BASE NA QUEIXA DE UM CALOTEIRO DO ESTADO.  De seu nome, Domingos Monteiro, mais conhecido por “Nino Monteiro”, já considerado   o maior devedor imune do Estado,  em mais de 4 mil milhões e seiscentos milhões de dobras, igual a 188 mil 606 euros. Cervejeira Rosema do deputado “Nino Monteiro” é. 24/11/2011

Toda esta inesperada trapalhada, é no mínimo suspeita, executada quase a fio de sabre, em quadra natalícia, mas prestes a entrar no ano de eleições legislativas e a poucos dias de alguma clarificação na liderança do maior partido da oposição, tendo por móbil os enredos perpetrados por  um especialista na arte do jogo das cartas, entre os negócios e a política, quer dentro do partido, em que é deputado, quer seja qual for o governo que estiver no poder – O que lhe interessa é negociar e trepar  - Naturalmente que assessorado pela inspiração de um tal Gégé, um dos mais fiéis aliados dos golpismos e estratégias trovoadistas,  figurante “estrelado” que  também  já protagonizou  alguns escândalos na dita Rosema das cervejolas e com cervejolas, que já foi juiz do Tribunal da Primeira Instância do distrito de Lembá,  Augério Amado Vaz, que, em  29/09/2009 deu “luz verde para o assalto a única cervejeira nacional. Polémica Judicial em torno da Cervejeira Rosema – Téla Nón e lhe fora movido um  auto de suspeição Escândalo Judicial – Téla Nón 04/11/2009

Tudo começa com a detenção de Justino Veiga, de uma queixa-crime contra o ex-assessor do atual presidente do supremo tribunal da justiça, Manuel Silva Gomes Cravid que acusou  de tentativa de corrupção, entretanto, já foi posto em liberdade até aguardar o  seu julgamento. E com a queixa-crime também a outras figuras, dos partidos da oposição: Delfim Neves e Osvaldo Vaz, alegadamente implicados no alegado suborno do referido assessor.- Mais à frente outros pormenores da análise desta aparente, confusa novela, mas da qual parecem não restarem dúvidas dos  claros objetivos inconfessáveis que deseja atingir.



Diz Domingos Boa Morte Swdergreen   - que "há coisas que não compreendo, quando esse juiz foi eleito,disseram sim senhor,ele irá moralizar a sociedade e combater a ditadura do Gabonês,por sua denúncia deu origem à prisão de um Sãotomense,e já dizem que o homem mudou e se juntou ao Patrice,mas essa gente querem mesmo que este país mude??? O juiz já passou para outro lado?

ABSOLUTAMENTE DECEPCIONANTE






Manuel Silva Gomes Cravid, que. no discurso da sua tomada de posse, como novo Presidente do Supremo Tribunal de Justiça,  prometeu, "dar volta" ao "total descrédito e incompreensão" em que se afundaram os tribunais são-tomenses reclamando  aos magistrados para não se esquecerem que “somos independentes e que devemos resistir e afastar de qualquer influência política, publica ou privada”. pelos vistos, faz o contrário do que prometeu:

Santomense - "O Supremo Tribunal, desde a tomada de posse do Dr. Manuel Silva Cravid, não vimos  dar andamento a nenhum  aos processo solicitados pela oposição, sobre  as muitas irregularidades cometidas pelo Governo, que têm a  ver com o futuro do Pais: 


O caso do PETER LOPES, das tentativas de assassinatos aos ex-presidentes da Republica com um financiador de nome Patrice Emery Trovoada actual Primeiro Ministro; o Caso dos 30 milhões de Dólares; o  segurança do Patrice Trovoada, que entra em sua casa e leva milhares  em divisas,  dólares e Euros, Até hoje não há atuação da justiça. Crimes como Branqueamento de capitais e financiamento ao Terrorismo quando se encontra muito dinheiro em casa de qualquer cidadão. Permanência dos militares Ruandeses, Silva Cravid  não fez nada 

MUITO GRAVE!!! Peter Lopes cidadão são-tomense, que fez parte do batalhão ex Búfalos - envolvidos no golpe de estado em STP 2003. Denúncia Pública no vídeo a circular nos medias digitais. Espera-se a reação pública ou acusação do visado, actual PM são-tomense.


Como é que podemos conviver com esta situação? Quando, abertamente, publicamente! Aparece alguém a dizer  que foi convidado para assassinar o Presidente Fradique Menezes? Como é que podemos conviver com isto?  - Questionava, entre outras preocupantes observações,o líder da bancada do MLSTP, Jorge Amado, que, entre outras questões, colocadas





PATRICE TROVOADA RECONHECE NÃO ESTAR TALHADO PARA  A  DEMOCRACIA PARLAMENTAR  - Junta duas eleições nua só para facilitar a fraude e o banho, afirma que NÃO PODE HAVER VITÓRIA SEM MAIORIA – O que significa que há que intensificar o arsenal da propaganda, apertar  a censura à oposição e atacar os adversários, seja de que forma for - Além de controlar a rádio e a televisão do Estado, tem na media portuguesa, um  bom aliado, com os seus Ribeiros e Castros, na linha de frente.

Patrice Trovoada, disse esperar ganhar as eleições legislativas de 2018 com nova maioria absoluta, senão será uma derrota. - Não pode haver vitória sem que haja maioria absoluta. Há dois blocos: ou o povo não vota no ADI e entrega o poder à ‘troika’, ou vota no ADI e o ADI continua a governar. Não é possível estarmos a pensar que existe uma vitória sem maioria absoluta.São-Tomé. Primeiro ministro diz que vencer eleições sem maioria ...

NOTICIA DA RN STP - RÁDIO OFICIAL - "PATRICE REAGE AO POSSÍVEL ESCÂNDALO NOS TRIBUNAIS   O primeiro-ministro e chefe do Governo afirmou que não tem dúvidas quanto às palavras do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça em relação à queixa-crime interposta por este último ao seu ex-acessor por tentativa de corrupção que tem abalado esta semana os tribunais .O escândalo que segundo o Chefe do Governo é considerado de grave e triste para as novas instituições” 

"Eu não nenhuma tenho razão para duvidar da palavra do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça que diz que houve de facto tentativa de corrupção  por parte do Sr. Justino Veiga a mando de Delfim Neves e Osvaldo Vaz – afirmou Trovoada


AFINAL, QUEM FORÇA O PRESIDENTE DE  UM ÓRGÃO DE SOBERANIA INDEPENDENTE DO PODER POLÍTICO E ECONÓMICO? Os tribunais são os órgãos de soberania com competência para administrar a justiça em nome do povo – Mas, em STP, deixam-se subordinar ao todo poderoso poder político de um misterioso empresário-politico estrangeirado, que diz que a corrupção faz parte da tradição da ilha e comprar votos faz parte do jogo” – A Justiça, seletiva e vingativa, parece aparar-lhe o jogo

Presidente do STJ, move processo contra Justino Veiga, antigo ministro da Justiça dos governos de coligação MDFM-PCD e MLSTP e ex-juiz conselheiro do Tribunal constitucional, nomeado pelo então presidente da República Manuel Pinto da Costa, deu entrada esta sexta-feira na procuradoria geral da república. Justino Veiga é acusado de tentativa de corrupção ao presidente do Supremo Tribunal de Justiça e ao Juiz conselheiro Frederico da Glória.

DEPOIS DO PAU-,MANDADO, EVARISTO CARVALHO,  TER EXPURGADO UM JUIZ, QUE TINHA SIDO MINISTRO DA JUSTIÇA MAS QUE  NÃO FAZIA PARTE DA MESMA TRIBO ADI  Ação Democrática Independente –


Em meados de Janeiro, 2017,  o chefe de estado são-tomense, Evaristo Carvalho,  exonerou  Justino Tavares da Veiga do cargo de Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça . nomeando para seu lugar o ex-ministro da Defesa e do Mar, Carlos Olímpio Sock e Flaviano Pereira Carvalho para integrar o Conselho Superior de magistratura judicial. Presidente de São Tomé demite quatro embaixadores e um juiz .

EIS QUE, AGORA, O MESMO JUIZ  É HUMILHADO, DETIDO E EXCOMUNGADO. -  Justino Veiga, antigo ministro são-tomense da Justiça e conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça foi detido, por alegada tentativa de suborno a magistrados - Manuel Silva Gomes Cravid, que o demitiu e o acusou junto do Ministério Público de São Tomé e Príncipe de tentativa de suborno a dois magistrados judiciais, incluindo o próprio líder do Supremo.Em causa estaria a quantia de 100 mil euros que supostamente seria entregue a alguns administradores de Justiça para reabertura de um processo, já transitado em julgado, sobre a cervejaria Rosema.

DESTAQUE DADO  PELO JORNAL OFICIOSO DO REGIME - O PARVO

O presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Manuel Silva Gomes Cravid foi forçado a demitir o seu assessor, Justino Veiga e em seguida feito uma queixa-crime contra o mesmo à Procuradoria-Geral da República, por alegada tentativa de corromper financeiramente juízes dessa alta instância judicial- Esta era a noticia do Jornal O Pravo, o pasquim oficial de Patrice Trovoada e do seu regime – Que acrescentava:
“As primeiras informações apuradas pelo“O Parvo” junto de uma fonte bem posicionada dizem que são 100 mil euros levados à mão por Justino Veiga para entregar 50 mil euros ao presidente do Supremo Tribunal de Justiça e 50 mil euros para Frederico da Glória, juiz Conselheiro deste tribunal. Estes valores tinham por alegados objectivos corromper Manuel Silva Gomes Cravid e Frederico da Glória para a reabertura do caso judicial Rosema já transitado em julgado e arquivado.
Nesse que já é visto como um “negócio” judicial falhado, surgem nomes de Delfim Neves (deputado do PCD) e Osvaldo Vaz, Vice-presidente do MLSTP/PSD e Diretor-geral da Sonangol em SãoTomé e Príncipe, como sendo alegados mandantes financeiros para a devolução judicial da actual empresa cervejeira Rosema a outro alegado grupo que “O Parvo” ainda desconhece.

DETIDO E HUMILHADO COMO UM PERIGOSO CADASTRADO - QUANDO, AFINAL, OS MAIS  PERIGOSOS CRIMINOSOS, ATÉ FINANCIAM GOLPES DE ESTADO PARA MATAR OPOSITORES - E ESTÃO A GOVERNAR  “Golpe de Estado – O Financiador 



"Os agentes irromperam na noite de segunda – feira nas instalações da Universidade Lusíadas para cumprir o mandato de busca contra o Professor universitário e por sinal conhecedor da lei melhor que qualquer outro cidadão são-tomense, o jurista e professor de direito daquela instituição universitária privada está imiscuído em actos de suborno, alvo em que lhe custou a demissão do cargo de Assessor do actual presidente do STJ, cargo que ocupava até ao momento nos tribunais"

COMENTÁRIOS DE SANTOMENSES – NO FACEBOOK  - Gilson Rita   - Se o Sr. Justino foi maltratado assim, preso na plena universidade dando aulas, pelas forças de defesa e segurança, um pobre coitado como eu e os meus amigos e amigos dos meus amigos a ordem pode ser pra nos apagar violando as leis e a constituição...

Alcídio Montoya Pereira Se o cheque foi sacado sobre conta em dobras num banco do país (STP) para depois comprar moeda estrangeira no mercado nacional, não percebo como é que o Justino Veiga pode ser acusado de branqueamento de capitais. O dinheiro já estava no circuito bancário, pelo que a haver branqueamento esse tinha que estar antes, ou seja nos fundos que municiaram a conta do Osvaldo Vaz no BISTP.


COMENTÁRIO  ENVIADO POR SANTOMENSE, SOBRE O GÈGÉ -Gégé e o homem que mais conheço neste pais. Já fez muita banditagem; -  era amigo da portuguesa q está presa quando a chulava  e foi ele quem montou tudo contra ela. Faz malabarismos com todo poder. Faz todo tipo de jogo sujo  . Típico de um indigno para auxiliar do PT. Estava assessor do PT mas tiveram que  afastá-l

O maior diabo ou corrupto de Rosema é o  GÉGÉ envolvido com o  NINO. Há milhões de factos que provam q ele é o .mais sujo da terra, tirando o bandido negociante traficante e lavador de dinheiro não só no pais

MANTEMOS ESTAS PALAVRAS  - PATRICE TROVOADA QUER QUE A JUSTIÇA LHE CONTINUE A BRANQUEAR AS  MEGAS FRAUDES  ELEITORAIS E OS  GOLPES DE CORRUPÇÃO

Patrice Trovoada quer continuar a subverter o poder judicial e tê-lo refém das   suas vaidades e excêntrica ambições  - Ele, que, através do seu amigo Bandeira,  havia encomendado um relatório a uma comissão portuguesa para o saneamento de juízes que não eram da sua confiança politica, a pretexto  de uma      pseudo-avaliação   composta pelos consultores judiciais, portugueses António Reis e Diamantino Pereira,  às ordens do então todo poderoso Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça de São Tomé e Príncipe e inspetor judicial Silvestre Leite, cunhado do atual Presidente da República. Evaristo Carvalho.. pois, já deu para ver que estão em curso novas manobras para subverter a justiça. … Acórdão do STJ anulou classificação após inspecção dos juízes –   E Patrice não concorda, está-se mesmo a ver, que não seja  este o ponto de vista para quem quer ter o controlo absoluto de todos os poderes institucionais. "Espero que não voltarem a reintegrar", São Tomé e Príncipe: Governo vai recorrer da decisão do STJ 

DEPOIS JÁ QUIS  A SEPARAÇÃO DO CONSTITUCIONAL DO SJT  PARA LÁ ENCAIXAR OS BANDEIRAS  E AS SUAS LANÇAS - POIS CADA UM TEM O SEU PREÇO




"Tribunal libertou Justino Veiga" – Téla Nón  - NOTICIA DADA PELO ÚNICO JORNAL QUE PATRICE AINDA NÃO LOGROU SILENCIAR - PESE AS ENORMES PRESSÕES E BOICOTES Mas tentou vingar-se do seu irmão, Justino Veiga, com manifesta cumplicidade judicial, humilhando-o e prendendo-o, em pleno exercício docente. com uma força policial musculada: com uma brigada de agentes da Polícia de Investigação Criminal, apoiados por forças de defesa e segurança devidamente uniformizados

"Detido na noite de segunda-feira por mandado do Ministério Público, quando dava aulas de direito na Universidade Lusíadas de São Tomé, o jurista Justino Veiga, não foi ouvido por nenhum magistrado do ministério público e nem por qualquer agente da Polícia de Investigação Criminal, durante 24 horas de detenção.

Só teve oportunidade de falar sobre o caso da sua detenção quando foi recebido na noite de terça – feira, no edifício do Tribunal da primeira instância pelo juiz de instrução.
O Ministério Público registou a queixa crime de tentativa de corrupção interposta pelo Presidente do Supremo Tribunal de Justiça Silva Gomes Cravid. Queixa que foi deduzida pelo ministério público como sendo indícios de branqueamento de capital, evasão fical e fraude fiscal.


Buscas a residência do arguido foram feitas pelo Ministério Público para provar nomeadamente a origem do dinheiro que se evadiu do fisco ou que está a ser branqueado, mas sem sucesso.
Segundo a defesa do arguido na avaliação do processo, o Juiz de instrução, chegou à conclusão que as acusações deduzidas pelo ministério público de branqueamento de capital, evasão fiscal e fraude fiscal, não têm suporte, ou seja, não são sustentadas por provas.

A queixa introduzida por Nino Monteiro contra o arguido, foi considerada extemporânea, e sem fundamento.(..) O Juiz ordenou que o arguido fosse posto em liberdade, no entanto sob título de identidade e de residência.

Diversos juristas são-tomenses que analisaram o processo de detenção de Justino Veiga, são unânimes em considerar que foram cumpridos os grandes objectivos dos mandantes da operação musculada e nocturna de detenção do cidadão : Humilhar, vexar e sujar. Abel Veiga 

BANCO INTERNACIONAL DE STP (BISTP) JÁ ESTÁ POLITIZADO. Mais do que isso: com cheques que voam com milhões e os que se fabricam para forjar golpões palacianos 


Rumores circulam de que Administradores do Banco Internacional de STP facultaram cópias de cheques dos visados no caso de Corrupção ao cidadão comum. Isto é crime.
Eu peço ao Governador do Banco Central que envie com urgência uma equipa de inspecção para investigar a fuga da cópia destes Cheques . Peço igualmente ao Administrador Chefe do Banco Internacional de STP (BISTP) que promova um inquérito para apurar a responsabilidade do trabalhador que procedeu a distribuição da referida cópia. Peço igualmente ao Ministério público que siga imediatamente o rasto destes cheques. Octavio Bandeira

Santomense - Tenho tb as quantias que roubaram Tenho o relatório do Banco Central com todos os desvios .. E o relatório do Banco Central da roubalheira no Banco Equador . Os tipos encobrem tudo, e os gordos nao estão presos, só a empregada esta presa,
 AUTOR DA QUEIXA - E O PERFIL DO MANDANTE 

De deputado do MLSTP-PSD - enquanto lhe interessou - até fazer o jogo do Regime Trovoada, onde trepou a Presidenta da Federação Santomense de Futebol (FSF), Domingos Monteiro, conhecido por Nino Monteiro, deixou na noite de último sábado a capital de São Tomé, com destino a Zurique capital de Suíça 23.03.2015 Presidente Federação Santomense de Futebol desloca-se a Suíça….O patrono do Sporting de Praia Cruz, Domingos Monteiro “Nino” foi eleito na tarde deste sábado (24), na sala de conferência de Hotel Pestana, como o novo presidente da FSF (Federação Santomense de Futebol), com um total de 30 votos, contra os 10 do actual presidente da federação, Idalécio Pachire. 24/01/2015 -


O MAIOR  DEVEDOR DO ESTADO – EXIGE JUSTIÇA

Tudo isto soa a encenação ou à montagem de uma tremenda e hipócrita cilada  - Caso para perguntar: mas também os privados fazem gravações para enviarem aos Tribunais ou não é da estrita da competência da Justiça?!... -  Sendo certo que, com as novas tecnologias,  a manipulação está ao alcance de um clike de mão


O Administrador da Cervejeira Rosema garantiu estar na posse de uma gravação em que Justino Veiga, o então assessor do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, diz que « recebeu dinheiro das mãos do senhor Delfim Neves e quem deu ao senhor Delfim dinheiro é o senhor Osvaldo Vaz», Empresário “Nino” exige punição para os corruptos – Téla Nón

VEJAM.SE  OS CALOTES DO QUEIXOSO, QUE FAZ O PAPEL DE VITIMA  


Domigos Monteiro - Téla Nón
-  Cervejeira Rosema do deputado “Nino Monteiro” é actualmente o maior devedor imune do Estado Do buraco de 3 milhões e 131 mil euros no OGE para 2012 e que pode ser tapado com a cobrança das verbas dadas como perdidas pelas Finanças, mais de metade está nas mãos da cervejeira Rosema e do seu proprietário Domingos Monteiro Fernandes. Desde 2010 que os cofres do Estado esperam pelos 58 mil milhões de dobras, cerca de 2 milhões 367 mil e 346 euros, que o deputado e empresário , vulgo Nino, e a cervejeira Rosema deveriam depositar no tesouro público.  (..) No cômputo geral, a dívida acumulada em 2010 pela cervejeira do deputado Nino Monteiro, cujo processo de execução segundo fonte do Téla Nón,  tem sido simplesmente ignorado, pelo próprio governo, junta-se a dívida de 2011 que está na fase administrativa, totalizando 53.000.000.000.00 (cinquenta e três mil milhões de dobras), o equivalente a 2 milhões 163 mil e 265 euros Cervejeira Rosema do deputado “Nino Monteiro” é actualmente o ..

"Meus caros, a pouco mais de um ano foi tornado público a entrega de 8 viaturas aos Tribunais pelas mãos do então Ministro da Justiça Roberto Raposo


Ora, o que mais escandalizou os santomenses foi o discurso do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça no momento em que recebeu os carros. O Juíz Bandeira disse sentir-se emocionado do fundo do seu coração por esse gesto nobre nunca antes feito por nenhum governo da República, e sem palavras para agradecer ao Raposo por um acto real e não simbólico de tamanha envergadura. Se esse discurso fosse proferido por um 
Augerio Amado Vaz ou Kawiki e outros lambebotas qualquer tudo normal até aqui, atendendo que são bajuladores naturais do Patrice Trovoada. Mas, infelizmente, tratou-se do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, um Órgão de Soberania, separado e independente do governo, o Juíz Bandeira esteve muito mal, aliás na minha perspectiva não tinha de receber as chaves num saco de compras das mãos do Raposo como o fez, penso que há canais próprios dentro da administração pública para se efectuar essas entregas"Nelson Pontes 1 de abril de 2016  

Promiscuidade entre política, negócio e justiça." País rico em recursos humanos, mas a pobreza está a matar a dignidade desse povo. As últimas notícias vindas das ilhas espelha isso mesmo. Tudo com ligação a Rosema com dois ou mais protagonistas, irmãos Monteiro e Melo Xavier a cabeça, escrevi muito sobre essa cevada, não sei se será a última publicação. Tudo começou com os dólares provenientes de Angola e o investimento feito no país pelo cidadão Angolano Melo Xavier, na fábrica de cerveja e no náutico, este sem peixe nem cacau ninguém interessou-se por ele, convertendo na escola prática de charro.
Porém em litígio com um seu conterrâneo em Angola em negócios, surge os tribunais dos dois países com arresto de bens, o que os Sãotomenses não compreendem, é como depois foi parar tanta cevada nas mãos dos "Monteiros” – Facebook Excerto de   Domingos Boa Morte Swdergreen

Carlos Semedo - O processo Rosema, ja escrevi há mais de 4 anos, é uma monstruosidade. Escrevi que a Rosema é e sempre foi do Melo Xavier,

O dito processo judicial foi um autêntico esbulho da fabrica a seu dono, com o apoio de todas as instancias judiciais.
O processo é todo ele NULO.
Desde a nula decisão judicial do juiz bisneiro gege, à nomeação ilegal do deputado, atual dito “Administrador”, as decisões ilegais e nulas do Leite, as decisões nulas do Bandeira, a toda uma serie de pouco serias, vendidas, compradas ou pagas “decisões”judiciais.
O supremo Leite, bandeira, arrogaram-se decisões sem competencia, nulas.
Agora e que se armam em sérios ???
Os registos sao nulos, as decisões judicias sao todas nulas.
Mas a culpa também é de Melo, pois, em vez de contratar e pagar a advogados competentes e sérios, foi pela via “angolana” da corrupção, dinheiros, bebidas, casinos, pagou, pagou bem em todas as instâncias, pelos vistos continua a pagar ...espremam gege, para alem de sair whiskey também saia cerveja e muita verdade.".

ELE SABE QUE SE LÁ TIVER OS SEUS ASES DE COPAS, NÃO CORRE O RISCO DE IR PARAR ATRÁS DAS GRADES - E PODE GOVERNAR À DEFRAUDAR *À VONTADE 



30 milhões de dólares à empresa chinesa China International Fund Limited,  - Empréstimo  realizado a margem de todas as leis da República, com destaque para a Lei-quadro da Dívida Pública, que tem como um dos objectivos regular os processos de endividamento público, garantindo as necessidades financeiras do Estado Patrice mandou emprestar 30 milhões de dólares a uma empresa .

07/06/2013 Forte suspeita de lavagem de dinheiro recai sobre  Patrice Trovoada “A pessoa em causa também assina o recibo confirmando a recepção do montante em cash. Levou o dinheiro para o Gabão, para ser depositado na conta número 81011146011-03, devidamente especificada no recibo. O LEITOR DEVE CONSULTAR O RECIBO QUE INDICIA LAVAGEM DE DINHEIRO CLIQUE –RECIBO DA TRANSACÇÃO  Téla Nón - Forte suspeita de lavagem de dinheiro recai sobre o ex-Primeiro ...  18/04/2016 - 

"Escândalo espreita o Banco Central" 18 Abr 2016 "As novas notas da dobra em fase de emissão, já não terão tantos zeros como habitualmente. Por exemplo, explicou a fonte do Télá Nón, e pode ser comprovado na foto, as notas de 100.000 dobras passarão a ter apenas 3 zeros. As de 50.000 passam a ser 50, as de 20.000 apenas 20, e assim por diante. Escândalo espreita o Banco Central | Téla Nón





NOVO EDIFÍCIO DO SUPREMO E DO TRIBUNAL CONSTITUCIONAL - NEGÓCIO DAS ARÁBIAS  PARA LÁ ENFIAR MEIA DÚZIA DE JUÍZES   Um património público que nunca devia ter mudado de mãos para a ganância usuária e oportunista de estrangeiros.

Um dos exemplos, nestes possíveis jogos de cumplicidade, a coberto de uma base legal, diz-se que terá sido a venda do edifício do Rami, que, não valendo mais  900 mil USD , teria sido  comprado pelo STJ por 2,500 milhões para ser o Palácio da Justiça.



05/04/2016(…) “Por minha iniciativa, na qualidade de Presidente do Supremo Tribunal de Justiça e do Tribunal Constitucional, foi remetido em 30 de Dezembro de 2014, à Sua Excelência o Primeiro- ministro e Chefe do XVI Governo, um expediente intitulado “Instalação 11 do Supremo Tribunal de Justiça no Novo Edifício” , solicitando diligências para aquisição do imóvel onde se encontrava instalada a Galeria RZ, Mobiliário, Decoração Textil-Lar, pertencente por escritura pública de compra e venda à Senhora NAHIDA YOUSSEF SAFIEDDINE, esposa do Senhor RAMY ALI ZAYAT, posto à venda. Em 27 de Janeiro de 2015"  


(...) "História contada numa cerimónia marcada pelo corte de energia eléctrica. Foi um cenário do século XVIII vivido por alguns instantes, no Palácio da Justiça, e na presença do Primeiro-ministro e Chefe do Governo, o anunciador do DUBAI.  Excerto Novo Ano Judicial 



Nenhum comentário :