expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

SPORTING VENCE PORTIMONENSE 2-0 - Vitória calorosa em noite fria – Bas Dost fez golaço e esteve nos abraços

Jorge Trabulo Marques - Foto-Jornalismo - 

A meio da semana volta haver jogo em Alvalade para a Taça . Mas a vitória no jogo da  15ª jornada, com o Portimonense, ao principio da noite, neste domingo, já está assegurada e soma mais três pontos, com Bruno Fernandes, a marcar o primeiro golo, aos 9 minutos e,  depois, aos 60, a infalibilidade de Bas Dost, o  marcador oficial, a deixar a sua marca com o segundo golo.


Os algarvios bem se esforçaram, deram a sua república, mostraram que têm lá rapaziada que sabe jogar e conduzir a bola  até ao reduto mais recuado do adversário,  mas depois  falhavam na pontaria e nunca acertaram, nem tão pouco chegaram a colocar em risco o triunfo leonino, fácil e bem conseguido, terminando o desafio  co sem a presença  de Hackman que viu um segundo cartão amarelo aos 55 minutos.




ECOS DA IMPRENSA – PÚBLICO - (…) "Com uma exibição segura e personalizada, o Sporting ultrapassou sem grandes problemas o Portimonense, uma das boas equipas do principal campeonato português, e colocou pressão sobre os rivais na luta pelo título. No Estádio José Alvalade, os “leões” marcaram cedo (Bruno Fernandes, aos 9’) e nunca perderam o controlo. Na segunda parte, quando os algarvios já estavam reduzidos a dez jogadores, Bas Dost fixou o resultado final: 2-0."



"Apesar do momento de menor fulgor do Portimonense (duas vitórias nos últimos 11 jogos), o confronto entre os dois treinadores mais experientes da I Liga revelou-se interessante. Após dar folga aos habituais titulares na partida da Taça de Portugal frente ao Vilaverdense, Jorge Jesus resgatou o seu melhor “onze” e colocou de início a mesma equipa que tinha iniciado a partida na jornada anterior frente ao Boavista, com uma alteração: Acunã recuperou o seu lugar numa das alas e Bruno César foi suplente. Se, no Bessa, a máquina “verde-e-branca” demorou a aquecer, contra os algarvios Podence, Bruno Fernandes e companhia não precisaram de muito tempo para provocar estragos. https://www.publico.pt/2017/12/17/desporto/cronica%20de%20jogo/sporting-ganha-e-pressiona-concorrencia-1796347



Nenhum comentário :