expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

São Tomé –- Tensão e instabilidade não vai abrandar com o governo de Patrice Trovoada - "O álcool é uma das ferramentas de Satanás" - Diz a doutrina Islâmica - E, como o "muçulmano convicto"; confesso 'bon-vivant' , "apaixonado por desportos de combate", "gosta saborear bom vinho, com uma boa carne - os mais finos vinhos e champanhes nos lautos banquetes, talvez seja por isso que ele quer levar “S. Tomé pró-inferno” - Palavras que soaram no inferior do plenário há oito dias e que ontem culminaram com cenas de humilhação e violência - É urgente que a ONU e o FMI tomem posição para salvaguarda da ordem e da democracia


Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise


AS IMAGENS DA CARGA POLICIAL SOBRE OS MILHARES DE SANTOMENSES QUE SE MANIFESTARAM NAS RUAS DA CAPITAL  ASSIM COMO OS VÁRIOS VIDEOS GRAVADOS, CONTINUAM A GERAR UMA ONDA DE  ESPANTO, DE CHOQUE E INDIGNAÇÃO


São documentos, indesmentíveis da arrogância e da   prepotência, sobre um povo tradicionalmente pacifico e acolhedor, nas Ilhas Verdes do Equador – que o controlo da televisão e da rádio, ignora ou escamoteia, consequência da ditadura imposta pelo regime opressor e corrupto do misteriosos empresário gabonês, Patrice Trovoada, que tem enriquecido à custa da fraude e do saque do pequeno e mais pobre pais africano, onde nem foi parido nem achado

A agitação que  ontem alterou o ambiente pacato das Ilhas Verdes do Equador, como nunca acontecera, já era previsível, atendendo despotismo arbitrário de um governo corrupto e opressor  mas poderá vir a ter outros desfechos, ainda  mais conturbados   - A oposição,  já havia avisado, na semana passada  que “o  partido no poder- ADI, o Governo, o Presidente da Assembleia Nacional, o Presidente da República e os Tribunais, são os protagonistas do clima tenso, perigoso e de consequências imprevisíveis que se instalou em São Tomé e Príncipe.

O Primeiro Ministro sabe que em nenhum Estado democrático onde as instituições funcionam conforme as leis, o Presidente da República promulga um diploma, que segundo o Supremo Tribunal de Justiça nas vestes do Tribunal Constitucional, está eivado de inconstitucionalidades.

Não pode haver funcionamento normal das instituições da República, quando o país vive uma crise institucional única na sua história democrática –

 Na  plenária da Assembleia Nacional, de 10 de Janeiro, o partido líder da oposição, deixou advertências ao Presidente da República. O MLSTP chamou a atenção do Presidente da República para o perigo. «Com o despacho do Tribunal Supremo que dá sem efeito os actos inconstitucionais do Presidente da República está instalada uma crise sem precedentes que pode arrastar o nosso país para um descontrolo institucional generalizado. Pois se não acatar a decisão daquele órgão de justiça, põem em causa toda cadeia de comando, ficando qualquer cidadão livre para uma desobediência civil generalizada», declarou o Presidente do MLSTP na sessão plenária da Assembleia Nacional.

Segundo Aurélio Martins, o Presidente da República pode evitar o descalabro. «Aconselhamos o senhor Presidente da República  a fazer marcha atrás e a comporta-se como verdadeiro Pai da Nação e promover o retorno a legalidade constitucional sob pena de vir a assumir responsabilidade pelo descontrolo total da nação», pontuou.

Já no dia seguinte, 11 de Janeiro, a sessão plenária da Assembleia Nacional foi suspensa. A bancada parlamentar da ADI, partido que sustenta o Governo, pediu a suspensão da sessão. O clima tenso que reinava na Assembleia Nacional, não permitia segundo a ADI a continuidade dos trabalhos. In Clima de Tensão e Perigo no ar – Téla Nón

REPRESENTANTE DA ONU, EM S. TOMÉ,  RECEBE DELEGAÇÃO DE DEPUTADOS DA OPOSIÇÃO

Os manifestantes santomenses que foram reprimidos nas proximidades do Parlamento, dirigiram-se depois ao edifício da ONU, na capital de STP, onde uma delegação composta por elementos da oposição foi recebida pela representante desta prestigiada Instituição Internacional  - Naturalmente que para lhe irem manifestar os seus receios e preocupações

PAZ POLÍTICA E SOCIAL GRAVEMENTE PERTURBADA NAS ILHAS VERDES DO EQUADOR - URGENTE ONU E FMI TOMAREM POSIÇÃO, NOMEAREM COMISSÃO INDEPENDENTE PARA NOVAS ELEIÇÕES LIVRES E JUSTAS, APEAREM GOVERNO, CORRUPTO, OPRESSOR E DESACREDITADO -  Os dois atos eleitorais, previstos para este ano, organizados pelo absolutismo ditatorial do atual regime, são olhados com enorme desconfiança pelo receio de que se sucedam as mesmas fraudes e banhos da compra de votos por um misterioso empresário, com negócios disfarçados em vários países, que nestes anos da sua desgovernação, vem sufocando a liberdade de expressão nos órgãos da rádio e televisão do Estado, tem gerado um ambiente social e politico de grande instabilidade, contribuindo para o recrudescimento dos índices da extrema pobreza da população e contribuindo para o aumento do alcoolismo e criminalidade  

 Tal como já foi noticiado, seis deputados da oposição foram expulsos e arrastados  da Assembleia Nacional de STP, pela policia de choque, na sessão plenária de ontem, na sequência de uma ordem do presidente deste órgão.

A polícia acabou por ordenar a saída de todos os deputados da sala do plenário e deu também instruções aos jornalistas para abandonarem a sala e aos funcionários parlamentares para permanecerem nos seus gabinetes.
Os deputados da oposição já não voltaram  por sentirem que as suas vidas poderiam correr perigo, dada a presença da forte aparato policial, os temíveis ninjas, que invadiram o edifício do Parlamento a mando do regime opressor e ditatorial de um truculento e autoritário estrangeirado gabonês -  E, no fundo,  era o que pretendia a bancada parlamentar  da ADI, que apoia o governo. uma vez que  a sessão parlamentar retomaria os trabalhos interrompidos na quinta-feira destinados a eleger os juízes do Tribunal Constitucional autónomo, cuja aprovação e promulgação foram considerados inconstitucionais pelo Supremo Tribunal de Justiça, que acumulava também as funções de Tribunal Constitucional.
Estes são alguns dos desabafos de cidadãos santomenses expressos no Facebook: Os deputados do ADI deixaram deter legitimidade e confiança da maioria que neles votou. A partir de hoje tanto eles como a polícia que estão ao serviço do poder, devem ser o nosso alvo a abater. Nos bairros, nas nossas zonas, vamos apanha-los e mostrar-lhes que o que está em causa é nossa liberdade e a nossa democracia. Os nossos filhos, a juventude é que vão sofrer na pele as consequências da mendicidade moral e falta de dignidade destes

PATRICE TROVOADA - O AUTO-PROCLAMADO MUÇULMANO CONVICTO QUE SE ENFRASCA NO MAIS FINO VINHO E CHAMPANHE -   Consumo de álcool que o Manual da Lei Islâmica  proíbe e pune severamente por considerar que "é uma ferramenta do diabo" - Talvez seja por isso que a ditadura do muçulmano  Patrice Trovoada “quer levar “S. Tomé pró-inferno”  

o16.1 – É proibido consumir qualquer bebida que intoxique; p14.2 – Porque Maomé disse em um hadith: “Chame a atenção de quem bebe até 3 vezes, na quarta vez, mate-o.” Mais tarde, Maomé deixou de matar um bêbado, tendo este comportamento tomado o lugar do anterior (daí a punição ser de apenas 40 chicotadas).

O álcool é uma das ferramentas que Satanás usa para distrair a humanidade da adoração a Deus.   (..)    O álcool afeta a mente e faz com que comportamento pecaminoso e más ações pareçam razoáveis.  Cria inimizade e ódio entre as pessoas, impede-as de lembrar-se de Deus e as distrai da oração" Preceitos da doutrina de Alá, que o Ali Patrice Emery Trovoda, subverte às escancararas nos lautos banquetes.

Uma parelha nunca vista em S. Tomé

Perante agitada e conturbada contestação, o despoletar de uma tensão social e politica, nunca vistas, que, por certo, não  ficará por aqui,  eis que, o Partido de Patrício Trovoada, usando as repressivas forças policiais, sob a orientação de militares ruandeses  e apenas com os votos do seu partido, fez  aprovar os juízes da sua confiança politica para o chamado novo Tribunal Constitucional, que não é novo, pois sempre funcionou,  com a recondução do José Bandeira, antigo diretor das Secretas,  ponta de lança nos imbróglios judiciais de Patrice, chumbado nas eleições para o STP, senhor absoluto que foi deste tribunal Superior, do TC e ainda de outro Tribunal em que ele se auto-nomeou, acusado de ter branqueado as fraudes das últimas legislativas e presidenciais, que fora chumbado no pleito eleitoral do atual Presidente do STP, Manuel Cravid, volta de novo a ser a grande muleta da  figura mais impopular e  contestada no segundo país mais pequeno de África mas o mais pobre – Desgovernado    pela corrupção de um  primeiro-ministro,  que tem vindo agravar os índices de pobreza, alcoolismo e criminalidade  e a quem são apontadas graves acusações  de fraudes, lavagem e branqueamento de capitais  - 
O mesmo Patrice Emrey Trovoada, o 'bon-vivant' , que gosta das coisas boas da vida, ambicioso, "mas no bom sentido", e um apaixonado por desportos de combate  - E de saborear bom vinho, com uma boa carne – Não obstante se dizer um  Muçulmano convicto, convertido ao islamismo em Paris em 1984, incentivado pelo amigo Ali Bongo, filho de Omar Bongo, ex-Presidente do Gabão, país onde nasceu e onde passou a adolescência.  Esquecendo-se, porventura, que “o Manual de Lei Islâmica proíbe e pune o consumo de álcool, visto considerar que o álcool é uma das ferramentas que Satanás usa para distrair a humanidade da adoração a Deus – Talvez seja por isso quer conduzir um dos mais belos  e pacíficos paraísos equatoriais, num verdadeiro inferno.
Neste vídeo, cujo som  registámos da sessão plenária da passada semana - igualmente muito agitada e caótica - Mas, hoje,  pelos videos e pela  informação que corre das redes sociais, a situação é bem  mais conturbada e confusa


PERFIL DE  UM "BOM -VIVANT"-   -  Em declarações à Lusa, o novo primeiro-ministro, líder do partido Acção Democrática Independente (ADI), admite que gosta das coisas boas. "Prefiro não beber vinho para beber de vez em quando um bom vinho, não comer carne, para comer de vez em quando uma boa carne, gosto de saborear a vida, sou um 'bom-vivant'".  
Entre as suas paixões, elege os desportos de combate, que pratica desde pequeno, e hoje em dia faz boxe tailandês, (muay thai) seis vezes por semana com o seu "personal trainer".  

Muçulmano convicto, converteu-se ao islamismo em Paris em 1984, incentivado pelo amigo Ali Bongo, filho de Omar Bongo, ex-Presidente do Gabão, país onde nasceu e onde passou a adolescência.  


"Tínhamos namoradas nos mesmos círculos. Durante as férias escolares, corríamos a cidade de motos (...) eu ia com o Ali Bongo no seu Maserati...", descreveu, no posfácio da sua biografia autorizada, "Patrice Trovoada - Uma voz africana", de Carlos Oliveira Santos, lançada em Setembro.  

Sobre o facto de ser um chefe de Governo muçulmano num país de católicos, refere que essa mesma "pequena classe política" usou a sua religião para o insultar, até no parlamento, mas considera que o importante é que o povo sabe que é muçulmano e é a opinião do povo que lhe interessa.  

E é ao "povo pequeno" que agradece a sua integração no país, dado que nasceu e viveu grande parte da vida no estrangeiro, o povo que, diz, o recebe em casa e o convida a comer um calulu (prato típico são-tomense) e que também gosta de receber em sua casa, onde não entra "a burguesia elitista". 
25/11/2014 

Patrice Trovoada: Um apaixonado por desportos de combate - África ..

QUEM NÃO GOSTA DOS CAPRICHOS DE PATRICE TROVOADA, É MARIA DAS NEVES - A MÃE CORAGEM QUE ACUSA O DESNORTE DE PATRICE, -
- FRONTAL E INCISIVA. NÃO RECEIA AS EXIBIÇÕES E AS FALSIDADES DO RAMBO DO GABÃO


Permita-me dizer-lhe sr. Patrice Trovoada que ouvi ontem uma conversa orquestrada entre o senhor e os seus amigos de imprensa que veio demonstrar uma vez mais que o sr. está desnorteado, misturando e confundindo tudo, com o único propósito de atingir os seus inconfessáveis objetivos e como sempre usando mentiras sem medir meios para atingir os seus fins.

Disse que Maria das Neves deve o Banco Equador e o Banco Central.
Desafio o sr.  a provar que Maria das Neves deve ao Banco Equador, sob pena de responder criminalmente por esta mentirosa e caluniosa difamação, pois, Maria das Neves nunca contraiu empréstimos no Banco Equador e portanto não tem qualquer divida com o mesmo. Aliás, aquando da publicação da lista dos devedores do Banco Equador, nunca constou o nome de Maria das Neves.

Maria das Neves enquanto técnica do Banco Central, beneficiou sim das regalias oferecidas aos técnicos do Banco Central, mormente o acesso ao crédito e não foi certamente a única a fazê-lo. Contraiu sim um crédito nos moldes regulamentarmente estabelecidos e tem estado a proceder ao pagamento das prestações. Contrair legalmente um crédito não é crime nenhum. A forma tão leviana e íntima com que o senhor exprime-se relativamente ao Banco Central, uma instituição adstrita ao sigilo bancário, parece demonstrar a inexistência de independência e autonomia que devem nortear uma instituição dessa natureza.

Sobre outros factos mencionados no show que pretendeu dar, alguns conteúdos foram de tamanha baixeza, que comentá-los significaria descer ao mesmo nível. Mais uma vez nada explicou e passou o tempo a atacar os outros, tendo perdido uma excelente oportunidade que os seus amigos de imprensa lhe ofereceram para esclarecer definitivamente o caso dos trinta milhões de dólares em que esta envolvido.
Bem Haja sr. Patrice Trovoada.

 VEJAM-SE ESTES TÍTULOS DE NOTICIAS  - Diz Patrice: Há uma máfia instalada nos tribunais do país de São Tomé Há uma máfia instalada nos tribunais do país de São Tomé e Principe Presidente da  AN - José Diogo avançou com queixa-crime e acabou ensanduichado  -  Presidente da República  Evaristo faz queixa e anuncia fim de Silva e Frederico no TC - Scoop.it .Ontem . ,,,Evaristo sem saudação da oposição em 2018 – Téla Nó

CORRUPÇÃO É UMA TRADIÇÃO E COMPRAR VOTOS FAZ PARTE DO JOGO   Diz Patrice Trovoada 



Rol de acusações, ao PM, Patrice Trovoada, feitas  pela oposição,  em vários debates na Assembleia Nacional de S. Tomé e Príncipe - 


1. Suspeito de branqueamento de capital, envio de mais de 600 mil euros do erário público em dinheiro para ser depositado em libreville;


2. Suspeito de ter desviado 30 milhões de dólares americanos;


3. Suspeito de ter financiado o golpe de estado em 2003 e de ter ordenado assassinatos de Pinto da Costa, Fradique e Oscar Sousa;


4. Suspeito de ter comprado em seu nome os barcos pixi ndala e os barcos de patrulha;


5. Foi roubado na sua residência pelo seu segurança uma quantia avultada,o que faz antever lavagem de dinheiro;


6. Fez negócio consigo próprio no caso da aquisição pelo estado (seu governo) do novo edifício destinado ao supremo tribunal de justiça. Negócio que está a ser alvo de uma sindicância;





Ribeiro e Castro (CDS) Ao centro e ao lado de Patrice
6. Perdoou impostos à Rosema para depois tomar conta da empresa dando ordens aos coitados dos irmãos que fazem tudo que ele lhes pede;


7. Vai promover uma reforma monetária envolvida em suspeita de crime. Segundo uma denúncia existe contrafacção das novas notas prontas para entrar no sistema beneficiando o ADI. Acção promovida pelo próprio Patrice Trovoada. A velha dobra que vai sair de circulação, vai voltar a entrar com a colaboração do senhor Governador do Banco Central.



Perante tudo isso dou os meus parabéns ao dr Olegário pelo artigo. Os partidos políticos, a sociedade civil deverão mobilizar se para desmascarar esse mentiroso e corrupto primeiro-ministro. – Recordando as falcatruas de Patrice Trovoada  num comentário postado por um  cidadão santomense, no dia de Natal, no Téla Nón -  A propósito o artigo intituladCrónica de um Golpe Institucional anunciado De Olegário Tiny 20/12/2017



ÚLTIMAS  - São Tomé 18 jan (Lusa) - O representante especial do Secretário-Geral das Nações Unidas para a África Central desloca-se a São Tomé e Príncipe no dia 24 para "apaziguar a situação" política no arquipélago, indica o gabinete das Nações Unidas na capital.




Nenhum comentário :