expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Em S. Tomé – Relógios avançam uma hora - Em fuso zero e no Equador?!... Grosseira aberração com nefastos efeitos para a saúde pública, advertem especialistas - Novo Ano 2018, Abre com Nova Arbitrariedade do Governo absolutista de Patrice Trovoada, impondo novo sacrifício ao Povo Santomense, obrigando o despertar oficial a uma hora mais cedo que o nascer do sol – Para ajustar a hora à conveniência das constantes viagens ao estrangeiro – Nas únicas Ilhas do Oceano Atlântico, onde os dias são iguais às noites – Alteração horária acontece pela primeira vez na sua história – A mudança está a gerar mal-estar e já foi motivo de reação pelo MLSTP – No tempo colonial, é que, nas roças, era obrigatório formar às 4 da manhã - Imposição absurda dum estrangeirado, que, no último mês do ano, além de não pagar subsidio de Natal, até embrulhou a justiça num lamaçal

Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise   -EM SÃO TOMÉ REGIME INSTAURA HORAS DE LEVANTAR COMO NAS ROÇAS NO REGIME COLONIAL -


Com esta imposta alteração, Portugal e S. Tomé e Príncipe passam a ter a mesma hora, até ao próximo Verão – A única vantagem é para as companhias áreas de aviação e para quem viaja bastante, tal é o caso do inveterado viajante, Patrice Trovoada, que gasta mais em viagens que os miseráveis salários que na administração pública   Patrice só cá esteve 75 dias em 2015- Viagens custaram 1 milhão  e 800 mil euros 

Não  há memória de uma tal alteração, num pais onde as oscilações da duração do dia para a noite, são praticamente impercetíveis, ao longo dos doze meses do ano,  -12:04 a  12:06 , conforme o gráfico que aqui lhe demonstramos  - Sim, com apenas uma diferença de 2” em Junho, altura do Solstício do Verão, no hemisfério Norte, em que se regista essa ligeira oscilação, que é justamente no mês, em  que o sol, durante o seu movimento aparente na esfera celeste, atinge a maior declinação em latitude, medida a partir da linha do equador. Os solstícios ocorrem duas vezes por ano: em Dezembro e em Junho.


ATENTE-SE NESTE GRÁFICO  DE 1917 - DO NASCER E PÔR  DO SOL – E vejam-se que alterações existem que justifiquem tão absurdo procedimento do Governo de Patrice Trovoada:
1 Janeiro 2017, domingo        05:34 17:38 12:04
1 Fevereiro 2017, quarta-feira         05:44 17:48 12:04
1 Março 2017, quarta-feira    05:43 17:47 12:04
1 Abril 2017, sábado    05:34 17:39 12:04
1 Maio 2017, segunda-feira    05:27 17:32 12:05
1 Junho 2017, quinta-feira     05:27 17:34 12:06
1 Julho 2017, sábado    05:33 17:40 12:06
1 Agosto 2017, terça-feira      05:36 17:42 12:05
1 Setembro 2017, sexta-feira  05:30 17:35 12:04
1 Outubro 2017, domingo      05:20 17:24 12:04
1 Novembro 2017, quarta-feira       05:14 17:18 12:04
1 Dezembro 2017, sexta-feira 05:20 17:24 12:04 Nascer e pôr do sol São Tomé, 2017 - sunrise-and-sunset.com

No Equador, tal como eu constatei, com perfeita clareza, sobretudo, quando andei 38 dias naufragado a bordo de uma canoa,  o clarear do amanhecer é rápido; o mesmo sucedendo com o crepúsculo, após o pôr do Sol. – Meia hora depois do pôr-do-sol é noite escura, se não houver luar.



FALÁCIA DE UM GOVERNO CORRUPTO E MANIPULADOR A PRETEXTO DE POUPAR ENERGIA 

Gasta milhares nos corta-fitas de outros impostores

"O Governo invoca razões de poupança de energia, o que é uma falácia, argumentando que  "Como sabem, às 18:00 horas começa a anoitecer em São Tomé e Príncipe e quando, no dia 01 de janeiro aumentarmos mais uma hora, começa a anoitecer as 19:00. Daí, teremos uma hora de poupança de energia nas nossas casas e nos nossos serviços", explicou a mesma fonte.". https://www.dn.pt/lusa/interior/relogios-avancam-uma-hora-em-sao-tome-e-principe-a-partir-de-janeiro-de-2018-9006615.html

São Tomé (Lusa) - Os relógios vão avançar uma hora em São Tomé e Príncipe a 01 de janeiro, ficando no mesmo fuso horário de Angola ou Guiné Equatorial, anunciou hoje o Governo, que justifica a medida com a necessidade de poupar energia. Ora, isto é uma falsidade: visto estes países, estando mais distantes da linha equatorial, terem um nascer e um pôr-do-sol, com horas naturais diferentes – E, sobretudo, com horas crepusculares ou de auroras matinais, mais lentas


QUANDO A QUESTÃO SUSCITA ACESA DISCORDÂNCIA POR ESPECIALISTAS Que consideram A alteração dos ponteiros do relógio, fora da hora normal do  percurso aparente do sol,  traz "mais riscos que benefícios" - adverte o presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono.

Os matutinos privados de sono, podem sofrer mais nos dias subsequentes à mudança para a hora de Inverno", dado que para "além da menor flexibilidade na resposta a mudanças, as condicionantes impostas pelo novo horário afectam o humor".

Meira da Cruz aponta alguns sintomas causados pela alteração da hora, como prevalência de alguns tipos de dores de cabeça, nomeadamente a cefaleia hípnica (surge durante o sono) e a cefaleia em salvas (dor muito forte só num lado da cabeça).
Segundo o especialista em medicina de sono, "estas condições são frequentemente desencadeadas por alterações nos ritmos circadiários estabelecidos naturalmente". http://rr.sapo.pt/noticia/66553/a_mudanca_da_hora_faz_bem_ou_mal_a_saude

26 Mar, 2016 (..). A ideia é poupar energia, mas é duvidoso que o resultado seja esse. Quem primeiro lançou a ideia de uma hora de Verão foi, há mais de dois séculos, Benjamin Franklin, o co-fundador da nação norte-americana, diplomata, xadrezista, inventor, espírito enciclopedista - para muitos um incorrigível abelhudo, opinador compulsivo sobre tudo e mais alguma coisa.

(…)Mas a grande maioria das pessoas inquiridas numa sondagem recente considera que a hora de Verão tem mais inconvenientes do que vantagens. Para vários psicólogos e sociólogos, os inconvenientes são especialmente sensíveis para as pessoas que prolongam a sua actividade pela noite fora e que, obrigadas a despertarem mais cedo do que manda o seu bioritmo, passam depois o dia sonolentas e mal-humoradas, com perdas sensíveis de produtividade no trabalho.

E, segundo um estudo citado em 
Der Spiegel, a poupança energética é residual, na ordem de apenas 0,03 por cento.
  https://www.rtp.pt/noticias/pais/hora-de-verao-vantagens-duvidosas-suscitam-controversia_n906694


ARBITRARIEDADE A QUE O MAIOR PARTIDO DA OPOSIÇÃO, JÁ REAGIU 

1. "O Povo acordou perturbado pelo novo horário. O Governo deu ao Povo uma hora artificial e tirou-lhe a sua hora natural. O nosso País está situado no meio do mundo. A hora que vinha tendo é a sua hora natural. Com a sua decisão, o Governo veio mudar o funcionamento do relógio biológico de todos nós, perturbando o ritmo do nosso sono, sobretudo das nossas crianças que levarão tempo para conseguirem acordar no horário escolar.


2. O Povo fica perturbado, vendo-se obrigado de assistir as caminhadas do Governo. A perturbação vem do fato de o Povo se aperceber tratar-se de campanhas do ADI, mas financiadas com o dinheiro do Povo. 

3. Perturbação também de ver o dinheiro público pagar as campanhas do ADI enquanto as estradas estão cada vez mais esburacadas e que a água corre cada vez menos nas nossas torneiras. 

4. O Povo fica perturbado por não assistir mais nenhum debate contraditório em nenhum dos meios de comunicação social. O Povo receia por um atentado contra a democracia.

5. Fator de perturbação é ainda a nova Dobra. O País saiu de 2017 com a inflação mais alta dos últimos 10 anos. A mudança da Dobra vai aumentar a inflação. Quem está habituado a vender por 1.000, não entende que passe a vender por 1. Quem está habituado a comprar por 1.000, não se apercebe que pagar 2 ou 3 está a pagar 2 a 3 vezes mais do que deve. Isto acontecerá infinitamente. 2018 será ano de inflação em flecha.



6. É perturbador para todos, ver o Presidente da República (PR) apresentar-se como violador da Constituição. O mesmo PR deve ser o 1º respeitador da Constituição. No final de 2017, o PR promulgou uma lei colocada no Tribunal Constitucional (TC) para análise da conformidade dessa lei com a Constituição. O PR sabe que nesse caso a Constituição manda que ele não promulgue enquanto o TC não decidir. O PR teima em manter a sua posição, continuando a violar a Constituição.





 É perturbador ver o Governo proibir a circulação de viaturas do Estado fora do horário de funcionamento da Administração e depois ver o mesmo Governo admitir que a proibição não seja aplicada após a colocação de Diretores do ADI em toda Função Pública e nas Empresas Públicas ;



Utilizadas pelos militantes do ADI, as viaturas do Estado circulam sem limite de tempo, sem limite de combustível e sem limite de desgaste dos carros públicos.

8. É perturbador ver a passividade do Procurador Geral da República que não esclarece sobre o destino dos 30 milhões de Dólares emprestados pelo Governo, cuja utilização o Povo desconhece; que não esclarece sobre a aquisição dos Catamarãs que o Governo colocou no País; que não esclarece sobre a lavagem do dinheiro, cuja queixa foi introduzida no Ministério Público há anos.




Nenhum comentário :