expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

"São Tomé e Príncipe deve continuar a sua marcha na democracia" - Diz o enviado da ONU - Crise sem fim à vista: Nações Unidas, com o mesmo diplomata que esteve em Agosto de 2017 para' afirmar que STP é o exemplo típico de uma democracia emergente onde há alternância democrática e boa governação e uma visão clara do seu desenvolvimento sócio-económico- François Lounceny Fall, representante especial do Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas para a África Central(UNOCA), com sede em Libreville, de novo em STP para voltar a elogiar o Governo corrupto de Patrice Trovada – Depois se ter congratulado pelas “eleições pacíficas “ (presidenciais) que legitimaram uma das mais grosseiras fraudes , que levaram o ex-Presidente, Manuel Pinto da Costa, a não concorrer à segunda volta, recusando-se a pactuar e a legitimar a farsa orquestrada pelo partido de Patrice Trovoada


Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise



REPETE-SE A FARSA DE AGOSTO - TROVOADAS NÃO TÊM O POVO NA MÃO MAS DOMINAM A ALTA INTRIGA DA CORRUPÇÃO INTERNA E EXTERNA - "Temos São Tomé como uma democracia modelo na região" - Diz o FAAL Liderada por um Primeiro-Ministro que diz que A CORRUPÇÃO É UMA TRADIÇÃO E COMPRAR VOTOS FAZ PARTE DO JOGO 

ONU VOLTA A MANDAR, A SÃO TOMÉ, PELA SEGUNDA VEZ O SR. FRANÇOIS LOUCÉNY FAAL – Que esteve em Agosto de 2017 para tecer largos elogios a uma governação, marcada pela fraude, a corrupção,  o autoritarismo e o controlo  e a manipulação  dos órgãos de C.S, do Estado e   branquear a fraude eleitoral de Evaristo Carvalho 


- Não retiro uma linha ao que afirmei neste site, em Agosto -  ÁFRICA E OS JOGADORES DO LIBERALISMO SEM FRONTEIRAS

 François Lounceny Fall, representante especial do Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas para a África Central(UNOCA), com sede em Libreville, de visita oficial a S. Tomé para elogiar o Governo corrupto de Patrice Trovada – Depois se ter congratulado pelas “eleições pacíficas “ (presidenciais) “que ocorreram no verão passado” e que legitimaram uma das mais grosseiras fraudes - Com as autárquicas no horizonte, um velho amigo de Miguel Trovoada (que também andou nestas jogadas da ONU) a promover a politica dos sacadores de cinco estrelas

REPRESENTANTE DA ONU FALA DE MARCHA DA DEMOCRACIAOnde apenas tem marchado o autoritarismo, a bastonada, fraude, a manipulação da rádio e da televisão, os milhões e os navios que desaparecem, sem deixar rasto

22/1/2018, 12:27  - François Louncény Fall, representante das Nações Unidas, disse que "temos São Tomé como uma democracia modelo na região" e que deseja que o país continue "a sua marcha na democracia".

O representante especial do secretário-geral das Nações Unidas para a África Central, François Louncény Fall, disse esta segunda-feira que a ONU “está pronta” para apoiar o processo democrático em São Tomé e Príncipe no âmbito da crise política que atravessa.

As nações unidas manifestam-se prontas para acompanhar e apoiar São Tomé e Príncipe no quadro do seu processo democrático, temos São Tomé como uma democracia modelo na região e desejamos que o processo político prossiga o seu curso e que este país possa continuar a sua marcha na democracia”, disse François Louncény Fall, em declarações aos jornalistas. São Tomé e Príncipe deve continuar “a sua marcha na democracia”

EM AGOSTO  - REPRESENTANTE ESPECIAL DO SECRETÁRIO-GERAL DA ONU PARA A ÁFRICA CENTRAL NUMA VISITA  DE 3 DIAS A STP  Alguma vez estas afirmações têm o mínimo de consistência?  STP É o exemplo típico de uma democracia emergente onde há alternância democrática e boa governação e uma visão clara do seu desenvolvimento sócio-económico"

07-08-2017  - O Ministro da Presidência do Conselho de Ministros e dos Assuntos Parlamentares, Afonso Varela, recebeu esta segunda-feira, dia 7, em substituição do Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Urbino Botelho, o Representante Especial do Secretário-Geral das Nações Unidas para África Central, o guineense, François Louncény Fall, que efectua uma visita de três a São Tomé e Príncipe.


François Louncény Fall - Com Varela
·É a minha primeira visita oficial ao vosso país e pela região da África Central. É uma visita de familiarização e como sabem o nosso bureau é um bureau regional que se ocupa de bons ofícios, da mediação e do apoio a CEEAC e da integração" disse o Representante Especial de António Guterres para adiante afirmar que" este é o primeiro encontro com o Sr. Ministro só para uma ideia mais precisa.Devo sublinhar que São Tomé e Príncipe constitui para nós, as Nações Unidas um modelo de África Central É um pais que nesta zona apresenta uma certa estabilidade política"

François Lounceny Fall Com Ali Bongo 
'É o exemplo típico de uma democracia emergente onde há alternância democrática e boa governação e uma visão clara do seu desenvolvimento sócio-económico"-precisou François Louncény Fall, para concluir que 'é neste quadro que estamos aqui, nesta visita de familiarização, trazendo o apoio do Sistema das Nações Unidas, as suas saudações e do Secretário-Geral, o sr. Guterres às autoridades sãotomenses e dar-lhes garantia na implementação da nossa visão até 2030  http://rnstp.st/index.php/noticias/item/654-representante-especial-do-secretario-geral-da-onu-para-africa-central-visita-stp


PRIVILEGIOU OS ENCONTROS COM O GOVERNO,  PARA MANIPULAR OS MEDIA,  RELEGANDO A OPOSIÇÃO  PARA 2º PLANO

Diz o representante do secretário-geral das Nações Unidas para a África Central, que, São Tomé e Príncipe deve continuar "a sua marcha na democracia"

Ora, é justamente isto que, o autoritarismo do Governo corrupto, de Patrice Trovoada, mais gostava de ouvir, afirmando que a ONU "está pronta" para apoiar o processo democrático em São Tomé e Príncipe no âmbito da crise política que atravessa.

O diplomata das Nações Unidas disse que antecipou para domingo a sua viagem para São Tomé, inicialmente prevista para quarta-feira, tendo iniciado hoje contactos com as diversas autoridades e partidos políticos do país.

François Louncény Fall, que tem a missão de "apaziguar a situação de crise" instalada entre o poder e a oposição, foi recebido hoje em audiência pelo primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada, com quem conversou cerca de duas horas.

"Discutimos um conjunto de problemas sobre a vida nacional de São Tomé e Príncipe", disse o diplomata, numa curta declaração à saída do encontro, reconhecendo que "há um conjunto de problemas no terreno, relativos às próximas eleições" que terão lugar este ano no país. Lusa


Não pode haver funcionamento normal das instituições da República, quando o país vive uma crise institucional única na sua história democrática –" -13 de Janeiro de 2018 Clima de Tensão e Perigo no ar – Téla Nón


DIFICILMENTE A VIDA, EM S. TOMÉ E PRÍNCIPE, PODERÁ CONHECER MELHORES DIAS, GOVERNADO POR QUEM AQUI NÃO NASCEU, TEM PASSADO A MAIOR PARTE DO TEMPO AUSENTE DO PAIS OU  SE ESFORÇOU POR FAZER BEM AO POVO

Sim, importante  era que a democracia retomasse pelo menos o período que antecedeu à ditadura de Patrice, no tempo em que nenhum partido havia logrado a maioria absoluta, através do chamado “banho”, da compra de votos: era preferível haver governos de curta duração de que um mau governo, conflituoso, corrupto e ditatorial, durante uma legislatura de quatro anos.

Depois do que sucedeu, com a  invasão das forças policiais de choque a invadirem  a  casa da democracia santomenses e das  violentas cargas à bastonada sobre manifestantes da oposição e do autoritarismo manifestado pela bancada parlamentar governamental,  que, em vez de privilegiar o diálogo e os consensos, sempre pautou  as suas posições por  mostras de   arrogante sobranceria e absolutismo. E, então, nestas últimas sessões do plenário, as primeiras do novo ano,  atingindo raias de um extremismo, ainda bastante  mais arrogante e demencial.
  
E, no tocante, às intervenções externas,  o que se tem visto, até agora, com as representações da ONU, nos atos eleitorais, tem sido mais no sentido de   caucionar as fraudes e os abusos de um dirigente politico, que, talvez pelo facto de aqui não ter nascido e não ter nunca cultivado laços de afeto e de convívio  no seio do povo, é hoje das figuras politicas, mais impopulares e contestadas.

DIPLOMACIA INÚTIL – É O MAIS CERTO QUE PODERÁ SUCEDER

"A principal preocupação das Nações Unidas é garantir a paz, a estabilidade e o desenvolvimento para o povo da República Democrática de São Tomé e Príncipe", o que implica assegurar "direitos democráticos para todos", diz um comunicado assinado pela coordenadora residente do Sistema da ONU em São Tomé, Zahira Viranni,  sublinhando que "o propósito da visita ,será encontrar-se com todas as partes implicadas e proceder à avaliação da situação a fim de ajudar a apaziguar a situação

JÁ NEM O PAI DE PATRICE TROVOADA – ENQUANTO ALTO DIPLOMATA DA ONU NA GUINÉ-BISSAU -  ACREDITAVA NO DIÁLOGO  EXTERNO

De recordar as palavras de Miguel Trovoada, que afirmava  (..) "Muita gente pensa que a Comunidade internacional faz milagres para resolver problemas. A comunidade internacional não foi eleita para resolver problemas da Guiné-Bissau”.

Obviamente, nem era de estranhar que fizesse tais afirmações, quem  “foi um desastre na gestão da crise política”  e “abandonou  Bissau com o rótulo de prostituto, quando foi despedir-se do primeiro-ministro Carlos Correia e ouviu das boas. Segundo uma fonte do DC, Carlos Correia tomou-o de ponta: "Você é um ingrato! Quando aqui se exilou, demos-lhe casa, carro, milhões e um passaporte diplomático para correr mundo, e trata-nos assim http://ditaduradoconsenso.blogspot.pt/2016/04/opiniao-aas-trovoada-um-prostituto-em.html

ESTE NÃO É SEGURAMENTE O MELHOR  CAMINHO  - POIS QUEM LEVOU AS BASTONADAS ( ou viu) QUANDO APELAVA À DEMOCRACIA OU FOI ARRASTADO DO PARLAMENTO COMO UM  DELINQUENTE, JAMAIS ESQUECERÁ  A HUMILHAÇÃO

"O Primeiro Ministro sabe que em nenhum Estado democrático onde as instituições funcionam conforme as leis, o Presidente da República promulga um diploma, que segundo o Supremo Tribunal de Justiça nas vestes do Tribunal Constitucional, está eivado de inconstitucionalidades.

Não pode haver funcionamento normal das instituições da República, quando o país vive uma crise institucional única na sua história democrática –" -13 de Janeiro de 2018 Clima de Tensão e Perigo no ar – Téla Nón

E, no tocante, às intervenções externas,  o que se tem visto, até agora, com as representações da ONU, nos atos eleitorais, tem sido mais no sentido de   caucionar as fraudes e os abusos de um dirigente politico, que, talvez pelo facto de aqui não ter nascido e não ter nunca cultivado laços de afeto e de convívio  no seio do povo, é hoje das figuras politicas, mais impopulares e contestadas.


PAZ POLÍTICA E SOCIAL GRAVEMENTE PERTURBADA NAS ILHAS VERDES DO EQUADOR - URGENTE ONU E FMI  - NOMEAREM COMISSÃO INDEPENDENTE PARA NOVAS ELEIÇÕES LIVRES E JUSTAS, APEAREM GOVERNO, CORRUPTO, OPRESSOR E DESACREDITADO -  Os dois atos eleitorais, previstos para este ano, organizados pelo absolutismo ditatorial do atual regime, são olhados com enorme desconfiança pelo receio de que se sucedam as mesmas fraudes e banhos da compra de votos por um misterioso empresário, com negócios disfarçados em vários países, que nestes anos da sua desgovernação, vem sufocando a liberdade de expressão nos órgãos da rádio e televisão do Estado, tem gerado um ambiente social e politico de grande instabilidade, contribuindo para o recrudescimento dos índices da extrema pobreza da população e contribuindo para o aumento do alcoolismo e criminalidade  


ONU DESPEJOU UM POTE DE MASSA NO GOVERNO DE PATRICE - PARA O DEITAR AO LIXO? – Claro que nunca se perderá…
De recordar que  “O Governo são-tomense e Zahira Virani, Representante do Sistema da ONU assinaram o acordo que permite o financiamento dos projectos previstos para 2017. As três áreas para o ano 2017 estão estimados em mais de 13 milhões de dólares»,  http://www.telanon.info/politica/2017/02/20/23815/onu-em-stp-disponibiliza-13-milhoes-de-dolares-para-2017/


Dinheiro nas mãos de um Primeiro-Ministro, esbanjador, o que se esperaDívida pública de São Tomé e Príncipe ultrapassa 400 milhões  - dívida pública são-tomense ultrapassa atualmente os 400 milhões de euros, 60 milhões dos quais representam a dívida do Estado com a Empresa Nacional de Combustível e Óleo (Enco), indicou fonte partidáriahttps://www.noticiasaominuto.com/economia/940159/divida-publica-de-sao-tome-e-principe-ultrapassa-400-milhoes


O AMIGO GABONÊS  Junho 2017 -  - François Lounceny Fall, representante especial do Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas para a África Central(UNOCA), num encontro oferecido pelo Primeiro-Ministro Emmanuel Issoze Ngondet, Nesta quinta-feira, 20 de julho, 2017 em seu escritório

No final desta entrevista, François Louncény  disse que a comunidade internacional incentiva Gabão na direção certa e espera que a classe política esteja reconciliada em torno da coesão e os valores nacional para um clima sociopolítico pacífico.

Em resposta a seu anfitrião do dia, o Chefe de Governo saudaram o bom desempenho do diálogo político e garantiu seu interlocutor da vontade do Gabão Executivo para implementar as recomendações dos fundamentos da Angondjé.http://www.primature.gouv.ga/2-actualites/1108-primature-diplomatie-un-representant-de-lunoca-chez-le-chef-du-gouvernement/

François Lounceny Fall, ex-primeiro-ministro e Ministro das Relações Exteriores da Guiné Conacri, que, Ban Ki-moon,  em 2016,nomeou  Representante Especial Interino do Secretário-Geral e Chefe da UNOCA, em substituição  do  ex-primeiro-ministro senegalês,  Macky Sall, posteriormente,  confirmado pelo atual Secretário-Geral. António Guterres, Representante Especial do Secretário-Geral das Nações Unidas para o Gabinete da África Central das Nações Unidas (UNOCA), Angola, Burundi, Camarões, República Centro Africano, Chade, Congo, República Democrática do Congo, Guiné Equatorial, Gabão e São Tomé Príncipe.

ONU - COM DIPLOMATAS SERVINDO INTERESSES PRIVADOS -  CONDENADA   AO FRACASSO 


O diplomata da Guiné Conacri, que assumiu oficialmente o cargo em 1º de novembro, em Libreville, começou sua carreira com a Missão das Nações Unidas para o Referendo no Sara Ocidental (MINURSO) – que resultou num enorme fracasso Sahara Ocidental: O fracasso da ONU é o fracasso da justiça e da paz ......50 anos de fracasso da ONU - IPS em português - NotíciasA ONU é um fracasso e o mundo está inseguro – 





MILHÕES PARA ALIMENTAR SISTEMAS CORRUPTOS – DESDE QUEM FINANCIA A QUEM RECEBE A MASSAROCA
São Tomé e Princípe foi o sexto país lusófono a falar na 71ª sessão da Assembleia Geral da ONU.  -Em seu discurso, nesta sexta-feira, o primeiro-ministro Patrice Trovoada destacou o que chamou de "progresso notável" em matéria de desenvolvimento humano no país.

Desenvolvimento Sustentável23/09/2016 São Tomé e Princípe tem condições de realizar Agenda 2030ONU financia projetos em São Tomé e Príncipe com 10 milhões de ...
24.sapo.pt/.../onu-financia-projetos-em-sao-tome-e-principe-com-10-milhoes-de-dola...

 Unicamente servindo esquemas e alimentado o estômago insaciável da corrupção OMS gasta mais em viagens do que no combate à SIDA A Organização Mundial de Saúde (OMS) gasta em viagens cerca de 200 milhões de dólares (179 milhões de euros) por ano, mais do que despende no combate a alguns dos maiores problemas de saúde, como a SIDA, foi hoje divulgado. http://www.dn.pt/mundo/interior/oms-gasta-mais-em-viagens-do-que-no-combate-a-sida-8493196.html

Em São Tomé e Príncipe o sistema das Nações Unidas trabalha como uma equipa, a fim de desenvolver a melhor estratégia de resposta às necessidades e planos nacionais.
Embora cada agência tenha programas e projectos em conformidade com os seus respectivos mandatos, a Equipa das Nações Unidas está empenhada em assegurar que esses programas se reforçam mutuamente e oferecem assistência optimizada ao país.

ONU Equipa do País - As Nações Unidas em São Tomé e Príncipe


CURRÍCULO DE PATRICE TROVOADA 


1. Suspeito de branqueamento de capital, envio de mais de 600 mil euros do erário público em dinheiro para ser depositado em libreville;
2. Suspeito de ter desviado 30 milhões de dólares americanos;
3. Suspeito de ter financiado o golpe de estado em 2003 e de ter ordenado assassinatos de Pinto da Costa, Fradique e Oscar Sousa;
4. Suspeito de ter comprado em seu nome os barcos pixi ndala e os barcos de patrulha;
5. Foi roubado na sua residência pelo seu segurança uma quantia avultada,o que faz antever lavagem de dinheiro;
6. Fez negócio consigo próprio no caso da aquisição pelo estado (seu governo) do novo edifício destinado ao supremo tribunal de justiça. Negócio que está a ser alvo de uma sindicância;

Ribeiro e Castro (CDS) Ao centro e ao lado de Patrice
6. Perdoou impostos à Rosema para depois tomar conta da empresa dando ordens aos coitados dos irmãos que fazem tudo que ele lhes pede;
7. Vai promover uma reforma monetária envolvida em suspeita de crime. Segundo uma denúncia existe contrafacção das novas notas prontas para entrar no sistema beneficiando o ADI. Acção promovida pelo próprio Patrice Trovoada. A velha dobra que vai sair de circulação, vai voltar a entrar com a colaboração do senhor Governador do Banco Central.
Perante tudo isso dou os meus parabéns ao dr Olegário pelo artigo. Os partidos políticos, a sociedade civil deverão mobilizar se para desmascarar esse mentiroso e corrupto primeiro-ministro.  Recordando as falcatruas de Patrice Trovoada  num comentário postado por um  cidadão santomense, no dia de Natal, no Téla Nón -  A propósito o artigo intitulado Crónica de um Golpe Institucional anunciado De Olegário Tiny 20/12/2017

"Nenhuma comunidade internacional está com ele porque sabem que ele é O MAIOR BANDIDO que o pais conheceu na sua história. O Evaristo pseudo PR que por si não é mau homem vai apanhar bem quando PT a abandonar o país. Não é por acaso que ele foi buscar TROPAS RUANDESAS. É para ajuda logo fugir porque ele cometeu muito crime e vai ter que ir para a Cadeia: o caso 30 dos  milhões, barcos, branqueamento c BCGI etc que muitos sabem. FIQUEMOS TODOS ALERTAS"

A ERHC assegurou sua posição de privilégio através do uso de subornos projetados através de Patrice Trovoada.  atual primeiro-ministro e filho de ex-presidente do STP, Miguel Trovoada - A população vive abaixo da linha de pobreza e o país permanece, "inviável", no sentido de que não pode produz o suficiente nas exportações para satisfazer seu próprio nível de consumo. . http://scholarship.law.berkeley.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=1098&context=bjalp

Nenhum comentário :