expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Peregrino da Luz! Segue tranquilo o teu caminho que a Primavera vem aí: “Eu quero ter um milhão de amigos/E bem mais forte poder cantar/” – Eu quero apenas olhar os campos/ Eu quero apenas cantar meu canto/ Eu só não quero cantar sozinho /Eu quero um coro de passarinhos “ - ”Quando eu quero falar com Deus eu apenas falo/ Quando eu quero falar com Deus às vezes me calo” - Tributo a Roberto Carlos, recordando a entrevista que ele me concedeu e a sua mãe, Lady Laura, há 36 anos



TRANQUILO SEGUE OS TEUS PASSOS E OS DE JESUS, QUE A PRIMAVERA DA FESTA DAS FLORES  E DA LUZ, VEM AÍ!...


Vai peregrino, vai pelo teu pé.
Vai, que todo o tempo é teu!
Segue airoso o teu caminho!
Não pares! Vai em paz e tranquilo,
peregrina descalço  e reza a Deus,
caminha e segue os teus passos,
olha ao alto o azul dos céus,
lado a lado com a amiga Primavera
que ainda não chegou
mas já não demora,

já anda no ar, muito leve,
já brilha e reflui perfumada,
tão leve como os teus passos
e o brilho verde da paisagem
que te envolve!
Já floriu
já te sorriu.!

Jorge Trabulo Marques - PeregrinoDaLuz




Vive o silêncio introspetivo da tua alma e transcende-te na quase invisibilidade com a tua aura porque todas as cores existem no arco-íris quando o céu se ilumina de Luz ou quando as trevas desaparecem e as auroras desabrocham sublimes de brilho e claridade - Sim, acalma-te que a vida humana é o maior milagre divino e não surgiu por obra do acaso!




”Quando eu quero falar com Deus eu apenas falo
Quando eu quero falar com Deus às vezes me calo.
E elevo o meu pensamento.
Peço ajuda no meu sofrimento
Ele é Pai, Ele escuta o que pede o meu coração
Quantas vezes eu falando com Deus desabafo e choro
E alívio pro meu coração eu a Ele imploro
E então sinto a sua presença
Seu amor, sua luz tão intensa
Que ilumina o meu rosto e me alegra em minha oração
Quanta paz, quanta luz










….Com o terço na mão
De joelhos no chão vos pedimos
Aliviai as tristezas e as dores
Que as vezes sentimos
Clareai o caminho daqueles
Que vivem perdidos
E olhai por aqueles que o mundo
Deixou esquecidos




Eu Quero Apenas

Eu quero apenas olhar os campos
Eu quero apenas cantar meu canto
Eu só não quero cantar sozinho
Eu quero um coro de passarinhos



Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Continua em https://www.letras.mus.br/roberto-carlos/48596/




As baleias - Roberto Carlos

Não é possível que você suporte a barra

De olhar nos olhos do que morre em suas mãos
E ver no mar se debater o sofrimento
E até sentir-se um vencedor neste momento

Não é possível que no fundo do seu peito

Seu coração não tenha lágrimas guardadas
Pra derramar sobre o vermelho derramado
No azul das águas que você deixou manchadas



DIÁRIO DE BORDO - 38 DIAS NUMA PIROGA NO MAR DOS TORNADOS E TUBARÕES - 35ºDia - Acordei com o barulho de uma enorme baleia aqui próximo da canoa.(....)  que está cheia de água!...(..) Há uma fraqueza geral em mim.. Não sinto nada no estômago... É um saco de fole...Mas o espírito permanece forte...A confiança é inabalável.

Algures no Golfo da Guiné, 24 de Novembro de 1975





Solitário e sem destino, sob um céu cinzento e deserto de uma manhã  brumosa, envolta por um horizonte encoberto  por densas névoas e por saturadas neblinas,  povoado  por silenciosos e enigmáticos sortilégios - Ó abençoada claridade das madrugadas, que sucede à cerração impenetrável das trevas, às longas horas de espera,  aos infinitos momentos de angústia e resignação! Afável serenidade, confiança e audácia  do meu ser, que me iluminas e abraças!... Vagueando esfomeado, transitório e frágil à superfície de um ondulante e vastíssimo manto de lívidas ondas,  que os turvados céus tingem e confundem, vogando à superfície  de um mar brumoso e infindo. 


Não choro o meu abandono, porque, apesar da  incerteza que me domina, vogando à deriva na vasta solidão que me rodeia,  dentro de mim não há lugar nem para  a derrota nem para o desespero; ainda vibra o silêncio que acalenta e não esmorece.  Subsiste   a intacta e vital vibração  da  esperança que não falece, que transforma o sofrimento em vitória. Porém, oh, Deus!... Vós, que até agora me acompanhais, lá do alto, que certamente olhais  os imensos caminhos da  minha náutica e errante aventura, sabereis, com certeza, a dor que   vai  dentro da minha alma!...   O quanto está   debilitado e  enfraquecido o meu corpo, quanta incerteza  vai o meu coração! E qual o peso do calvário por onde me arrasto e vou sendo arrastado.





Constantemente torturado pelas minhas  angustias, sinto que física  e psicologicamente me encontro  noutro mundo. Não, não, este não é o mundo de quem vive com os pés assentes em terra. Flutuo continuamente à flor do abismo, dentro de uma urna muito frágil, que ora se ergue ora vai a cambalear, mas nem é isso que ocupa mais os meus pensamentos, pois já estou familiarizado, mas a fraqueza que me invade. No entanto, mesmo no limiar das minhas forças, se a minha canoa resistir, tenho a certeza que eu não vou desistir de lutar... Estou resignado  a suportar, com infinita paciência, todos os reveses e adversidades da minha triste sorte. Resignado, sim, mas não me vou render; o que eu não quero é  sofrer ainda mais. Só cruzo os braços quando me deito, quando me estendo no fundo da canoa e junto as mãos ao peito. Porque, eu sei, que, em cada alvorada,  há o renascer de um novo dia, de uma noite que se extingue e a luz  apaga,  uma nova promessa e uma renovada esperança.., 

Parcas têm sido  as minhas palavras para o meu diário de bordo,  tal como no dia de ontem, porém, imensos os meus pensamentos, inarráveis os tormentos que assolam o meu coração

Diário de Bordo 1 Já é manhã do 35º dia. Acordei com o barulho de uma enorme baleia aqui próximo da canoa....De noite trovejou... Choveu um pouco mas passei-a normalmente. Claro, quase sempre acordado   PROSSEGUE EM 35ºDia - Acordei com o barulho de uma enorme baleia aqui próximo .


Entrevista a Roberto Carlos,  três anos depois do Canecão, caracterizado de palhaço: "Isso para mim era uma coisa nova!... Nunca havia-me caracterizado num palco" – Confessou-nos em 1982, num breve diálogo no aeroporto de Lisboa, momentos  de regressar ao Brasil



  

DIGRESSÃO “MUITO BOA”!... MARAVILHOSA!... ESTOU FELIZ COM TUDO!” 
   

"A vida é a minha musa inspiradora” – Recordando a entrevista que  Roberto Carlos, me concedeu, em 1992, no aeroporto de Lisboa e pouco depois de ter entrevistado sua mãe, Lady Laura,  momentos antes de  regressar ao Brasil, após a sua digressão a Portugal - Confessando-se “muito feliz pelos shows que deu em Lisboa, no Porto e no Algarve”  e pela receção que lhe foi proporcionada “ Inquirido, entre outras questões, se se tinha sentido bem ao representar o papel de palhaço, num espetáculo do Canecão, respondeu que para ele “era uma coisa nova, eu nunca havia-me  caracterizado de qualquer coisa no palco e eu queria ter a certeza que sabia fazer bem aquele número.”

JTM – Prestes a partir – a alguns minutos antes da sua partida: que tal a sua partida pro cá?
RC – Muito boa! Maravilhosa! Estou muito feliz com tudo! Com o Show de Lisboa! Do Algarve! Do Porto!...Tudo correu maravilhoso!... Os portugueses  me receberem bem! Em todas as partes!... Como sempre!.. os portugueses, são sempre assim…
(…) JTM -Projetos futuros..
RC – Projetos futuros! Voltar a Portugal!... O mais breve possível…. Agora chegou no Brasil: vou terminar as músicas do próximo disco… Gravo em Setembro e, em Dezembro, temos um novo disco.
JTM – Projetos futuros?...
RC – Projetos futuros! Voltar a Portugal!... O mais breve possível…. Agora chegou no Brasil: vou terminara as músicas do próximo disco… Gravo em Setembro e, em Dezembro, temos um novo disco. 

PROSSEGUE EM http://www.vida-e-tempos.com/2015/05/entrevista-roberto-carlos-tres-anos.html


Lady Laura – Mãe de Roberto Carlos, que acompanhava sempre seu amado “menino” que “assobiava e cantava desde um aninho".  Recordações da única entrevista que deu em Portugal, quando aqui se deslocou pela primeira vez em 1982  - Agora divulgada  a poucos dias do  retorno do Rei da Música Brasileira para atuar em Lisboa, Gondomar e Porto



LADY LAURA – DEVOTA DE Nª SENHORA DE FÁTIMA – TENDO-SE DESLOCADO AO SANTUÁRIO - Realizando um sonho



JTM- É a mãe de Roberto Carlos: acompanha o seu filho?
Lady Laura – Sempre. Mas para o exterior foi a primeira vez.… Sempre no Brasil.
JTM – Nunca tinha vindo a Portugal?
Lady Laura - Não. Não sei porque não pude vir noutra época em que ele veio; agora então já realizei meu sonho. Que era vir aqui conhecer vocês. Conhecer Portugal,  terra linda! Maravilhosa!

JTM – Está satisfeita?
Lady Laura – Já saudosíssima!...
JTM – Esteve em Fátima?

Lady Laura – Estive. Que maravilha!...Adorei!

PROSSEGUE EM http://www.vida-e-tempos.com/2015/05/lady-laura-mae-de-roberto-carlos-que.html



Roberto Carlos (1941) é um cantor e compositor brasileiro. O "Rei" da música romântica brasileira. Foi o líder do movimento musical chamado Jovem Guarda, que surgiu nos anos 60. Em parceria com Erasmo Carlos, compôs inúmeros sucessos.
Roberto Carlos Braga (1941) nasceu em Cachoeiro do Itapemirim, Espirito Santo, no dia 19 de abril de 1941. Filho de relojoeiro Robertino Braga e da costureira Laura Moreira Braga com 6 anos sofreu um acidente na linha do trem que resultou em amputação de parte da perna direita. Estudou no Conservatório Musical de sua cidade. Aos 9 anos apresentou-se pela primeira vez cantando, no programa infantil da Rádio – Mais pormenores em  https://www.ebiografia.com/roberto_carlos/



Nenhum comentário :