expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quinta-feira, 8 de março de 2018

Ali Bongo - Patrice Trovoada – Reencontro de gaboneses em S. Tomé – Curiosa coincidência: ambos acusados de desvios de 30 milhões – Tu n'es pas seul, mon ami: - Que segredos estes impostores teriam confidenciado? … O que se diz dos desvios destes dois pândegos vaidosos? - Fomos investigar e recuperar versões de noticias divulgadas .

Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise



Nascido em Libreville, Gabão, de seu nome  Patrice Emery Trovada, orgulhoso de suas raízes Bantu, casado com uma maliana, um muçulmano em um país onde mais de 70% da população é católica, ele é ambicioso e se levanta sempre se ele tropeça. - E no qual tem procurado hostilizar o catolicismo a favor do islamismo: desde provocações ao Bispo da Diocese, à censura de programas da Rádio da Igreja,  à implantação de um banco muçulmano, a fundações turcas e outras diversas mascaradas e pressões





Persiste a escravatura - Agora por dirigente negro
São Tomé e Príncipe, é um pais pacifico e maravilhoso, que emerge no imenso Golfo da Guiné, mas pobre, pequeno e escravizado, por corsários, corruptos, vira-casacas e oportunistas – Esta parece ser a herança colonial, que persiste atualmente, ainda mais agravada, sob outras roupagens e outras máscaras, tendo, como grande estrela da constelação da pirataria, oficialmente encartada, o próprio líder da Governação, um estrangeirado nascido no Gabão.

EVARISTO DE CARVALHO A FUNCIONAR UM VEZ MAIS COMO MERO PAU-MANDADO PROTOCOLAR  DE PATRICE TROVOADA - QUE PASSOU A  ECLIPSÁ-LO SEM O MENOR PUDOR 

Libreville, 6 de março (Gabonactu.com) - O presidente da República, Ali Bongo Ondimba, visitou hoje São Tomé e Príncipe uma visita de trabalho e amizade.Esta viagem a este país amigável faz parte da turnê iniciada em fevereiro passado na sub-região da África Central.

Durante esta visita, o Chefe de Estado reuniu-se sucessivamente com o presidente Evaristo Carvalho e o primeiro-ministro Patrice Emery Trovoada, sobre questões de interesse comum relacionadas à paz e à segurança na região. sub-região e sobre a cooperação entre os dois Estados.

O Presidente Ali Bongo Ondimba, Presidente em exercício da CEEAC, aproveitou esta oportunidade para entregar aos seus anfitriões as conclusões dos trabalhos da 5ª sessão ordinária do Conselho de Ministros do Conselho de Paz e Segurança da África Central (COPAX) realizada em Libreville em 3 e 4 de março.

Sobre esta questão, o chefe de Estado disse que "os africanos devem ter seus problemas em primeiro lugar, porque estão melhor posicionados para encontrar soluções. Portanto, a consulta é importante para trocar e seguir a evolução das soluções propostas sobre questões econômicas, de segurança e de paz. "

Além disso, no que diz respeito à relação entre as repúblicas gabonesas e São Tomé e Príncipe, os dois Chefes de Estado se parabenizaram pelas excelentes relações entre os dois países e concordaram em revitalizá-los tanto na plano econômico e social do que no plano político e de segurança, em benefício dos dois estados, mas também da sub-região. Para Ali Bongo Ondimba, "a estabilidade em nossa sub-região depende da qualidade das relações entre os diferentes países, em pequena escala, antes de se espalhar por todo o continente".  SN / FSS Visite de travail et d'amitié d'Ali Bongo Ondimba à Sao Tomé-et-Principe


QUE SEGREDOS ESTARIAM A CONFIDENCIAR ESTES DOIS IMPOSTORES? – Tu n'es pas seul, mon ami: ce sont des menteurs  - Tu não estás só, meu amigo: São mentirosos!... Também dizem a mesma coisa de mim.  – O que terão confidenciado estes dois  figurantes da África misteriosa e corrupta, depois do abraço ao Evaristo, no Palácio de Povo, quando foi recebido pelo Primeiro-ministro, Patrice Trovoada –Mais uma vez apagado pelo descarado oportunismo de Patrice e a funcionar como mero pau de cabeleira.


OS DITADORES DA ÁFRICA NEGRA Por George B.N. Avyttey Não estaremos aplicar um padrão moral menos exigente em relação aos líderes Africanos?

Quando a África negra buscava a libertação do colonialismo branco, não esperava que os neocolonialistas negros viessem a chacinar o seu pov9, mas foi isso que aconteceu. A Africa, devastada pela fome, pela desintegração social e pela dívida externa, gasta milhares de milhões por ano com as forças armadas. As armas são usadas não tanto em favor da paz e da estabilidade, como para aterrorizar e massacrar os negros africanos.

ÁFRICA A SOLDO E A SAQUE 

-  Avenda dos recursos naturais africanos criou uma elite de corrupção que lava o dinheiro na Europa e nos EUA, enquanto as populações definham em miséria. Entrevista ao autor de "A Pilhagem de África".África, Angola e os crimes das elites do offshore -  

Por isso mesmo, há quem pense que, em África,  o que conta são as suas elites corruptas e  o resto – é a triste paisagem da imensa multidão negra, pobre e analfabeta -. Mas não se confundam as Ilhas Verdes do Equador com o resto do continente africano: o povo pequeno é pobre mas não é estúpido. Até no tempo colonial, já se reconhecia que o seu patamar evolutivo era diferente do das demais colónias, à exceção de Cabo Verde.


16/07/2015 - A venda dos recursos naturais africanos criou uma elite de corrupção que lava o dinheiro na Europa e nos EUA, enquanto as populações definham em miséria. Entrevista ao autor de "A Pilhagem de África".África, Angola e os crimes das elites do ofshore -  

NÃO FAZEM A COISA POR MENOS...

Omar Bongo teria desviado 30 milhões de euros, especialmente para apoiar Sarkozy   - A mesma suspeição pende sobre Patrice Trovoada  - Nascido no Gabão, tendo partilhado com a família Bongo, intimas experiências, que se prolongaram  desde à adolescência, em França e por aí adiante

Esta noticia, não é recente, mas continua com um significado, perfeitamente atual, tanto mais que a mesma acusação, de igual montante, tem sido feita a um inexplicável depósito de 30 milhões de dólares na CGD, em Lisboa

Foi referido que, “O clã de poder no gabão apropria-se de 30 milhões de euros do Banco dos Estados da África Central Um confidente revela aos EUA o desvio de 28 milhões das reservas de seis países para o clã do presidente do Gabão

Omar Bongo teria desviado 30 milhões de euros, especialmente para apoiar Sarkozy  Cerca de 30 milhões de euros foram desviados do Banco dos Estados da África Central (BEAC) em benefício do presidente do gabão, Omar Bongo, e também beneficiaram os partidos franceses, de acordo com as notas diplomáticas dos EUA divulgadas pela Wikileaks, quarta-feira visível no site de El País .



Esta informação foi dada quatro dias após a morte de Omar Bongo, em junho de 2009, por um alto funcionário da BEAC a um diplomata da Embaixada dos EUA nos Camarões, diz o jornal espanhol.


De acordo com a mesma fonte, " os governantes gaboneses usaram os fundos seqüestrados para o seu enriquecimento pessoal e, seguindo as instruções de Bongo, entregou algum dinheiro aos partidos políticos franceses, inclusive em apoio ao presidente Nicolas Sarkozy ".

S. Tomé

O dinheiro teria beneficiado "em ambos os lados, mas especialmente à direita, especialmente para o ex-presidente francês Jacques Chirac; mas também Sarkozy. "Bongo foi o presidente africano favorito da França ", acrescentou a fonte.

O BEAC reúne as reservas dos Estados membros da Comunidade Econômica e Monetária da África Central: o Gabão (que nomeia o governador), Camarões (onde a sede está localizada), República do Congo, República Centro-Africana, República do Tchad e Guiné Equatorial.

De acordo com o cabo de julho de 2009, o governador da BEAC, Philip Andzembe do Gabão, colocou secretamente 500 milhões de euros em um investimento de alto risco do banco francês Societe Generale.

Após essa colocação não autorizada foi tornada pública, uma auditoria do BEAC foi realizada e " revelou práticas ainda maiores e mais ousadas, relacionadas à hierarquia dos funcionários gaboneses" , disse o funcionário na origem de esta informação.

"A investigação interna mostrou que 36 milhões de dólares (cerca de 28 milhões de euros, ed) foram desviados através de cheques para altos funcionários do Gabão ", afirmou. O clã no poder no Gabão ", cujo o falecido presidente Omar Bongo e seu filho Ali, ministro da Defesa e candidato presidencial (eleito desde a cabeça do país, ed), se beneficiaram de desfalque ", diz o documento.

" Esta embaixada é incapaz de verificar a veracidade da acusação de que os políticos franceses se beneficiaram de desfalque" , conclui o cabo, assinou o embaixador dos EUA em Camarões Janet Garvey.

Uma investigação está em andamento na França sobre o patrimônio no hexágono de três presidentes africanos e seus parentes, incluindo Omar Bongo, na sequência de uma queixa da Transparency International, uma ONG especializada na luta contra a corrupção.http://www.liberation.fr/planete/2010/12/29/omar-bongo-aurait-detourne-30-millions-d-euros-notamment-pour-soutenir-sarkozy_703668
 4703668

Patrice Trovoada : « Pour bien vivre à São Tomé, il ne nous faut que 250 millions de dollars par an  27/05/2016 Nascido em Libreville, Gabão, chamado Patrice Emery em homenagem a Lumumba, orgulhoso de suas raízes Bantu, casado com uma maliana, um muçulmano em um país onde mais de 70% da população é católica, ele é ambicioso e se levanta sempre ele tropeça. Patrice Emery Trovoada, 54 anos, é primeiro ministro pela terceira vez desde 2008.


De recordar, os Graves distúrbios, que se registaram no Gabão após a contestada e polémica reeleição de Ali Bongo – Em que, os apoiantes do candidato derrotado Jean Ping acusaram o Presidente reeleito, Ali Bongo, de fraude.

Gabão 2016 - 

As forças de segurança do Gabão invadiram na madrugada desta quinta-feira a sede do candidato presidencial derrotado nas eleições de sábado, Jean Ping, após ter sido anunciada a vitória renhida do Presidente no poder, Ali Bongo, na quarta-feira.  http://expresso.sapo.pt/internacional/2016-09-01-Gabao-a-ferro-e-fogo.-Violencia-pos-eleitoral-faz-dois-mortos-e-19-feridos

COM O POVO PEQUENO A APERTAR  DURAMENTE O CINTO -   A sobreviver com a banana, a jaca e a fruta-pão do mato que  por enquanto a generosa natureza ainda vai oferecendo para não morrer à fome . 


"A ERHC precisa de ser novamente desafiada no tribunal internacional por sua criminalidade! Eles conscientemente aproveitaram-se de  um país sem experiência prévia e colaboraram com o então presidente Miguel Trovoada que aceitaram gananciosamente dinheiro e partes adicionais da ERHC abaixo da mesa. Ele basicamente viraram as costas para o povo dele. Vergonha com ele e seu filho por suas ações implacáveis ​​e irreflexivas!  STP é um pequeno país familiar onde todos conhecem todos. O que ele fez é esfaquear sua família STP nas costas! É criminoso." – In ERHC On The Move Sex 13 de maio, 11:27:00 AM EDT

Patrice Trovoada, concordou em lidar com DiamondWorks.   A  DiamondWorks teve ligações passadas com  a África do Sul a  empresas mercenárias, algumas das quais estavam ligadas ao golpe de julho de 2003 contra de Menezes

O  chefe de estado, Macky Sall, procedeu à inauguração oficial do novo aeroporto internacional Blaise Diagne nesta quinta-feira em Diass, localidade localizada a 50 km de Dakar. O Senegal abre assim a nova plataforma do aeroporto na África Ocidental.

MILHÕES EM PASSEATAS COM O POVO PEQUENO APERTAR O CINTO

Para a ocasião, quatro chefes de Estado viajaram para Diass para participar da cerimônia ao lado de seus homólogos senegaleses, o presidente Sall.
Entre os seus presidentes africanos que fizeram a viagem, Adama Barrow da Gâmbia, Mario Vaz de Cabo Verde, Ali Bongo do Gabão e o Presidente da Guiné-Bissau, sem esquecer o primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada
https://www.laviesenegalaise.com/ceremonie-dinauguration-de-laibd-quatre-chefs-detats-africains-aux-cotes-de-macky-sall


ONDE ESTÃO OS 30 MILHÕES? 

Patrice usou o nome de uma instituição bancária portuguesa estatal para conferir credibilidade à sua manobra  - É que,  optando por essa farsa,  preterindo o depósito num banco santomense,   sempre podia justificar a aplicação de fundos públicos numa (ao que tudo indica) forjada operação financeira 

Qual a razão pela qual o Governo de Patrice Trovada autoriza um avultado empréstimo de 30 milhões de dólares a um empresário Chinês, que, meses depois,  o Governo de Pequim, por via de guerrilhas internas na luta do poder, haveria de enviar para trás das grades? – E o mais surpreendente é que, a avaliar pelo que nos foi possível investigar,  forja essa transação através de uma conta inexistente na Caixa Geral de Depósitos  -

No  dia 20 de Julho do ano 2015, o Primeiro-ministro, da República Democrática de São Tomé e Príncipe,  Patrice Trovoada, assinou um mandato, dando  poderes ao ministro das Finanças Américo Ramos para assinar um acordo de crédito com a empresa designada “China' International Fund Limited, Suites 1003-1006, 10F Two Pacific Place, 88 , Queensway, Hong Kong (The Borrower), no valor de 30 milhões de dólares

Segundo o mandato assinado por Patrice Trovoada a empresa chinesa com morada em Hong Kong, deveria emprestar ao seu Governo o valor de 30 milhões de dólares, para construir uma cidade administrativa na ilha de São Tomé e alojamentos para funcionários públicos e a juventude  “Patrice mandou emprestar 30 milhões de dólares a uma empresa chinesa alegadamente a margem das leis” 

"O acordo de crédito a que o ministro das Finanças Américo Ramos foi mandatado a assinar, foi celebrado também no dia 20 de Julho do ano 2015 e segundo o texto do acordo o valor de 30 milhões de dólares deveria ser depositado na conta número 9520-599713-973 – SWIFT: CGDIPTL, da Caixa Geral de Depósitos em Portugal, e com o endereço – RUA JOÃO XXI – 63 -1100 – 300, Lisboa.  http://www.telanon.info/wp-content/uploads/2016/06/acordo0001.pdf

AFINAL, QUAL O PAPEL DO CHEFE DE ESTADO SANTOMENSE, SR EVARISTO CARVALHO?
Thursday


Patrice Emery Trovoada, the Prime Minister of São Tomé and Príncipe, on arrival at Kigali International Airport Thursday

Tal como então referimos: Eleição do Presidente do Ruanda, Paul Kagame, com quase 99% dos votos posta em causa pelos EUA – A coroação carnavalesca decorreu, dia 18, em Kigali, no Estádio Nacional Amahoro - O Primeiro-Ministro, Patrice Trovoada, figurou nas manchetes dos Chefes de Estado – Onde estava Evaristo Carvalho neste teatro bufo? - Relatório da Amnistia Internacional no mês passado disse que duas décadas de ataques muitas vezes mortais contra opositores políticos, jornalistas e ativistas dos direitos humanos criaram um "clima de medo" à frente das eleições de Ruanda,

Paul Kagame, Presidente de Ruanda, acusado de ajudar crimes de guerra  - Stephen Rapp, que lidera o Escritório de Justiça Criminal Global dos EUA, disse ao Guardião que a liderança ruandesa pode estar aberta a acusações de "ajudar e encorajar" crimes contra a humanidade em um país vizinho - ações semelhantes àquelas para as quais o ex-presidente liberiano, Charles Taylor , foi preso por 50 anos por um tribunal internacional em maio. Rwanda's Paul Kagame warned he may be charged with a

É BOM NÃO ESQUECER  - Que o  Primeiro-Ministro Patrice de S. Tome e Príncipe,  assinou vários acordos,  com o Governo de Ruandaliderado pelo ditador Paul Kagame, ao qual ofereceu  500 hectares da Roça Monte Café –  A mais bela e próspera propriedade, onde, no período colonial, se produzia um dos melhores cafés do Mundo – Membros do Governo dizem-se orgulhosos pelo feito, que tem como contrapartida o mais que suspeito envio de uma pelotão de 20 militares, a pretexto de vir dar formação às Forças Armadas e Policiais Santomenses




Catamarans, Vedetas da guarda costeira, os 30 milhões, e o chinês ...Na sua edição de 07 junho de 2007, o Jornal Téla Nón, sob o título “Catamarans, Vedetas da Guarda Costeira, os 30 milhões, e o chinês Sam Pa”,   voltou a abordar os contornos da misteriosa transferência, com a seguinte observação: 
“O mesmo silêncio é sentido em São Tomé e Príncipe, em torno do crédito de 30 milhões de dólares, que a empresa do Chinês Sam Pa assinou com o Ministro das Finanças Américo Ramos, a mando do Chefe do Governo” http://www.telanon.info/politica/2017/06/07/24585/catamarans-vedetas-da-guarda-costeira-os-30-milhoes-e-o-chines-sam-pa/

 É PRECISO PÔR COBRO DE VEZ A ESTE TIPO DE DESCARADAS  GOLPADAS   - Oposição quer Interpol a investigar corrupção e tráfico de droga
20/12/2016  - Os dois principais partidos da oposição são-tomense defenderam no parlamento que a Interpol deve investigar alegados atos de corrupção, de lavagem de dinheiro e de tráfico de droga em São Tomé e Príncipe. O pedido para que a Interpol envie uma missão foi feito pelo Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe — Partido Social Democrata (MLSTP-PSD) e o Partido de Convergência Democrática (PCD) em resposta ao desafio lançado na véspera pelo primeiro-ministro.”. http://observador.pt/2016/12/20/sao-tome-e-principe-oposicao-quer-interpol-a-investigar-corrupcao-e-trafico-de-droga/


UM PAIS DEPRIMIDO À DERIVA E SEM ESPERANÇA - NA ENXURRADA DA DROGA E DA CRIMINALIDADE - A juventude, quando não encontra alternativas no horizonte para a vida presente ou para o futuro, descamba nos comportamentos marginais - Os quais, por sua vez também só são possíveis, quando a droga e o álcool, juntos no mesmo consumo, encontram os canais mafiosos que lhes distribuam os seus venenos para engorda dos traficantes e malfeitores.
Estudo diz que Bebedeira e Consumo de drogas estão a aumentar nas escolas 07 Mar 2016 - Nos últimos anos o cultivo e o consumo da cannabis evoluíram em São Tomé e Príncipe, a par da penetração das drogas pesadas. No ano 2015 e pela primeira vez nos últimos 40 anos, as autoridades policiais apreenderam no mercado nacional cerca de 3 quilos de cocaína. http://www.telanon.info/sociedade/2016/03/07/21350/estudo-diz-que-bebedeira-e-consumo-de-drogas-estao-a-aumentar-nas-escolas/

PATRICE TROVOADA NUNCA SE PRONUNCIOU PUBLICAMENTE SOBRE AS SUAS MISTERIOSAS EMPRESAS – E DEVIA TE-LO FEITO EM NOME DA TRANSPARÊNCIA E DE UMA GOVERNABILIDADE CREDÍVEL 


Patrice Trovoada, com empresas no Texas e em vários países, que papel assume quando faz as suas passeatas por  Marrocos, Turquia, Gabão, China, Ruanda, Portugal, EUA etc?....  É em nome dos interesses do Estado Santomense ou nos dos seus bolsos? - Nos EUA já há vozes que se levantam - mesmo no interior do Partido de Trump - a questionar os conflitos de interesses privados das empresas do pala amarela, com os do Estado - mesmo sendo o maior pais capitalista do mundo. -  Veja neste link alguns interesses privados de Patrice, isoladamente ou em sociedade com a esposa e terceiros  http://www.odisseiasnosmares.com/2016/09/patrice-trovoada-milhoes-do-petroleo.htmll


Não se devem seguir os maus exemplos "As extensas participações comerciais internacionais de Donald Trump significam que ele terá que tomar decisões como líder dos EUA que também afetam seus negócios. Especialistas em ética pediram que o Sr. Trump liquida suas participações empresariais para evitar qualquer aparência de conflito, pois a natureza pública da maioria dos seus negócios significa impossibilitá-lo de saber como as políticas governamentais afetarão sua linha de fundo. Aqui está um olhar sobre alguns dos seus potenciais conflitos de interesse. Donald Trump: A list of potential conflicts of interest - BBC News. ..........Traduzir esta página

Era altura de a Justiça santomense agir e de chamar à vara dos Tribunais os prevaricadores, enquanto o Bandeira ou algum dos seus estandartes, não voltar a içar-se no mais alto dos mastros judiciais -  Sim, antes de instalar as suas hostes no Tribunal Constitucional, a que me referi em  Aprovação do Projeto da Lei Orgânica do Tribunal .Constitucional, na AN, pelo partido maioritário do Governo, gera acesso debate  

Assunto considerado  de grande interesse nacional, objeto de  interessantíssimo debate no Programa da Rádio Jubilar em São Tomé., segundo refere  o Jornal Téla Nón http://www.telanon.info/politica/2017/06/14/24654/tc-do-adi-e-contestado-por-juristas-que-o-considera-inconstitucional-e-irracional/

Naturalmente que é difícil conhecer-se a extensão dos tentáculos das misteriosas cumplicidades empresariais de Patrice Trovoada, mas , pelo menos, pegar nos casos publicitados: as empresas no Texas e a imobiliária gerida pela sua mulher na Rua Castilho em Lisboa, a que já me referi neste site .  http://www.odisseiasnosmares.com/2016/09/patrice-trovoada-milhoes-do-petroleo.html 

– E não deixar se de refletir  acerca da inutilidade de uma cooperação de Portugal, com um Governo  Corrupto  http://www.odisseiasnosmares.com/2016/11/portugal-e-inutilidade-de-uma.html

NEGÓCIOS OBSCUROS COM UMA DAS FIGURAS MAIS SINISTRAS DAS MÁFIA ORIENTAL "Catamarans, Vedetas da guarda costeira, os 30 milhões, e o chinês Sam Pa"

Manuel Vicente, indiciado por corrupção ativa em Portugal, é o segundo homem mais poderoso de Angola – É amigo de Patrice Trovoada, com quem se encontrou na sua escala por Luanda, na viagem de regresso de Lisboa, com três deputados portugueses - Pelos vistos, com laços às suas misteriosas negociatas, nomeadamente ao tal empréstimo de 30 milhões, dos quais  - diz a oposição – se lhe perdeu o rasto Catamarans, Vedetas da guarda costeira, os 30 milhões, e o chinês Sam Pa

... o dono da empresa China International Fund, que o Ministro das Finanças Américo Ramos, a mando do Primeiro-ministro Patrice Trovoada, assinou o acordo de crédito financeiro de 30 milhões de dólares para construção de uma cidade administrativa em São Tomé,  no dia 20 de Julho de 2015, foi detido pelas autoridades chinesas – Sim, em Outubro desse mesmo ano.

Diz, Abel Veiga, que esta história comporta “os  ingredientes de uma caldeirada, alegadamente mal preparada pelo executivo são-tomense, que pretendia lançar as bases da Economia Azul em São Tomé e Príncipe”

Patrice Trovoada e as suas ligações ao grupo  são ingredientes de uma caldeirada, alegadamente mal preparada pelo executivo são-tomense, que pretendia lançar as bases da Economia Azul em São Tomé e Príncipe. Desde o ano 2016, que a imprensa internacional relata a história do cidadão chinês Sam Pa, que foi detido na China no dia 8 de Outubro do ano 2015, por suspeitas de corrupção incluindo a lavagem de capital.

Foi detido pelas autoridades chinesas, e a Polícia Internacional, também seguia e segue os passos e os movimentos financeiros do cidadão chinês, que dentre vários nomes que utiliza, é mais conhecido por Sam Pa.

Um homem de negócios, com ligações a Angola, e que segundo a imprensa internacional ostenta uma fortuna avaliada em 9 mil milhões de dólares. É o dono da empresa China International Fund, que o Ministro das Finanças Américo Ramos, a mando do Primeiro-ministro Patrice Trovoada, assinou o acordo de crédito financeiro de 30 milhões de dólares para construção de uma cidade administrativa em São Tomé. 



E QUEM É, AFINAL, SAN PA? -- Durante a última década, o empresário discreto chinês, que partiu  do zero para construir um super império de negócios - "Queensway Grupo" Esta ramificação de uma grande raiz da rede da empresa em África (…)  Esta pessoa de 56 anos de idade, baixa estatura, alta de linha fina, um cavalheiro puro.  Vestido em um terno preto, gravata vermelha, usando lentes quadradas. Ele tinha pelo menos sete nomes, que é mais conhecido por Sam Pa (Sam Pa).






Abril 2017  "Sr.Primeiro-ministro! Agora o Povo precisa de saber: os 30 milhões de empréstimo, que foram contraídos por um empresário chinês, não lhe conhecemos a cor do  papel – questiona um dos deputados da oposição em debate parlamentar – Na verdade, Governo não explica os milhões que recebe nem onde os escoa ou aplica. E quando o faz é para deixar mais dúvidas de que certezas.  Gastam-se milhões de euros em passeatas de um primeiro- ministro, que passa a maior parte do tempo, mais no estrangeiro que na governação interna



Perfil  de Xu Jinghua (Sam Pan) - Empresário da China International Fund (Fundo Internacional de China) Nasceu em 1958 na China continental, com uma infância a mover-se para Hong Kong. Ele é um cidadão chinês, com dupla nacionalidade  angolana e inglesa e tem dois filhos. Em 8 de Outubro de 2015,foi detido  na Província de Fujian Su Shulin depois da alegada violação grave sob investigação,

Primeiro semestre de 2015, China Petroleum e Chemical Corporation (doravante referido como Sinopec) - um cartão é utilizado por Xu Jinghua, um misterioso intermediários ativo no bloco de petróleo Sinopec em Angola.


Xu Jing Hua, também conhecido como Sam Pa, a partir de 2003. Obtém blocos petrolíferos em Angola e, portanto, ganhos de uma riqueza fabulosa (…) . Ele estava andando em aviões particulares entre a China e a África, também convidando muitos  funcionários chineses e parceiros de negócios. Dono de uma emissora de televisão, em avião particular a Xu na "inspeção" na capital de Angola Luanda. [1]

"A Fundação do Império em África, Luanda, os arranha-céus cintilantes são a base. Xu Jinghua grupo de Queensway - A partir de Angola e Angola, como centro, com os africanos ricos em recursos autocracias desenvolveram estreitos laços económicos, Xu Jing Hua do zero, construir sua enorme chamado " grupo de Queensway " (grupo de Queensway) Império de negócios.Grupo de Queensway, não só tem o controlo da BP, total e Glencore tem negócios também com a Coreia do Norte e a Rússia, sua indústria de gás natural incluem Indonésia, óleo de Dubai refino indústria, high-end projetos residenciais em Cingapura e uma frota de aeronaves Airbus. Duas grandes empresas baseadas na companhia nacional de petróleo de Angola (Sonangol), uma empresa de Hong Kong-registrado. –

Sete jatos particulares /Xu Jinghua [empresário]; Aquisição de Wall Street, 23 /Xu Jinghua [empresário] -Em  2005, a empresa anunciou US $ 2,9 biliões em empréstimos para o governo de Angola para a reconstrução da infra-estrutura nacional petrolífera angolana, empresa conjunta foram registradas em Hong Kong (China Sonangol), de Angola para a China venda corretores de óleo. Desde então, Angola como uma importante fonte de importações de petróleo da China.

Construção de biliões de óleo  -Xu Jinghua negócios em Angola como "Petrolífera angolana", 
Excertos de 徐京_徐京[业家]_动百科  
 Clikando em traduzir poderá ler em Português o extenso artigo, tal como outras referidos mais à frente .....Traduzir esta página

Sam Pa é detido! Viva a Sam Pa!
30/10/2015 O misterioso magnata chinês finalmente foi preso. Mas a menos que as redes globais obscuras que explorou para fazer suas riquezas são desmanteladas, outros indivíduos simplesmente vão tomar seu lugar.
Quando o magnata do investimento chinês Sam Pa foi levado pelas autoridades na noite de 8 de outubro no Sofitel em Pequim, ele pôde ter marcado o fim de sua ascensão meteórica e um tanto improvável de relativa obscuridade para um dos mais influentes empresários chineses em África.  Supostamente detido em conexão com um negócio azedo com uma empresa de petróleo do poderoso estado chinês em Angola, o que lhe rendeu enormes lucros.


PA, muitas vezes, o extorquidor de Estados ricos em recursos com governos financeiramente desesperados ou diplomaticamente isolados. Em 2008, ele investiu centenas de milhões de dólares no sector de diamantes do Zimbabwe durante crise pós-eleitoral do país. Mais tarde, Queensway  lida com Madagascar, Níger e Guiné logo após o golpe de estado em cada país. Em Pyongyang, intermediou negócios com 39 escritório, uma agência de estado norte-coreano envolvida em tudo, desde falsificação de tráfico de drogas. Projetos de Queensway, em muitos desses países tem sido marcados por atrasos crônicos, má gestão e alegações de enxerto.

(…) Algumas das operações do Pa, no entanto, cruzaram a linha de moralmente questionável para o inquestionavelmente ilegal. Em 2011, Jon Swain relataram o envolvimento do Pa no contrabando de diamantes do Zimbabwe e no tráfico de armas e  Marfim em violação das sanções. Em 2013, os registos do Tribunal revelaram que suas empresas fez pagamentos ocultos para diplomatas na Coreia do Norte e Moçambique, enquanto os relatórios de investigação adicionais alegam que concessões de petróleo subornou altos funcionários em vários países, incluindo a Nigéria, para acesso ao lucrativo. Em abril de 2014, o departamento do tesouro colocado Pa sob sanções para prestar assistência a Central Intelligence Organisation do Zimbabwe, polícia secreta do presidente Robert Mugabe, que tornou-se sinônimo de violência patrocinada pelo Estado.


Durante anos, Queensway atraiu críticas de diplomatas chineses também, que muitas vezes emitiram declarações distanciar Beijing atividades Queensway e alertaram as empresas e governos estrangeiros em fazer negócios com PA falar, no entanto, é mais barato.

(…) Depois da Pa Mas mais importante, a queda do Pa de graça não é um sinal de que o modelo de negócio de Queensway falhou. Em primeiro lugar os desafios estruturais e sistémicas lacunas que nutria Pa e a ascensão do grupo Queensway permanecem intactas. Predatórios investidores Sam Pa ou Viktor Bout pode ainda ancorar seu negócio em uma jurisdição que é despreocupado com suas empresas de forma comportamento no exterior, sem revelar suas identidades e Estados de destino com estruturas de supervisão fraca e líderes que estão mais preocupados com enriquecer-se do que a prestação de serviços aos seus cidadãos.

J.R. Mailey é autor de 'The Anatomy of a maldição dos recursos naturais: investimentos predatórios em indústrias extractivas do África', uma reportagem especial publicada pelo centro da África para estudos estratégicos. Segui-lo no twitter em @MaileyJR.  …Sam Pa is detained! Long Live Sam Pa! - …Traduzir esta página

Nenhum comentário :