expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quarta-feira, 28 de março de 2018

Ilha do Príncipe – Viagem a um dos raros paraísos terrestres - Turismo de privilegiados - Causou curiosidade e surpresa o estacionamento, no pequeno aeroporto, um dos aviões mais surpreendentes da aviação civil – Rei de Marrocos, que acaba de separar-se da sua amada Lalla Salma, quem sabe se, quando arranjar nova noiva, ali não vá passar a sua lua de mel e então concretize o desejo que não logrou com o fracassado encontro com Ali Bongo e Patrice Trovoada, há um ano.

Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise 

REI DE MARROCOS DESQUITOU-SE MAS NÃO FOI AINDA DESTA QUE O SOBERANO MOHAMED VI LIVRE DO FARDO CONJUGAL, VOOU PRÁ ILHA DO PRÍNCIPE NUM AVIÃO ULTRAMODERNO ALI ESTACIONADO 


facebook - Aeroporto do  Príncipe 

Que avião será este e o que veio fazer à Ilha do Príncipe? - Era questão que se colocava, quer para quem o fotografou, quer para quem viu a imagem no Facebbok - Fomos fazer a nossa pesquisa e constatamos tratar-se do famoso o Falcon 2000S «Estacionou, junto à aerogare do aeroporto da Ilha do Príncipe: e é, sem dúvida, uma das maravilhas da tecnologia da aviação civil - A matricula, YO SWO, parece ser de origem Dinamarquesa

Nas suas caraterísticas técnicas, o Falcon 2000S é descrito como tendo a capacidade de pousar em velocidades mais lentas e seguras, com tanques de combustível quase cheios. E de poder lidar com pistas curtas em altas altitudes (mesmo em climas quentes) e voa mais longe daquelas aeroportos. O Falcon 2000S usa menos combustível do que muitos jatos médios e produz uma pegada de carbono modesta. Esta eficiência deve-se em grande parte ao design inovador da asa de baixa resistência ao ar. Que lhe permite voos transcontinentais até 7 horas de tempo de voo. Projetado com um luxuoso interior, esta aeronave tem a personificação do conforto para viajantes especiais.

Net
Aeroporto de S. Tomé
Tratar-se-á. naturalmente, de um voo turístico privado, muito especial; perfeitamente ajustado à extensão da nova pista, desconhecendo-se, porém, pormenores da sua aterragem e quantos passageiros trazia a bordo  - E com propósito bem diferente do  cargueiro russo, com a matrícula UL-CKC, que se despenhou, ao transpor a pista, em Julho do ano passado, embora tratando-se  de um avião, altamente sofisticado  Avião russo despenha-se no aeroporto de São Tomé





A bem dizer, a surpresa de um tal avião é perfeitamente compreensível: por um lado, como é reconhecido, o Príncipe, além de uma pequena ilha, continua a ser uma das áreas mais isoladas no oceano atlântico , onde são possíveis encontros fora dos holofotes da curiosidade mundana, considerada um dos raros paraísos tropicais terrestres, ainda não maculado pelo chamado turismo de massas: daí o fascínio que exerce para quem ali deseja ir – E, também, atendendo aos inventos que a celebrizaram, nomeadamente pelas observações realizadas, na Roça Sundy, a 29 de Maio de 1919 pelo astrónomo inglês Arthur Eddington,


Por outro lado, de recordar, há um ano, polémica suscitada pelo fracassado encontro do Rei de Marrocos, com Ali Bongo e Patrice Trovoada: pretendia-se que tudo decorresse com a máxima discrição e segredo mas este acabou por ser quebrado por via do movimento desusado, que antecederia a programada visita privada, por via de toda uma panóplia de viaturas e de aviões cargueiros militares de Marrocos, atestados de carga que de seguida era transportada para um conhecido hotel da Ilha Príncipe preparado para receber Rei Mohammed VI de Marrocos ...Mas tudo isso não foi além desse cenário
Agora, porventura, só talvez para uma próxima lua de mel de Mohamed VI, que acabou por se desquitar de Lalla Salma, quando ele arranjar uma nova noiva.
noticida separação é recente: - Sendo referido que, depois de 16 anos de casamento, a união dá lugar ao divórcio em Marrocos. Segundo avança a revista “Hola!”, Mohamed VI e Lalla Salma estão oficialmente separados.
22/03/2018  Há muito que se especulava sobre o futuro deste casamento. Em abril de 2017, depois de uma visita a Cuba e a Miami, Lalla deixou de ser vista com regularidade ao lado do rei e tudo fazia crer que o casal não estaria a viver dias felizes.
Recorde-se que este casamento, que agora termina, quebrou vários estereótipos e hábitos da cultura marroquina. Se, por um lado, o rei de Marrocos tomou a decisão inédita de ser marido de uma só mulher, Lalla optou por não usar o tradicional véu, tornando-a num exemplo de moda a ser seguido naquele país do norte de África.
A última vez que Lalla Salma exerceu funções de princesa foi em outubro do ano passado, quando participou na inauguração do Museu Yves Saint Laurent, em Marraquexe.https://www.n-tv.pt/realeza/divorcio-real-a-vista-rei-de-marrocos-separa-se-de-lalla-salma/


Entretanto, quem logrou saber alguns pormenores do inesperado avião, foi Herlmer Vera Crus Dias, referindo no facebook que, este avião que está estacionado desde ultimo domingo na placa, do nosso aeroporto da ilha de Príncipe é de um empresário inglês que esta de ferias com a família na ilha de papagaio. O empresário e a família estão alojados na estância turística de PRAIA SUNDY.
Ilha do Príncipe é Reserva da Biosfera mundial – Motivo de orgulho

 Foi  em Julho de 2012,  quando se comemoravam  os  37 anos de independência de São Tomé e Príncipe, que a UNESCO decidiu reconhecer,  a ilha do Príncipe, como Reserva da Biosfera Mundial.


Presidente do Governo Regional da Ilha do Príncipe, José Cassandra, exibindo o certificado daUNESCO World Biosphere Reserve! - Foto  de Island Biodiversity Race

O AEROPORTO DO PRÍNCIPE PASSOU A RECEBER AVIÕES DE MÉDIO PORTE EM OUTUBRO DE 2015 – Com a presença de  José Cassandra, Presidente do Governo da Região Autónoma do Príncipe. E do então Presidente da Repúbklica, Manuel Pinto da Costa
27 de Outubto 2015 - 47 anos depois da construção pelo regime colonial português, do pequeno aeroporto com uma pista de 1200 metros, a ilha do Príncipe, está pronta no século XXI para altos voos.
Tal como era referido pelo Téla Nón, “ o 26 de Outubro foi um dia histórico para a Região Autónoma do Príncipe. O poder regional e as duas empresas privadas envolvidas no projecto de alargamento da pista e d modernização do aeroporto regional, juntaram-se ao Presidente da República na inauguração da nova pista agora com 1750 metros.
Uma infra-estrutura que garante a aterragem de aviões de médio porte e em segurança. «Estamos em melhores condições hoje, mais do que ontem para continuarmos a trabalhar e consolidar o sucesso do caminho que escolhemos em prol de um Príncipe esperto, empenhado, confiante e solidário no contexto arquipelágico nacional de que fazemos parte», afirmou José Cassandra, Presidente do Governo da Região Autónoma do Príncipe.
As obras de extensão da pista, iniciaram de facto no ano 2010, após vários meses de atraso. José Cassandra. Realçou a parceria entre o seu Governo, e as empresas HBD do milionário sul africano Mark Shuttleworth e a empresa que opera os aviões da África Connexion do empresário holandês Rowmbont Swarbont, que resultou na ampliação da pista e na modernização do aeroporto
O Presidente da República Manuel Pinto da Costa destacou a importância da infra-estrutura, que permite levar a ilha do Príncipe ao mundo, e trazer o mundo a descoberta da ilha que é reserva mundial da Biosfera. «A pista agora substancialmente ampliada e com pavimento de boa qualidade corrige em boa medida os problemas de segurança para aterragem e descolagem de aviões. Ela promove o aproveitamento das potencialidades turísticas do Príncipe, amplamente internacionalizadas, desde que a UNESCO conferiu a região o estatuto de reserva mundial da biosfera», sublinhou Pinto da Costa. .https://www.telanon.info/sociedade/2015/10/27/20340/principe-ja-pode-receber-avioes-de-medio-porte/
O presidente do governo regional da ilha do Príncipe, em Tomé e Príncipe, recusa transformar o território num destino turístico de massas - E faz muito bem


Marcelo no Príncipe - Foto de Hibrahin Reis
"O presidente do governo regional da ilha do Príncipe, em Tomé e Príncipe, recusa transformar o território num destino turístico de massas A seguir Património colonial em São Tomé e Príncipe vai ter fundo de recuperação Mais vistas NETFLIX 65 originais Netflix numa lista do melhor ao pior VIAGEM 19 cidades mais baratas para um fim de semana na Europa EMPRESAS As 30 marcas mais desejadas (e falsificadas) do mundo TRANSPORTES CP volta a vender bilhetes Lisboa-Porto por 5 euros O presidente do governo regional da ilha do Príncipe, em Tomé e Príncipe, António José Cassandra, recusa transformar o território num destino turístico de massas, apesar dos apetites dos operadores internacionais. Atualmente com cem camas, o Príncipe é um alvo cada vez mais apetecível para o turismo internacional, depois de ter sido classificado como Reserva da Biosfera em 2012 e várias revistas da especialidade terem indicado a ilha como um dos últimos paraísos escondidos do mundo. https://www.dinheirovivo.pt/economia/presidente-da-ilha-do-principe-recusa-transformar-a-ilha-para-turismo-de-massas/
A  Visita de Marcelo Rebelo de Sousa - que encantou um Presidente e quem o recebeu

OPINIÃO DE QUEM ALI SE ENAMOROU PELA BELEZA E BIODIVERSIDADE

Sorrisos calorosos inesquecíveis para quem os viveu
 Ilha do Príncipe acaba por nem ser bem África. É um paraíso, muito sinceramente. São 140 quilómetros quadrados de verde, muito verde… e mar, muito mar. Não há savanas, nem bichos grandes, nem tribos, mas tudo o que tem é muito especial.
Tens 7.000 pessoas a viver no centro e norte da ilha (2.000 na cidade e o resto nas comunidades), e o sul é virgem e inabitado. A floresta tem mais força que o homem, e isso é bonito de ver.
Acabo por ser uma privilegiada por viver numa África abençoada. Não há fome, não há doenças graves, não há miséria que choque. Há, claro, pessoas pobres, como no mundo inteiro, mas quando têm fome esticam a mão para uma árvore de fruta-pão, assam-na numa fogueira improvisada e têm uma refeição calórica e saborosa https://www.almadeviajante.com/viver-na-ilha-do-principe-sao-tome-estrela-matilde/


Nenhum comentário :