expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

domingo, 8 de abril de 2018

Lula da Silva entregou-se ao cárcere dos seus predadores – “Já não sou um ser humano, sou uma ideia! “Quanto mais me atacam mais cresce a minha relação com o povo brasileiro” - Finalmente a media milionária e a justiça burguesa logrou satisfazer os seus instintos primários e os seus orgasmos egoístas e parasitas, de pôr atrás das grades um homem do Povo que reduziu pobreza do país em 50,6%, sentenciado em em calúnias, não em fatos, diz parlamentar alemão



Lula  da Silva "Não sou um homem, Sou uma ideia" – Preso e odiado mas não quebrado   - “Lula ainda à frente nas sondagens” - https://www.dn.pt/mundo/interior/lula-ainda-a-frente-nas-sondagens-bolsonaro-confirma-vice-lideranca-9174080.html  Este o pecado do homem mais odiado pela burguesia colonial parasita-esclavagista  e os aliados da máfia-liberal selvagem   Lula ainda à frente nas sondagens.   

Esta contatação  era a maior espinha na garganta dos seus maiores detratores - O estudo mostra que a pobreza diminuiu em 50,6% durante o governo do presidente Lula, de Junho de 2003 a Dezembro de 2010, e que, de 1994 a 2002 , a pobreza caiu 31,9%. Ao longo de 2010, a pobreza foi reduzida em 16%. É isto que não perdoa a burguesia colonial. egoísta e parasita, que domina a banca e a grande "midia", acolitada por uma  justiça instrumentalizada, que lhe serve os  desígnios e protege  os grandes sacadores




"Eu vou continuar a ser criminoso neste país... não desisto deste sonho de ter um país com futuro". Lula nega crimes e denuncia perseguição política e judicial”.  “Eles não querem o Lula de volta porque, na cabeça deles, o pobre não pode comer carne de primeira”

 "Eu vou continuar a ser criminoso neste país... não desisto deste sonho de ter um país com futuro". Lula nega crimes e denuncia perseguição política e judicial” “Sonhei que era possível um metalúrgico sem diploma de Universidade cuidar mais da Educação do que os diplomados”  “Não lhes perdoo por terem passado para a sociedade a ideia de que eu era um ladrão”

Não lhes perdoo por terem passado para a sociedade a ideia de que eu era um ladrão”
Sobre o processo que o condenou — o caso do triplex do Guarujá, que os tribunais determinaram ter sido oferecido a Lula pela construtora OAS como forma de suborno para obter contratos públicos para a Petrobrás –, Lula reafirmou a sua inocência.

Eu sou o único ser humano que está a ser processado por um apartamento que não é meu. A Globo mentiu dizendo que era meu, o Ministério Público mentiu dizendo que era meu, o Moro mentiu dizendo que era meu. É por isso que eu sou um cidadão indignado”, disse. “Não lhes perdoo por terem passado para a sociedade a ideia de que eu era um ladrão.”

“Eu fico imaginando a tesão da Veja, da Globo. Eles vão ter orgasmos múltiplos”
Para além de atacar o sistema judiciário, o histórico líder do PT também apontou baterias aos media.

“Tenho mais de 70 capas de revista a atacar-me. Tenho milhares de artigos de jornal a atacar-me. Tenho a Record, a Bandeirantes, a Rádio do Interior, a atacar-me. O que eles não se dão conta é que quanto mais me atacam, mais cresce a minha relação com o povo brasileiro.

Diz parlamentar alemão: "É muito importante que os casos de corrupção sejam julgados em uma democracia constitucional. Mas uma condenação deve basear-se em evidências substantivas. As animosidades ou simpatias individuais não devem determinar se alguém é punido ou livre.

Infelizmente, não parece que a condenação de Lula seja o resultado de um julgamento justo sob o Estado de Direito. Politicamente, o Brasil está altamente polarizado. A decisão contra Lula parece estar baseada em alegações difamatórias da mídia cujos alvos são o ex-presidente e seu Partido dos Trabalhadores, em vez de acusações credíveis à luz do direito penal. http://lula.com.br/sentenca-de-lula-e-baseada-em-calunia-nao-em-fatos-diz-parlamentar-alemao

Lula da Silva abandonou este sábado o Sindicato dos Metalúrgicos onde se encontrava desde quinta-feira. Junto à sede do sindicato, juntaram-se milhares de apoiantes, entre os quais Dilma Rousseff.

Depois de falar à multidão, num longo discurso de cerca de uma hora, Lula da Silva abandonou a sede do Sindicato em ombros e com flores na mão.
Na hora da despedida, o ex-Presidente brasileiro afirmou-se mais uma vez inocente e confirmou que se iria entregar, garantindo "não ter medo deles".
Antes, teve palavras especialmente elogiosas para Dilma Roussef, que lhe sucedeu na presidência, e que descreveu como a mais "injustiçada mulher em todo o Brasil".
O ex-Presidente lembrou depois a "forte" relação que o une ao Sindicato dos Metalúrgicos, onde muitos ainda o tratam como se fosse o seu líder sindical.
"Não tenho medo deles"
Lula garantiu depois que está condenado injustamente. "Eu sou o único ser humano que sou processado por um apartamento que não é meu", referindo que todas as acusações são mentiras e que foi condenado sem provas.

"É por isso que eu sou um cidadão indignado", por ser "passada para a sociedade a ideia de que sou um ladrão".
"O que eles não percebem é que quanto mais eles me atacam mais cresce a minha relação com o povo brasileiro", disse ainda Lula da Silva.

"Eu não tenho medo deles!" garantiu, durante um discurso que durou mais de uma hora e pouco antes de confirmar que se ia entregar.
"Eu sairei dessa maior, mais forte, mais verdadeiro e inocente", disse o ex-Presidente que afirma estar a ser perseguido para não se recandidatar à Presidência, em outubro.

"A história daqui a alguns dias vai provar que quem cometeu crime foi o delegado que me acusou, foi o juiz que me condenou", acrescentou.

"Eu vou atender o mandado deles", acabou por anunciar. "Eu vou cumprir o mandado e todos vocês daqui para frente vão virar Lula. A morte de um combatente não para a revolução".
http://expresso.sapo.pt/internacional/2018-04-07-Lula-da-Silva-Quanto-mais-me-atacam-mais-cresce-a-minha-relacao-com-o-povo-brasileiro





ATÉ ONDE VAI A DESFAÇATEZ FUNDAMENTALISTA E SECTÁRIA  DOS ARVORADOS EM DEFENSORES DAS LEIS DE DEUS E DOS HOMENS  - Juiz e procurador da Lava-Jato dizem que vão “orar e jejuar” pela condenação de Lula


"O Coordenador da força-tarefa da Operação Lava-Jato no Paraná, o procurador Deltan Dallagnol dividiu opiniões ao anunciar que faria jejum e orações durante o julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula no Supremo Tribunal Federal (STF), marcado para esta quarta-feira. Em entrevista à rádio “Jovem Pan”, ele rebateu as críticas de internautas que discordaram da mistura entre religião e política.

“Expressar sua fé faz parte da liberdade religiosa e de expressão. Promotor, procurador não deixa de ser cidadão. Me expressei em rede social pessoal”, destacou Deltan, que se identifica como “seguidor de Jesus” em sua conta no Twitter. O procurador aproveitou o Domingo de Páscoa para incentivar a prática de um exercício espiritual muito popular durante a quaresma, o jejum, durante o julgamento do STF. A atitude recebeu o apoio do juiz Marcelo Bretas, responsável pelos processos em primeira instância da Lava-Jato do Rio.

“Caro irmão em Cristo, como cidadão brasileiro e temente a Deus, acompanhá-lo-ei em oração, em favor do nosso País e do nosso Povo”, escreveu o magistrado no Twitter.  http://redepentecostal.com/principal/juiz-e-procurador-da-lava-jato-dizem-que-vao-orar-e-jejuar-pela-condenacao-de-lula/

aprovadas

NO PAPEL DE JUIZ E SENADOR OU DEPUTADO?  - Em agosto de 2016, em uma audiência na Câmara dos Deputados, Moro defendeu o fim do foro privilegiado que garante a autoridades julgamento em tribunais superiores, ei-lo a dar corpo aos seus critérios ao arrepio das leis da Justiça e da Constituição

A HIPOCRISIA DE UM POLÉMICO JUIZ – DEPOIS DE TER HUMILHADO LULA DA SILVA, COM ALGEMAS – AGORA VEM DISFARÇAR QUE NÃO SE DEVE ALGEMAR

Em despacho, Moro proíbe utilização de algemas em Lula... – "Vedada a utilização de algemas em qualquer hipótese", determinou o magistrado. No documento, Moro também diz conceder, "em atenção à dignidade do cargo que ocupou", a oportunidade de o petista apresentar-se voluntariamente à PF ... https://eleicoes.uol.com.br/2018/noticias/2018/04/05/em-despacho-moro-proibe-utilizacao-de-algemas-em-lula.htm?cmpid=copiaecola

 Depois de ter autorizado  A condução coercitiva do ex-presidente Lula para depor na sede da Polícia Federal no aeroporto de Congonhas,  imagem que correu o Brasil e o mundo, com  Lula da Silva, algemado e guiado por policiais circulou por todo país e só reforçou a ideia de que ele era julgado por crimes de corrupção.


"No entanto, esta medida não era necessária, tendo em vista que só deve ser colocada em prática quando o intimado não aparece para depor, o que não tinha sido o caso. Em respostas as críticas, o juiz teria dito, em nota, que optou por convocar Lula desta maneira para “protegê-lo”.

Agora temos o mesmo juiz, de palavras mansas mas de veneno nos dedos, a justificar: "Esclareça-se que, em razão da dignidade do cargo ocupado, foi previamente preparada uma sala reservada, espécie de Sala de Estado Maior, na própria Superintendência da Polícia Federal, para o início do cumprimento da pena,   Moro manda preparar sala reservada na sede 

SÉRGIO MORO ALVO DE PROTESTOS NA UNIVERSIDADE DE COIMBRA 

De recordar, que, em Maio, do ano passado, “a passagem do juiz federal Sérgio Moro pela Universidade de Coimbra, uma das mais tradicionais de Portugal, foi marcada por protestos. Muros da instituição amanheceram pichados com mensagens contra o magistrado.

Segundo foi então referido pela imprensa brasileira, com absoluto silencio da Portuguesa, “Coimbra é considerada a universidade com a maior quantidade de alunos brasileiros fora do país. São cerca de 2 mil entre alunos de graduação e pós-graduação.
Estudantes brasileiros e também portugueses reuniram-se para criticar a presença do juiz da Lava Jato em um seminário sobre combate à corrupção na instituição.
05/12/2017Em nota, a Associação de Pesquisadores e Estudantes Brasileiros em Coimbra (Apeb) justificou as manifestações.

“Tendo em vista que os métodos de atuação no processo judicial adotados por Sergio Moro são contestados justamente no Comitê de Direitos Humanos das Organizações das Nações Unidas, a Apeb/Coimbra manifesta a sua perplexidade com a escolha desse personagem para participar no evento que trate de tais temáticas na qualidade de conferencista”, diz o texto. Sergio Moro é alvo de protestos e pichações em ... - Gazeta do Povo



NA MECA LIBERAL BILHAM OS DEFENSORES DO GRANDE CAPITAL - 6/04/2016   -Moro é homenageado entre os 'mais influentes do mundo' da revista 'Time'   -Segundo o texto que descreve o juiz paranaense, no Brasil ele é chamado de "SuperMoro" e tem o nome cantado nas ruas "como se fosse uma estrela de futebol". "Mas Sérgio Moro é apenas um juiz, embora um que trabalhe num escândalo de corrupção tão grande que poderia derrubar uma presidente -- e talvez mudar uma cultura de corrupção que há muito tem prejudicado o progresso de seu país", diz a "Time".

"Moro tem sido acusado de ignorar o devido processo legal, e ele tem estado mais do que disposto a avaliar seus casos no tribunal da opinião pública.  - Recentemente, a revista “Fortune”, também dos EUA, apontou Moro como o "13º líder mais influente para transformar o mundo".

Prémio foi designado pela "Globo" como "Faz Diferença", talvez porque o juiz Moro fez muita diferença entre os partidos, especialmente nos vazamentos seletivos da Lava Jato que blindaram o PSDB e prejudicaram o PT. (Na foto acima, à esquerda, Moro posa feliz ao lado do multibilionário direitista dono da "Globo". A estranha vestimenta negra talvez tenha sido escolhida para tentar se parecer com o herói de ficção Zorro que defende os fracos e oprimidos. Contudo, o PSDB não me parece estar tão fraco e oprimido assim)]. 

Por Miguel do Rosário  - 
"Nos parece evidente que um juiz, assim como não pode receber presentes, segundo os próprios códigos de ética que regem a magistratura e o funcionalismo público, também não deveria receber prêmios de empresas privadas, cujos interesses económicos e políticos se chocam com o da sociedade.

Imagine se o PT, por exemplo, instituísse um prémio para juízes, e fizesse uma festança, todos os anos, para entregar o troféu para seus magistrados preferidos?

É o que faz a Globo, tão ou mais identificada com um espectro político do que o PT. - Um juiz com um mínimo de bom senso e desejo de se mostrar imparcial deveria saber disso.


A presença de Sergio Moro na festa da Globo, e sua aceitação do prêmio, constitui um tapa na cara dos que querem acreditar numa justiça isenta."

Em nome do decoro, Moro deveria ter rejeitado o prémio da Globo 
Por Paulo Nogueira, no Diario do Centro do Mundo

Record Revela Suporto Esquema do Juiz Sérgio Moro para proteger a Globo e incriminar lula


27/01/2018   -A Globo pressiona o juiz Sérgio Moro para que sentencie novamente, até março, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A estratégia é pregar mais um prego no “caixão” do petista e, consequentemente, sepultar de vez a candidatura dele a presidente da República.

A tática da Globo é a mesma que foi utilizada — com sucesso — em relação ao julgamento do ex-presidente pelo TRF4, qual seja, pressionar o tribunal de segunda instância para que julgasse o petista ainda no primeiro semestre de 2018. Os desembargadores que condenaram Lula na “Quarta-Feira de Cinzas” passaram o caso do tríplex do Guarujá na frente de outros 257 para cumprir o scripGlobo dá ordem a Moro para nova sentença contra Lula em março ....

QUANTO NÃO VALEM ESTAS PROMOÇÕES AOS ADMIRÁVEIS JUSTICEIROS

Globo News Entrevista Sérgio Moro que dá Aula para Jornalista!!!





MÃE DO JUIZ SÉRGIO MORO DIZ QUE O SEU MARIDO APENAS SE ENVOLVEU NA POLITICA UMA VEZ PARA APOIAR UM AMIGO ( claro, do PSDB)
Odete Moto, a mãe do Juiz Sérgio Moro, diz que  a atividade de seu marido, Dalton Áureo Moro,  foi sempre académica(…) A única vez que houve um envolvimento maior, em campanha, foi para apoiar um amigo nosso, que não era politico, era professor. Todos os amigos se dedicaram à eleição dele. Foi somente isso. Meu marido nunca foi ligado à política . É que as pessoas querem ligar o Sérgio ao PSDB

HÁ, PORÉM, QUEM FAÇA OUTRAS LEITURAS  - COM ESTA PERGUNTA? “QUEM É DOUTOR SÉRGIO MORO?”

E DIGA ISTO: “O pai do Juiz Sérgio Fernando Moro foi o fundador do PSDB no município de Maringá, no Paraná.
A esposa do Juiz Sérgio Fernando Moro é advogada do PSDB, funcionária ou prestadora de serviços ao PSDB, e assessora jurídica do vice governador de Beto Richa, Flávio Arns, que é do PSDB.
O Juiz Sérgio Moro é amigo íntimo e doador de campanha do deputado Francischini, um dos maiores detratores do PT e pai de boa parte das calúnias contra o governo federal, que circula nas redes sociais.

O Juiz Sérgio Moro é do município paranaense de Maringá. O doleiro Alberto Youssef é do município paranaense de Maringá. O Senador Álvaro Dias é do Município paranaense de Maringá, os três frequentam os mesmos círculos, têm convívio regular e foram muitas vezes vistos e fotografados juntos.
O principal delator da Lava Jato, uma espécie de assessor do Moro, é o senhor Joel Malucelli, e quem é Malucelli, senão o suplente do Senador Álvaro Dias? Malucelli é o dono da Rádio Globo do Paraná e de uma repetidora da tevê Bandeirantes, no estado. É banqueiro e empreiteiro, tendo as concessões de diversos postos de pedágio, lá na república do Paranaguay.

Um primo de Sérgio Moro, dono de uma rede de supermercados, é um dos maiores financiadores de campanha do PSDB, e é assessor parlamentar de quem? Isso mesmo, Álvaro Dias.
O tio da mulher de Sérgio Moro era investigado, sob suspeita de ser sócio de Alberto Youssef. Moro interrompeu as investigações. O titio é do PSDB. 

Foto: Doutor Moro recebendo o "Prêmio Faz a Diferença", da família Marinho. http://robertoalmeidacsc.blogspot.pt/2016/03/quem-e-doutor-sergio-moro.html

Nenhum comentário :