expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Patrice Trovoada – Financiador do Golpe de Estado, 16-07- 2003 - Persis-te em suas comédias e golpadas - COMPLETAM-SE HOJE 15 ANOS – Ouça o vídeo e compreenderá as razões pelas quais fabrica as ditas recém tentativas de assassinato politico, quando tem sido ele a promove-las – O motivo que o leva a mobilizar militares ruandeses para sua guarda-pretoriana, a leviandade de acusações difamatórias a jornalistas, confundindo-os com agentes armados; o controlo absoluto da RN e TVS, agência de noticias e Tribunais; o silenciamento de programas da igreja e o insulto ao Bispo da diocese A promoção descarada de opinadores na RDP e RTP-África: de ataques à oposição e de elogios ao inveterado viajante esbanjador – Que foi à Rússia para se juntar aos VIPS na final do Mundial de Futebol - A insensibilidade de um P.M. num país com ordenado mínimo de 40 euros mensais - Forjam-se estatísticas para elevar STP de país de rendimento baixo para país de rendimento médio: Governo armado em rico, agora o povo pequeno é que sofre a ripada.

Jorge Trabulo Marques - Jornalista e investigador - INFORMAÇÃO E ANÁLISE  -  Não deixe de visionar  o vídeo - editado mais à frente - que lhe explica as razões pelas quais o PM Patrice Trovoada, procura eliminar, humilhar ou arrasar os seus adversários políticos


Continua a ser indecoroso e provocador o comportamento de um Primeiro-Ministro, nado e criado no luxo faustoso da monarquia Bongo gabonesa, onde foi parido, educado e crescido. Em 2015, Patrice só  esteve 75 dias no país; os custos das viagens ascenderam acima de  1 milhão e 800 mil euros –  Os perdulários gastos, repetem-se todos os anos, num dos países mais pobres de África. http://www.telanon.info/politica/2016/01/07/20879/patrice-so-ca-esteve-75-dias-em-2015-viagens-custaram-1-milhao-e-800-mil-euros-diz-o-mlstp/

Agora, ei-lo a voar para a longínqua Rússia para ali ostentar a sua vaidade   com os vips do futebol ou apertar a mão ao exibicionismo  de Macron para o vir a promover, tal como fez o Tony Blair e outros compinchas do ultra-liberalismo selvagem   - Na peugada das centenas de passeatas e dos  mesmos perdulários voos como fez na proclamação do ditador do Ruanda e noutras faustosas ostentações
.
Antes de partir, declarou à rádio e televisão do Estado, que ia a convite da FIFA – Mas a que propósito? E ele nunca o fez até para apoiar os jogos da equipa nacional  de STP? – Quantos primeiros-ministros ou chefes de Estado, ali estiveram presentes, além das equipas finalistas?
Obviamente que foi para dar largas a mais um despudorado ego: arrogante egoísta, corrupto e vaidoso.


 RDP E RTP - ÁFRICA - ATÉ ONDE VAI O CINISMO E A HIPOCRISIA DE UM TAL ABÍLIO NETO 


Abílio Neto, habitual opinador da RDP e RTP-África, no “debate africano”, ao mesmo tempo  o comissário-mor  na TVS e STP-PRESS  do governo de  Patrice Emery Trovoada, manifestou o seu incómodo pelo facto do Manuel Pinto da Costa, ter recebido grande aclamação, no Congresso  que elegeu o novo líder do partido fundador da pátria santomense: entendeu o distinto escriba-comunicador,  que receção prestada ao líder histórico do MLSTP-PSD, que ali foi aclamado de forma apoteótica,  revelou uma nova liderança débil -  diz o dito comentador-comissário que  “devia começar forte e impositiva”, insinuando que, Pinto da Costa, “centralizou e monopolizou a dinâmica do congresso”, depois há aqui outra coisa”  - voltando-se para o moderador: as imagens são brutais! As imagens têm um impacto brutal na mente das pessoas”…  a verdade é que houve uma entrada apoteótica…  e, num momento, em que a apoteose, devia ser de quem está a entrar ; não gostei dessa apoteose …. E, mais de que um MLSTP, novo,  demasiado novo”

Quer então com isto dizer,  que o seu chefe  é mais capaz e mais competente de continuar a sacar o país. Visto que, a novo liderança do  MLSTP  não tem ainda a  experiência para as falcatruas e megas-fraudes, que a sua desgovernação tem protagonizado: confundindo, pois, o que deve pautar os valores democráticos, com a  liderança de uma ditadura, onde tudo tem de obedecer ao “chipe” do homem do saco da massa, sim,  tal sido  o comportamento  que seguido pelo absolutismo de  misterioso  e desapurado empresário



24/04/2013 -  “A INTOXICAÇÃO PARTIDÁRIA DA RDP-ÁFRICA (…) Em 2010, a RDP África comete, talvez, um erro colossal (…)ao conceber que o seu correspondente desde São Tomé e Príncipe, Óscar Medeiros, pudesse desempenhar em simultâneo o serviço de informador da estação e o de director da televisão pública, ao serviço dos Governos, a RDP África assinava com o acto a certidão de divórcio do seu servir, não porque a competência do jornalista caísse degraus, mas tão e somente, foi-lhe submetido ao incómodo de ser jogador e juiz em causa própria. (…) A juntar a política do Governo que o jornalista em questão enquanto director de televisão pública tinha de publicitar e passar imagem de fidelidade na sua outra missão de informar com rigor na RDP África, os ouvintes da rádio ficaram também servos de outros espaços radiofónicos claramente solidários com a agenda governativa das ilhas, ao contrário, do já longo caminho da considerada imparcialidade A intoxicação partidária da RDP África (artigo de opinião de José Cardoso) ...

20/11/2014 José Ribeiro e Castro participa no programa Debate Africano [na imagem, da esquerda para a direita: Jorge Gonçalves, Eduardo Fernandes (Guiné-Bissau), José Ribeiro e Castro, Adolfo Maria (Angola), Abílio Neto (São Tomé e Príncipe) e José Luís Hopffer de Almada (Cabo Verde) e, a partir de Braga, intervém Sheila Khan (Moçambique)] - RDP África (16nov14) RDP África - José Ribeiro e Castro (completo) - 17.10.14 - YouTube

ERA MAIS DO QUE PREVISÍVEL QUE ISTO IA ACONTECER: OMS anuncia redução de ajuda para STP”

A Diretora Regional da OMS,  Matshidiso Moeti, na recente visita que efetuou a São Tomé, declarou no final de uma reunião  com a ministra da saúde Maria Trovoada e com o Primeiro Ministro Patrice Trovoada, que a OMS vai reduzir a ajuda para São Tomé e Príncipe. Tudo porque o país evoluiu e atingiu o patamar de “Desenvolvimento Médio”. «É um país que atingiu o nível de desenvolvimento médio. Isto significa que o apoio que vem dos doadores internacionais vai diminuir», assegurou Matshidiso Moeti. https://www.telanon.info/sociedade/2018/07/10/27375/oms-anuncia-reducao-de-ajuda-para-stp/

NÃO NOS ENGANÁMOS N QUE DISSÉMOS NO PASSADO DIA 21 DE ABRIL  http://www.odisseiasnosmares.com/2018/04/sao-tome-divida-de-400-milhoes-economia.html


QUISERAM BOTAR FIGURA E FAZER BRILHARETE POLÍTICO,  MEXENDO CORDELINHOS DIPLOMÁTICOS, COM INFORMAÇÕES FALSAS  PARA   QUE OS PROMOVESSEM A GOVERNANTES DE 1ª ÁGUA -  – - Obviamente, que, Miguel Trovoada, tendo desempenhado um alto cargo na ONU, dificilmente deixaria de pintar a dura realidade económica santomense, de tons de rosa, tal como fez quando a sobrinha o nomeou para chefiar a equipa de Observadores da CPLP




Mais uma vez usaram artes de malabaristas para passarem informações falsas e disfarçarem a dura realidade, que atormenta o sacrificado povo santomense - 

Fizeram-no com o encobrimento da doença desconhecida,  ao longo de vários meses. Agora, pelos vistos, induzindo a  uma avaliação artificialista, com dados e estatísticas  forjados para que, o Tomé e Príncipe,  fosse classificado,  "entre as 4 nações que se formam no ranking dos países menos desenvolvidos (LDC), para o País Desenvolvido Médio – O que significa que STP não vai precisar dos mesmos fundos, o que é realmente  uma perigosa manobra.

 ENTÃO ASSUMAM AS RESPONSABILIDADES  - O MAU É QUE QUEM VAI SOFRER É O POVO PEQUENO OU O GOVERNO QUE VIER A SUBSTITUIR  O GOVERNO CORRUPTO DOS MISTERIOSOS ESQUEMAS E DESCARADOS GOLPES


Era mais que suposto que, elevando o nível fictício de um pais hipotecado em milhões de dívidas, com o artificialismo da retórica promoção da saída da categoria dos Países Menos Desenvolvidos, sim, que o volume dos apoios poderia vir a ser menor - Quando, nas duas Ilhas,  a pobreza só não é mais penosa por ambas desfrutarem  de um solo  fértil e generoso

Agora vem  a ministra da Saúde de São Tomé e Príncipe, Maria de Jesus Trovoada, a  "temer que haja perdas de apoios internacionais na área da saúde, face ao crescimento económico do país.

«O desenvolvimento económico e a passagem de São Tomé e Príncipe de país de rendimento baixo para país de rendimento médio são boas notícias, mas podem significar a perda de apoios internacionais na área da saúde», notou Maria de Jesus Trovoada. 

«Temos muito bons indicadores de saúde e o nosso grande receio é vermos agora todo esse esforço empregue durante anos reduzir-se», afirmou a ministra. https://www.abola.pt/Africa/Noticias/Ver/726593



QUEREM FAMA E DINHEIRO NOS BOLSOS  MAS QUEM É QUE, EM S. TOMÉ, EM BOA CONSCIÊNCIA, ACREDITA NA  CLASSIFICAÇÃO QUE FOI PROPALADA? -  QUE  TEVE HONRAS DE MEDIÁTICA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA À ESCALA MUNDIAL  - Dando penacho a um Governo de um país onde o ordenado mínimo mensal é de 40 euros – Em 4 anos de uma desgovernação desastrada e corrupta, com um PM,  em constantes e  prolongadas ausências no estrangeiro







VEJA NESTE VIDEO AS RAZÕES PELAS QUAIS PATRICE FEZ PROCLAMAR  QUE O QUERIAM ASSASSINAR - É bem possível que, se fosse noutro país, o seu comportamento poderia ter tido idêntico ou pior risco que teve Berlusconi, em Milão - Silvio Berlusconi é agredido com soco no rosto em Milão - BBC News  Mas, apesar de todas as suas afrontas, tem tido a sorte de estar num país com um povo tradicionalmente ordeiro e pacifico, se bem que, por via da extrema pobreza, os indicies de alcoolismo e criminalidade estejam a recrudesce

PLANO PARA ASSASSINAR PATRICE TROVOADA? - O QUE ELE PROCUROU FAZER EM 16 DE JULHO DE 2003  - QUER AGORA IMPUTAR A OPOSITORES  ATRAVÉS DE ENCENAÇÃO DE GOLPADA PARA OS PSERSEGUIR E HUMILHAR ADVERSÁRIOS POLITICOS   
Plano para matar primeiro-ministro gravado em áudio -  Ex-ministro da Agricultura e sargento das Forças Armadas são suspeitos de planear assassinato do primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, mas juiz mandou-os em liberdade porque a prova existente se limita a um registo áudio onde, alegadamente, falam do golpe

A decisão judicial justifica-se com falta de indícios para a prisão preventiva. A principal prova recolhida pelo Ministério Público e mostrada em tribunal é "um registo áudio de 10 minutos" onde, supostamente, se ouve a voz de Gaudêncio Costa, a explicar para Ajax Managem e para um terceiro militar (não identificado nem constituído arguido) como seria feito o golpe", contou ao Plataforma o diretor do jornal online Téla Nón e jornalista da RTP África, Abel Veiga. Essa gravação foi publicada no Facebook e tem sido partilhada por inúmeros são-tomenses. "No registo audio percebe-se que o tiro devia atingir a Águia [o primeiro-ministro) na cabeça". https://www.dn.pt/mundo/interior/plano-para-matar-primeiro-ministro-gravado-em-audio-9503854.html


Todavia, um Primeiro-Ministro vai à televisão, uma vez mais manipulando e ocupando longo tempo de antena, com infundamentadas acusações  -  "o chefe do Governo, Patrice Trovoada, acusou-os de pretender "interromper o funcionamento regular da ordem constitucional" visando, designadamente, o assassínio do primeiro-ministro, com o envolvimento de pessoas que "já desempenharam altos cargos no país".

Os elementos recolhidos até então pelos serviços revelam para além da premeditação, uma forte determinação na execução dos seus desígnios, cumplicidades nacionais e estrangeiras, cabendo agora ao Ministério Publico e a Polícia Judiciaria esclarecer", indicou o Governo no comunicado divulgado quinta-feira e lido pelo ministro da Defesa e Administração Interna, Arlindo Ramos.  http://www.tvi24.iol.pt/internacional/s-tome-e-principe/juiz-liberta-detidos-acusados-de-subversao-em-sao-tome-e-principe

COMPLETAM-SE HOJE 15 ANOS SOBRE O FRACASSADO GOLPE DE ESTADO DE 16 DE JULHO DE 2003  - Vale pois a pena aqui recordarmos as afirmações de  Peter Lopes, um dos mais destacados operacionais do golpe de Estado de 16 de Julho de 2003 em São Tomé, que depôs o governo da ex-primeira ministra, Maria das Neves enquanto Fradique de Menezes, Presidente da República de então se encontrava na Nigéria em visita de trabalho. postou um vídeo no Facebook onde acusa Patrice Trovoada de ser «o financiador de golpe de estado de 2003», a
Agosto 15-2017 - Senhor Patrice Trovoada, lembras que tu tens compromissos connosco sobre o Golpe de Estado de 2003, no qual o senhor foi financiador? Eu tenho cartas assinadas pelo teu gabinete, pela tua secretária para eu trazer investidores em São Tomé, trouxe, gastei tempo, gastei dinheiro, fiz compromissos. Quem vai pagar estes gastos todos? O senhor tem vários compromissos connosco, o senhor disse-nos que, uma vez no poder, ia-nos dar parte dos negócios que nós gostaríamos de fazer. Todos têm que saber, o senhor mandou-nos matar o senhor Pinto da Costa e nós não aceitamos. O plano do senhor, depois do Golpe era para assassinar o ex-presidente Fradique de Menezes. 



Como é que podemos conviver com esta situação? Quando, abertamente, publicamente! Aparece alguém a dizer  que foi convidado para assassinar o Presidente Fradique Menezes? Como é que podemos conviver com isto?  - Questionava, entre outras preocupantes observações,o líder da bancada do MLSTP, Jorge Amado, que, entre outras questões, colocadas




David O. Kuranga, -No dia do lançamento da sua obra


David O. Kuranga, Ph., não retira uma virgula do que escreveu na sua obra The Power of Interdependence -- Lessons from Africa. Diz  estar ciente de que o publicou e nada o fará mudar - E o que é dito no seu livro é muito claro: 




"Em meados de Setembro de 2003, o presidente da IMG visitou São Tomé para negociar uma disputa entre o presidente Menezes e alguns de seus rivais políticos. Rumores estavam circulando que outro golpe estava em obras. Presidente Menezes ameaçou prender Patrice Trovoada, filho do ex-presidente, até que seus assessores persuadiram contra isso. De acordo com a inteligência nigeriano, Patrice Trovoada foi acusado de ser um dos principais financiadores do golpe 16 de julho. Ele também foi demitido como ministro das Relações Exteriores"

Colocamos esta questão ao conceituado investigador nigeriano para que nos esclarecesse do que pensava acerca das declarações do ex-presidente da Nigéria Olusegun Obasanjo , que veio em defesa de Patrice Trovoada,  que afirmou que o “Golpe de Estado de Julho de 2003, naquele país, foi antes um golpe organizado, e executado por um grupo de antigos membros do Batalhão Búfalo, uma criação do exército do Apartheid da África de Sul”



Na sessão de autógrafos
De referir que, David Kuranga, é detentor de um notável currículo: além  de autor de (The Power of Interdependence) com Macmillan Publishers, detalhando o impacto do multilateralismo na África, é o principal fundador e diretor-gerente da Kuranga and Associates Limited.  estudioso internacional com uma década de experiência em pesquisa de desenvolvimento em África. Atuou como consultor sénior de bancos de investimento de mercados emergentes, fornecendo serviços de front office.  Trabalha com Fundos e outros investidores nas economias fronteiriças de África. Acadêmico internacional Fulbright, professor de Economia e Relações Internacionais que realiza consultas na Universidade de Nova York, na Universidade Fordham, SUNY, Rutgers University e Seton Hall University. Em 2004, serviu como consultor da Delegação da Nigéria para as Nações Unidas e continua a envolver ativamente funcionários na Nigéria.



Na madrugada de 16 de Julho, por volta das 03 horas locais, um grupo de militares liderados pelo major Fernando Pereira, chefe do Centro de Instrução Militar de São Tomé e Príncipe, aproveitando-se da ausência do Presidente Fradique Menezes, em visita oficial à Nigéria, lançaram um golpe de Estado no país com a detenção da primeira-ministra Maria das Neves, o ministro responsável pelo petróleo e vários outros ministros de Estado. 


LEVIANDADES E INCONSCIÊNCIAS DE UM PERIGOSO GOVERNANTE - FAZ ACUSAÇOES QUE DEPOIS NÃO COMPROVA 

Já lá vão dois anos que o Primeiro-Ministro, Patrice Trovoada,  em entrevista aos jornalistas da  Rádio Nacional e da TVS,  escolhidos a dedo,   fez uma gravíssima acusação, acusando jornalista de posse de arma, quando, afinal, todas as armas estavam na posse de  agentes militares e policiais

.Nós estamos a fazer um trabalho de recolha de armas!.... Bom, como é que um jornalista recebe da Presidência da República, para seu uso pessoal, uma arma de guerra?!... É jornalista?!... É jornalista?... É independente?!... O que é que ele é?!... É mercenário?!...  Jornalista?!... É o quê?!...

- Mas o Sr, disse que não vai citar nomes? - Pergunta  um dos entrevistadores
- Não vou citar nomes!
- E então por que é que o Governo não cita o nome?
-Não vale a pena!  O que eu estou simplesmente a dizer é que são práticas, que, a mim me deixam um bocadinho duvidoso sobre a independência de muitos jornalistas!...
- Um jornalista… é subjetivo, dizer que ele é independente e não é independente!... Mas esse tipo de promiscuidade, de jornalista membro nacional de partido, jornalistas que defendem armas da Presidência da República, etc





PATRICE TROVOADA – UM PERIGO PARA A DEMOCRACIA -  BOATEIRO E PROVOCADOR INDECOROSO – Os órgãos de comunicação estão sob a mordaça e o controlo absoluto de Patrice Trovoada -  Quando a oposição é praticamente ignorada nos noticiários e telejornais da rádio e televisão do Estado? - Em que país do mundo é dito a um Bispo, que, antes de expressar a sua opinião, tinha que ir falar com um primeiro-ministro?  - Só na cabeça da intolerância e da malvadez.

Presença de uma musculada milícia do Ruanda, em S. Tomé, continua provocar o  medo, a insegurança e a instabilidade - 

Já invadiu o parlamento, humilhando deputados da oposição - ´tem sido  tomada como um ato terrorista pela oposição - Patrice Trovoada, financiador e  mandante assassinatos políticos do Golpe de Estado de 16 de Julho 2003 –



.EM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE NINGUÉM É MORTO POR EXPRESSAR A SUA OPINIÃO – É UMA TERRA MARAVILHOSA E PACIFICA MAS:  "FALAR NAO PODE"
Declarou, por altura do Dia Mundial da Imprensa,numa conferência de imprensa, o presidente da Associação dos jornalistas São-tomenses (AJS), Juvenal Rodrigues,  para elucidar o estádio actual da Liberdade de Expressão e de Imprensa no país, servindo-se da expressão popular: "Falar Não Pode! - De cujo contexto recordamos a seguinte passagem: 

“A descarada censura que chega ao ponto de descaracterizar completamente certas matérias produzidas por jornalistas, a ponto dos autores não reconhecerem o trabalho que deixaram feito; a autocensura, a ausência de debates e do contraditório e a exclusão acentuaram-se consideravelmente desde outubro de 2014», prosseguiu o Presidente da Associação de Jornalistas de São Tomé e Príncipe. 

Uma situação complicada, perigosa, atentatória a liberdade, e que é reforçada por outros actos anti-democráticos. «Parece que o país vive num estado de exceção disfarçado, porque há comissários políticos e agentes que gravam conversas, mesmo em ambiente de convívio. Existe a perceção de que os telefones estão sob escuta. Há um clima de desconfiança generalizada, porque o amigo pode ser informante, na lógica de dividir para reinar», Excerto Téla Nón - STP -  “Falar não Pode”

CADA DIA QUE PASSA, COM PATRICE TROVOADA A PRIMEIRO-MINISTRO, SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE FICA MAIS DESGOVERNADO, MAIS POBRE E DEPENADO 

Na sequência dos vários artigos de investigação jornalística, que publicamos em Odisseias nos Mares,  já lhe demonstrámos as graves cumplicidades que estiveram por detrás dos  ruinosos acordos com as empresas petrolíferas, sobre os blocos existentes na zona económica exclusiva, que  serviram unicamente para defender interesses privados, que os da pátria santomense, nomeadamente através Miguel Trovoada e seu filho Patrice  Trovoada, atual Primeiro-Ministro e dirigente da ADI, 

 Daí não merecerem a menor confiança quaisquer concursos organizados pelo atual Governo, tais como o que, ainda recentemente foram anunciados: 09/10/2017 Governo são-tomense lançou um concurso internacional para a exploração dos blocos de petróleo 10 e 13 na zona económica exclusiva (ZEE) do país, indica a Agência Nacional de Petróleos (ANP) em comunicado. São Tomé. Concurso para dois blocos de petróleo - Observador


O filho de Miguel Trovoada, Patrice, um homem rechonchudo, de aparência jovem de quarenta anos, veio para me ver uma manhã no meu hotelEle usava calças e uma camisa tropical e um anel de ouro cravejado de diamantes. Patrice, que é referido atrás das costas como Baby Doc, divide seu tempo entre são Tomé, Paris, e Houston, onde ele é dono de uma empresa de construção. ele se converteu ao Islã um número de anos atrás. ele se orgulha de sua amizade com alguns dos ditadores da África incluindo Kadafi, e ele sabe que ele é uma figura notória em São Tomé. "não estou bem quisto pelas elites aqui", disse ele, "porque eu tenho um pouco de dinheiro e porque eu fiz isso por meu próprio, fora de São Tomé."


 Nós sentámo-nos em um sofá no lobby, e, quando começamos a falar, Patrice foi interrompido por uma chamada em seu telefone celular.Ele pediu desculpas e explicou que era sua mãe. "Ela ficaria furiosa se soubesse que eu estava fora da cama."

Jon Lee Anderson

Patrice se virou para mim e falou sobre Fradique. "O homem é muito estranho. Ele não tem esposa" -sua mulher morreu há dez anos- "sem crianças, sem pais,sem amigos, e ele é como um touro selvagem. Ele cobra para a frente. Uma coisa é certa: ele não gosta dos nigerianos, e isso pode ser muito perigoso para São Tomé e Príncipe. Os Estados Unidos não estão levando em conta o tipo de homem que eles têm como um parceiro aqui. Os próximos meses são particularmente cruciais, e Fradique vai decepcionar muita gente. Ele é um orador doce, mas ele não tem metodologia. E eu sou responsável por isso "-Patrice riu." Fui eu que escolhi este homem! Nós escolhemos-lo para que ele pudesse assegurar alguma visão que tínhamos, e para que eu pudesse voltar para o back office. Imaginei que ele iria levar um ano para fazer alterações mas não da maneira que ele fez isso!" 

 



– Lê-se num extenso artigo publicado, em The New Yorker,   2002-10-07 ,  e posteriormente também editado num dos  vários livros de autoria de Jon Lee Anderson –; que foi correspondente da Guerra em locais, como Afeganistão, Iraque, Uganda,  Israel, El Salvador, Irlanda, Líbano e Irão, Médio Oriente é conhecido por seus inúmeros perfis de líderes políticos, incluindo Hugo Chavez, Fidel Castro e Augusto Pinochet





"O acordo ERHC- São Tomé foi descrito como um dos piores da história do xadrez da indústria do petróleo", disse Hayman. "A ERHC obteve um arranjo incrivelmente lucrativo sob condições quase totalmente opacas". A implicação, claro, é que os Trovoadas receberam dinheiro dos nigerianos em troca das concessões e que tentaram comprar o Fradique, mas que ele não iria por isso. Até que surgiu o problema dos negócios do petróleo, Patrice Trovoada foi ministro das Relações Exteriores de  Fradique o demitiu” 

FRADIQUE MENEZES CONTRATOU DOIS DOS ADVOGADOS MAIS FAMOSOS DOS EUA PARA SE OPOR AOS  ACORDOS RUINOSOS DOS TROVOADAS COM A NIGÉRIA  Por isso mesmo, nao tardaram a mover-lhe um traiçoeiro golpe de Estado para o afastarem da Presidência da República .

GregorY Bestor
Fradique contratou dois advogados para resolver seus problemas com os contratos de petróleo. No dia em que chegaram a São Tomé, Fradique convidou-nos a jantar na Quinta da Favorita” (…) "Eu juro que não ganhei dinheiro, você pode tomar minha palavra ou não". Branco disse que estava preocupado com as consequências se os nigerianos achassem que o acordo estava caindo aos pedaços. "

Michel ó Connor

QUEM ERAM OS ADVOGADOS:  Gregory Bestor "Greg" Um ex-advogado do escritório de Williams e Connolly de Washington, DC Craig representou numerosos clientes de alto perfil. Craig ex- Advogado da Casa Branca sob o presidente Barack Obama de 2009 a 2010. Gregory B. Craig - Wikipedia

Michael F. O'Connor é co-presidente do grupo de treinamento de transações e consultoria de negócios da Williams & Connolly LLP. Ele tem uma prática diversificada que representa corporações e indivíduos em uma variedade de assuntos. Michael O'Connor - Williams & Connolly

Enriquecendo à fartazana, com capitais de  estratégias disfarçadas, sob as vestes do  Empresário misterioso  escudado   pela poderosa alavanca da televisão e rádio,  em STP, que controla a seu belo prazer e  de uma justiça inquinada pela mesma hidra hipócrita, que não tardou a mover metralha a quem ousou vir frontalmente tirar a máscara  à hipocrisia e ao  banditismo egoísta e apátrida,   vingando-se com processos judiciais e perseguição cerrada  a Peter Lopes, a residir na África do Sul, a cujo coro veio juntar-se o ex-Presidente da Nigéria, chefe da quadrilha  OBASANJO'S MONUMENTAL CORRUPTION um dos grandes beneficiários dos jogos corruptos, que se cruzaram com a ganância e as insaciáveis ambições da tribo Trovoada



Peter Lopes 
No entanto, muito antes de Peter Lopes, ter feito essa denúncia, já o livro do conceituado investigador nigeriano, avançava com a mesma afirmação,  aliás, como em vários artigos citados, sem que, quer da parte de Trovoada, como de Obsajnjo, houvesse a coragem de refutarem o conteúdo da obra The Power of Interdependence, cujo autor   David O. Kuranga, Ph. pelo que se depreende, nem uma virgula retira do que escreveu, dizendo estar ciente de que “o publicou nada o fará mudar”.

ZANGA-SE AS COMADRES, DESCOBREM-SE AS VERDADES - Obviamente, para que, o ex-operacional viesse a dar com a boca no trombone, muito terá contribuído o rompimento das amizades com Peter Lopes, traído por promessas  não cumpridas, relacionadas com um empreendimento de Gás na cidade das Neves, em S. Tomé.p://www.telanon.info/politica/2017/09/02/25185/treino-ruandes-no-parlamento-provoca-incidentes/

AQUELES DIAS EM QUE PATRICE ERA NOTICIA MAS ESTAS ERAM SILENCIADAS


CURRÍCULO DE PATRICE TROVOADA 

FINANCIADOR  DE GOLPES DE ESTADO CRIMINOSOS E E PROMOVEDOR DE GOLPES DE ESTADO FABRICADOS PARA SE PROVER E VITIMIZAR

1. Suspeito de branqueamento de capital, envio de mais de 600 mil euros do erário público em dinheiro para ser depositado em libreville;
2. Suspeito de ter desviado 30 milhões de dólares americanos;
3. Suspeito de ter financiado o golpe de estado em 2003 e de ter ordenado assassinatos de Pinto da Costa, Fradique e Oscar Sousa;
4. Suspeito de ter comprado em seu nome os barcos pixi ndala e os barcos de patrulha;
5. Foi roubado na sua residência pelo seu segurança uma quantia avultada,o que faz antever lavagem de dinheiro;
6. Fez negócio consigo próprio no caso da aquisição pelo estado (seu governo) do novo edifício destinado ao supremo tribunal de justiça. Negócio que está a ser alvo de uma sindicância;

Ribeiro e Castro (CDS) Ao centro e ao lado de Patrice
6. Perdoou impostos à Rosema para depois tomar conta da empresa dando ordens aos coitados dos irmãos que fazem tudo que ele lhes pede;

 PROMETEU MUNDOS E FUNDOS -  ORDENADO MINIMO DE 45 EUROS  MAS NÃO FOI ALÉM DOS 40 EUROS MENSAIS   - A ÚNICA CONSTAÇAO É DE QUE PASSA A MAIOR PARTE DO TEMPO A VIAJAR PARA TRATAR DOS SEUS NEGÓCIOS - Com empresas imoiliárias, em Lisboa, geridas pela muher, no Texa e uma empresa de jactos no gabão, além de outras misteriosas negociatas.






Nenhum comentário :