expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

PATRICE TROVOADA - Pela 2ª vez encosta-se à maçonaria portuguesa para promover as sondagens da sua campanha eleitoral - A PITAGÓRICA, que já veio desmentir a sondagem publicada ontem pelo Téla Nón, é uma empresa liderada por Alexandre Picoto - Gestor de PITAGÓRICA - INVESTIGAÇÃO E ESTUDOS DE MERCADO, S.A. – Confesso simpatizante do “universo maçónico” – Trata-se da mesma empresa de sondagens que está a promover o primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva. Amigo de Patrice - Sondagem da Pitagórica: MpD considera que resultados mostram confiança no Governo – PAICV diz que confiança está a baixar

Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise

A MAÇONARIA CONTROLA A JUSTIÇA? - Não é isso que faz o Governo de Patrice Trovoada, em S. Tomé, através de lobis cruzados: desde os muçulmanos aos da maçonaria portuguesa

ERA MAIS QUE SUPOSTO QUE QUEM PAGA AS SONDAGENS NÃO É PARA SER PREJUDICADO - AS SONDAGENS VALEM O QUE VALEM – MAS VALEM SOBRETUDO PARA EXERCER INFLUÊNCIA FAVORÁVEL A  QUEM AS ENCOMENDA E  ESCORRE COM OS MILHARES DE CIFRÕES


Pitagórica desmente a história de sondagem que chumba ADI  -    - Empresa não tardou a serenar  as hostes de Patrice   -                       

Dizia, ontem,  neste  site, Sondagem encomendada pela ADI projecta sua derrota nas eleições legislativas – E quem duvida? Esta é a vontade da esmagadora maioria dos santomenses – São Tomé e Príncipe – Mas  o que conta é a fraude há muito fabricada – Só que, se for contrariada, Patrice Trovoada, dificilmente poderá resistir  ao descontentamento popular e cavará ainda mais fundo o buraco do seu suicídio politico 
Não constitui surpresa alguma, que Patrice, seja o politico hoje mais detestado dos 43 anos do pós independência, pese todas as suas palavras mansas na rádio e TVS, a propaganda permanente, manipulando, monopolizando desinformando – 


Mas, atenção, as sondagens dificilmente vão contra os interesses de quem as encomenda e há que estar mentalizado para a instrumentalização que possa ocorrer na derradeira semana eleitoral  - Só que, se, por esta ou por outra razão, através da fraude fabricada, a vontade do Povo for contrariada, o nativo gabonês, poderá, desde já, encomendar mais pelotões do Ruanda, do país que reprime a liberdade religiosa, que manda encerrar igrejas, o país de criminosos genocídios, que se serve nas suas fileiras militares de inocentes criancinhas  e reforçar  ainda mais a  repressão popular - Sim, liderado por um tal Paul Kagame - Acusado de crimes contra a humanidade e crimes de genocídio Paul Kagame's War Crimes, Crimes against Humanity, and Crimes of ...








EMPRESA DE SONDAGENS PITAGÓRICA - LIDERADA POR UM SIMPATIZANTE DA MAÇONARIA PORTUGUESA

Trata-se, com efeito,  de uma empresa liderada por Alexandre Picoto um simpatizante da maçonaria que está também a promover o primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva. Amigo de Patrice, que, na sua visita a S. Tomé, afirmou que  o PM de São Tomé e Príncipe e de Cabo Verde vão passar a reunir-se anualmente   

Sondagem da Pitagórica: MpD considera que resultados mostram confiança no Governo – PAICV diz que confiança está a baixar

Cabo Verde e São Tomé e Príncipe acordaram hoje realizar anualmente encontros entre os respetivos chefes de Governo para avaliar a cooperação bilateral, anunciou o primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva. PM de São Tomé e Príncipe e de Cabo Verde vão ... - Diário de Notícias


Alguns minutos após a publicação pelo Téla Nón do documento que circula a alguns dias nas redes sociais, dando conta da sondagem encomendada pela ADI, e que prevê uma derrota do partido no poder nas eleições de 7 de Outubro, a empresa portuguesa Pitagórica contactou o Téla Nón para desmentir tudo.
Tropa Ruandesa em S. Tomé
Ontem, referia o jornal Téla Nón que “Sondagem encomendada pela ADI projecta sua derrota nas eleições legislativa - Frisando que “As sondagens valem o que valem. São estudos que podem reflectir com alguma margem de erro a vontade do consumidor em relação a um produto, ou também do eleitor em relação a sua decisão de voto. No entanto raras vezes dão certo as projecções das sondagens em São Tomé e Príncipe.

COMUNICADO    - A Pitagórica – Investigação e Estudos de Mercado é uma empresa com sede em Portugal e escritórios em Cabo Verde bem como no Brasil. Temos também operação ativa com vários projetos realizados em países como São Tomé e Príncipe, Moçambique Angola, Timor Leste e Espanha.  Desenvolvemos a nossa atividade junto das maiores empresas destes países, bem como já trabalhamos com vários Governos, partidos e organizações internacionais. 


Fomos ontem alertados por meio de um email recebido pelas  17h do Exmo. Sr. Danilo Salvaterra sobre uma alegada sondagem realizada pela nossa empresa e que a mesma circularia em São Tomé e Príncipe. Ontem mesmo respondemos por escrito e no final do dia telefonicamente NEGANDO TOTALMENTE qualquer possibilidade da sondagem ter sido realizada pela nossa empresa. Hoje mesmo recebemos novo email desta feita  do Exmo. Sr. Rui Garcia que nos questionava sobre o mesmo tema. 


Dado que o ruido é significativo e não pretendemos ver o nome da nossa empresa envolvido numa falsificação grosseira do que seria um relatório da nossa empresa, decidimos contactar o Téla Nón para divulgar o nosso comunicado. Fomos alertados que também este meio de comunicação social, já teria publicado a suposta sondagem.  


Queremos por este motivo deixar claro:  A Pitagórica é uma empresa internacional, com um prestigio e reputação inquestionáveis e que podem ser validados por vários partidos, governos e as maiores empresas dos países onde operamos
Realizamos no passado vários estudos em São Tome e Príncipe e os resultados provaram sempre a nossa eficácia

(…) Sem outro assunto de momento, apresentamos os nossos melhores cumprimentos, Alexandre Picoto  - Pitagórica – Investigação e Estudos de Mercado SAhttps://www.telanon.info/politica/2018/09/11/27747/pitagorica-desmente-a-historia-de-sondagem-que-chumba-adi/

 PITAGÓRICA  NAO PERDE PITADA COM OS GOVERNOS ULTRA-LIBERAIS  - Sondagem da Pitagórica: MpD considera que resultados mostram confiança no Governo – PAICV diz que confiança está a baixar
 

21/07/2018  Cidade da Praia, 20 Jul (Inforpress) – O MpD (partido no poder) considera que a recente sondagem publicada pela empresa Pitagórica mostra a confiança do povo no seu Governo, enquanto o PAICV (oposição) defende que o nível de confiança no executivo está a baixar.


Para o deputado do Movimento para a Democracia (MpD), Emanuel Lopes, o facto de a pesquisa de opinião ter indicado uma queda do seu partido em 10 pontos percentuais em relação às ultimas eleições, o resultado mostra que o povo ainda confia no MpD. CABO VERDE/Sondagem da Pitagórica: MpD considera que


O PAICV, maior partido da oposição em Cabo Verde defendeu hoje que o país vive uma "crise de credibilidade" causada por uma sucessão de "escândalos". - 15/03/2018 PAICV manifestou-se preocupado com a forma como o Governo está a tratar a reestruturação da companhia aérea pública (TACV) e acusou o executivo de pretender também desmantelar os transportes marítimos. “Os TACV foram desmantelados e estão em plena liquidação. O Governo ‘meteu’ 2 mil milhões de escudos (cerca de 20 milhões de euros) na Transportadora Aérea Nacional – que já nem está a voar – e os trabalhadores não conhecem o seu futuro”, disse. Economia - Cabo Verde vive ″crise de credibilidade″ por causa de ...


CUIDADO COM A TROCA DE EXPERIÊNCIAS APOIADAS POR GOVERNOS QUE TEM ESTADO AO LADO DE PATRICE TROVOADA

Atenção a mais esta apregoada encenação – Nada de fiar: Quem já se esqueceu do saneamento dos juízes sob a cobertura portuguesa, Patrice- “Juízes medíocres podem ser úteis noutros sectores  dos milhões dados a um governo corrupto e das  posições politicas, em seu apoio?  Governo condena tentativa de subversão em São Tomé
 Quem não reflete nas recentes visitas do Primeiro-Ministro de Cabo-Verde e outras destacadas figura do regime ultraliberal, que vieram dar cobertura a Patrice? PM de São Tomé e Príncipe e de Cabo Verde vão passar a reunir-se anualmenteSão Tomé e Príncipe: Patrice Trovoada defende exoneração de juízes ...


Refere o Téla Nón, que “nas vésperas das eleições gerais de 7 de Outubro próximo, a Comissão Eleitoral Nacional organiza um seminário de troca de experiências sobre o processo eleitoral em São Tomé e Príncipe, Cabo Verde e Portugal. O evento que foi inaugurado esta manhã pelo Presidente da Assembleia Nacional José Diogo, pretende conferir subsídios ao sistema eleitoral são-tomense.l. https://www.telanon.info/politica/2018/09/11/27740/comissao-eleitoral-promove-troca-de-experiencias-com-cabo-verde-e-portugal/





ZANGAM-SE AS COMADRES, DESCOBREM-SE AS VERDADES  - Maçonaria embaraça dirigentes sociais-democratas - A ideia de que o atual PSD está fortemente influenciado pela maçonaria deixou o partido fortemente embaraçado, o que levou por exemplo Luís Montenegro, líder da bancada parlamentar, a explicar-se, num artigo no Expresso.

Também Alexandre Picoto, personalidade referida no DN como maçónica e tendo orquestrado a eleição da nova direção da distrital do PSD de Lisboa, negou ontem ao DN pertencer a qualquer obediência.

Admitiu porém ter relações profundas com o universo maçónico, garantindo que participou "em vários jantares da maçonaria" e orgulhando-se de já ter estado "nas instalações do GOL em Lisboa e no Porto e nas instalações da GLLP em Lisboa". https://www.dn.pt/politica/interior/maconaria-embaraca-dirigentes-sociais-democratas-2227744.html


O director de campanha de Paulo Rangel disse que a empresa em causa é a Pitagórica e que procurando na Internet fica-se a saber que esta tem como director Alexandre Picoto, e que este por sua vez aparece na página da candidatura de Passos Coelho como um dos membros da sua Comissão de Honra. https://www.dn.pt/portugal/interior/sondagem-do-sol-feita-por-empresa-apoiante-de-passos-coelho-1523330.html

Sondagem do Sol feita por empresa apoiante de Passos Coelho

19/03/2010 O director de campanha de Paulo Rangel colocou hoje em causa a credibilidade da sondagem publicada pelo jornal Sol sobre as directas do PSD, dizendo que esta foi feita por uma empresa de um apoiante de Passos Coelho. Sondagem do Sol feita por empresa apoiante de Passos Coelho


A maçonaria felicita António Guterres, pela sua eleição para Secretário-geral das Nações Unidas -  A maçonaria portuguesa está representada na Organização das Naçoes Unidas. No ECOSOC pela CLIPSAS, a maior  organização maçónica da corrente liberal, sendo membros, o Grande Oriente Lusitano e a Grande Loja Simbólica de Portugal https://www.maconariaportugal.com/251-antonio-guterres-secretario-geral-das-nacoes-unidas


A Maçonaria Em Portugal- uma História de Corrupção e Conspiração 
A maçonaria é um instrumento de corrupção, que dilui a separação de poderes (que já por si é deficiente, ver até virtualmente inexistente), promovendo a promiscuidade entre os ricos e poderosos. A existência de sociedades como a maçonaria explica em grande parte a razão pela promiscuidade entre políticos com visibilidade, sendo que grande parte da classe política em Portugal é de facto uma grande teia cujas ligações superam divisões partidárias; por detrás da fachada que é a falsa discórdia teatral a que assistimos na assembleia todos os dias, estão plataformas como, mas não só, a maçonaria que permitem coordenação e concertação entre os ricos e poderosos. 

É igualmente uma pirâmide de controle por ser uma sociedade esotérica (ou seja, é uma organização altamente hierarquizada, onde a progressão se efetua por graus [ou degraus] supostamente pré-definidos). Podemos dizer que a maçonaria é de certa forma uma estrutura militarizada que por definição instrumentaliza os que ocupam os graus inferiores para beneficio dos que ocupam os graus superiores, em detrimento dos ‘profanos’, os ‘goyim’ (gado), ou seja, nós, 99.9% da população. A maçonaria é igualmente utilizada por outras sociedades, como os infames Jesuítas e a Sociedade Teosófica, para recrutar membros e atingir os seus fins. A maçonaria é a menos secreta de todas as sociedades secretas, e por esta razão é particularmente susceptível a ser infiltrada e utilizada por terceiros. https://casadasaranhas.com/2012/07/19/a-maconaria-em-portugal-uma-historia-de-corrupcao-e-conspiracao/

 AINDA ALGUMAS NOTAS DO ARTIGO DO TÉLA NON, QUE MERECE ATENTA ANÁLISE E REFLEXÃO



O partido ADI, aposta muito neste mecanismo de estudo do mercado político, para orientar as suas acções no terreno. Antes das eleições legislativas e autárquicas de outubro de 2014, Patrice Trovoada na altura exilado voluntariamente em Portugal, encomendou os serviços de uma empresa portuguesa de sondagens.


O trabalho realizado pela empresa portuguesa, ocorreu antes do regresso triunfal de Patrice Trovoada recebido por milhares de são-tomenses no aeroporto internacional. O estudo realizado em 2014, projectou uma vitória da ADI nas eleições de Outubro de 2014, e com maioria absoluta. Segundo a sondagem a ADI iria  eleger acima de 28 deputados a Assembleia Nacional que tem 55 assentos. Quando o povo exerceu o poder político no dia 12 de Outubro de 2014, ADI arrecadou 33 dos 55 mandatos em disputa.




Falhas gravíssimas? - Nada de anormal numa fraude perfeita
Agora em Agosto de 2018, o partido ADI encomendou os serviços da empresa Pitágoras. Uma empresa de origem Portuguesa com filial em Cabo Verde que após trabalho no terreno nos dias 6, 7 e 8 de Agosto, produziu um resultado interessante para a ADI.- Mais pormenores emhttps://www.telanon.info/politica/2018/09/11/27741/sondagem-encomendada-pela-adi-projecta-sua-derrota-nas-eleicoes-legislativas/

Nenhum comentário :