expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

São Tomé – Eleições 7 de Outubro – Patrice acabou com a VOLTA DO CACAU, a prova desportiva mais popular na Ilha; a organização capitulou por falta de 30 mil euros, todavia, gasta milhões em passeatas pelo estrangeiro, mas diz queÃngela Merkel e António Costa ainda viajam mais do que ele . A Saúde vai pela hora da morte, cara e ineficaz: – “Hoje tudo se paga. Consultas, medicamentos, análises. Há gente que quando não tem dinheiro, pura e simplesmente dá meia volta e regressa a casa – Denuncia, em campanha, o líder da oposição, Jorge Bom Jesus, que promete implantar medidas urgentes se for eleito - Em Fev de 2017, havia cerca de duas mil pessoas infetadas com a chamada doença desconhecida: para se ocultar a extensão da denominada doença, as visitas ao Hospital Central foram dificultadas e reprimidas à bastonada e desautorizada a visita de deputados da oposição – Faz agora 2 anos que, Patrice Trovoada, subalternizou Evaristo Carvalho, na ONU, mas a falar prás moscas.

Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise

SÃO TOMÉ E AS ELEIÇÕES DE 7 DE OUTUBRO – O QUE DIRÁ UM PM AO POVO, QUANDO DEIXA CAIR A PROVA  DE CICLISMO MAIS POPULAR DA ILHA POR MEROS 30 MIL EUROS E GASTA MILHÕES EM PASSEATAS E SEM MEDICAMENTOS NO HOSPITAL?


O POVO "PIQUENO" DESILUDIDO VOLTA-SE PARA OS CURANDEIROS OU PARA O SOBRENATURAL - Correndo inevitáveis riscos  - Refere noticia recente de que o "Ministério da Saúde, sacode as responsabilidades    -  Pelo menos 90% dos medicamentos vendidos nas ruas de São Tomé são contrafeitos   - Há pouco mais de 10 anos, uma cidadã do distrito de Lobata, norte do país, perdeu dois filhos, depois de medicá-los com remédios comprados na rua. O caso foi parar ao tribunal e o Estado são-tomense foi condenado a uma indemnização a favor da vítima, superior a 8.000 euros. https://www.rtp.pt/noticias/mundo/pelo-menos-90-dos-medicamentos-vendidos-nas-ruas-de-sao-tome-sao-contrafeitos_n1100994


-PATRICE É COMO O BICHO CARPINTEIRO - ESTE  NÃO CESSA DE ESCARAFUNCHAR; , PATRICE NÃO PÁRA DE VIAJAR  Em 2015, apenas esteve no país 75 dias, desbaratando dinheiros públicos  custaram 1 milhão e 800 mil euros Patrice só cá esteve 75 dias em 2015- Viagens custaram 1 milhão e   Gastos que tanto jeito dariam a alguns milhares de famílias

24/09/2016 -PATRICE ACABOU COMO UMA DAS PROVAS DESPORTIVAS MAIS POPULARES NA ILHA   Depois das seis edições, a Volta do Cacau conhece este ano a primeira interrupção, justificada pelo presidente da Federação do Ciclismo, Tiziano Pisoni, com o facto de não reunirem a verba suficiente para a materialização da sétima edição.

“Infelizmente no ano passado não conseguimos cobrir todos os custos relacionados com a organização da  Volta do Cacau cujo orçamento rondou por volta dos 30.000 euros com um número de 40 a 45 participantes”.

“Realmente é uma pena porque desde o início do ano recebemos muitos pedidos de participação, pois a Volta do Cacau está a começar a entrar no calendário desportivo internacional e uma interrupção pode comprometer todo o progresso conseguido nos últimos anos”. Lamentou Pisoni. STP sem Volta do Cacau | Téla Nón

 RIBEIRO E CASTRO - O PROPAGANDISTA -DA  mudança e estabilidade | Público 


O  MILIONÁRIO PATRICE TROVOADA – PROMETEU UM SALÁRIO MÍNIMO DE 50 EUROS MAS FICOU-SE PELOS 40 – ENQUANTO A MÉDIA DAS PENSÕES NÃO EXCEDE A MIGALHA DOS 20. 

Fez promessas de todo o tipo mas a única certeza que há é que não é com 40 euros mensais ou 20 nas reformas sociais, como é que a esmagadora maioria do povo pode sentir-se feliz?  - E para onde se escoam os milhões: Portugal tem sido um dos principais financiadores, com protocolos atrás de protocolos, pois  os testas de ferro da GALP, ainda continuam a sonhar com el-dourados no fundos dos abismos do mar – Só em 2016, veja-se isto: 0/07/2016 Linha de crédito de 10 milhões vai apoiar investimento português em... 02/09/2016  Novo programa de cooperação Portugal-São Tomé envolve 57,5 .


Hospital Central - privatizado - Pior que no tempo colonial

HOSPITAL AYRES MENEZES - AINDA EM PIOR ESTADO DE QUE NO PERÍODO COLONIAL
Quando ali dei entrada, em Março de 2016, devido a um Acidente na escalada do Pico Cão Pequeno conquanto rodeado atenções por parte de médicos, enfermeiros e auxiliares, as condições da enfermaria eram insalubres e as casas de banho imundice de causar vómitos.

Fev – 2017 - Doença desconhecida – Deputados falam de mais de 2 mil casos e 8 mortes - Após visita ao hospital Ayres de Menezes, a enfermaria que acolhe as vítimas da doença desconhecida, e de conversas com o pessoal clínico, os deputados da oposição anunciaram para a imprensa novos dados sobre o número de casos já registados e de óbitos. «Neste momento já se contabiliza mais de 2 mil pessoas infectadas e já houve cerca de 8 óbitos. Daí que é uma reocupação geral», declarou o porta-voz dos deputados da nação das bancadas da oposição.
 
. «A saúde pública não está a funcionar. Deveria haver responsabilização criminal para os altos responsáveis da saúde pública», afirmou o porta-voz Jorge Amado.

A insalubridade que domina a capital São Tomé e o país em geral, foi apontado como um dos problemas.. Segundo os deputados, para além de fardos de roupa usada, o povo pequeno passou a comprar no mercado da capital, talheres, pratos e panelas de fardo. «Esta epidemia é o princípio de muitas que poderão vir a acontecer aqui em São Tomé, porque hoje temos fardo de todo tipo, até de pratos de plástico, panelas usadas e encardidas, facas e garfos. Coisas que nunca se poderia imaginar no país. Todos esses objectos são de contaminação», referiu o porta-voz dos deputados. https://www.telanon.info/politica/2017/02/08/23753/doenca-desconhecida-deputados-falam-de-mais-de-2-mil-casos-e-8-mortes/

 O POVO "PIQUENO" DESILUDIDO VOLTA  SUAS ESPERANÇAS PARA OS CURANDEIROS OU  O SOBRENATURAL - "MARIA  - NOSSA SENHORA DE LURDES ROGAI POR NÓS -  Apelo escrito - atravessando a rua - numa das festas religiosas junto à capela do Hospital Ayres Menezes "


A DOENÇA NÃO É  PARA SE  MOSTRAR OU PARA CURAR MAS OCULTAR - Depois terem condenado a visita de deputados da oposição às enfermarias do Hospital Ayres Menezes para se inteirarem do estado em que se encontram ali os doentes pela denominada doença desconhecida, que, depois de ser batizada por úlcera de buruli, agora é definida, numas noticias, como  "celulite necrosante", noutras, como "celulite necrotizante (a terrivel doença devoradora carne humana), estenderam a proibição às  pessoas que queiram ali visitar os seus familiares ou amigos hospitalizados, senão através de cartões especiais da sua confiança politica,  situação esta que,  além de ter gerado um grande descontentamento  na população, já provocou cenas de brutal violência

 FAZER-SE LUZ NAS TREVAS  - Para se combater o medo do desconhecido, não há como fazer-se luz - Pois é mais grave darem-se noticias falsas, afirmar-se publicamente que se trata de uma doença desconhecida de que apontar o nome da doença: - Pois, como se compreenderá, do desconhecido toda a gente tem medo e do que é conhecido, as pessoas podem defender-se ou acautelar-se


S. Tomé - Óscar Medeiros

«A saúde pública não está a funcionar. Deveria haver responsabilização criminal para os altos responsáveis da saúde pública», afirmou o porta-voz Jorge Amado". – 

Não gostaram de ouvir estas afirmações e vão de afirmar: «Os grupos parlamentares em termos de lei não têm direito de ir visitar nenhum serviço público. É em violação das regras da República que os senhores deputados do MLSTP do PCD e da UDD entraram para o hospital e para os serviços do hospital. Ministro Varela condena visita de deputados ao Hospital Ayres de

ESPANCAMENTOS BRUTAIS - 17/03/ 2017  Segundo a fonte médica que relatou o acontecimento para o Téla Nón , a mulher que foi espancada pelo agente da polícia, vai diariamente ao hospital para visitar o seu marido, que precisa de cuidados especiais, nomeadamente para tomar banho e outros cuidados higiénicos. Violência no Hospital Ayres de Menezes | Téla Nón


OPOSIÇÃO TEM AGORA A SUA OPORTUNIDADE DE DAR NOVO RUMO NAS ELEIÇÕES DE 7 DE OUTUBRO   MAS COM O CAMPO MINADO, EM TODOS OS  ÓRGÃOS DE SOBERANIA E INSTITUIÇÕES DO ESTADO, O QUE SE PODE ESPERAR    No entanto, há que  aproveitar para denunciar e desmascarar:

Refere o Jornal Transparência que Jorge Bom Jesus foi recebido por grande massa popular no Distrito de Cantagalo

O candidato de forma humilde e respeitosa, percorreu várias localidades do Distrito de Cantagalo, nomeadamente, Angra-Toldo Cavalete, Santa Cecília, Colónia Açoriana, tendo passado depois a Vila de Ribeira Afonso, Praia Plano, Comunidade de Água-Izé, onde manteve contacto directo com as populações, porta a porta, tendo terminado a sua passeata com uma grande concentração popular na cidade de Santana, concretamente no Centro Paroquial de Cantagalo, onde os jovens, crianças e adultos aplaudiram com a grande simpatia.


JORGE BOM JESUS QUER IMPLANTAR MEDIDAS DE URGÊNCIA NA SAÚDE O presidente do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe - Partido Social Democrata (MLSTP-PSD) declarou que quer "tomar algumas medidas de emergência" na área da saúde, caso seja eleito primeiro-ministro nas eleições legislativas de 07 de Outubro.



"Hoje tudo se paga. Consultas, medicamentos, análises. Há gente que quando não tem dinheiro, pura e simplesmente dá meia volta e regressa a casa e continua a agravar a sua doença. Nós temos que resolver este problema, a saúde é responsabilidade do estado, é responsabilidade do governo, qualquer governo que se preze tem que querer ter uma população saudável", acrescentou.


Eu não posso permitir que um velho que deu tudo por esta terra, doente, com uma reforma baixa, vá para hospital e tem que pagar tudo", disse o líder do MLSTP-PSD durante o comício que marcou a abertura de campanha do partido.

(..) No capítulo da Educação, Jorge Bom Jesus acusou o governo do primeiro-ministro Patrice Trovoada de "ganância pelo dinheiro", aumentando tudo e prejudicando muita gente com carência.

"Hoje, filho de pobre tem dificuldade para entrar no ensino superior porque as propinas são muito caras


PATRICE DECLAROU NUMA ENTREVISTA À RTP QUE EVARISTO FAZ LOBI COM O GOVERNO  - EVARISTO, COMPASSIVO E DEIXA ANDAR,  COMPREENDE O PAPEL DE PAU-MANDADO E TEM-SE DEIXADO SUBALTERNIZAR 


De recordar, que, numa entrevista de Patrice Trovoada, à  RTP, pouco depois de Evaristo ter tomado posse, ter declarado, que,  que, com ele a presidente, "será mais uma instituição que vai fazer  lobi com o Governo  para os santomenses entenderem que estas reformas são absolutamente  necessárias para a modernização da nossa economia" - Porque - segundo diz - as reformas nunca são pacificas -  -Claro, muito pacificas, com invasão das tropas ruandesas no Parlamemnto e bastonadas nas manifestações de ru. http://www.rtp.pt/noticias/mundo/aceitamos-a-guine-equatorial-na-cplp-e-temos-de-o-assumir_v947809


PT AFIRMOU TAMBÉM NA MESMA ENTREVISTA QUE ANTÓNIO COSTA VIAJA MAIS DO QUE ELE - Em 2011 - Alegava que fazia viagens privadas e públicas Na primeira legislatura, quando teve  dar o fora antes de que fosse engavetado, alegava à oposição que era ele que suportava as despesas das viagens privadas - As que não não eram como PM: - Alegando que tais  viagens tinham a ver "com a maneira de viver e os hábitos de cada um" - Agora é tudo promocional

MAS QUE SE ACAUTELE PORQUE O PATRICE NÃO  RECONHECE AMIZADES  E NÃO PERDOA A QUEM NÃO LHE PRESTE  INTEIRA VASSALAGEM

Faz hoje precisamente dois anos, que, Patrice Trovoada, usurpou as funções do Chefe de Estado e se apresentou na ONU, a falar em francês, que é a língua do Gabão, pais onde nasceu e cresceu – Mas, azar das arábias: pois consta-se que teria saído muito contristado pelo facto de ter estado a falar para uma enorme plateia, praticamente vazia, tal como documentam  as imagens - Sem a presença de qualquer Chefe de Estado ou Primeiro-Ministro 

No centro da cidade de S. Tomé
Este papel deveria ter sido desempenhado pelo atual Presidente da República, Evaristo Carvalho (este dificilmente falaria noutra língua), eleito peoa partido que detém o poder, mercê de  um processo eleitoral fraudulento promovido  pelo seu  governo - Mas era justamente isto o que, o espírito vaidoso, de hábil ilusionista  Patrice Trovoada, pretendia concretizar: - ou seja, eleger apenas uma figura decorativa na Presidência da República e fazer dele a sua marioneta  - Não apenas para a "constituição do lóbi para as as reformas", ultraliberais, que pretendia impor mas também para justificar as suas constantes passeatas por vários países do mundo



Nenhum comentário :