expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

DOSSIER ARROZ ORIENTAL NO PLEITO ELEITORAL DE S. TOMÉ E PRÍNCIPE A 7 DE OUTUBRO - Defenda a sua saúde do mau arroz e dos maus políticos SE FOR ARTIFICIAL, COMO TÊM SIDO OS GOLPES DE PATRICIANOS, ACAUTELE-SE! PODE JÁ NEM CHEGAR AO HOSPITAL - Patrice Trovoada volta a insistir nas mesma cantiga – Em 2014 prometeu arroz barato - com o slogan dos 13 contos - mas em barato nem caro - Para iludir os que vão na sua cantiga, teve que ir desencalhar uns sacos do armazenado ,sabe-se lá em que estado Mesmo ofertado pela China e Japão, não se sabe como desaparece do mercado, tal como desaparecem barcos - Será que é exportado para misteriosos negócios?


Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informaçao e análise

- SAIBA COMO RECONHECER SE O ARROZ É NATURAL, ESTÁ DETERIORADO  OU É DE PLÁSTICO  


ULTIMA HORA - MALGA DE ARROZ DE NOVO NA MALA DE PATRICE – Á última hora Patrice foi busca-lo aos armazéns para caçar votos – Mas cuidado do gato por lebre – Noticias da escassez de arroz, considerado um alimento básico em São Tomé e Príncipe, estava a causar alguns engulhos a Patrice   - A indignar a população e o problema entrou na campanha eleitoral” https://www.msn.com/pt-pt/noticias/africa/s%C3%A3o-tom%C3%A9-escassez-de-arroz-preocupa-popula%C3%A7%C3%A3o/vi-BBNJQGH
 

Pois, mas, Patrice Trovoada, habituado a jogar e a fintar, lá foi desencalhar uns quantos sacos, não importa o estado, conquanto  sirva de propaganda ao  eleitorado; claro, o que ele não desencalha, são os catamarãs encalhados nas ou as esferas de gás, abandonadas na praia da Rosema, em Neves

Diz o Téla Nón, que  “Cilada do arroz” na Trindade permitiu a soltura do produto para o último sprint eleitoraL - Depois do comício da Trindade, já na segunda feira apesar de ter sido feriado nacional, alguns sacos de arroz começaram a circular no mercado. Muitos são-tomenses começaram a arrebatar os primeiros sacos de arroz que foram lançados no mercado. https://www.telanon.info/politica/2018/10/02/27890/cilada-do-arroz-na-trindade-permitiu-a-soltura-do-produto-para-o-ultimo-sprint-eleitoral/

 NAO ESQUECER AS HABILIDADES DE PATRICE :


“Arroz “SUJO” e enfarinhado está a ser rejeitado em Lobata  - 18/12/2015  O cidadão, que passou toda manhã de quinta – feira na capital são-tomense, procurou também o Téla Nón, e conseguiu então denunciar a situação do arroz que está a ser vendido no distrito. «A população constata que o arroz está estragado. Não está em condições para ser consumido. As comunidades estão aborrecidas com o poder local que levou o arroz para o distrito», afirmou Nilson da Trindade Sousa(na foto).
Mostrou para o Téla Nón, cerca de 2 quilos do arroz, num saco plástico como amostra para confirmar o avançado estado de deterioração do produto, Nilson da Trindade Sousa, recordou que nas eleições de Outubro de 2014, o arroz foi definido pela ADI e pelo seu líder como “O Poder do Povo”. «Ele disse que arroz é o “Poder do Povo, não está a ser confirmado. Estamos a ver que o homem não cumpriu a promessa de campanha», precisou. Arroz dito“SUJO” e enfarinhado está a ser rejeitado em Lobata






Poluição por metais pesados ameaça indústria do arroz na China - A contaminação progressiva das terras agrícolas da China diminuiu severamente a venda de arroz em Hunan, a principal província chinesa de cultivo de arroz. O arroz em outros lugares também foi identificado como contaminado com chumbo e cádmio devido à irrigação com águas residuais industriai"s, segundo relatórios de departamento chinês. – Denúncia exposta num dos jornais do regime e citada por jornal brasileiro"



"O arsénio pode contaminar o arroz por causa do uso de toxinas e pesticidas, que permanecem no solo durante décadas. Cientistas alertam para risco de contaminação de arsênio, substância que causa câncer e problemas cardíacos se consumida em excesso. Segundo o jornal The Independent . 


"O arroz é contaminado por toxinas industriais e pesticidas à medida que cresce, e o arsênico que eles contêm pode causar sérios problemas de saúde, incluindo doenças cardíacas, diabetes e até mesmo câncer , bem como problemas de desenvolvimento mental."

"Uma pesquisa recente indica que o método usual de cozinhar arroz pode expor os consumidores a vários problemas sérios de saúde.El arroz puede causar cáncer si no se cocina así"

GOVERNO CHINÊS A BRAÇOS COM SOLUÇÃO  DO PROBLEMA, EM FACE DOS ALTOS NÍVEIS DE POLUIÇÃO QUE AFETAM A ATMOSFERA
 E A CONTAMINAÇÃO DOS SOLOS  
"Trabalhadores camponeses afetados"

Ma Wenfeng, um analista da empresa ‘Dongfang Aige Consultoria de Agricultura’, disse à imprensa chinesa que Hunan é a província que mais produz arroz na China, com uma colheita anual superior a 26 milhões de toneladas, o que representa 13% da produção nacional de arroz. Ma Wenfeng disse que os agricultores serão atingidos se ninguém comprar arroz de Hunan. “Se a terra está poluída com metais pesados, os agricultores continuarão plantando arroz?”

(..) O Sr. Peng acrescentou que os padrões de inspeção de metais pesados são “muito rigorosos” e devem ser relaxados, para que o arroz passe todas as inspeções locais
Publicado em 04/04/2013 às 14:18 - Atualizado em 04/04/2013 às 17:02
https://www.epochtimes.com.br/poluicao-por-metais-pesados-ameaca-industria-do-arroz-na-china/#.WitIx1Vl_tQ




DEFENDA A SUA SAÚDE E O INTERESSE COLETIVO DO SEU PAIS E NÃO SE DEIXE ILUDIR COM A HABITUAL CANTILENA  DAS PROMESSAS ELEITORAIS DO ARROZ  BARATO OU OFERTADO  - GRANDE PARTE DO ARROZ ORIENTAL PROVÉM DE SOLOS CONTAMINADOS – Que poderão provocar gravíssimas doenças – Quem sabe se a tal doença misteriosa, não terá sido também  provocada  por consumo de arroz deteriorado e contaminado?




UMA VEZ MAIS O JOGO DO ARROZ NO PLEITO ELEITORAL  Além de alimentar altos negócios de corrupção, tem servido para captar votos, juntando-se ao extenso rol de promessas falaciosas – Patrice Trovoada, defensor de que a corrupção é uma tradição e comprar votos, faz parte do jogo

Refere nutricionista  que "os alimentos que se encontram contaminados por Bacillus Cereus podem levar ao desenvolvimento de sintomas como náuseas, vómitos e cansaço. Para além do arroz, as principais fontes de contaminação são a carne, leite e vegetais cozinhados e armazenados a uma temperatura inadequada ou que são reaquecidos em pouco tempo"


Mais de 16,1% do solo chinês está contaminado, reconheceu o Governo  Uma investigação realizada pelo Ministério da Protecção Ambiental chinês mostrou que 16.1% do solo chinês tem níveis de poluição bastante elevados, incluindo metais pesados. "Em 82,8% do território contaminado existem poluentes inorgânicos tóxicos, incluindo cádmio, mercúrio, arsénico e chumbo”.


Esta crescente degradação do meio ambiente é um grande flagelo para população chinesa, cada vez menos disposta a aceitar o sacrifício do ambiente e da sua própria saúde pelo crescimento económico. https://www.publico.pt/2014/04/18/mundo/noticia/mais-de-161-do-solo-chines-esta-contaminado-reconheceu-o-governo-1632709



27/04/2015 Poluição por metais pesados ameaça indústria do arroz na China A contaminação progressiva das terras agrícolas da China diminuiu ... a venda de arroz em Hunan, a principal província chinesa de cultivo de arroz. ..






Patrice cai na “cilada do arroz” no comício da Trindade – Diz o Téla Nón – Referindo-se à repetição de promessas num comício da Trindade


Claro que à primeira quem quer cai – E à segunda só quem é tolo   - Patrice Trovoada, jogou com o badalado arroz de 13 contos, em 2014 – 

Mas não só foi por esse facto que ele logrou a maioria absoluta – Ele diz que a corrupção é uma tradição e comprar votos, faz parte do jogo. Por isso mesmo, ele usou (tem usado) vários expedientes, sobretudo a fraude, tal como fez nas presidenciais e é o que vai tentar fazer em 7 de Outubro – Por mais que o ato eleitoral seja encenado por observadores, pois lá estará por trás a mão do pai  Miguel Trovoada, que já desempenhou alto cargo da ONU, em Bissau, onde não deixou saudades, mas serviu-lhe Maria do Carmo Trovoada  para o nomear a chefiar a equipa de observadores da CLP, nas eleições presidenciais de 2016

Refere o Téla Nón, que foi nas eleições de 2014, o principal trunfo político de Patrice Trovoada, na conquista da maioria absoluta para o seu partido ADI. Prometeu arroz barato para o povo, e depois de ganhar as eleições com o arroz como principal estratégia de campanha política, emitiu um decreto a fixar o preço do arroz em 13 mil dobras o quilo, como havia prometido a todo o povo.


(..) Patrice Trovoada que transformou o arroz no factor decisivo para a conquista do poder em São Tomé e Príncipe, confronta-se actualmente com a falta do produto no mercado nacional. Mais grave ainda, é que o preço que foi aumentando de ano em ano, matou a sua principal promessa eleitoral de 2014, e atingiu em Setembro de 2018, o valor de 40 à 50 contos por cada quilo. https://www.telanon.info/politica/2018/09/30/27878/patrice-cai-na-cilada-do-arroz-no-comicio-da-trindade/





EXPRESSO Mais de duas toneladas de “arroz de plástico” confiscadas na Nigéria   - À primeira vista, o arroz parecia real. Mas quando se pegava numa mão cheia de grãos e se cheirava, era impossível não sentir o intenso odor a químicos



21/12/2016 Um total de 102 sacos, cada um com 25 quilos de “arroz de plástico”, foram apreendidos na Nigéria. Segundo o serviço alfandegário, citado pela BBC, o falso produto entrou no país traficado por “homens de negócios sem escrúpulos”.

Haruna Mamudu, chefe de alfândega de Lagos, principal cidade do país, referiu que o falso arroz estava previsto ser vendido nos supermercados durante a época festiva. Mamudu explicou que quando cozido, o arroz ficava muito pegajoso, tornando-se claro que não estavam perante uma porção normal. “Só Deus sabe o que teria acontecido” se as pessoas o tivessem comido, declara, citado pela BBC.

(…) Ainda não se sabe de onde terá vindo esta centena de sacos apreendidos. Como escreve a BBC, no ano passado, também foi confiscado “arroz de plástico” na China. Os escândalos que envolvem comida são raros na Nigéria quando comparados com os que acontecem em países como a China. Neste país é mais comum grandes escândalos com falsas drogas farmacêuticas que matam um grande número de pessoas todos os anos.

O arroz é a comida principal na Nigéria e o único alimento que atravessa várias culturas e etnias por todo o país. Expresso | Mais de duas toneladas de “arroz de plástico” confiscadas ...

POLICIA REPRIME E DETÉM INFRACTORES -




SAIBA COMO RECONHECER SE O ARROZ É NATURAL, ESTÁ DETERIORADO  OU É DE PLÁSTICO






Pergunta quem sabe:  “O arroz que comes todos os dias é "arroz de verdade"? Faz o teste e descobre!A maior parte das pessoas nem imagina, mas anda por aí muito arroz falso e prejudicial à saúde! Por isso é importante que faça o teste ao arroz que habitualmente consome, para ter a certeza se este é um arroz verdadeiro ou não!


A China permanece sendo o maior produtor de arroz do mundo. Eles colhem mais de 200 milhões de toneladas por ano e uma grande parte disso é exportada para o mundo todo. Mas, tanto cozinheiros quanto restaurantes devem tomar cuidado: não só há incontáveis quantidades de pesticidas usados na agricultura chinesa, como, de acordo com uma reportagem do The Korea Times, o arroz também está a ser manufaturado artificialmente.


Com esses truques simples pode testar se o seu arroz é integral e sem plástico:

Coloque uma colher de grãos de arroz (não cozidos) num copo com água fria e mexa vigorosamente. Se todo o arroz afundar, pode consumir. Se os grãos ficarem na superfície, tenha cuidado. Teste do fogo -Coloque fogo num pouco de arroz com um fósforo ou isqueiro. Se ele começar a pegar fogo imediatamente e cheirar a plástico queimado, então já sabe o que fazer… Não coma! - Teste do pilão -Quando esmaga alguns grãos de arroz num pilão, eles devem ficar reduzidos a um pó fino, branco e feculento. Mas com o arroz artificial você verá uma coloração amarela. - Teste do mofo


Se quiser ter certeza que o seu arroz cozido é seguro, coloque uma pequena quantidade num recipiente bem vedado e deixe num local quente. Em aproximadamente dois dias ele terá ficado com mofo e bolor. Só o arroz falso fica livre do mofo.

Aqui está um vídeo que mostra os truques referidos anteriormente:

Poluição causada pelas atividades de mineração mata vilarejos na China

23/07/2012 Na Mongólia Interior, a cidade chinesa de Baotou apresenta um escoadouro de 10 quilômetros quadrados, onde indústrias de alta tecnologia despejam águas carregadas de produtos químicos usados no tratamento de minerais,..Poluição por atividades de mineração destrói vilarejos na China



OUTRAS PREOCUPAÇÕES AMBIENTAIS EXPOSTAS NA IMPRENSA CHINESA Poluição do solo pesado do solo - Metais pesados ​​significam metais com uma gravidade específica igual ou superior a 5,0, como Fe, Mn, Zn, Cd, Hg, Ni, Co, etc. Como é um metalóide, mas por suas semelhanças no comportamento químico e ambiental com metais pesados, Portanto, os metais pesados ​​são frequentemente incluídos na discussão sobre arsênico, enquanto outros estão diretamente incluídos na gama de metais pesados. (…)  Verificou-se que a produção de arroz múltiplo na China excedeu os níveis de cádmio ea poluição do solo tornou-se "perigo público". O surgimento da "crise do arroz de cádmio" mais uma vez soou o alarme da poluição do solo http://www.xtcyjt.com/news/jituandongtai/669.html

JAPÃO E CHINA -  NOS JOGOS POLÍTICOS E NOS RSICOS DO ARROZ  - 

Japão: Arroz contaminado com pesticida e fungo leva ministro a renunciar - Cereal importado da China com pesticida e fungo é desviado para a indústria alimentícia e usado em produtos vendidos em oito regiões. A novidade é que a iguaria acaba de derrubar dois membros do primeiro escalão do governo japonês. O ministro da Agricultura, Seiichi Ota, e o vice-ministro, Toshiro Shirasu, pediram demissão após a descoberta de que comida contaminada por pesticida e fungo foi servida em escolas, restaurantes, hospitais, lojas e lanchoneteshttps://www.ecodebate.com.br/2008/09/22/japao-arroz-contaminado-com-pesticida-e-fungo-leva-ministro-a-renunciar

Mochi: os bolinhos de arroz japoneses que matam   - 02/01/2018 -São pequenos "ovos" de arroz tradicionais no Japão, muito difíceis de consumir. Os mochi são tradicionalmente servidos durante as celebrações, como a passagem do ano, mas podem ser fatais: nesta entrada em 2018, pelo menos duas pessoas morreram e há várias em risco de vida por se terem engasgado com a iguaria.Mochi: os bolinhos de arroz japoneses que matam - Diário de Notícias 

Japão corta em 30% o fornecimento de arroz a STP
16/12/2014 O Governo japonês que enviou o seu embaixador a São Tomé na última semana, informou o Primeiro-ministro Patrice Trovoada, sobre a redução no fornecimento do produto cuja definição do preço tem valor estratégico na caça aos votos., Tudo por causa da má gestão das remessas enviadas, explicou Patrice Trovoada. «O problema que existe é que no dia 6 de Dezembro o Japão tomou a decisão de reduzir a ajuda alimentar a São Tomé e Príncipe, por causa da má gestão», Japão corta em 30% o fornecimento de arroz a STP – Téla Nón


A China entregou ao Governo mil toneladas de arroz, no âmbito do programa de ajuda alimentar ao executivo são-tomense.

Esta oferta suprimiu a carência deste produto no mercado onde o chamado arroz do Japão escasseou há mais de oito meses, altura em que os importadores privados começaram a comercializar este produto por 35 mil dobras (1,4 euros) o quilo

 "Esta doação é o resultado mais recente da cooperação bilateral e uma nova prova de amizade existente entre a China e São Tomé e Príncipe e isso demonstra, mais uma vez, o sentimento amistoso do povo chinês para com o povo são-tomense", disse, por seu lado, o embaixador chinês, Wang Wei.


18/05/2018  São Tomé e Japão assinam protocolo de ajuda alimentar no valor de 2 MEuro O governo são-tomense e do Japão assinaram hoje um protocolo de apoio à ajuda alimentar em donativos de arroz, avaliado em cerca de dois milhões de euros. São Tomé e Japão assinam protocolo de ajuda alimentar no valor de ...

18/05/2018  São Tomé e Japão assinam protocolo de ajuda alimentar no valor de 2 MEuro O governo são-tomense e do Japão assinaram hoje um protocolo de apoio à ajuda alimentar em donativos de arroz, avaliado em cerca de dois milhões de euros. São Tomé e Japão assinam protocolo de ajuda alimentar no valor de ...

Japão oferece 600 toneladas de arroz a São Tomé e Príncipe - SAPO 2412/11/2016 - O governo japonês ofereceu hoje a São Tomé e Príncipe 600 toneladas de arroz, de um total de 2.570 toneladas previstas para este ano,










Nenhum comentário :