expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

domingo, 7 de outubro de 2018

Eleições em São Tomé e Príncipe 2018 e o Zacarias da Costa – A chefiar a Missão de Observação Eleitoral da CPLP - Tudo em família: Miguel Trovoada chefiou a delegação da CPLP, nomeado pela sobrinha Maria do Carmo Trovoada, na eleição do Evaristo Carvalho a PR – Timor-Leste, esteve então envolvido com a oferta ao Governo são-tomense equipamentos para recenseamento eleitoral, avaliado em cerca de 420 mil dólares.- A esses materiais somam-se mais 50 mil dólares (44,1 mil euros) em dinheiro, além de duas viaturas avaliadas em 54 mil dólares (47,6 mil euros). Agora, aí está o Zacarias da Costa, nomeado pela Presidência de Cabo Verde, na CPLP, indicada pelo governo Ulisses da Costa, amigo de Patrice, a poder dar um abraço a Carlos Manuel Vila Nova, Ministro das Infraestruturas, Recursos Naturais e Ambiente; responsável pela administração e controle da ANP-STP,que, em 19 de Maio de 2011, ocupando idêntica pasta, assinou com Timor-Leste, um acordo de cooperação nos domínios de petróleo e gás – Não estranhe que haja ofertas tão generosas.



NÃO CONSTITUIRÁ NOVIDADE ALGUMA QUE O SR ZACARIAS - LÍDER DE UM PARTIDO DA MESMA ÁREA LIBERAL QUE ADI  - TENHA SIDO ESCOLHIDO PELA CPLP – TAL COMO FOI ESCOLHIDO MIGUEL TROVOADA, EM AGOSTO DE 2016  - PARA ENTÃO SE JUNTAR AOS “DISTINTOS” REPRESENTANTES DA ONU, ONDE MIGUEL TROVOADA, TAMBÉM JÁ ESTEVE PARA MELHOR CONHECER  OS GABINETES E TEIAS DA CASA –

ATÉ ONDE VAI A POUCA VERGONHA E O DESPUDOR - DE  SER OBSERVADOR EM CAUSA PRÓPRIA

TER BEM PRESENTE, QUE, MIGUEL TROVOADA, FUNDADOR DO PARTIDO ADI, QUE APOIA O GOVERNO DO SEU FILHO PATRICE TROVOADA, FOI QUEM MARIA DO CARMO SILVEIRA . TROVOADA, A ZELOSA SOBRINHA, MANDOU A CHEFIAR A EQUIPA DE OBSERVADORES DA CPLP, EM S. TOMÉ E PRÍNCIPE E EM ANGOLA NAS PRESIDENCIAIS DE 2016 QUE ELEGERAM O EVARISTO - SEM A MENOR PONTA DE ÉTICA E DE PUDOR OU DE VERGONHA - Estava tudo a correr com serenidade - Pois claro - A tribo Trovoada, aquela que domina o poder e o património, como sua coutada, é a maior peste das ilhas






NÃO É FÁCIL VOLTAR A ENGANAR O POVO, MAS A REPETIÇÃO DE UMA NOVA FRAUDE NÃO ESTÁ DE TODO DESCARTADA  COM A TRETA DO NÚMERO  DE OBSERVADORES  - OU NÃO FOI ISSO QUE O "PAU-MANDADO ANDOU A  PEDIR - Armado em justiceiro, quando ele só tem sido o mais serventuário aliado do regime de Trovoada, que o elegeu    

Julho, 2018 - O Presidente são-tomense, Evaristo Carvalho, prometeu ontem “fazer tudo” para que as próximas eleições marcadas para 7 de Outubro sejam supervisionadas por um “maior número de observadores externos Julho 2018 …Presidente quer mais observadores externos.
Presidente são-tomense garante “maior número de observadores 



Patrice e Erogan - Foto do  Facebbok  de Patrice Trovoada
NÃO RETIRO UMA PALAVRA DO POST, QUE EDITEI NESTE SITE - No passado dia 18 de Setembro



NESTES TERMOS – “O muçulmano Patrice  Trovoada, quer atirar S. Tomé e Príncipe, para o extremismo islâmico – Através do ensino primário, secundário, e universitário, ministrado pela  Türkiye Maarif Vakfı – Fundação turca “financiada pela Arábia Saudita na tentativa de introduzir a ideologia do Wahhabismo em toda a África” – “A raiz ideológica do Estado Islâmico, a principal fonte de terrorismo global”. – Depois do convite  de um pelotão de tropa  ruandesa– que a  oposição classificou de  “presença terrorista” que faz exercícios  no parlamento – e das provocações ao Bispo da Diocese, aí está mais uma perigosa investida por um nativo gabonês à índole pacifica do Povo Santomense

QUANDO SE PROMOVE O CULTO DA INTOLERÂNCIA E DO RADICALISMO, O QUE SE ESPERA?  UM MUNDO MELHOR, MAIS JUSTO E PACÍFICO?

Não é por acaso, que, Patrice Trovoada,  se dá ao desplante de  ordenar ultimatos  de encerramento de programas na estação da igreja católica, em S. Tomé, ou de, publicamente, pela rádio e  televisão do Estado,  dirigir provocações insultuosas ao Bispo da Diocese

Patrice Trovoada, desde que assumiu as funções de Primeiro-Ministro, em ambas as legislaturas , quer na que deixou a meio por força das graves acusações que pendiam sobre a sua governação, quer na atual, em que goza de confortável maioria parlamentar, nunca deixou de dar sinais de privilegiar o culto muçulmano, através de varias iniciativas, não tanto pelo facto de ele se assumir como um muçulmano  convicto, pois, como pode tamanha vaidade e egoísmo,  perfilhar qualquer culto de índole religiosa senão a de agradar aos petrodólares  dos campeões da corrupção, os à hipocrisia mais refinada dos milionários  da  Arábia Saudita - Ranking de Corrupção

“Um sistema de ensino privado turco, abre as portas no dia 2 de Outubro” – Foi noticia há três dias, mas o facto já foi acordado, há quase um ano

Em 24 de  Dezembro 2016, um representante  turco da Fundação Fundação Maarif assinou um memorando de entendimento, com o  Ministro da Educação, Ciência, Tecnologia e Comunicação, Olinto Daio, para abertura de um Centro de Cultura Turca, dois edifícios para escolas secundárias e primárias, jardins de infância, bem como de 60 hectares de terra  para estabelecer uma universidade. 

BOLSAS ENVENENADAS PARA SERVIR DESÍGNIOS OBSCUROS  - São-Tomé, 13 Set ( STP-Press ) –  Fundação Maarif da Turquia vai conceder bolsas de estudo aos alunos são-tomenses, criar centros escolares e instalar residências de estudantes no arquipélago são-tomense na sequência de um acordo assinado esta manhã pelo ministro dos Negócios e Estrangeiros e Comunidades, Urbino Botelho e pelo representante da fundação turca, Hayrettin Saraçoglu.
Assinado nas instalações do ministério dos Negócios Estrangeiros em São-Tomé, o acordo no âmbito educacional visa, essencialmente, providenciar e desenvolver serviços educacionais desde da pré-escola até ao ensino superior de acordo ao programa curricular são-tomense. http://www.stp-press.st/c102.htm  pormenores mais à frente



RAMALHETE PRONTO A SER SERVIDO  Diz a media que "Este domingo há eleições em São Tomé e Príncipe. Deverão ser acompanhadas por mais de 40 observadores internacionais
Mais de 40 observadores internacionais, de organizações como a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), União Europeia e União Africana, devem acompanhar as eleições deste domingo em São Tomé e Príncipe, indicou a Comissão Eleitoral Nacional (CEN).

A CPLP é, até ao momento, a organização mais importante que se encontra no arquipélago para observar as eleições legislativas, autárquicas e regional da ilha do Príncipe previstas para este domingo. https://observador.pt/2018/10/06/este-domingo-ha-eleicoes-em-sao-tome-e-principe-deverao-ser-acompanhadas-por-mais-de-40-observadores-internacionais/

MAS, AFINAL,  AO CONTRÁRIO DO APREGOADO, NÃO VÃO ALÉM DE 17 – NAS ANTERIORES ELEIÇÕES ERAM 10

Diz o Téla Nón que
A Missão de Observação Eleitoral da CPLP, chefiada pelo antigo Ministro dos Negócios Estrangeiros da República Democrática de Timor-Leste, Dr. Zacarias da Costa, cobre as eleições Legislativas e Autárquicas de hoje (dia 7) com 8 equipas, distribuídas pelos 6 distritos de São Tomé.


A Missão conta com um total de 17 observadores, entre os quais diplomatas e deputados  da Assembleia Nacional de Angola e da Assembleia da República de Portugal, que vão acompanhar o dia das eleições, desde a abertura ao encerramento das urnas. https://www.telanon.info/politica/2018/10/07/27937/17-observadores-eleitorais-da-cplp-foram-espalhados-pelo-pais/


MIGUEL TROVOADA, NÃO DEIXOU SAUDADES NA GUINÉ-BISSAU MAS PASSOU A PODER APERTAR MUITAS MÃOS ESPECIAIS, COM OU SEM LUVAS 
- 29 de Abril 2016 – “Miguel Trovoada, representante especial do Secretário-geral das Nações Unida ofendeu o Estado e Povo Guineense quando proferiu ontem no Palácio da República a declaração sobre o papel do Presidente da República. País, saiba que somos um povo humildes, cultos e de burro não temos nada. Estamos ciente que a nossa pátria custou suor e sangue dos seus gloriosos filhos e, não queremos de forma alguma pôr em causa as conquistas alcançadas perante esses sacrifícios.



(…)Voltando a carga, sabemos que foi o Miguel Trovoada foi quem orquestrou o falhado golpe de estado contra o seu sucessor, Fradique de Meneses. Também, é de ratificar que M. Trovoada sai da Guiné Bissau com consciência de quem não conseguiu sequer cumprir 50% do objectivo da sua missão. MIGUEL TROVOADA É PESSOA NÃO GRATA NA GUINÉ BISSAU



NÃO  SURPREENDERÁ, POIS, TAMBÉM, QUE, MIGUEL TROVOADA E O SEU FILHO PATRICE TROVOADA, POSSAM SER PRENDADOS COM UM  CALOROSO ABRAÇO DO ENVIADO DA CPLP  -  

Tal como foi noticiado, "o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros de Timor-Leste Zacarias Albano da Costa, foi nomeado  para chefiar  a Missão de Observação Eleitoral da CPLP a São Tomé e Príncipe, https://www.dn.pt/lusa/interior/sao-tomeeleicoes-antigo-mne-de-timor-leste-e-chefe-da-missao-de-observacao-da-cplp-9930081.html


TAMBÉM NÃO DEVERÁ CONSTITUIR QUALQUER SURPRESA SE FOR  RECEBIDO NO GABINETE DE CARLOS VILA NOVA  - Carlos Vila Nova - ANP
O  homem que lidera  o ministério das Infraestruturas, Recursos Naturais e Ambiente, responsável  pelos bastidores informativos  do  -órgão colegial de gestão, administração e controle da ANP-STP,


 O mesmo Carlos Vila Nova, que celebrou com Timor, negócios de concessões de blocos petrolíferos: São Tomé e Príncipe, 19 Mai0 2011  – São Tomé e Príncipe e Timor-Leste assinaram quarta-feira em São Tomé um acordo de cooperação nos domínios de petróleo e gás, anunciou o ministro são-tomense dos Recursos Naturais, Carlos Vila Nova.
O acto de assinatura decorreu nas instalações do Ministério de Recursos Naturais de São Tomé e Príncipe, tendo o documento sido rubricado por próprio ministro Carlos Vila Nova e pelo secretário de Estado timorense dos Recursos Naturais, Alfredo Pires. https://macauhub.com.mo/pt/2011/05/18/portugues-sao-tome-e-principe-e-timor-leste-assinaram-acordo-sobre-petroleo/

O POLÉMICO VILA NOVA QUE NÃO DEVERÁ FICAR  ATRÁS DE PATRICE EM SENIFAR OS INEBRIANTES PERFUMES DOS CIFRÕES DO  PETRÓLEO 
Até porque, estas negociatas, se escaparem ao absoluto sigilo dos mistérios nos gabinetes dos ministério, poderão causar alguns incómodos, tal como ele próprio já o reconheceu: 

 - 29/10/2013 –.O ex-ministro se manifestou triste com o conteúdo da carta da Stena Oil, que foi desvendado no parlamento. Para Carlos Vila Nova foi uma forma baixa para sujar o seu nome. «Deixar desta tentativa baixa de manchar o bom nome das pessoas.  - Na zona marítima santomense,  ainda não jorrou nenhuma gota à superfície do mar mas os testas de ferro do liberalismo selvagem, vibram só em falar-se destes negócios Ex – Ministro Vila Nova nega que tenha assinado contrato com a .

POIS, ENTÃO, SIM SENHOR - AMOR COM AMOR SE PAGA   - OU NÃO SERÁ MESMO ESSA A FILOSOFIA MANIFESTADA PUBLICAMENTE POR PATRICE - Ao afirmar que ninguém dá sem receber em troca 

 Timor-Leste oferece novos equipamentos eleitorais a São Tomé e Príncipe 

O vice-ministro da administração estatal de Timor Leste, Tomás do Rosário Cabral, entregou hoje ao Governo são-tomense um conjunto de equipamentos para recenseamento eleitoral, avaliado em cerca de 420 mil dólares (370,8 mil euros). - A esses materiais somam-se mais 50 mil dólares (44,1 mil euros) em dinheiro, além de duas viaturas avaliadas em 54 mil dólares (47,6 mil euros). https://24.sapo.pt/noticias/internacional/artigo/timor-leste-oferece-novos-equipamentos-eleitorais-a-sao-tome-e-principe_20611640.html

 PATRICE TROVOADA QUERIA IMPOR O VOTO ELECTRÓNICO, COM ACORDOS QUE TINHAM RAMIFICAÇÕES EM PORTUGAL, CABO-VERDE E TIMOR-LESTE - MAS A OPOSIÇÃO NAO ACEITOU 

O assunto gerou acesa polémica - E nós estivemos atento à situação e falámos dela neste si 

Mas, para já, o que importa recordar são as cumplicidades envolvidas, entre certos interesses timorenses e santomenses,  que  foram denunciados na entrevista que fiz a  Wilker André 


S. Tomé -29-02 2018 - Recenseamento eleitoral - "A duplicação do voto eletrónico é um risco!"

“Quando terminou o recenseamento, eu vi na net dois cartões;  há possibilidade de duplicação - Denuncia jovem  santomense, técnico de montagem de redes e sistema informático, residente em Lisboa, que colaborou com a CEN, nalguns trabalhos, desapontado por não se avançar com o  recenseamento da diáspora, como lhe prometeram http://www.odisseiasnosmares.com/2018/01/tome-recenseamento-eleitoral-duplicacao.html


EQUIPAMENTOS   OFERTADOS POR TIMOR-LESTE  ATRAVÉS DE UMA EMPRESA PRIVADA. A TRIGÉNIUS 

(...) Já no dia 15 do mesmo mês, o Presidente da CEN tinha se encontrado em Fátima com a Empresa de Tecnologia de Informação Trigénius Ti, que é a Empresa Portuguesa que forneceu os novos equipamentos eleitorais que a CEN dispõe neste momento, ofertados pelo Governo Timorense.
Neste encontro, o Presidente da CEN forneceu a referida empresa as informações solicitadas para a configuração dos equipamentos e manifestou algumas preocupações relacionadas com a manutenção e pequenas reparações que os equipamentos poderão necessitar no futuro.

Nesses encontros, o Presidente da CEN se fez acompanhar do Senhor Wilker André, um jovem são-tomense residente em Portugal, técnico de montagem de redes e sistema informático, que tem se manifestado toda a sua disponibilidade para apoiar a CEN nos futuros projectos na referida área. – Excerto da noticia editada no site da CNE no dia 29 de Nov de 2016 Presidente da CEN promove encontros de trabalho em Lisboa com Associação da Comunidade de São Tomé e Principe (ACOSPE) e com a empresa de Tecnologia de Informação Trigéniu       

ABORDADO PARA TRABALHAR COM EQUIPAMENTOS OFERECIDOS POR TIMOR ATRAVÉS DA TRIGÉNIUS   -Tendo chegado  a acompanhar, Alberto Pereira, numa deslocação  para se encontrar, em Fátima, com elementos da empresa Trigénius, tal como é referido no site oficial da CEN

 Wilker André- Sim, Alberto Pereira, foi a Cabo Verde, e propôs fazer o mesmo projeto, em S. Tomé  - Fiz um rascunho de algumas anomalias que poderiam surgir nessa programação, junto dos técnicos para se verem as soluções. “E foi assim que nós fizemos: fui dado apoio, dando ideias e eles foram corrigindo

 O equipamento foi oferecido pelo Governo de Timor-Leste ao Governo de STP, que também pagou à empresa Trigénius a instalação do Software em S. Tomé: a configuração e a base de dados

Sublinha  que não está em causa a qualidade do equipamento mas a possibilidade do software poder ser manipulado, frisando que, qualquer software informático, pode permitir a possibilidade de ser manipulado. E foi por isso, que eu e os técnicos, que estávamos nessa reunião, na presença do Presidente da CEN, tentámos ver as possíveis falhas, os possíveis erros e fomos corrigindo e arranjado soluções

 


PATRICE TROVOADA – "Manteremos tudo tal como está a nível do pacote eleitoral e nesse clima nós não vamos poder fazer as reformas para permitir os nossos compatriotas da diáspora votarem nas próximas eleições legislativas", lamentou Patrice Trovoada.

Quanto à auditoria pedida pela oposição sobre a base de dados da Comissão Eleitoral Nacional, o primeiro ministro respondeu que no entender do governo "as coisas estão muito bem organizadas e credíveis".

Se a oposição reclama auditoria, por respeito aos nossos irmãos timorenses, o governo não vai pedir nenhuma auditoria porque o governo tem confiança no trabalho que foi feito com Timor-Leste", sublinha.17/01/2018  Primeiro ministro são-tomense anuncia atualização dos cadernos


FRAUDE ELEITORAL ATRAVÉS DE MANIPULAÇÃO INFORMÁTICA É UMA POSSIBILIDADE - Admite Wilker André  Refere que o problema não está no equipamento oferecido por Timor ou na montagem do software através da empresa portuguesa Trigénius, que a considera competente mas de quem o vai operar.

Wilker André Em Cabo Verde, eu tive um exemplo: – eu fui técnico da Comissão Eleitoral, em Cabo Verde,  no período eleitoral, em 2006 e 2007, com o meu cartão de residência, na altura,  eu experimentei  fazer o recenseamento, eu próprio, mesmo não sendo cabo-verdiano, na altura: e isso ficou como uma referência que há a possibilidade de fazer a duplicação: ou seja, inserir pessoas, com algumas anomalias no sistema

Sublinha  que não está em causa a qualidade do equipamento mas a possibilidade do software poder ser manipulado, frisando que, qualquer software informático, pode permitir a possibilidade de ser manipulado. E foi por isso, que eu e os técnicos, que estávamos nessa reunião, na presença do Presidente da CEN, tentámos ver as possíveis falhas, os possíveis erros e fomos corrigindo e arranjado soluções
ATÉ ONDE VAI A DESFAÇATEZ

Promiscuidade sem o menor pudor
CPLP – Presidida por Maria do Carmo Trovoada Pires da Silveira,  enviou o seu tio para chefiar a missão de observação eleitoral da CPLP.  – Naturalmente que para observar em causa própria e contribuir para o branqueamento das trafulhices - Só por esta promiscua decisão, a Sra. Maria do Carmo, perdia toda a autoridade para liderar o cargo, com isenção e honestidade, quer  politica como intelectual: demonstrou que não passa de mais uma marioneta,  mais uma peça na engrenagem das ambições de um despudorado e vaidoso impostor

A notícia, a que nos referimos,  não foi divulgada em S. Tomé e Príncipe, passou despercebida no arquipélago, uma vez que, Miguel Trovoada, tem residência na capital santomense
ATÉ ONDE VAI A POUCA VERGONHA E O DESPUDOR - DE  SER OBSERVADOR EM CAUSA PRÓPRIA


MISSÃO IDÊNTICA  PARA COM ANGOLA – DANDO MAIS UMAS LECAS A GANHAR AO TIO E BOAS OPORTUNIDADES DE INFLUÊNCIAS POLÍTICAS FUTURAS, ONDE O APELIDO TROVOADA TEM SIDO OLHADO COM DESCONFIANÇA PELO MPLA – À exceção de Manuel Vicente, com quem os jogos de corrupção, não olham a meios.

Para que, o jogador Patrice Trovoada, apoiante da UNITA, enquanto lhe interessou  - tal como fez com a China de Taiwan - ,  pudesse vir a contar com boas alavancas politicas, em Angola,  é também, a mesma Maria do Carmo Trovoada, que volta a nomear o tio  Miguel Trovoada, para vai chefiar a missão de observadores da CPLP, em Angola nas eleições de 23 de Agosto passado

Grupo liderado por Miguel Trovoada, dia 16 de Agosto, A pedido de envio de observadores  A CPLP decidiu participar nas eleições angolanas com o envio de observadores, em resposta a um pedido expresso formulado à organização pelo Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos. Igual pedido já fora endereçado à União Europeia (UE), União Africana (UA), Comunidade de Desenvolvimento dos Estados da África Austral (SADC) e à Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEAC).

Carmo Silveira adiantou: "pensamos que tudo vai correr bem". Acredita que as eleições angolanas podem "correr num clima de paz, de tranquilidade, e que os angolanos possam eleger os seus novos num clima de perfeita liberdade e tranquilidade Angola: Miguel Trovoada vai chefiar missão de observação eleitoral em Angola





SANGUE, LÁGRIMAS E REVOLTA MANCHA O ENCERRAMENTO DAS ELEIÇÕES PARA 7 DE OUTUBRO Com a participação de 7 forças políticas, que  concorrem às eleições legislativas e autárquicas na ilha de São Tomé –  Além das  eleições regionais na ilha do Príncipe, onde apenas existem 3 forças políticas concorrentes - DEUS  QUEIRA QUE ESTE CENÁRIO DE VIOLÊNCIA E REPRESSÃO NÃO VOLTE A REPETIR-SE DEPOIS DE DOMINGO 

DE SEGUIDA A CRONOLOGIA DE ALGUMAS PASSAGENS  DA FRAUDULENTA ELEIÇÃO DE EVARISTO CARVALHO

 ONU felicita governo e considera “São-Tomé e Príncipe um exemplo de democracia" - DEPOIS DE EVARISTO CARVALHO TE SIDO ELEITO


São-Tomé, 03 Agos (STP-Press) – O primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada recebeu esta manhã o representante do secretário-geral das Nações Unidas, ONU, Abdoulaye Bathily, que felicitou o governo e reafirmou que “São-Tomé e Príncipe é um exemplo da democracia em África”.
(…) Quanto ao processo eleitoral em São-Tomé e Príncipe, o representante do secretário-geral das Nações Unidas declarou que “ São-Tomé e Príncipe tem sido um exemplo da democracia em África e na organização do processo eleitoral”, tendo sublinhado “esperar que a 2º volta das presidenciais de domingo, dia 7 possa decorrer de forma pacífica”. – Excerto de .STP - PRESS





 DEZ OBSERVADORES MAS NENHUM DOS REPÓRTER OS TOPOU OU  LOGROU FALAR COM   ELES NO TERRENO


Na sua declaração lida pelo chefe da missão da CEEAC, o embaixador Baudoin Hamuli, considera que “os membros das instituições encarregues da eleição dominam os procedimentos eleitorais” e que “nenhum incidente podendo afectar o desenrolar da votação foi notificado”. São Tomé: CEEAC considera que 2ª volta fez-se no respeito da lei - RFI

Segundo a missão da CEEAC que abrangeu uma dezena de pessoas no exame do escrutínio em cerca de 40 mesas de voto repartidas nos distritos de Água Grande, Cantagalo, Mé zóchi, Lobata e Lembá., estas eleições realizaram-se no “no respeito da lei”.São Tomé: CEEAC considera que 2ª volta fez-se no respeito da lei 

O estranho, é que, nos vários apontamentos de reportagem, de apelo ao voto, feitos diretamente do interior das Assembleias(o que é contrário à lei eleitora)l,  através de um batalhão de repórteres nos mais variadíssimos pontos das duas ilhas, nenhum dos enviados,  entrevistando eleitores e membros das mesas de voto, ninguém  entrevista qualquer  observador, chegando, mesmo, um deles, a afirmar nem sequer os ter visto

Além disso, apesar da tónica de reportagem ser a de que o escrutínio estava a decorrer "num ambiente de normalidade" (claro, pelo facto de haver pouca gente a ir às urnas),  houve também quem explicasse como  a ausência de delegados da oposição, haviam fora “indevidamente” resolvida – O que contradiz com as afirmações do Primeiro-Ministro, Patrice Trovoada, que veio afirmar que os delegados, indicados pelos  partidos ou candidatos,  não faltaram


PRESIDENTE DA COMISSÃO ELEITORAL RECONHECE QUE HOUVE FALHAS GRAVÍSSIMAS





Depois dos escândalos, que marcaram o escrutínio da 1ª volta das eleições presidenciais, com as gravíssimas irregularidades, que levariam, o Presidente da República em exercício, Manuel Pinto da Costa, a  recusar-se  a "continuar a participar num processo eleitoral tão viciado, considerando que  seria caucioná-lo,  Patrice Trovoada, pretendendo dar credibilidade um Governo, que começa a cair em desgraça e a ser fortemente contestado pela população, num ambiente, senão de confronto, porque o Povo é pacifico, mas de um grande mal-estar social, mobiliza as suas influencias diplomáticas externas e , na derradeira semana do último escrutino, marcado para  domingo, 7 de Agosto,  recebe a visita do senegalês, Abdoulaye Bathily, representante da ONU



Chefe da missão da CEEAC, o embaixador Baudoin Hamuli   RFI/ Liliana Henriques

"Na sua declaração lida pelo chefe da missão da CEEAC, o embaixador Baudoin Hamuli, considera que “os membros das instituições encarregues da eleição dominam os procedimentos eleitorais” e que “nenhum incidente podendo afectar o desenrolar da votação foi notificado”. São Tomé: CEEAC considera que 2ª volta fez-se no respeito da lei - RFI


A PATRICE NÃO LHE FALTAM PADRINHOS PARA BRANQUEAR  A ELEIÇÃO DO  PRESIDENTE DA REPÚBLICA AÇÃO DEMOCRÁTICA INDEPENDENTE  - QUE AINDA NÃO RECEBEU PARABÉNS DE NENHUM CHEFE DE ESTADO  

Patrice Trovoada, depois de, na 1ª volta, ter-se valido de Armando Emílio Guebuza, que, em declarações à Angop, em Luanda, considerara que  as eleições em São Tomé e Príncipe foram  livres e  transparentes,  sim, vindas do  ex-presidente moçambicano, que a Embaixada Americana, em Maputo, acusara de estar envolvido num suposto caso de corrupção e tráfico de influências. EUA associam Guebuza ao narcotráfico internacional,  eis que, desta vez, não vai ao sul de África e à contra-costa, voltada ao Índico,  mas ao lado e muito mais perto, ao país onde nasceu: servindo-se agora da muleta do embaixador congolês Baudouin Hamuli Kabarhuza, Diretor de Assuntos Políticos da  Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), com sede em Libreville ( Gabão), 

E, afinal, que   interesses representa este Sr. Baudouin Hamuli Kabarhuza? - Os pornográficos da República Democrática do Congo (RDC) !  – De um enorme país que, apesar de seus vastos recursos naturais, é um dos países mais pobres do mundo, onde a esmagadora maioria da população, vive  em condições desumanas,

 "RESPEITO PELA LEI" - Diz o comunicado   . A COMEÇAR PELAS  REPORTAGENS DA RÁDIO - PROIBIDAS POR LEI





A missão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) em São Tomé e Príncipe, considerou, num comunicado lido à imprensa, que a 2ª volta  das eleições Presidenciais de domingo, que elegeram Evaristo Carvalho, respeitaram  a lei

Elegendo o Candidato apoiado pelo Partido do Governo e o único a concorrer - Isto porque,  o atual Presidente, Manuel Pinto da Costa, se recusou  a participar num processo eleitoral, que, "por tão viciado seria caucioná-lo"








Primeiro-Ministro, Patrice Trovoada, diz que as eleições em S. Tomé constituíram um “processo constitucionalmente limpo” Em sintonia, com, Ambrósio Quaresma, Porta-voz da Comissão Eleitoral Nacional, que, numa das conferências de imprensa de apelo ao voto, ao longo do período do escrutínio, declarou: “da forma, como está montado o processo eleitoral, não há condições para falhas em S. Tomé e Príncipe. Vai tudo decorrer com toda a normalidade” – De resto, na mesma tónica da bateria de repórteres da rádio, com entrevistas a eleitores e a membros das mesas de voto, procedimento não permitido pela lei eleitoral

Ambrósio, começou por recordar as palavras, na VTS, de véspera,  do Presidente. Alberto Pereira "para que as pessoas nas mesas de voto tenham muita atenção de forma que não aconteçam as pequenas falhas que aconteceram da 1ª volta” – Esqueceu-se foi de lembrar os deveres  da lei eleitoral, que diz claramente: Artigo 133.º Deveres dos Profissionais de Comunicação Social) Os profissionais de comunicação social que, no exercício das suas funções, se desloquem às assembleias de voto não podem: Colher imagens e aproximar-se das câmaras de voto de forma que possam comprometer o segredo de voto; Obter outros elementos de reportagem no interior da assembleia de voto ou no seu exterior até à distância de 500 metros que igualmente possam comprometer o segredo do voto; De qualquer outro modo perturbar o acto eleitoral


PATRÍCIO (AUTORITÁRIO) MANDA COMUNICADO À RTP-ÁFRICA - Talvez a pensar que está a dirigir-se à RDP-África onde conta com fiéis emissários 
 Patrice Trovoada, tem o seus emissários políticos na RDP-África, em Lisboa, que trabalham simultaneamente para a TVS e aquela estação portuguesa, porém, até agora tem-lhe escapado  o controlo da RTP-África. Vejam-se algumas passagens do teor do comunicado, que lhe mandou à redação:

"Na verdade, contrariamente às informações publicamente divulgadas pela Comissão Eleitoral Nacional e pelo Comando Geral da Polícia Nacional, a RTP África divulgou nos seus blocos informativos o seguinte: I – Que o novo Presidente da República, Evaristo Carvalho, fora eleito apenas por 46% de votos, o que constitui uma mera apreciação parcial e subjectiva da estação, na medida em que fora provisoriamente tornado público pela Comissão Eleitoral Nacional que o referido candidato foi eleito por 82% dos votos expressos”Governo critica RTP – África em São Tomé | Téla Nón



4/04/2013 -  “A INTOXICAÇÃO PARTIDÁRIA DA RDP-ÁFRICA (…) Em 2010, a RDP África comete, talvez, um erro colossal (…)ao conceber que o seu correspondente desde São Tomé e Príncipe, Óscar Medeiros, pudesse desempenhar em simultâneo o serviço de informador da estação e o de director da televisão pública, ao serviço dos Governos, a RDP África assinava com o acto a certidão de divórcio do seu servir, não porque a competência do jornalista caísse degraus, mas tão e somente, foi-lhe submetido ao incómodo de ser jogador e juiz em causa própria. (…) A juntar a política do Governo que o jornalista em questão enquanto director de televisão pública tinha de publicitar e passar imagem de fidelidade na sua outra missão de informar com rigor na RDP África, os ouvintes da rádio ficaram também servos de outros espaços radiofónicos claramente solidários com a agenda governativa das ilhas, ao contrário, do já longo caminho da considerada imparcialidade A intoxicação partidária da RDP África (artigo de opinião de José Cardoso) ...
20/11/2014 José Ribeiro e Castro participa no programa Debate Africano [na imagem, da esquerda para a direita: Jorge Gonçalves, Eduardo Fernandes (Guiné-Bissau), José Ribeiro e Castro, Adolfo Maria (Angola), Abílio Neto (São Tomé e Príncipe) e José Luís Hopffer de Almada (Cabo Verde) e, a partir de Braga, intervém Sheila Khan (Moçambique)] - RDP África (16nov14) RDP África - José Ribeiro e Castro (completo) - 17.10.14 - YouTube

DONDE VÊM OS MILHÕES PARA PAGAR O ALUGUER DE JATO PRIVADO E AOS EXPEDIENTES DESTES COMISSÁRIOS?

06/10/2014 A bordo de um jato privado, proveniente de Portugal via Angola, Patrice Trovoada, candidato a primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe pelo partido de oposição Acção Democrática Independente (ADI), desembarcou em São Tomé, na última sexta-feira (03.10), acompanhado de quatro deputados portugueses. Em STP, Trovoada luta por maioria absoluta | São Tomé e Príncipe 

PÚBLICO - "Amanhã, 7 de Agosto, Evaristo Carvalho deverá ser eleito Presidente da República de São Tomé e Príncipe. É a consolidação de uma mudança de ciclo, facto da maior relevância a que as autoridades portuguesas deverão dar o melhor acolhimento e destaque. Evaristo Carvalho não é novato nestas andanças, mas um dos mais experientes políticos são-tomenses. Começou com Miguel Trovoada, um dos dois grandes nomes históricos da política do país. E seguiu longa e dedicada carreira: deputado, ministro, duas vezes primeiro-ministro, Presidente da Assembleia Nacional. São Tomé e Príncipe: mudança e estabilidade | Público 

JOSÉ RIBEIRO E CASTRO 10/10/2014 - 03:25 É importante que as eleições sejam um virar de página, gerando uma maioria estável e duradoura e um novo clima de relação entre as principais forças e actores políticos.São Tomé, à porta do futuro - PÚBLICO
  





NO VÍDEO A COMÉDIA NO 1º ATO -  QUE CREDIBILIDADE PODE EXIGIR-SE DE  ÁS DECLARAÇÕES  LEVIANAS DESTES  IRRESPONSÁVEIS?

Só o facto da vitória de Evaristo Carvalho, ter sido anunciada  pelo Presidente da Comissão Eleitoral Nacional, Alberto Pereira, na madrugada de 18 de Julho, e, logo a seguir celebrada com festa de arromba na sede de campanha, com a participação   do Primeiro-Ministro,  Patrice Trovoada,, era o bastante para  classificar  todo este processo eleitoral,   além de  fraudulento, de manifestamente  caricato ou  rocambolesco . 

O  2º acto,  terminou neste último domingo - E, se o anterior, havido   sido marcado por "gravíssimas irregularidades", segundo  declarações posteriores   do Presidente da Comissão Eleitoral Nacional, o que dizer do epílogo - Quando a Governo envia para as mesas de voto uma brigada de repórteres de rádio, em manifesto procedimento contrário à Lei Eleitoral 

Claramente violados os  Deveres de Neutralidade e de Imparcialidade)

2014
1974
Todo o processo eleitoral, está ferido de graves irregularidades, algumas das quais suscetíveis de  serem puníveis com penas de prisão, pois verificaram-se durante o período do escrutínio, do passado dia 7

Desde entrevistas aos membros das assembleias, a eleitores, percentagens  de resultados parciais, que foram por várias vezes divulgados e só podiam ser divulgados após o fecho das urnas  - O próprio Primeiro-ministro, Patrice Trovoada quando entrevistado, comparou os resultados da eleição de 2011, de Evaristo de Carvalho, com os  processo eleitoral em curso – E não o devia fazer  - Induzindo assim o eleitor a votar na candidatura de Evaristo Carvalho

A lei eleitoral é clara ao declarar:  Artigo 190.º Violação de segredo de voto: Aquele que, na assembleia de voto ou nas imediações até 500 metros, usar de coacção ou artifício de qualquer natureza ou de servir do seu ascendente sobre o eleitor para obter a revelação do voto será punido com a prisão até seis meses.”



Esta norma foi violada por elementos das Assembleias de Voto, aceitando dar entrevistas aos repórteres da Rádio Nacional,  fazendo apelo ao voto no único candidato e dando abundantes pormenores do escrutínio

Por outro lado, a lei também foi claramente violada pelos repórteres da Rádio Nacional  - A lei  (artigo 131º) - impede que os profissionais de comunicação social que, no exercício das suas funções, se desloquem às assembleias de voto não podem ( nem colher imagens) nem  aproximar-se das câmaras de voto por forma que possam comprometer o segredo do voto; b) obter outros elementos de reportagem no interior da assembleia de voto ou no seu exterior até a distância de 500 metros que igualmente possam comprometer o segredo do voto; c) de qualquer outro modo perturbar o acto eleitoral.

Transmitiram informações que só podiam ser divulgados após o fecho das urnas (Artigo 132.º)  - As notícias, as imagens ou outros elementos de reportagem colhidos nas assembleias de voto, incluindo os resultados do apuramento parcial, só podem ser difundidos ou publicados após o encerramento de todas as assembleias de voto


SUBSECÇÃO I
INFRACÇÕES RELATIVAS À CAMPANHA ELEITORAL



Artigo 175.º
(Violação dos Deveres de Neutralidade e de Imparcialidade)
Os cidadãos abrangidos pelo Artigo 87.º que infringirem os deveres de neutralidade e imparcialidade aí prescritos serão punidos com prisão até um ano e multa de 2.500.000,00 (dois milhões e quinhentas mil dobras) a 20.000.000,00 (vinte milhões) de dobras.
Os jornalistas e/ou servidores das estações de rádio e televisão, ou de jornais, ou ainda que qualquer informativo, público ou privado, que infringirem o disposto no artigo 98.º, de forma directa ou indirecta, serão punidos da seguinte forma:
Exoneração por justa causa.
Não exercício da profissão de jornalista ou da função que exercia no momento do cometimento da infracção, durante a legislatura que se segue.

As estações de rádio e televisão, jornais ou qualquer informativo, privado, que infringirem o disposto no artigo 98.º serão punidos com multa de 50.000.000,00 (cinquenta milhões) a 250.000.000,00 (duzentos e cinquenta milhões) e suspensão de exercício de todas as actividades, durante a legislatura seguinte.

As estações de rádio e televisão, jornais ou qualquer informativo, privado, que infringirem o disposto no artigo 98.º serão punidos com multa de 50.000.000,00 (cinquenta milhões) a 250.000.000,00 (duzentos e cinquenta milhões) e suspensão de exercício de todas as actividades, durante a legislatura seguinte.




   "Processo eleitoral  constitucionalmente limpo”, “sem fraude”  mas com repórteres  de rádio nas Assembleias  apelarem  ao voto,  ao arrepio da  lei
Artigo 133.º Deveres dos Profissionais de Comunicação Social) Os profissionais de comunicação social que, no exercício das suas funções, se desloquem às assembleias de voto não podem: Colher imagens e aproximar-se das câmaras de voto de forma que possam comprometer o segredo de voto; Obter outros elementos de reportagem no interior da assembleia de voto ou no seu exterior até à distância de 500 metros que igualmente possam comprometer o segredo do voto; De qualquer outro modo perturbar o acto eleitoral.






DESMONTAGEM DE GIGANTESCA FRAUDE NO DIA DO ESCRUTÍNIO 

TUDO EM FAMÍLIA E NA MESMA VAGA SUBVERSIVA ÀS LEIS DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE S TOMÉ E PRÍNCIPE – Juiz Silvestre Leite, cunhado de Evaristo Carvalho, o atual conselheiro do STP, está em todos os trâmites da Justiça

Decisão que não aprova E. Afonso
Fez parte do Acórdão do T.C. que chumbou a candidatura de Estanislau Afonso Publicado em 01 Jul 2016 - Num acórdão com data de 24 de Junho, o Tribunal Constitucional, decidiu rejeitar a candidatura do cidadão Estanislau Afonso de 39 anos de idade ao cargo de Presidente da República 01/07/2016  Acórdão do TC chumbou a candidatura de Estanislau Afonso - Téla Nón

O Dr. Silvestre Leite (ex-Procurador Geral da República,) funções que atualmente desempenha na qualidade de Vice-Presidente  da Procuradoria-Geral da República e conselheiro do STJ, é também o grande  manda-chuva da inspeção dos  juízes

27/04/2014 - "Duramente contestado sobretudo pela Ordem dos Advogados, enquanto Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Silvestre Leite, que no passado foi também Procurador-Geral da República, passa a ser o inspector dos magistrados judiciais. «É um trabalho espinhoso que temos que desempenhar com muita perfeição com muita dedicação», declarou na tomada de posse. Nos próximos 4 anos, tem a missão de avaliar as decisões dos juízes, e o seu desempenho. Leite na inspeção judicial | Téla Nón

CONTAS ANTIGAS COM O MANDATÁRIO DE MANUEL PINTO DA COSTA

Foi o Dr. Silvestre Leite, que, enquanto, Procurador Geral da República, em Março de , 2005 condenou . Guilherme Posser da Costa, Líder do partido no poder em São Tomé condenado a três meses ... que agora era o mandatário da Candidatura de Manuel Pinto da Costa, tendo tomado parte no mesmo coletivo que indeferiu  o pedido de anulação da primeira volta apresentado conjuntamente por Manuel Pinto da Costa e Maria das Neves,. Guilherme Posser da Costa pede a demissão do presidente do TC -  Guilherme Posser da Costa pede a demissão do presidente do TC - RF


SILVESTRE DA FONSECA LEITE - CUNHADO DE EVARISTO CARVALHO - É UM DOS SUBSCRITORES DA ATA DE APURAMENTO DA 1ª VOLTA E NÃO DECLAROU A SUA INCOMPATIBILIDADE



"A imparcialidade dos tribunais é um pressuposto fundamental da boa administração da justiça. Uma das formas de garanti‑la consiste em estabelecer na lei um conjunto de circunstâncias que obstam, ou podem obstar, a que um juiz exerça funções num determinado processo por poder estar em causa a sua imparcialidade. Essas circunstâncias reconduzem‑se a duas categorias distintas: os impedimentos e as suspeições".

Os impedimentos são circunstâncias que normalmente afectam a imparcialidade ou pelo menos a sua aparência aos olhos da comunidade. Ao tribunal, não basta ser imparcial, é preciso parecê‑lo. Por isso, a verificação dessas circunstâncias impede em absoluto o juiz de exercer determinadas funções  

As listas de impedimentos não são exactamente as mesmas nos vários ramos do direito, mas são tendencialmente coincidentes e incluem circunstâncias como as seguintes:
(...) — o juiz ser ou ter sido cônjuge, unido de facto, ascendente, descendente, parente até ao 3.º grau, tutor ou curador, adoptante ou adoptado de uma das pessoas envolvidas no processo (por exemplo, um arguido); 
(…)  Se um juiz se declarar impedido por iniciativa própria, não há recurso dessa decisão. Se isso lhe for pedido por algum interveniente no processo mas ele não se declarar impedido, pode haver recurso dessa decisão para um tribunal imediatamente superior. Caso o juiz em causa pertença ao tribunal hierarquicamente mais elevado, o recurso tem lugar para o plenário desse tribunal (por exemplo, o Supremo Tribunal de Justiça), que decidirá sem a sua intervenção.
Nada disso está sendo observado em S. Tomé e Príncipe 

ACTA. DA ASSEMBLEIA DE APURAMENTO GERAL

O anterior Presidente do TC e do STJ, o Juiz Conselheiro, Sivestre Leite,  é irmão da esposa de Evaristo Carvalho - Cujo teor é o seguinte:

Reuniu-se hoje  aos vinte e cinco do mês de  Julho do ano dois mil e dezasseis, na sala de Sessões do Venerando  Supremo Tribunal de Justiça/ Tribunal Constitucional, a Assembleia de apuramento Geral das Eleições Presidenciais de dezassete de Julho do mesmo ano, estando presentes os Juízes 

Conselheiros José António da Vera Cruz Bandeira, Presidente, Maria Alice Vera Cruz de Carvalho, Silvestre da Fonseca Leite, José Paquete D’Álva Teixeira e Justino Tavares da Veiga, os professores de Matemática, senhora Isabel. Maria Correia Viegas d'Abreu e senhores Ilvécio Fernandes Ramos e Nelson Pires dos Santos Neto Fernandes Ramos  e Nelson Pires dos Santos Neto Fernandes e Senhora Ricardina  da Graça Monteiro d’Alva, secretária do referido Tribunal que a secretariou.
Também estiveram presentes os ilustres mandatários dos candidatos Evaristo do Espírito Santo Carvalho e Manuel Fernandes de Ceita Vaz do Rosário, respetivamente o senhor Domingos José da Trindade Boa Morte e a senhora Dora Barreto Quaresma.

Embora tenham sido devidamente notificados, não estiveram presentes os mandatários dos candidatos Manuel do Espírito Santo Pinto da Costa, Maria das Neves Ceita Batista de Sousa e Hélder Domingos Soares de Barros, os senhores Jaime Marcelo Sequeira de Menezes, Danilo Neves dos Santos e Lucrécio dos Anjos de Deus Alemão.
VEJA-SE COMO NA 2ª VOLTA JÁ NÃO COMPARECEU – MAS TAMBÉM NÃO FOI DADA QUALQUER EXPLICAÇÃO DA SUA AUSÊNCIA


Bandeira - Téla Nón
José Bandeira Juiz Presidente do Tribunal Constitucional leu na tarde de segunda-feira, o resultado definitivo da segunda volta das eleições presidenciais.


O Juiz Presidente começou por anunciar os nomes dos seus pares, e faltou 1 deles, o Juiz Conselheiro Silvestre Leite. José Bandeira não explicou o motivo da ausência de um dos pares do Tribunal Constitucional, e avançou com os resultados definitivos.

Divulgados os números do apuramento geral, José Bandeira, recorreu a lei eleitoral para proclamar o vencedor da segunda volta das eleições presidenciais. «É proclamado vencedor das eleições presidenciais de 7 de Agosto de 2016 o candidato Evaristo do Espírito Santo Carvalho com um total de 41820 votos correspondendo a 100% dos votos validamente expressos, o que corresponde a 81,64% do total dos votantes», afirmou. TC declarou Evaristo Carvalho como Presidente da República Democrática de STP


QUEM É QUE PODE DAR CREDIBILIDADE A UM INSULTUOSO MANIPULADOR  8 Dez, 2017 Há uma máfia instalada nos tribunais do país de São Tomé e Principe .diz Patrice Trovoada, que "anunciou a vinda de agentes da justiça portuguesa ao país e prometeu apoio técnico e material às instituições judiciais do arquipélago".  Sim, para completarem o saneamento da equipa anterior aos juízes que não são da  confiança politica do regime 15/05/2016  Patrice- “Juízes medíocres podem ser úteis noutros sectores” – 13/05/2016Associação dos Magistrados Judiciais denuncia intervenção política Patrice Trovoada: criação do Tribunal Constitucional é "inalterável"....... MSD/PVSTP também não reconhece Tribunal Constitucional de 15 de   .....
 Supremo Tribunal são-tomense anula promulgação pelo Presidente .

02/02/2018 Um dos principais alicerces de qualquer Estado Democrático, é a Liberdade de Imprensa, e o acesso nomeadamente pelas forças políticas da oposição aos órgãos de comunicação social. EUA alerta o poder são-tomense para garantia da liberdade de ..l/setuba

Nenhum comentário :