expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Vale a pena ser Peregrino da terra, dos mares, da luz e dos céus! Observador iluminado e atento das perfídias e injustiças dos homens e servo de Deus


IMAGENS QUE FAZEM PARTE DAS MINHAS ORAÇÕES SOZINHO E COM A GRAÇA DE DEUS, A QUE ME ENTREGO COMO DEVOTO PEREGRINO PELOS RUDES MAS AMÁVEIS PENHASCOS ONDE ENSAIEI OS MEUS PRIMEIROS PASSOS E ABRI OS OLHOS À GRANDIOSIDADE DOS GRANDES ESPAÇOS DOS MONTES E DOS CÉUS



COMO É LINDO A MEIO DA MANHÃ AINDA ESTAR ACORDADO, PERDENDO A NOITE E AINDA NÃO DORMINDO - OUVINDO BELOS CÂNTICOS AO SAGRADO E AO MESMO TEMPO ESCREVENDO AJUDANDO MEUS IRMÃOS A MINORAR O SEU SOFRIMENTO, AMAR O PRÓXIMO E, COM O MEU PENSAMENTO E AS MINHAS ORAÇÕES PEDIR A DEUS PAI QUE NESTE MOMENTO LHE CONCEDAM SUAS GRAÇAS E PROTEÇÃO

Ó meus caminhos adormecidos mas plenos de brilho e de luz
Oh! quão imaculados me parcéis quando sois o espelho dos céus!
Oh como as giestas floridas vos perfumam, mesmo esquecidos como estais!
Oh! quantos silêncios, segredos, vozes em surdina ou murmúrios antigos guardais








ESTA OUTRA DAS MUITAS IMAGENS QUE FAZEM PARTE DAS MINHAS ORAÇÕES SOZINHO E COM A GRAÇA DE DEUS, A QUE ME ENTREGO COMO DEVOTO PEREGRINO 

SIM, PORQUE...
Em todas estas pedras há uma linguagem
silenciosa sulcada pelas têmporas do sol e do tempo,
Em cada um destes fraguedos existe uma escrita
que o tempo criou e que espera ser lida
Por isso mesmo, eis-me aqui plantado
como solitário ermita que espera decifrar
os segredos desta estranha mas rude harmonia
com cheiro a musgo e olhar a eternidade







Nenhum comentário :