expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Patrice Trovoada - O PM escapado, clandestinamente, do país há 4 semanas, em voo de jato pelo Gabão, de malas carregadas de dólares, diz que "a crise energética vai melhorar" depois do Diretor-Geral da EMAE, também se ter pirado com um saco de notas - E do mesmo PM ter agora esfolado mais uns milhões aos cofres do Estado, num dos países, mais pequenos e mais pobres de África, fazendo vida faustosa e perdulária- Não disse quando mas "promete regressar muito em breve - Admite-se – diz fonte santomense - que seja para, "o Pinta Cabra, empossar seu amigo Tozé Cassandra para o 4ª mandato na terça feira - Entretanto, a oposição, que detém a maioria de deputados e outros que já estão em fuga da ADI, promove encontros com a sociedade civil e não se deixa adormecer por um Presidente Evaristo, comprometido ao lóbi de «O meu amigo, o meu conselheiro, o meu irmão, o mais velho, o meu camarada Evaristo do Espírito Santo Carvalho, é o nosso candidato às eleições presidenciais!» 17 de Julho de 2016

Jorge Trabulo Marques  - Jornalista - Informação e análise

Imagem - Fonte Web
O VAIDOSO CONSPIRADOR-MOR,  JÁ VOLTOU A LISBOA DEPOIS DE MAIS UMAS LARGAS PASSEATAS “PELO MÉDIO ORIENTE E OUTROS PAÍSES EUROPEUS”, EM VIDA FAUSTOSA DE PAIS RICO,   

MAS, PELOS VISTOS, ATÉ AGORA, ANTÓNIO COSTA, VIROU- LHE AS COSTAS  - Comenta-se que  teriam se encontrado em privado - Mas a visibilidade que ele esperava ainda a não teve, 

 De recordar, que, Jorge Bom Jesus, presidente do MLSTP, líder da oposição em São Tomé e Príncipe, desafiou  o primeiro-ministro cessante, a regressar ao país para conversar sobre a proposta para a formação de um governo de base alargada.

"Os são-tomenses todos devem conversar, mas conversar aqui no país e nós não podemos admitir que altos dirigentes, em gestão, do nosso país estejam a passear pelo mundo fora e a dar entrevistas nas capitais europeias e africanas. Quem quiser conversar, venha para São Tomé para que se converse", defendeu Jorge Bom Jesus, presidente do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe - Partido Social Democrata (MLSTP-PSD), em conferência de imprensa na capital são-tomense.https://www.dn.pt/mundo/interior/sao-tomeeleicoes-partido-no-poder-ausente-de-debate-e-criticado-por-toda-a-oposicao-9948045.html

Enquanto a oposição, nem sequer dispõe da possibilidade de divulgar as suas opiniões através dos canais públicos da rádio e da televisão de STP,  senão uma vez por outra umas migalhas, eis um Primeiro-Ministro, que se escapou do país, logo após a derrota eleitoral, que a oposição venceu por maioria absoluta - mas arvorado em vencedor, insistindo com o partido que vai governar, pois bem, aí está de novo um tal estrangeirado, de seu nome Patrice Emery Trovoada,  a usar também as alavancas da media portuguesa para desinformar e manipular.

Continua a ser indecoroso e provocador o comportamento de um Primeiro-Ministro, nado e criado no luxo faustoso da monarquia Bongo gabonesa, onde foi parido, educado e crescido. Em 2015, Patrice só  esteve 75 dias no país; os custos das viagens ascenderam acima de  1 milhão e 800 mil euros –  Os perdulários gastos, repetem-se todos os anos, num dos países mais pobres de África. http://www.telanon.info/politica/2016/01/07/20879/patrice-so-ca-esteve-75-dias-em-2015-viagens-custaram-1-milhao-e-800-mil-euros-diz-o-mlstp/


ESTA É A REFORMA TRANQUILA DE P.TROVOADA
Vem agora afirmar,  depois do Director Geral da EMAE, ter viajado para Lisboa alegando problemas de saúde, deixando  "o povo as escuras depois de ter na sua posse desde Janeiro €1.800 000, 00 para reparar e fazer manutenção dos grupos geradores"  segundo denunciam fontes credíveis.,  além de ele ter  arrebanhado grandes quantidades de dólares e de malas aviadas em voo de jato pelo Gabão, eis que vem agora declarar à LUSA - informação replicada pelos principais órgãos da CS Portuguesa - que "a crise energética que está a afetar o país nas últimas semanas, com cortes prolongados de luz, deverá melhorar dentro de duas semanas.


FINALMENTE JÁ SE DECLARA MINISTRO CESSANTE – ARVORADO EM PM  - DEPOIS DE SE TER VIAJADO POR VÁRIOS PAÍSES ESBANJANDO MILHÕES Primeiro-ministro cessante de São Tomé regressa "muito em breve" ao país

O meu regresso é para muito breve", afirmou o atual chefe do Governo são-tomense, em entrevista à Lusa, adiantando que, na próxima semana, estará no país para dar posse ao Governo Regional do Príncipe, na sequência das eleições legislativas, autárquicas e regional, que decorreram em 07 de outubro.


Troada, que saiu de São Tomé e Príncipe poucos dias depois das eleições, rejeitou críticas da oposição à sua ausência, depois de o presidente do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe - Partido Social Democrata (MLSTP-PSD), Jorge Bom Jesus, ter afirmado que o país, "já de si bastante degradado, está neste momento parado".
"O país não está à deriva", contrapôs Patrice Trovoada, acrescentando: "Os salários estão pagos, os serviços todos, o hospital, as escolas, estão a funcionar, as pessoas vão às suas ocupações. Isso é um discurso propalado pela oposição" Primeiro-ministro cessante de São Tomé regressa "muito em breve" ao país

Primeiro-ministro cessante de São Tomé regressa "muito em breve" ao país
O primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada, disse hoje que regressará "muito em breve" a São Tomé e Príncipe, de onde se ausentou pouco depois das eleições legislativas, e garantiu que o país "está a funcionar".

O meu regresso é para muito breve", afirmou o atual chefe do Governo são-tomense, em entrevista à Lusa, adiantando que, na próxima semana, estará no país para dar posse ao Governo Regional do Príncipe, na sequência das eleições legislativas, autárquicas e regional, que decorreram em 07 de outubro.

Patrice Trovoada, que saiu de São Tomé e Príncipe poucos dias depois das eleições, rejeitou críticas da oposição à sua ausência, depois de o presidente do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe - Partido Social Democrata (MLSTP-PSD), Jorge Bom Jesus, ter afirmado que o país, "já de si bastante degradado, está neste momento parado".

O país não está à deriva", contrapôs Patrice Trovoada, acrescentando: "Os salários estão pagos, os serviços todos, o hospital, as escolas, estão a funcionar, as pessoas vão às suas ocupações. Isso é um discurso propalado pela oposição".
https://www.noticiasaominuto.com/mundo/1114462/primeiro-ministro-cessante-de-sao-tome-regressa-muito-em-breve-ao-pais?fbclid=IwAR19NJd9W9zYjHlm05EVpG1oMNVOJcoNORBvW0fRD1O4j0nI-1JlvL_E82A

QUANDO HÁ UMA MAIORIA DE APOIO A UM GOVERNO, ESSA MAIORIA DEVE CONSTITUIR GOVERNO   MESMO QUE PARTIDO MAIS VOTADO

"Tanto quanto eu sei, em São Tomé, não há nenhum partido com a maioria absoluta: o partido de Patrice Trovoada, teve maioria relativa mas não te maioria absoluta , julgo que, com outro partido, não consegue formar governo, e, ao que parece, havendo da atual oposição, até agora, uma coligação ou possível coligação com maioria absoluta, então deve ser essa coligação  a formar Governo: algo semelhante, de certa maneira, verificou-se em Portugal, há três anos – Palavras de  Jorge. Miranda, um dos mais distintos constitucionalistas portugueses. Num intervalo da sua atividade docente, ncomo   Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, onde continua a ministrar aulas nos cursos de mestrado e de doutoramento, concedeu-nos uma breve mas muito honrosa e esclarecedora entrevista, acerca das .normas  constitucionais, que devem ser seguidas e respeitadas, após eleições legislativas, num de sistema parlamentar ou semi-presidencial.  

JÁ LÁ VÃO QUASE TRÊS SEMANAS QUE ANUNCIOU QUE IA SER RECEBIDO POR ANTÓNIO COSTA – MAS ATÉ HOJE NADA SE SOUBE    - Trovoada discute na próxima semana situação em São Tomé com Costa
19 de Outubro - Primeiro-ministro cessante, atualmente em Lisboa, garante que não fugiu de São Tomé e Príncipe e afirma: "Não podemos estar reféns das redes sociais, das fake news e da especulação

O atual primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada, deverá reunir-se na próxima semana com o seu homólogo português, António Costa, para o informar sobre a situação do país, garantindo que regressará depois a São Tomé e Príncipe.. https://www.dn.pt/mundo/interior/trovoada-discute-na-proxima-semana-situacao-em-sao-tome-com-costa-10033688.html~
ENTRETANTO A OPOSIÇÃO  - MESMO COM UM PRESIDENTE DA REPÚBLICA, SEM AUTORIDADE E ARREGIMENTADO A QUEM O ELEGEU ATRAVÉS DE MEGA-FRAUDE  - NÃO DÁ POR INTIMIDADE E TEM PROSSEGUIDO AS SUAS DILIGÊNCIAS EM SALVAR O PAIS DA DESGOVERNAÇÃO E DO ABISMO EM QUE O PAIS CAIU-

Refere o jornal Téla Nõn, que  "Segundo uma nota do gabinete de imprensa do partido MLSTP, enviada ao Jornal Téla Nón, o partido em causa, diz que no quadro da sua política de abertura à sociedade civil e de inclusão, convida «os seus militantes em particular, e os cidadãos são-tomenses interessados em geral, para um encontro de recolha de subsídios para o seu programa de Governo, no próximo sábado, dia 10/11/2018, as 10h na sua sede Nacional, no Riboque».

Os cidadãos são-tomenses residentes no estrangeiro, e todos aqueles que não puderem estar presentes no encontro marcado para este sábado na sede do partido, « podem remeter as suas preciosas contribuições para o email: mlstp.geral@gmail.com», indica a nota de imprensa do MLSTP.

O partido liderado por Jorge Bom Jesus, explica a sua decisão de iniciar os preparativos com vista a criação do seu programa de governo, com base nos «resultados das eleições legislativas do dia 7 de Outubro que promoveram a emergência de uma nova maioria na Assembleia Nacional».

O MLSTP acrescenta que a sua decisão de preparar o programa do décimo sétimo governo constitucional, é sustentada pelo «acordo de incidência Parlamentar existente entre o MLSTP/PSD e a coligação PCD/MDFM/UDD que garante a base de sustentabilidade do próximo Governo Constitucional, que será  liderado pelo MlSTP/PSD».https://www.telanon.info/tag/mlstp/page/2/

"Pensamos que temos de salvar São Tomé e Príncipe" – Jorge Bom Jesus - Determinado a cumprir o que prometeu, em campanha eleitoral

Jorge Bom Jesus, 56 anos, é o líder do maior partido da oposição em São Tomé e Príncipe, o MLSTP/PSD. Ex-ministro da Educação e da Cultura no executivo que antecedeu o do atual primeiro-ministro Patrice Trovoada, Bom Jesus assumiu a liderança do partido no final de junho, decidido a reformar esta força política e o país.
O facto de em apenas dois meses ter havido dois alegados atentados contra Trovoada e outros órgãos de soberania suscita questões que ainda não foram respondidas pelo governo, segundo o líder da oposição, nomeadamente quanto ao envolvimento de mercenários espanhóis no segundo golpe.
Bom Jesus promete reforçar as parcerias ao nível da segurança marítima com Portugal e Angola e retificar a decisão que permite a permanência no país de estrangeiros sem vistos por seis meses. E sonha alto: com 200 mil são-tomenses a receberem formação superior no futuro e com uma Secretaria de Estado da Cultura. – Mais pormenores em https://www.dn.pt/edicao-do-dia/30-ago-2018/interior/pensamos-que-temos-de-salvar-sao-tome-e-principe-9775939.html
Trovoada em Lisboa, inverdades para António Costa 
Patrice Trovoada, primeiro-ministro cessante de São Tomé e Príncipe e que nunca visitou oficialmente Portugal, durante os últimos quatro anos, aguarda esta semana encontro com António Costa. Consta que quer informar o primeiro-ministro português sobre a situação do país, segundo informação da agência Lusa.

Este senhor, considerado em São Tomé e Príncipe como falso democrata, desprezou o povo e perseguiu — exonerando todos os dirigentes no primeiro conselho de ministros e, grave, exonerando todos os juízes do Supremo e do Constitucional, compulsivamente, o que gerou manchetes na imprensa internacional.

Agora que a maioria absoluta foi partida, e pese embora violação das urnas (registado pelos observadores internacionais da CPLP, chefiados pelo ex-ministro dos Negócios Estrangeiros Zacarias da Costa, em conferência de imprensa dia 9 de Outubro), vem pedir apoio sobre como criar a “afrogeringonça”. A versão africana, não democrática, da “geringonça” que, malgré tout, tem funcionado em Portugal.

LEVIANDADES E INCONSCIÊNCIAS DE UM PERIGOSO GOVERNANTE - FAZ ACUSAÇÕES QUE DEPOIS NÃO COMPROVA 

Já lá vão mais de dois  anos que o Primeiro-Ministro, Patrice Trovoada,  em entrevista aos jornalistas da  Rádio Nacional e da TVS,  escolhidos a dedo,   fez uma gravíssima acusação, acusando jornalista de posse de arma, quando, afinal, todas as armas estavam na posse de  agentes militares e policiais

.Nós estamos a fazer um trabalho de recolha de armas!.... Bom, como é que um jornalista recebe da Presidência da República, para seu uso pessoal, uma arma de guerra?!... É jornalista?!... É jornalista?... É independente?!... O que é que ele é?!... É mercenário?!...  Jornalista?!... É o quê?!...

- Mas o Sr, disse que não vai citar nomes? - Pergunta  um dos entrevistadores
- Não vou citar nomes!
- E então por que é que o Governo não cita o nome?
-Não vale a pena!  O que eu estou simplesmente a dizer é que são práticas, que, a mim me deixam um bocadinho duvidoso sobre a independência de muitos jornalistas!...
- Um jornalista… é subjetivo, dizer que ele é independente e não é independente!... Mas esse tipo de promiscuidade, de jornalista membro nacional de partido, jornalistas que defendem armas da Presidência da República, etc





PATRICE TROVOADA – UM PERIGO PARA A DEMOCRACIA -  BOATEIRO E PROVOCADOR INDECOROSO – Os órgãos de comunicação estão sob a mordaça e o controlo absoluto de Patrice Trovoada -  Quando a oposição é praticamente ignorada nos noticiários e telejornais da rádio e televisão do Estado? - Em que país do mundo é dito a um Bispo, que, antes de expressar a sua opinião, tinha que ir falar com um primeiro-ministro?  - Só na cabeça da intolerância e da malvadez.

Presença de uma musculada milícia do Ruanda, em S. Tomé, continua provocar o  medo, a insegurança e a instabilidade - 

Já invadiu o parlamento, humilhando deputados da oposição - ´tem sido  tomada como um ato terrorista pela oposição - Patrice Trovoada, financiador e  mandante assassinatos políticos do Golpe de Estado de 16 de Julho 2003 –


CURRÍCULO DE PATRICE TROVOADA 

FINANCIADOR  DE GOLPES DE ESTADO CRIMINOSOS E E PROMOVEDOR DE GOLPES DE ESTADO FABRICADOS PARA SE PROVER E VITIMIZAR

1. Suspeito de branqueamento de capital, envio de mais de 600 mil euros do erário público em dinheiro para ser depositado em libreville;
2. Suspeito de ter desviado 30 milhões de dólares americanos;
3. Suspeito de ter financiado o golpe de estado em 2003 e de ter ordenado assassinatos de Pinto da Costa, Fradique e Oscar Sousa;
4. Suspeito de ter comprado em seu nome os barcos pixi ndala e os barcos de patrulha;
5. Foi roubado na sua residência pelo seu segurança uma quantia avultada,o que faz antever lavagem de dinheiro;
6. Fez negócio consigo próprio no caso da aquisição pelo estado (seu governo) do novo edifício destinado ao supremo tribunal de justiça. Negócio que está a ser alvo de uma sindicância;

Ribeiro e Castro (CDS) Ao centro e ao lado de Patrice
6. Perdoou impostos à Rosema para depois tomar conta da empresa dando ordens aos coitados dos irmãos que fazem tudo que ele lhes pede;

 PROMETEU MUNDOS E FUNDOS -  ORDENADO MINIMO DE 45 EUROS  MAS NÃO FOI ALÉM DOS 40 EUROS MENSAIS   - A ÚNICA CONSTAÇAO É DE QUE PASSA A MAIOR PARTE DO TEMPO A VIAJAR PARA TRATAR DOS SEUS NEGÓCIOS - Com empresas imoiliárias, em Lisboa, geridas pela muher, no Texa e uma empresa de jactos no gabão, além de outras misteriosas negociatas.



Nenhum comentário :