expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

António Guterres, Secretário-geral da ONU, recebe uma estátua de ouro de Paul Biya, um feroz ditador dos Camarões, desde 1982, envolve-se em acesa polémica e perde autoridade para mediar um conflito sanguinário, onde já foram assassinadas milhares de vidas, entre as quais muitas crianças, se movem terríveis perseguições aos opositores e cortes da Internet, coadjuvado por um tal François Fall, que chamou aos secessionistas do sul de Camarões de "extremistas", em vez de pacificar ateia ainda mais labaredas - Daí estas expressões: António Guterres and Amina Mohammed are the most corrupt UN SG's in history including François Louncény Fall, their corrupt UN representative for Africa.


Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise


ANTÓNIO GUTERRES ACEITA ESTÁTUA DE OURO DE FEROZ DITADOR  DOS CAMARÕES  - ESCORREGA NA CASCA DA BANANA - E DEIXA CADA VEZ MAIS SAUDADES DE KOFI ANNAN – A FORÇA ORIENTADORA DO BEM

On Cameroon Guterres & DSG Still Silent But Experts Call Out Biya’s Abuses, Undercount Killings

NAO É CASQUILHO - É CASCA DE BANANA EM OURO
NAÇÕES UNIDAS - Uma semana após o secretário-geral da ONU, António Guterres, ter aceitado uma estátua de ouro do presidente de 35 anos de Camarões, Paul Biya, em Yaoundé, houve ameaças de acusação contra pessoas que se recusam a comemorar os 35 anos de poder de Biya.  -  Então é assim que Guterres celebra, sob a Doutrina de Guterres? Qual é a relação com as exportações ilegais de madeira assinadas pela deputada de Guterres, Amina J. Mohammed no #RosewoodRacket? Isso envolve “contrabando de Camarões”. Veja o vídeo da EIA

UNITED NATIONS, November 17 — A week after UN Secretary General Antonio Guterres accepted a golden statue from Cameroon’s 35-year president Paul Biya in Biya’s palace in Yaounde, there were threats of prosecution against people who refuse to celebrate Biya’s 35 years in power. So is this was Guterres celebrates, under the Guterres Doctrine? What is the relation to the illegal lumber exports signed off on by Guterres’ Deputy, Amina J. Mohammed in the #RosewoodRacket? This involves “smuggling from Cameroon.”

António Guterres, natural de Lisboa (Santos-o-Velho-Lisboa 30 de Abril de 1949, com raízes familiares  na aldeia das Donas, concelho do Fundão. ex-Secretário-Geral do Partido Socialista, ex-primeiro-Ministro de Portugal,  politico e humanista, de reconhecido mérito português e internacional, logrou subir ao mais alto da Organização das nações Unidas, em Outubro de 2016, um ano após ter desempenhado as funções de Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados entre 15 de junho de 2005 e 31 de dezembro de 2015.

 Compreende-se que, para ser eleito para o desempenho de tão altas funções, não  seja tarefa fácil – Além de saber dominar vários dossiers bem como várias línguas, e ter dotes de excelente comunicador, que são qualidades evidenciadas por António Guterres teve que saber negociar com  os vários e poderosos interesses que se movimentam no seio da ONU, e, certamente, de ter de engolir alguns sapos – Pois não se pense que a ONU é um espelho de virtudes. 

 Mas, pelos vistos, decorridos dois  anos, como Secretário-geral, o balanço parece não ser totalmente positivo, uma vez que tem revelado alguma incapacidade  em não saber distanciar-se de algumas das tenebrosas teias dos regimes africanos, mais perversos – 

E não se pense que sejam os mais badalados pela media liberal, bem pelo contrário – Mas onde o neocolonialismo, europeu – nomeadamente o francófono – mais estende os seus tentáculos e cumplicidades - Entre outros, Ali Bongo, no Gabão, Paul Biy, nos Camarões - Um dos maiores tiranos de África, que gasta uma fortuna em férias em frança - Paul Biya e a mulher, Chantal, gastam 40 mil euros por dia. No seu país, o rendimento medio é de 700 euros anuais.



NÃO BASTA A ANTÓNIO GUTERRES, DECLARAR-SE PREOCUPADO EM RESOLVER CONFLITOS - QUANDO SE ACEITAM ESTÁTUAS DE OURO DE PERVERSOS DITADORES - A MEDIA LIBERAL PROMOVE-OS OS POR SEREM ALAVANCAS DO NEO-COLONIALISMO  EUROPEU - O TROMBONE ESTÁ APONTADO PRÁ GUINÉ EQUATORIAL ONDE  OBIANG  RECUSA CEDER À CHANTAGEM DO MERCENARISMO GOLPISTA  Filho de Margaret Thatcher detido por alegada implicação numa tentativa de golpe de Estado na Guiné Equatorial





"Stéphane Dujarric, porta-voz do secretário-geral - Na sequência da sua declaração de 28 de Setembro, o Secretário-Geral continua profundamente preocupado com a situação nos Camarões e condena veementemente os actos de violência notificados nas regiões Sudoeste e Noroeste do país em 1 de Outubro, incluindo a perda de vidas . Ele conclama as autoridades camaronesas a investigar esses incidentes e insta os líderes políticos de ambos os lados a apelar a seus seguidores para que se abstenham de mais atos de violência e a condenar inequivocamente todas as ações que prejudiquem a paz, a estabilidade e a unidade do país.

PAULO BIAYA  -  A CAMINHO DE 36 ANOS NO PODER – TAMBÉM ELE FAZ DISTRIBUIÇÃO DE ARROZ, DE DINHEIRO, CAMISOLAS  E ÁLCOOL NAS CAMPANHAS ELEITORAIS  - TAL COMO, EM STP, FEZ PATRICE TROVOADA 

Paul Biya é um dos chefes de Estado há mais tempo no poder. Assumiu a Presidência dos Camarões a 6 de novembro de 1982 e não dá sinais de querer deixar o cargo. A mobilização de pessoas para as comemorações do 35º aniversário de Paul Biya no poder começou cedo. Centenas de jovens foram recrutados nos bairros da capital Yaoundé para participar na festa, à semelhança de outros grandes eventos do Movimento Popular Democrático dos Camarões, o partido do Presidente, conta Kennedy Fonsah.
"[O partido] distribui t-shirts e 1.000 ou 2.000 francos CFA [entre um euro e meio e três euros] para comprar arroz. Dão às pessoas dinheiro e bebidas. E dão-lhes whisky para eles pensarem que são do partido", afirma o presidente do sindicato de moto-taxistas, que costuma ser incumbido de recrutar jovens.
"O Presidente Paul Biya tem o mandato do povo", refere Joachim Tabi Owono. O político camaronês já foi candidato à Presidência, mas apoia agora o chefe de Estado e pede aos outros que façam o mesmo.

Críticas a Paul Biya

"Há algumas pessoas que pedem ao Presidente Biya para sair e reivindicam a independência", diz Owono. "Mas o Presidente colonizou o país? Colonizou algumas regiões dos Camarões? Quando o Presidente Paul Biya ganha as eleições, quem perde devia calar-se e apoiá-lo. Ele devia, pelo menos, ser respeitado, porque tem o mandato do povo e as eleições são já no ano que vem"
Há meses que há manifestações contra o Governo camaronês. A minoria de língua inglesa queixa-se de discriminação num país maioritariamente francófono. Em outubro, separatistas anglófonos declararam simbolicamente a independência. Dezenas de pessoas morreram em protestos.


O maior partido da oposição, a Frente Social-Democrática, condena a repressão das manifestações pelas forças de segurança.
"Tudo isto mostra um regime fraco e à beira do colapso, que resolveu aniquilar as vidas dos cidadãos", afirma Dennis Kemlemo, porta-voz do partido: "a situação deplorável dos direitos humanos nas regiões do noroeste e do sudoeste depois da repressão brutal pelo exército e pela polícia, as mortes, as agressões, as detenções em massa, os raptos não têm precedentes no nosso país."  -- https://www.dw.com/pt-002/camar%C3%B5es-paul-biya-est%C3%A1-h%C3%A1-35-anos-no-poder/a-41262455


Kofi Annan, a "força orientadora para o bem" – Que dificilmente será igualada  - FIGURA EMBLEMÁTICA DA ONU – O ROSTO QUE PRESTIGIOU  O SEU ALTO CARGO E PUGNOU PELA DEFESA DA PAZ E DA JUSTIÇA SOCIAL  - Faleceu no dia 18 de Agosto de 2018


Ex-secretário geral da ONU e prémio Nobel da Paz morreu aos 80 anos
Kofi Annan liderou a ONU entre 1997 e 2006, foi ele que organizou o referendo da independência de Timor, quando António Guterres, atual secretário-geral das Nações Unidas, era primeiro-ministro de Portugal. O que deu origem ao nascimento do primeiro país independente do século XXI. Timor-Leste torna-se independente em 2002.
Em 2001 ganhou em parceria com as Nações Unidas, o Prémio Nobel da Paz, pela criação do Fundo Global de Luta contra a Sida, Tuberculose e Malária para ajuda aos países em desenvolvimento.
Annan integrou os quadros da ONU em 1962 como funcionário administrativo da Organização Mundial de Saúde, em Genebra, e mais tarde, trabalhou para a Comissão Económica para a África, em Addis Abeba. Antes de se tornar secretário-geral das Nações Unidas, foi sub secretário-geral para a manutenção da paz e foi o representante especial do então secretário-geral, o egipcio Boutros Boutros-Ghali na ex-Juguslávia, em 1995/96.
Mais pormenores em https://www.dn.pt/mundo/interior/morreu-kofi-annan-9734345.html
António Guterres and Amina Mohammed are the most corrupt UN SG's in history including François Louncény Fall, their corrupt UN representative for Africa. Ambazonians will live free or die than live under daily killings,torture e oppression from Cameroon #FreeSisikuAyukTabe

António Guterres e Amina Mohammed são os mais corruptos da ONU na história, incluindo François Louncény Fall, seu corrupto representante da ONU na África.





Revelando a verdade sobre gangsters em colares brancos. Grandes lacunas na intervenção de Fall e dos colegas na tentativa de resgatar a situação prevalecente no SNW dos Camarões. E você chama isso de um enviado especial da ONU. Por que a crise / conflito diminuiria? Quando pessoas como Fall e Co. condenam o assassinato de forças armadas, mas não o fazem por civis desarmados. Como essa atitude de bode expiatório não creditaria o chamado governo, posição, a declarar guerra a seu povo? Em vez disso, genuinamente investigando o assunto. Esses gângsteres são um bando de réplicas de Francafrique com o mandato de afogar as pessoas para promover a pilhagem. Isso é tão vergonhoso. Olhando para baixo no povo da SNW com total desprezo.


Nos Camarões, Guterres e DSG continuam silenciosos, mas especialistas chamam os abusos de Biya e os assassinatos em baixa
 

17 de novembro de 2017 - Por Matthew Russell Lee, Áudio da ONU
 
NAÇÕES UNIDAS - Uma semana após o secretário-geral da ONU, António Guterres, ter aceitado uma estátua de ouro do presidente de 35 anos de Camarões, Paul Biya, em Yaoundé, houve ameaças de acusação contra pessoas que se recusam a comemorar os 35 anos de poder de Biya. Foto da carta aqui . Então é assim que Guterres celebra, sob a Doutrina de Guterres ? Qual é a relação com as exportações ilegais de madeira assinadas pela deputada de Guterres, Amina J. Mohammed no #RosewoodRacket ? Isso envolve “contrabando de Camarões”. Veja o vídeo da EIA, aqui



Houve ameaças à acreditação da Inner City Press na ONU, aqui . Agora, outra parte do sistema das Nações Unidas - especialistas independentes que o Secretariado da ONU enfatiza NÃO é a ONU - denunciou com atraso onde Guterres, Amina “Rosewood” Mohammed e François Fall não o fizeram. Aqui está o texto completo: 


“GENEBRA (17 de novembro de 2017) - O governo de Camarões deve envolver representantes da população anglófona em um diálogo político significativo e interromper a violência no sudoeste e no noroeste, onde a minoria de língua inglesa do país está sofrendo um agravamento dos direitos humanos. violações de direitos humanos, alertou um grupo de especialistas da ONU. "Instamos o governo a adotar todas as medidas necessárias de acordo com as obrigações de direitos humanos de Camarões para acabar com o ciclo de violência", disseram os especialistas em um comunicado conjunto. Até 17 pessoas supostamente foram mortas e dezenas ficaram feridas e presas em manifestações nas regiões anglófonas do país desde 1º de outubro. Os especialistas estão incomodados com relatos de uma série de medidas tomadas pelas autoridades nacionais, incluindo toques de recolher, proibição de reuniões públicas e outras restrições destinadas a impedir protestos pacíficos. O uso excessivo da força pelos serviços de segurança, ferimentos, detenções em massa, detenções arbitrárias, tortura e outros maus-tratos também foram relatados. 


A liberdade de expressão foi supostamente limitada pelo bloqueio de conexões à Internet e pelo acesso a plataformas de mídia social, como Twitter, WhatsApp e Facebook, que um especialista da ONU já havia condenado. “Essas restrições devem parar imediatamente, e o governo deve garantir uma investigação completa, imparcial e independente sobre todas as alegações de violações de direitos humanos perpetradas durante e após os eventos de 1º de outubro. O governo deve tomar medidas efetivas para processar e sancionar todos os responsáveis ​​por tais violações. ”O apelo por ação ocorre quase um ano depois que especialistas da ONU conclamaram publicamente o governo a suspender a violência contra a minoria anglófona, após relatos de manifestantes anglófonos em Buea. e Bamenda sofrera força indevida. Os especialistas também denunciaram qualquer uso de violência contra membros das forças de segurança, depois de relatos de que vários foram mortos na semana passada. 


Desde dezembro de 2016, os especialistas têm repetidamente levantado preocupações diretamente com o governo de Camarões e continuam a monitorar e buscar esclarecimentos sobre as supostas violações de direitos humanos no noroeste e sudoeste do país. A Sra. Annalisa Ciampi, Relatora Especial sobre os direitos à liberdade de reunião pacífica e de associação; Sr. Michel Forst, Relator Especial sobre a situação dos defensores dos direitos humanos; Senhor José Antonio Guevara Bermúdez, Presidente do Grupo de Trabalho sobre Detenção Arbitrária; O Senhor David Kaye, Relator Especial sobre a promoção e proteção do direito à liberdade de opinião e expressão; A Sra. Agnes Callamard, Relatora Especial sobre execuções extrajudiciais, sumárias ou arbitrárias; Sr. Fernand de Varennes, Relator Especial sobre questões de minorias. ” 


Qual o próximo? Quando será que o fracasso da ONU vai ver as áreas anglófonas, ou ser substituído? Como a Inner City Press pediu à ONU sobre o dia 16 de novembro, mais de 46.000 pessoas até agora pediram a Guterres para investigar e agir sobre as ações de Maomé com respeito (ou desrespeito) aos recursos naturais em pau-rosa na Nigéria e em Camarões. Mas como nos Camarões, Guterres se recusa até agora a agir.



Antonio Guterres levando presente de ouro de Paul Biya, 27 out 2017

Enquanto isso, na Região Sudoeste, há um toque de recolher e a demanda para se registrar e dar “armas” ao governo. Em 13 de novembro, o Inner City Press pediu ao porta-voz da ONU, Stephane Dujarric, a transcrição da ONU aqui


Inner City Press: no fim de semana, nos Camarões, tanto no noroeste quanto no sudoeste, havia uma coleção aparentemente à luz não apenas de armamentos, rifles e revólveres, mas até enxadas e cutelos, dizia basicamente um desarmamento total e ... e … Impingindo até o trabalho agrícola por pessoas. E eu estou imaginando, dado que François Fall é ... pede um diálogo, o que ... a ONU está ciente disso? Há ordens escritas on-line que você pode ver dizendo às pessoas para transformar todas essas coisas em ... Porta-voz: "Não tenho nada sobre esses relatórios a partir de agora." 


Nem seis horas depois. Em 9 de novembro, o Inner City Press pediu à funcionária da ONU Najat Rochdi, chefe do sistema da ONU em Camarões até o começo deste ano, que agora é deputada na República Centro-Africana, onde Guterres acabou de visitar antes de Camarões, se Guterres tivesse falado com ela. em tudo sobre os Camarões. Não, ela disse, ele queria otimizar seu tempo. Vídeo aqui . Então, aparentemente, Guterres obtém suas informações e estátuas de ouro de Paul Biya ou de Khassim Diagne, que fazia parte do sistema de Rochdi. É um loop fechado e uma falha total. Em 8 de novembro, o Inner City Press perguntou ao porta-voz de Guterres, Stephane Dujarric (respondendo a uma espécie de opinião, que "Os anglófonos estão fazendo filmagens hoje"), transcrição da ONU aqui


Inner City Press: nos Camarões, sei que houve um telefonema de François [Lounceny] Fall e, creio eu, o secretário-geral para o diálogo com as “regiões anglófonas”. É relatado na imprensa em Iaundé que o Governo tem procurado mandados de prisão internacional para 15 líderes anglófonos, e eu estou querendo saber se isso seria visto como consistente com este apelo ao diálogo e, se não, se a ONU tem algo a dizer sobre isto. 
Porta-voz Dujarric: Eu não tenho nenhuma informação sobre esses mandados de prisão. Nós, obviamente, continuamos a pedir calma e reiteramos a disponibilidade da ONU para apoiar a busca por uma solução duradoura nas províncias anglófonas. E nós chamamos o ... também às autoridades para garantir a máxima contenção das forças de segurança. Evelyn? Evelyn Leopold: Sim. Eu acho que os anglófonos fizeram algumas filmagens hoje. Vídeo aqui; Leopold, aposentado da Reuters, ainda exige as primeiras perguntas em coletivas de imprensa da ONU "em nome da Associação de Correspondentes das Nações Unidas", que cobrará dinheiro por um evento com Antonio Guterres em meados de dezembro - nós teremos mais informações sobre isso.


Em 7 de novembro, o Inner City Press perguntou ao porta-voz de Guterres, Stéphane Duajrric, a transcrição da ONU aqui : Inner City Press: Eu queria fazer-lhe duas perguntas sobre Camarões. Uma é, desde a visita do Secretário-Geral, um, há um… há relatos de uma repressão em um lugar chamado Jakiri, onde um policial foi morto, e agora basicamente todos estão sendo informados de que haverá punição coletiva a menos que uma arma seja virada sobre. E eu queria saber, é o Sr. [François Louncény] Fall… quem… depois da visita, quem está acompanhando? Além disso, talvez, o governador do estado de Cross River na Nigéria, Ben Ayade, tenha dito que a fronteira foi essencialmente fechada para as pessoas fugindo dos Camarões ... a região anglófona dos Camarões, e eu queria saber se isso é algo que Sr. Fall ou no… você sabe, o ACNUR está ciente. Porta-voz: ACNUR, você pode verificar com eles. Eu vou ... eu não tenho nada sobre… mais em Camarões. Inner City Press: se o Sr. Fall estava lá na viagem ... ele não estava na foto com o ... Porta-voz: Ele estava lá. Nós já dissemos que ele estava lá. Inner City Press: Tudo bem. Então, qual foi o ... foi algum plano para o trabalho continuado ...? Porta-voz: Se houver mais uma visita que ele possa fazer, anunciaremos isso. Nada. Em 6 de novembro, o Inner City Press perguntou ao vice-porta-voz de Guterres, Farhan Haq, a transcrição da ONU aqui :


Inner City Press: tem a ver com os Camarões, onde o Secretário-Geral parou, encontrou-se com o Presidente [Paul] Biya. Hoje, eles estão comemorando o trigésimo quinto aniversário de sua ascensão ao poder. E surgiu uma carta que ordena que todos os funcionários do governo participem da cerimônia que assinala o trigésimo quinto ano no poder de Paul Biya, dizendo, basicamente, que os nomes devem ser fornecidos, e eles serão punidos por não. Dado ... eu acho que estou apenas me perguntando, é o segundo ... foi o secretário-geral, quando ele parou, quando ele tomou esta estátua de ouro, o que ... ele estava ciente disso? Em que ele pensa… é isso… é permissível, do ponto de vista da ONU, que um governo ordene que seus funcionários públicos marquem o trigésimo quinto ano em poder de um líder ou enfrentem punições, ou isso deveria ser desencorajado? 

E ele tem algum comentário sobre isso? Vice-porta-voz: Obviamente, as pessoas em todos os lugares têm o direito à liberdade de movimento, liberdade de expressão, liberdade de reunião. Essas liberdades precisam ser respeitadas em todas as circunstâncias. Com relação ao presente, Stéphane [Dujarric] deixou bem claro para você que é um presente de protocolo padrão - que acontece em muitos países e contextos diferentes. ”A ONU enviou uma ameaça à Inner City Press para“ revisá-lo ”em 20 de outubro, usando seu pretexto era uma violação indefinida do Periscópio na sala de conferências do 38º andar do Secretário-Geral da ONU, António Guterres, e a publicação de áudio de uma agência da ONU, citando Camarões. Em 31 de outubro, na emboscada do Conselho de Segurança da ONU, o embaixador de Camarões se aproximou do Inner City Press e emitiu sua própria ameaça. 

Do 38º andar da ONU, ele exigiu da Inner City Press: “Quem lhe pediu para ir para 38? Vou ligar e dizer para o Matthew não subir. Você começou ... fazendo perguntas desagradáveis. ”Em 2 de novembro, o Inner City Press perguntou ao porta-voz de Guterres, Stephane Dujarric, vídeo aqui , transcrição da ONU aqui: Inner City Press: uma declaração feita pelo Representante Permanente de Camarões para mim no Conselho de Segurança em uma área pública, dizendo, no dia 38, “Quem te pediu para estar lá em cima? Eu vou fazer uma ligação para ter certeza de que Matthew não está mais lá. Você faz perguntas desagradáveis. ”Assim, a minha pergunta é que, se um Estado-Membro, neste caso, um Estado-Membro sujeito a perguntas, desagradáveis ​​ou não, ligasse para o 38.º andar e dissesse: quero que um determinado meio não estar lá em cima, por que eles estão lá em cima - qual seria a resposta do 38º andar? Eu pergunto porque eu recebi uma ameaça de acreditação por estar lá em cima. É por isso que é estranho… Porta-voz: Bem, eu acho que você está mixando… você sabe, se um evento é aberto para a imprensa, para a imprensa mais ampla, então todos são bem-vindos. Nós não somos… os jornalistas aqui têm que fazer o seu trabalho. 

Existem obviamente restrições, dependendo do evento, mas eu acho que a resposta seria não. Obrigado. ”Isto do porta-voz da ONU que jogou o Inner City Press para fora do briefing da imprensa da ONU e depois de seu escritório, mantendo-o ainda restrito. Esta é a ONU de hoje. Mas o Inner City Press pode publicar essa ameaça, impedindo ou impedindo a cobertura de assassinatos e deslocamentos em massa de anglófonos, sem que a máquina de censura do Departamento de Informação Pública da ONU se mexa para rever seu credenciamento ou usando-a como base para continuar a manter o Inner City? Pressione de seu escritório de longo prazo, mantenha-o restrito em movimento? A chefe do DPI, Alison Smale, disse que viu a necessidade de responder a petições para restaurar a Inner City Press ao seu escritório e acesso normal - então seu Departamento emitiu sua ameaça de 20 de outubro. Agora isso. Assista a este site - áudio aqui . Esteja ciente: o áudio é do próprio DPI do Smale. Esta ONU tornou-se repugnante. O funcionário da ONU que assinou a carta , quando a Inner City Press foi perguntar sobre a violação do vídeo Periscope ao vivo em uma sessão de fotos do secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, já havia saído minutos depois de enviar a ameaça. 

O que fazer com a declaração vaga da carta, “filmar e gravar no 38º andar limitam-se a oportunidades de fotos oficiais, e não é permitido gravar conversas de outras pessoas na sala. Foi trazido à nossa atenção que você violou essa regra recentemente ”? Não é apenas vago quanto a quando, mas absurdo: uma vez que um Periscópio está autorizado a começar a transmitir, é impossível não gravar alguém que fala alto na foto. Isso acontece dois dias depois que a Inner City Press pediu a Guterres sobre a inação da ONU sobre o genocídio ameaçado em Camarões, e a ONU afirmou que Guterres não ouviu a pergunta de 15 segundos. Recentemente, numa sessão de fotos, o consultor de Guterres sobre os Camarões Khassim Diagne falou em voz alta. A Inner City Press informou mais tarde, com base no fornecimento, que Diagne, que antes era representante dos Camarões no ACNUR , a agência de refugiados da ONU Guterres, falou em favor do governo de Camarões. Esta carta é uma resposta ao relatório? Isso é retaliação? É intimidação parar de denunciar este genocídio ameaçado? Não podemos perguntar ao reclamante, Maher Nasser: depois que a ameaça foi entregue, ele bloqueou o Inner City Pres no Twitter, aqui


Também vem depois que Alison Smale, chefe do Departamento de Informação Pública, que iria “revisar” o credenciamento da Inner City 


Press, ignorou três petições separadas da Inner City Press nas seis semanas em que esteve no cargo, instando-a a remover restrições. O relatório da Inner City Press, que impede a cobertura do desempenho da ONU em crises como Iêmen , Quênia , Mianmar e República Centro-Africana, onde Guterres viaja na semana que vem, com o DPI de Smale dizendo que sua cobertura da viagem será um teste para seu público capacidade de relações. Mas o funcionário da ONU que desencadeou a queixa é Maher Nasser, que preencheu Smale antes dela chegar. 



Um funcionário da “Informação Pública” da ONU está reclamando sobre um artigo, e abusando de sua posição para ameaçar rever o credenciamento da Inner City Press. A ONU já foi convocada por alvejar o Inner City Press, e por não ter regras ou devido processo legal. Mas a ONU é totalmente irresponsável, a impunidade na censura como, em geral, a cólera que trouxe para o Haiti. E, ao que parece, Antonio Guterres não reformou nem reverteu nada. Essa ameaça é de um funcionário envolvido na última rodada de retaliação que disse ao Inner City Press no Twitter para ser menos "negativo" sobre a ONU - em meio à inação sobre o assassinato em massa em Camarões - e que permitiu a aprovação da Inner City Press 'perguntas sobre a cólera que a ONU trouxe ao Haiti e o escândalo de suborno das Nações Unidas, que resultou em seis veredictos de culpado. Nós vamos ter mais sobre isso.

NAÇÕES UNIDAS, 16 de novembro - A exportação para a China de pau-rosa colhido ilegalmente, relatada pelo Le Monde em 3 de novembro com referência à Secretária-Geral Adjunta da ONU Amina J. Mohammed que assinou os certificados, também envolve "contrabando de Camarões". Veja o vídeo da EIA, aqui. Em 14 de novembro, pelo segundo dia consecutivo, o Inner City Press perguntou ao porta-voz da ONU Stephane Dujarric sobre o que Amina Mohammed sabia, e quando, e ele novamente se recusou a responder. 14 de novembro vídeo aqui. Mas do coordenador residente da ONU no Quênia, Sid Chatterjee, dada a posição de seu pai em lei, Ban Ki-moon, e agora ou logo relatando a Amina Mohammed, a reviravolta que o relatório detalhado de Rosewood Racket é "notícia falsa". É isto? Um grupo ambientalista lançou uma petição para que o sucessor de Ban, Antonio Guterres, investigasse Mohammed. 

O Inner City Press perguntou ao porta-voz da ONU, Dujarric, e Boko Haram e Camarões, em 16 de novembro, vídeo aqui, transcrição das Nações Unidas aqui: Inner City Press: Eu quero perguntar novamente sobre esta situação de jacarandá. Ontem eu perguntei o que eu acho que é uma pergunta simples, se os certificados, os milhares de certificados que o Secretário-Geral adjunto assinou foram arquivados em tempo real com a CITES [Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas de Flora e Fauna] como parece ser necessário. Eu não sei se vou conseguir uma resposta para isso, mas eu tenho uma outra pergunta, eu acho, superando, que agora existe online, lançado por um grupo chamado Rainforest Rescue, uma petição ao Secretário-Geral. António Manuel de Oliveira Guterres para investigar as alegações contra Amina J. Mohammed. A comunidade internacional deve processar criminosos entre o tráfico de madeira. E tem 46.000 assinaturas até agora. 

Então, qual é esse procedimento ... posso terminar a pergunta? Qual é o procedimento nas Nações Unidas para uma petição da sociedade civil como esta que recebeu 46.000 pedidos em um período muito curto de tempo? O Secretário-Geral realmente comparará o relatório ao que foi dito publicamente por Amina J. Mohammed e considerará a profunda preocupação dessas pessoas ambientais com isso? Porta-voz: Primeiro de tudo, recebemos petições o tempo todo, e eles são vistos e ... Inner City Press: Existe um limite? Porta-voz: Valorizamos, por princípio, nosso compromisso com a sociedade civil. 

Nós falamos e dissemos o que temos a dizer em nome do Secretário-Geral Adjunto, incluindo o fato de que ela tem ... ela seguiu todas as regras. Se houver dúvidas sobre a CITES e o funcionamento do Ministério do Meio Ambiente da Nigéria, gostaria de encorajá-lo a conversar com o Ministério do Meio Ambiente da Nigéria. O Secretário-Geral tem total confiança e continua a ter plena confiança no Secretário-Geral Adjunto. Inner City Press: pergunta separada. Pergunta separada. Ela estava ciente ... isso não é sobre CITES. Ela estava ciente… o relatório diz que grande parte da madeira que foi realmente exportada vem dos territórios do Boko Haram, ou seja, o dinheiro iria para o Boko Haram. E parte disso foi ilegalmente contrabandeada dos Camarões, então é uma questão que não é abordada por nenhum ... Porta-voz: Eu acho que isso é abordado ... é abordado na declaração. Eu também gostaria de encorajá-lo a ler as longas perguntas e respostas que fez com o Le Monde. "Mas a petição foi lançada depois disso. Quando Mohammed responderá às perguntas da imprensa? Will Guterres, como requerido, investigará?

Da petição: "A vice-secretária-geral da ONU, Amina J. Mohammed, foi envolvida no tráfico de jacarandá. O ex-ministro do Meio Ambiente da Nigéria agiu para facilitar a venda de 10.000 contêineres de jacarandá ilegal para a China. processar os criminosos que estão por trás do tráfico de madeira Para: Estados-membros da ONU, Estados signatários da CITES e Secretariado da CITES O Secretário-Geral Adjunto da ONU foi implicado na venda ilegal de pau-rosa e deve processar os criminosos. As autoridades chinesas desempenharam um papel extraordinariamente positivo no incidente ao apreender nada menos que 10.000 contêineres de jacarandá ilegal, a madeira é avaliada em mais de US $ 300 milhões.

De acordo com o EIA, o Ministério do Meio Ambiente da Nigéria respondeu simplesmente emitindo os desaparecidos documentos retroactivos, o que permitiu que mais de 1,4 milhões de toros ilegais fossem branqueados, em violação das leis nigerianas e da Convenção sobre os Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas (CITES). Os traficantes supostamente subornaram altas autoridades nigerianas - incluindo ministros e parlamentares - com mais de US $ 1 milhão. O escândalo é uma ilustração impressionante do poder exercido pela máfia madeireira. A então ministra do Meio Ambiente, Amina J. Mohammed, parece ter assinado pessoalmente os documentos fraudulentos como uma de suas últimas ações no cargo. Ela está servindo atualmente como o Depu
NAÇÕES UNIDAS - Uma semana após o secretário-geral da ONU, António Guterres, ter aceitado uma estátua de ouro do presidente de 35 anos de Camarões, Paul Biya, em Yaoundé, houve ameaças de acusação contra pessoas que se recusam a comemorar os 35 anos de poder de Biya.  -  Então é assim que Guterres celebra, sob a Doutrina de Guterres? Qual é a relação com as exportações ilegais de madeira assinadas pela deputada de Guterres, Amina J. Mohammed no #RosewoodRacket? Isso envolve “contrabando de Camarões”. Veja o vídeo da EIA, aqui.

UNITED NATIONS, November 17 — A week after UN Secretary General Antonio Guterres accepted a golden statue from Cameroon’s 35-year president Paul Biya in Biya’s palace in Yaounde, there were threats of prosecution against people who refuse to celebrate Biya’s 35 years in power. So is this was Guterres celebrates, under the Guterres Doctrine? What is the relation to the illegal lumber exports signed off on by Guterres’ Deputy, Amina J. Mohammed in the #RosewoodRacket? This involves “smuggling from Cameroon.” See EIA video, here.




Se recusa a responder DSG Rosewood Racket Qs da Inner City Press, sobre subornos, madeira de Camarões? Por Matthew Russell Lee NAÇÕES UNIDAS, 13 de novembro - A exportação para a China de jacarandá ilegalmente, relatada pelo Le Monde em 3 de novembro, com referência ao secretário-geral adjunto da ONU Amina J. Mohammed que assinou os certificados, também envolve "contrabando de Camarões". " Veja o vídeo da EIA, aqui. Em 13 de novembro, o Inner City Press pediu ao porta-voz da ONU, Stephane Dujarric, para responder a perguntas básicas, mas ele recusou. Vídeo aqui. Isso pode lançar uma nova luz sobre a inação da ONU sobre os assassinatos do governo de Camarões e a interrupção da Internet nas zonas anglófonas. Embaixador de Camarões na ONU, dizendo que telefonaria para garantir que o Inner City Press não pudesse mais ir lá (o Departamento de Informações Públicas da ONU ameaçou o credenciamento do Periscope pela Inner City Press em conexão com as fotos no dia 38) andar), também se gabou de que a oposição do DSG ao separatismo em Biafra levou à mesma posição em Camarões.

 E assim como o enviado da ONU, Chambas, pregou uma Nigéria, o fracassado representante da ONU, François Fall, chamou os secessionistas do sul de Camarões de "extremistas", nem da Rádio ONU. Dizem no jornalismo, siga o dinheiro. Mas, neste caso, pode ser: Siga o Rosewood ou Kosso. Em termos de dinheiro: Joe Biden apareceu na ONU em 3 de novembro, e as mesas foram vendidas por até US $ 50.000. Pode-se pensar, após a comprovada corrupção da ONU no julgamento de Ng Lap Seng / John Ashe por eventos nesta mesma Sala de Jantar de Delegados, cobrar esse tipo de dinheiro por sentar com um “alto funcionário da ONU” seria coisa do passado. . Ou depois de Antonio Guterres foi questionado depois de tomar uma estátua de ouro de Paul Biya, as regras de 35 anos dos Camarões. Mas não. 

Em 6 de novembro, a subsecretária-geral Amina J. Mohammed apareceu, recebeu um prêmio e fez um discurso em um evento em Washington para o qual foram oferecidos patrocínios de US $ 25.000, por uma publicação que cobre e é promovida pela ONU. No dia 9 de novembro, o jornal Inner City Press perguntou ao porta-voz da ONU, Stephane Dujarric, a transcrição da ONU: Inner City Press; como você sabe ou você ou Farhan [Haq] disse, ela recebeu recentemente o Diploma do Ano da Foreign Policy em DC. Ela sabia que esta história estava sendo preparada quando ela aceitou o prêmio? Muitas vezes, para receber o prêmio, você precisa estar presente. Quanto tempo duraram as discussões? Porta-voz: Acho que algumas dessas questões devem ser endereçadas à política externa. Ela estava plenamente ciente de que a história iria sair quando ela recebesse o prêmio. "Nenhum Camarões. Ban Ki-moon permitiu a corrupção de Ng Lap Seng, e Antonio Guterres fez algo para reverter isso. 

De fato, Guterres saiu na mesma porta, Biden entrou, uma hora antes, usando fundos públicos para voar para sua casa em Lisboa, usando um discurso de 15 minutos na segunda-feira para justificar um dia de trabalho remunerado da ONU, e seu porta-voz recusou-se a responder perguntas. um em um almoço no 38º andar, onde o uso do Periscope pela Inner City Press permitiu que o DPI de Guterres sob Alison Smale ameaçasse sua acreditação. Tudo isso ocorre enquanto Guterres encobre matanças em Camarões, e está preparado para ser vendido ele mesmo, em Wall Street não menos. Nós teremos mais sobre isto. Em 2 de novembro, o porta-voz de Guterres Stephane Dujarric anunciou que "na segunda-feira, o Secretário-geral estará em Lisboa para participar na Cimeira de Web 2017, que reúne os líderes de k Empresas de Internet com funcionários de diferentes governos. Você está ciente da atenção que o Secretário-Geral tem dedicado aos usos da Internet. "Realmente? Guterres ficou calado, por exemplo, quando Camarões cortou a Internet por 94 dias este ano; seu Departamento de Informação Pública ameaçou a Inner City Press. 'credenciamento para violação não especificada por transmissão ao vivo de uma foto da Guterres usando a plataforma Periscope do Twitter. Enviar comentários e opiniões


ONU - António Guterres destaca o relatório do enviado François Louncény Fall”, que fez levantar cartazes de protesto em S. Tomé, como nunca sucedeu a nenhuma personalidade estrangeira   -  E aponta São Tomé e Príncipe como exemplo para África nas Nações Unidas” – Essa conversa já é conhecida: “22/01/2018 - Para Francois Louncény Fall, São Tomé e Príncipe é uma referência da Democracia na região. “Nem uma palavra de condenação pela invasão militar e policial do Parlamento por tropas ruandesas e bastonada nas ruas.

Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise 



ONU CONTINUA A BRANQUEAR UM CRIMINOSO FORAGIDO - QUE TUDO FEZ PARA REPETIR A FRAUDE DE 2016 E ATIRAR O PAÍS PARA UMA INVASÃO DO AVARIADO MENTAL ALI BONGO

HOSPITALIZADO EM MARROCOS – AMIGO DE PATRICE TROVODA A QUEM FOI PEDIR O ENVIO DE UM GENERAL PARA PRESSIONAR A CONTAGEM DOS VOTOS NO TTRIBUNAL CONSTITUCIONAL – E, COM ESQUADRA NO ALTO MAR, PRONTA ATACAR - Vice-presidente, vem agora admitir que Ali Bongo Ondimba teve um AVC
Libreville - O vice-presidente do Gabão, Pierre Claver Maganga Moussavou, admitiu sábado, em Franceville (Sudeste), que o Presidente Ali Bongo Ondimba, doente e ausente do país desde o dia 24 de Outubro, teve um acidente cardiovascular cerebral (AVC). Hospitalizado em Ryad no dia 24 de Outubro, Ali Bongo Ondimba, de 59 anos, foi posteriormente transferido para um hospital militar de Rabat (Marrocos), tendo sido depois alojado numa residência privada onde convalesce.
Em Libreville, o porta-voz da Presidencia, Ike Ngouoni, apenas tinha falado de “cansaço severo” e de “sangramento”, sem se referir a verdadeira doença. http://www.angop.ao/angola/pt_pt/noticias/africa/2018/11/50/Gabao-Vice-presidente-admite-que-Ali-Bongo-Ondimba-teve-AVC,e4aa6576-cb91-41b0-abd4-0878c9d4ca34.html


  Persiste o elogio a farsantes, corruptos, a descarados foragidos e  impostores . Não propriamente com a intenção de felicitarem a vitória da democracia sobre   arrogância, o autoritarismo, o saque desbragado e a irresponsabilidade, mas para o branquearem 


A ONU tudo fez para promover o corrupto e foragido Patrice Trovoada, com enviados especiais para lhe branquearem as fraudes e o perpetuarem no poder – Porque, um tal Miguel Trovoada, nomeado como representante da ONU em Bissau, onde não deixou saudades, soube movimentar-se nos bastidores, tal com a campanha em Lisboa para trazer o filho, parido e educado no Gabão, à esfera do poder e da alta corrupção. UM PROSTITUTO EM BISSAU .
Mas quem é que pode dar crédito a estes impostores?  “São Tomé e Príncipe deve continuar “a sua marcha na democracia” 22/1/2018, 12:27 François Louncény Fall, representante das Nações Unidas, disse que "temos São Tomé como uma democracia modelo na região" e que deseja que o país continue "a sua marcha na democracia". https://observador.pt/2018/01/22/sao-tome-e-principe-deve-continuar-a-sua-marcha-na-democracia/

Mas quem é que pode dar crédito a estes impostores?  “São Tomé e Príncipe deve continuar “a sua marcha na democracia” 22/1/2018, 12:27 François Louncény Fall, representante das Nações Unidas, disse que "temos São Tomé como uma democracia modelo na região" e que deseja que o país continue "a sua marcha na democracia". https://observador.pt/2018/01/22/sao-tome-e-principe-deve-continuar-a-sua-marcha-na-democracia/


É noticia da LUSA, replicada na media portuguesa, que, “o  secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres, classifica São Tomé e Príncipe como um exemplo a seguir em África, por ter ultrapassado tensões políticas e terminado o processo de mudanças no poder de forma pacífica.,” https://www.dn.pt/lusa/interior/sao-tome-e-principe-apontando-como-exemplo-para-africa-nas-nacoes-unidas-10319851.html


Na tarde de 16-10-2018

Nas  redes sociais de cidadãos santomenses,  até este momento, não  a vi citada. E, se alguém o fizer,  creio não lhe vai ser dar grande importância.   É que, embora o povo de STP, conheça bem o que é a pobreza – paradoxalmente num pequeno país imensos recursos naturais – sim, é pobre mas não é parvo 


Felizmente que, os santomenses, fazem parte de  um povo crente e pacifico, que nunca perdeu a fé de que o longo e pesado calvário, que tantas privações e sofrimentos lhe causou, haveria de um dia terminar  - Se bem que, depois de tantos saques, não vai ser fácil de um dia para o outro, aliviá-lo de tão pesado fardo e poder  beneficiar do tão desejado bem-estar, com os cofres do Estado vazios,  navios desviados para o Gabão ou encalhados nas praias geradores de eletricidade, inoperativos, e muitos milhões e património, sacado e  levou sumiço    

Mas já se deu o passo fundamental: sacudir um bandido e salvar  do naufrágio um pais que cada vez mais se afundava, cerceava  democracia e oprimia o seu povo.. 

 ONU FECHOU  OS OLHOS AOS ATROPELOS DEMOCRÁTICOS E   DEU CREDIBILIDADE A FORJADAS ESTATÍSTICAS 


Naturalmente que a queda e a debandada do  ditador, Patrice  Trovoada, não ficou a dever-se, minimamente, a qualquer tipo de contributo externo, bem pelo contrário - excetuando Angola e , também, de certo modo, a Guiné  Equatorial, que soube distanciar-se do lamaçal em que se atolava um regime autoritário e saqueador.



Daí que, a divulgação do “último relatório bianual para a África Central, lido ontem pelo representante especial do secretário-geral para a África Central, François Louncény Fall, com  elogios a "todas as partes interessadas em São Tomé e Príncipe pelo seu compromisso em resolver as suas diferenças através de mecanismos constitucionais", tenha soado mais a hipocrisia e  mais um ato de cosmética para salvar a face de um irresponsável foragido





VIROU AS COSTAS À OPOSIÇÃO - François Fall surpreendeu a oposição são-tomense  -  Por Téla Nón  29 de Janeiro de 201  -A oposição são-tomense diz-se surpreendida com a partida do enviado especial do Secretário Geral das Nações Unidas, François Fall que na última semana mediou os termos de compromisso entre a oposição e o poder com vista a sanar a crise político-institucional reinante em São Tomé e Príncipe.
Segundo a oposição, François Fall abandonou São Tomé sem prestar qualquer pronunciamento público, como tinha sido agendado e prometido pelo enviado da ONU. « Cerca das 17:00 horas( de quinta – feira 25 de Janeiro), o Senhor Representante Especial das Nações Unidas voltou a negociar com a oposição uma nova alteração dos termos do compromisso apresentado, que iria ser submetido ao Governo na última audiência com este órgão, e cujos resultados nos seriam transmitidos através de uma declaração pública. Infelizmente, fomos surpreendidos com a sua partida, na mesma noite, e a tomada de posse dos juízes do dito Tribunal Constitucional na manhã de sexta-feira», explicou o maior partido da oposição o MLSTP, numa conferência de imprensa. https://www.telanon.info/politica/2018/01/29/26302/francois-fall-surpreendeu-a-oposicao-sao-tomense/

 MAS QUAL É O CIDADÃO SANTOMENSES . CONSCIENCIOSO E ATENTO, QUE AINDA VÁ NA CONVERSA  DE UM TAL  FRANÇOIS  LOUCÉNY FALI, QUE CHEGOU A ESTAR PRESO EM ESPANHA 

Tal como já referimos, aquando das suas várias deslocações a S. Tomé, quer o  perfil, de um tal François Loucény, como as suas declarações públicas,  levantam mais interrogações e dúvidas de que  certezas tranquilizadoras. 

Não retiro uma palavra do que postei em Janeiro - S. Tomé e Príncipe, um paraíso perturbado, que espera um milagre do enviado especial da ONU François Louncény Fall, que diz ter conhecido Jesus, quando esteve preso numa cadeia de Espanha, por alegado tráfico de droga na mala diplomática


Se se juntar a “grande calma” elogiada por Miguel Trovoada, como observador da CPLP, nas eleições que elegeram Evaristo Carvalho, a Presidente, talvez ambos operem o milagre-da-calma-regime-oposição: “Foi na prisão que aprendi a jejuar e orar, e fiz isso o dia todo. Minha mãe sendo muçulmana não entendeu como eu poderia me tornar um cristão. Eu expliquei os fatos para ela: as outras duas mulheres foram condenadas por 10 anos de prisão, mas Jesus me poupou. Hoje agradeço ao Senhor, porque ele está realmente comigo”. Confessou o ex-PM da Guiné Conacri, numa entrevista a um pastor suíço

 Safou-se das grades, ao fim de uns meses, atirando as culpas à esposa e a um cúmplice, depois de argumentar  ter-se convertido “ao cristianismo para sair do caso com a ajuda da Igreja e a simpatia dos juízes espanhóis que o fazem beneficiar dos bens do bom comportamento na prisão” – Dizem políticos do seu pais


ESTEVE EM JANEIRO PASADO, EM S. TOMÉ, MAS JÁ TINHA ESTADO ANTES PARA BRANQUEAR A  FRAUDE DAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS - 

IGNOROU O ASSALTO DE TROPAS RUANDESAS À CASA DA DEMOCRACIA, A AFRONTA E HUMILHAÇÃO AOS DEPUTADOS DA OPOSIÇÃO   - E DESPREZOU O PEDIDO DE ENCONTRO COM UMA REPRESENTAÇÃO PARLAMENTAR

 STP É "UMA DEMOCRACIA MODELO NA REGIÃO" - Para lançar mais elogios demagogos   à marcha da democracia - Num regime onde a única marcha tem  sido a das fraudes, da arrogância,  do autoritarismo, das bastonadas, dos milhões que voam e  dos navios que desaparecem, sem deixarem rasto - Em suma ,  da mais desenfreada  e despudorada corrupção

22/1/2018, 12:27  - François Louncény Fall, representante das Nações Unidas, disse que "temos São Tomé como uma democracia modelo na região" e que deseja que o país continue "a sua marcha na democracia".São Tomé e Príncipe deve continuar “a sua mar

FRANÇOIS LOUNCÉNY FALL  - CHEGOU A ESTAR PRESO EM ESPANHA POR ALEGADO TRÁFICO DE DROGA  -  Nascido no seio de uma família muçulmana, que aparentemente se convertera ao cristianismo para se livrar das grades prisão e  das graves acusações, de que era acusado pela justiça espanhola  “ele foi preso na Europa com drogas em sua mala diplomática e jogado na prisão, “ –-  Mas safou-se das grades, ao fim de uns meses, atirando as culpas à esposa e a um cúmplice, depois de argumentar  ter-se convertido “ao cristianismo para sair do caso com a ajuda da Igreja e a simpatia dos juízes espanhóis que o fazem beneficiar dos bens do bom comportamento na prisão” – Dizem políticos do seu pais.

Quem não se safou foram as mulheres, envolvidas na teia traficante,  que não renegaram a sua religião

EIS O QUE ELE PRÓPRIO CONFESSA E O QUE É  DITO DO PERFIL DE FRANCOIS LOUNCENY  - Politico de origem islamita que diz ter-se convertido ao cristianismo na prisão, pelos vistos, pelo que se depreende, para merecer a simpatia da justiça espanhola, que o havia condenado e prendido por tráfico de droga – E, no fim de contas, para vir a sensibilizar e merecer a confiança do Secretário-Geral da ONU,  António Guterres, católico praticante, que  haveria de  nomear, em 21/02/2017, François Louncény Fall of Guinea como seu Representante Especial e Chefe do Escritório Regional das Nações Unidas para a África Central (UNOCA). Secretary-General Appoints François Louncény Fall of Guinea to ...

DE FACTO, JESUS FOI AO ENCONTRO DE UM MAGNÂNIMO E INOCENTE CORAÇÃO Estou convencido de que Jesus virá em meu socorro e que irei ao tribunal antes dos dois anos de idade". Após apenas 5 meses de detenção, que é única na Espanha, encontrei-me no tribunal com minha esposa e seu cúmplice – Palavras do diplomata da ONU, enviado pela 2ª vez a S. Tomé

OS OPOSITORES TÊM OUTRA OPINIÃO  “François Louncény Fall, é "a vergonha nacional dos guineenses! “ – Diz a oposição do ex-PM da Guiné, que, em 31 de Março, o  acusou de “mentiroso, traiçoeiro e oportunista” que “sempre conseguiu sair do jogo com todos os regimes políticos guineenses”.

"Oficial sénior do estado, ele foi preso na Europa com drogas em sua mala diplomática e jogado na prisão. Ele cobra a sua esposa (quem seria o culpado e não ele) e converte-se ao cristianismo para sair do caso com a ajuda da Igreja e a simpatia dos juízes espanhóis que o fazem beneficiar dos bens do bom comportamento na prisão .http://www.guineepresse.info/index.php?id=10,15601,0,0,1,0…. guineepresse.info :: | François Louncény Fall : la honte nationale ...…..Traduzir esta págin

PALAVRAS DE LOUCÉNY NUMA ENTREVISTA CONCEDIDA A UM PASTOR SUÍÇO - Que é referida em vários sites

“Outro cristão me disse um dia: "Eu sei uma coisa: você será cristão e embaixador em seu país", mas eu estava longe de suspeitar que isso poderia acontecer comigo! … Foi na prisão que aprendi a jejuar e orar, e fiz isso o dia todo"

Minha mãe sendo muçulmana não entendeu como eu poderia me tornar um cristão. Eu expliquei os fatos para ela: as outras duas mulheres foram condenadas por 10 anos de prisão, mas Jesus me poupou. Hoje agradeço ao Senhor, porque ele está realmente comigo”.

"Eu nasci em uma família muçulmana. Conheci o Senhor Jesus em condições particulares. Sou diplomata, tenho uma boa carreira.  (…) E uma senhora me contou sobre Jesus,(..)."

"Alguns dias depois, essa senhora cristã, a Sra. Chantal Buffet, me trouxe uma Bíblia e disse: "Francois, eu sei que você é inocente, é por sua esposa que você está nesta situação, mas não perca a esperança, trouxe-lhe uma Bíblia.

Comecei a ler salmos e capítulos que ela me contou. Ela me enviou cassetes de testemunho (eu tinha um walkman). Durante as primeiras semanas de minha prisão, senti-me perdido, até tentei suicidar-me. E Chantal Buffet continuou a visitar-me, ela realmente me trouxe comida espiritual. Eu precisava ser fortalecido. 
.

(..) "Foi nessa prisão que aprendi a jejuar e orar, e fiz isso o dia todo. Comecei a sentir Sua presença. Um dia eu torci meu pé. Chantal Buffet veio até mim e disse: "Você é um cristão agora, use sua autoridade como cristão, ore, pergunte." Foi o que eu fiz no mesmo dia, e instantaneamente a dor parou"  

"Estou convencido de que Jesus virá em meu socorro e que irei ao tribunal antes dos dois anos de idade". Após apenas 5 meses de detenção, que é única na Espanha, encontrei-me no tribunal com minha esposa e seu cúmplice, e o Senhor milagrosamente trabalhou: no dia seguinte eu fui liberado! Foi assim que conheci Jesus. E foi após essa experiência dolorosa que voltei para a Guiné, decidi falar sobre o Evangelho. Você se encontra com a oposição? A primeira oposição foi na minha família. Minha mãe sendo muçulmana não entendeu como eu poderia me tornar um cristão. Eu expliquei os fatos para ela: as outras duas mulheres foram condenadas por 10 anos de prisão, mas Jesus me poupou. Hoje agradeço ao Senhor, porque ele está realmente comigo. – Excertos de L'Evangile sera la lumière de l'Afrique - EnseigneMoi... Traduzir esta página

SUGESTÃO DEIXADA PARA QUEM QUEIRA CONHECER MELHOR O SEU PERFIL "Convido você a ler esta entrevista de Lounceny Fall, que se tornou François Fall logo antes da entrevista com o Pastor Suíço. Ele fala sobre a prisão de sua esposa pelo tráfico de drogas na Espanha, seus problemas legais nas Ilhas Canárias. É esse cara que se torna depois do nosso Ministro dos Negócios Estrangeiros e deixa sua esposa em dificuldade para casar com outro. Oportunista e perigoso para a paz na Guiné por ter sido a base de falsos rumores sobre envenenamento. Leia e você vai se entender.

Entrevista entre o Pastor Jacques Beauverd e François Louncény Fall.

Testemunho sob a forma de uma entrevista em um programa de TV na Suíça: "A Bâtons Rompus".   A entrevista foi liderada pelo pastor Jacques Beauverd. Trecho de "Verdades celestiais dadas pelo Espírito Santo a Gwen Shaw" Entrevue entre le Pasteur Jacques Beauverd et Monsieur François ...




ISSEMOS ISTO E REPETIMOS


THE CATHOLIC WILL KNOW, ANTÓNIO GUTERRES. UN SECRETARY GENERAL - WHO TELLS HANDS AND HAS SUPPORTED THROUGH THE UN? - To a Prime Minister, Patrice Emery Trovoada, who promotes radical Islam, to the detriment of the ancestral Christian religion http://www.odisseiasnosmares.com/2017/09/o-muculmano-patrice-trovoada-quer.html  insults the Bishop of the Diocese of Sao Tome and Principe, through public television and is at the same time the leader of the ADI - Ação Democrática Independente  "A party founded by the smuggling and drug business", accusations of the MLSTP-PSD, pronounced in the National Assembly, during the the debate of the Nation in January 2017, made by MLST-PSD, founded by Miguel Trovoada in 1994, then President Miguel Trovoada.- We, MLSTP, take our roast with our heads raised (...) Now, we can talk about the ADI! A party that was born on the basis of smuggling and drug "

SABERÁ O CATÓLICO, ANTÓNIO GUTERRES. SECRETÁRIO-GERAL DA ONU -  A QUEM APERTA AS MÃOS E TEM DADO APOIO ATRAVÉS DA ONU?  - A um Primeiro-ministro,   Patrice Emery Trovoada, que  promove o islamismo radical, em detrimento da ancestral religião cristã    http://www.odisseiasnosmares.com/2017/09/o-muculmano-patrice-trovoada-quer.html insulta o Bispo da Diocese de São Tomé e Príncipe, através da televisão pública e é ao mesmo tempo  líder da ADI – Aliança Democrática Independente "Um partido fundado pelos negócios do  contrabando e droga”, acusações do MLSTP-PSD, pronunciadas  na Assembleia Nacional, durante o  debate da Nação, em Janeiro de 2017, feitas pelo MLST-PSD,  fundado  por Miguel Trovoada em 1994,  então presidente Miguel Trovoada.   - Nós, O MLSTP, assumimos o nosso assado com a cabeça levantada (…) Agora, nós podemos falar do ADI! Um partido que nasceu na base de contrabando e droga”


Will you know, António Guterres, that the Prime Minister, Patrice Emery Trovoada, made the shame accusation that "There is a mafia installed in the courts of the country of Sao Tome and Principe?Há uma máfia instalada nos tribunais do país de São Tomé e Principe ? - Then to dismiss the direction of the Supreme Court of Justice, elected democratically and to promote the substitution, only with judges of its political confidence?São Tomé e Príncipe: Patrice Trovoada defende exoneração de juízes

Saberá, António Guterres, que o Primeiro-ministro, Patrice Emery Trovoada,  fez a vergonhosa acusação de que “Há uma máfia instalada nos tribunais do país de São Tomé e Principe ?  - Para depois demitir a direção do Supremo Tribunal da Justiça, eleita democraticamente e promover a substituição, apenas com juízes da sua confiança politica?  São Tomé e Príncipe: Patrice Trovoada defende exoneração de juízes

SABERÁ O CATÓLICO, ANTÓNIO GUTERRES. SECRETÁRIO-GERAL DA ONU -  A QUEM APERTA AS MÃOS E TEM DADO APOIO ATRAVÉS DA ONU?  - A um Primeiro-ministro,   Patrice Emery Trovoada, que  promove o islamismo radical, em detrimento da ancestral religião cristã    http://www.odisseiasnosmares.com/2017/09/o-muculmano-patrice-trovoada-quer.html insulta o Bispo da Diocese de São Tomé e Príncipe, através da televisão pública e é ao mesmo tempo  líder da ADI – Aliança Democrática Independente "Um partido fundado pelos negócios do  contrabando e droga”acusações do MLSTP-PSD, pronunciadas  na Assembleia Nacional, durante o  debate da Nação, em Janeiro de 2017, feitas pelo MLST-PSD,  fundado  por Miguel Trovoada em 1994,  então presidente Miguel Trovoada.   - Nós, O MLSTP, assumimos o nosso assado com a cabeça levantada (…) Agora, nós podemos falar do ADI! Um partido que nasceu na base de contrabando e droga”

Saberá, António Guterres, que o Primeiro-ministro, Patrice Emery Trovoada,  fez a vergonhosa acusação de que “Há uma máfia instalada nos tribunais do país de São Tomé e Principe ?  Para depois demitir a direção do Supremo Tribunal da Justiça, eleita democraticamente e promover a substituição, apenas com juízes da sua confiança politica?  São Tomé e Príncipe: Patrice Trovoada defende exoneração de juízes

 Mais uma vez usaram artes de malabaristas para passarem informações falsas e disfarçarem a dura realidade, que atormenta o sacrificado povo santomense - 


Fizeram-no com o encobrimento da doença desconhecida,  ao longo de vários meses. Agora, pelos vistos, induzindo a  uma avaliação artificialista, com dados e estatísticas  forjados para que, o Tomé e Príncipe,  fosse classificado,  "entre as 4 nações que se formam no ranking dos países menos desenvolvidos (LDC), para o País Desenvolvido Médio O que significa que STP não vai precisar dos mesmos fundos, o que é realmente  uma perigosa manobra.

 ENTÃO ASSUMAM AS RESPONSABILIDADES  - O MAU É QUE QUEM VAI SOFRER É O POVO PEQUENO OU O GOVERNO QUE VIER A SUBSTITUIR  O GOVERNO CORRUPTO DOS MISTERIOSOS ESQUEMAS E DESCARADOS GOLPES

Era mais que suposto que, elevando o nível fictício de um pais hipotecado em milhões de dívidas, com o artificialismo da retórica promoção da saída da categoria dos Países Menos Desenvolvidos, sim, que o volume dos apoios poderia vir a ser menor - Quando, nas duas Ilhas,  a pobreza só não é mais penosa por ambas desfrutarem  de um solo  fértil e generoso


DEPOIS  DE SE ARMAREM EM RICOS, VÊM AGORA  VÊM  PEDINCHAR MAIS MASSA? 

Agora vem  a ministra da Saúde de São Tomé e Príncipe, Maria de Jesus Trovoada, a  "temer que haja perdas de apoios internacionais na área da saúde, face ao crescimento económico do país.

«O desenvolvimento económico e a passagem de São Tomé e Príncipe de país de rendimento baixo para país de rendimento médio são boas notícias, mas podem significar a perda de apoios internacionais na área da saúde», notou Maria de Jesus Trovoada. 

«Temos muito bons indicadores de saúde e o nosso grande receio é vermos agora todo esse esforço empregue durante anos reduzir-se», afirmou a ministra. https://www.abola.pt/Africa/Noticias/Ver/726593

QUEREM FAMA E DINHEIRO NOS BOLSOS  MAS QUEM É QUE, EM S. TOMÉ, EM BOA CONSCIÊNCIA, ACREDITA NA  CLASSIFICAÇÃO QUE FOI PROPALADA?  QUE  TEVE HONRAS DE MEDIÁTICA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA À ESCALA MUNDIAL  - Dando penacho a um Governo de um país onde o ordenado mínimo mensal é de 40 euros – Em 4 anos de uma desgovernação desastrada e corrupta, com um PM,  em constantes e  prolongadas ausências no estrangeiro


CLIKE E OUÇO O VIDEO
15 Mar 2018 - Press conference by Mr. Jose Antonio OcampoChair of theCo


Tal como então foi referido O presidente do Comité das Políticas de Desenvolvimento (CDP, na sigla em Inglês), José António Ocampo, afirmou, em comunicado,  que este é “um momento histórico”, salientando que apenas cinco países – um dos quais Cabo Verde – saíram da categoria dos Países Menos Desenvolvidos (LDC, na sigla em Inglês), desde que foi instituída em 1971.

Com o aumento do poder aquisitivo nacional e o acesso a melhores cuidados de saúde e educação, quatro países, Butão, Quiribáti, São Tomé e Príncipe e Ilhas Salomão, serão recomendados para a graduação da categoria menos desenvolvida (PMD), o Comitê das Nações Unidas. Política de Desenvolvimento (CDP) anunciada hoje. UNIFEED


Presidente do Cometê para Política de Desenvolvimento Convidado no Noon Briefing
José Antonio Ocampo (centro), presidente da Comissão de Política de Desenvolvimento (CDP), e Diane Elson (direita), membro da Comissão de Política de Desenvolvimento (CDP), jornalistas breves como convidados no briefing do meio-dia. À esquerda está Farhan Haq, porta-voz adjunto do secretário-geral.
19 de março de 2018
centro da cidade de S. Tomé
Assim se vive nas roças 

Quatro países poderiam em breve "se formar" nas fileiras dos países mais pobres e vulneráveis ​​do mundo, anunciou  na quinta-feira um comitê de especialistas da ONU.
O Butão, Kiribati, São Tomé e Príncipe e as Ilhas Salomão aumentaram o poder de lucro nacional e melhoraram o acesso aos cuidados de saúde e educação, tornando-os elegíveis para sair do grupo de países menos desenvolvidos ( LDCs ).
"Esta é uma ocasião histórica", disse José Antonio Ocampo, presidente do Comitê de Política de Desenvolvimento ( CDP ), observando que apenas cinco países se formaram desde que a ONU estabeleceu a categoria de PMDs em 1971.
Os PMDs são avaliados por meio de três critérios: metas de saúde e educação; vulnerabilidade econômica e renda nacional bruta per capita.
Os países devem atender dois dos três critérios em duas revisões trienais consecutivas do CDP a serem consideradas para a graduação.
O Comitê enviará suas recomendações ao Conselho Econômico e Social da ONU ( ECOSOC ) para endosso, que encaminhará sua decisão à Assembléia Geral da  ONU .

Para o membro do CDP Diane Elson, professor da Universidade de Essex, no Reino Unido, o anúncio de quinta-feira foi uma boa notícia para milhões de mulheres em áreas rurais https://unaavictoria.org.au/2018/03/19/four-countries-track-graduate-un-list-least-developed-countries/

VEJA-SE COMO VAI O NÍVEL DA EDUCAÇÃO:  "OS ALUNOS DO INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO (ISP) DE STP REVOLTARAM-SE. – Refere a Lusa que "Os alunos da Universidade Pública de São Tomé e Príncipe (USP) estão em greve desde segunda-feira às aulas, protestando contra a falta de água potável, livros científicos na biblioteca e abuso de autoridade dos professores.Excerto de https://www.dn.pt/lusa/interior/greve-de-estudantes-da-universidade-publica-de-sao-tome-paralisa-aulas-9247290.html

 EM DEFESA DA DEMOCRACIA - FACTOS QUE NÃO PODEM CAIR NO ESQUECIMENTO

São Tomé - 03-09-2018  - Assalto da Tropa Ruandesa ao Parlamento gera conflito na oposição com ricochete à Igreja católica – Primeiro-Ministro, Patrice Trovoada, muçulmano "convicto não quer “Bispo pecador” livremente a falar sem primeiro lhe perguntar -– Tudo por causa de uma interrogação colocada na sua página do Facebook - E perguntar é crime?!... Finalmente quebrou-se o frágil verniz, entre as prepotências de um Perigoso Corrupto-ditador e as cedências de um pacífico Poeta - Pastor

PATRICE TROVOADA QUER PRIVILEGIAR A CULTURA DO CALIFADO ÁRABE EM DETRIMENTO DA SECULAR CULTURA OCIDENTAL CRISTÃ NESTAS ILHAS 

Patrice Trovoada, desde que assumiu as funções de Primeiro-Ministro, em ambas as legislaturas , quer na que deixou a meio por força das graves acusações que pendiam sobre a sua governação, quer na atual, em que goza de confortável maioria parlamentar, nunca deixou de dar sinais de privilegiar o culto muçulmano, através de varias iniciativas, não tanto pelo facto de ele se assumir como um muçulmano  convicto, pois, como pode tamanha vaidade e egoísmo,  perfilhar qualquer culto de índole religiosa senão a de agradar aos petrodólares  dos campeões da corrupção, os à hipocrisia mais refinada dos milionários  da  Arábia Saudita - Ranking de Corrupção

-PORMENORES NESTE SITE EM: 18/09/2017 - muçulmano Patrice Trovoadaquer atirar STomé e Príncipe, para o extremismo islâmico O muçulmano Patrice Trovoada, quer atirar S. Tomé.

 EM DFFESA DA DEMOCRACIA - FACTOS QUE NÃO PODEM CAIR NO ESQUECIMENTO

São Tomé - 03-09-2018  - Assalto da Tropa Ruandesa ao Parlamento gera conflito na oposição com ricochete à Igreja católica – Primeiro-Ministro, Patrice Trovoada, muçulmano "convicto não quer “Bispo pecador” livremente a falar sem primeiro lhe perguntar -– Tudo por causa de uma interrogação colocada na sua página do Facebook - E perguntar é crime?!... Finalmente quebrou-se o frágil verniz, entre as prepotências de um Perigoso Corrupto-ditador e as cedências de um pacífico Poeta - Pastor


Patrice Trovoada, concordou em lidar com DiamondWorks.   A  DiamondWorks teve ligações passadas com  a África do Sul a  empresas mercenárias, algumas das quais estavam ligadas ao golpe de julho de 2003 contra de MenezesTrês outros ministros, incluindo o Ministro dos Negócios Estrangeiros, que também renunciou ao escândalo http://scholarship.law.berkeley.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=1098&context=bjalp
 ONDE É QUE EXISTE UM PAIS DO MUNDO, COM TÃO MANIFESTA PRECARIEDADE NOS SERVIÇOS DE SAÚDE,   PODE SER CLASSIFICADO, COMO DE NÍVEL ELEVADO? - 

Saúde em São Tomé e Príncipe -  Único hospital público do retrato da extrema precariedade, bem como os velhos antigos edifícios coloniais adjacentes e   demais pavilhões que foram construídos e equipados ao longo dos últimos anos, resultantes  de parcerias governamentais com outros países, principalmente Portugal e Twaian, mas também com parcerias privadas locais de duvidosa credibilidade acrescer à péssima gestão  pública, onde os pacientes internados, em miseráveis condições,, continuam a conviver com lixo hospitalar, num ambiente propício à proliferação de infeções hospitalares e transmissão de doenças


Apesar de tudo, fui um privilegiado 

QUANDO ALI ESTIVE INTERNADO PUDE CONFIRMAR A IMUNDICE QUE IA NAS CASAS DE BANHO E DE OUTRAS MISÉRIAS - Mesmo assim, fui um privilegiado -  Não tendo a menor queixa da assistência que recebi, que até foi muito 

Sim, contrariamente ao que propaganda apregoa, com um Serviço Saúde, extremamente precário e  deficiente, no qual os  quadros profissionais também são lesados, com salários mensais que, na sua quase generalidade,  não excedem os 200 euros mensais, havendo, pois, quem, conhecedor da triste realidade, considere que a qualidade dos serviços de saúde, no país, regrediu nos últimos anos, em virtude de se ter extinta a figura do Provedor de Justiça, que era a entidade responsável por promover os Direitos Humanos, ao buscar junto ao governo a implementação de políticas públicas”

Nenhum comentário :