expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

BANCO PÚBLICO DE STP EXPURGADO DE GESTORES DE CREDIBILIDADE DUVIDOSA, REAGEM À DESPARASITAGEM –Hélio Almeida, uma das alavancas que o Pinta Cabra instalou para sacar milhões do Erário Público, substituído por Américo Barros, ele a sua quadrilha, vêm refutar a inocência das jogadas - O mesmo campeão que, Patrice Trovoada, acusara de ter lesado o Estado em 300 mil euros foi o político escolhido por Patrice Trovoada para novo governador do Banco Central – Veio agora refutar as acusações e insinuações expressas em resoluções governamentais que os exoneraram dos respetivos cargos


STP-PRESS



(atualizaçao)  REAÇÃO APADRINHADA POR EVARISTO CARVALHO, QUE NÃO CONSEGUE DISTANCIAR-SE DE SECRETARIAR O PARTIDO QUE O ELEGEU  - JÁ TEVE A RESPOSTA DA COLIGAÇÃO


Coligação pede Presidente da República para não bloquear as ações do governo
São Tomé 05 Fev. (STP-Press) – O líder da coligação PCD-MDFM-UDD no poder em São Tomé e Príncipe, Arlindo Carvalho instou hoje Presidente da República para “não constituir uma força de bloqueio às ações do governo”, forjando “crises politicas que em nada contribuem para a solução dos problemas” do País.
Carvalho fez estas declarações esta manhã à imprensa reagindo a “estranha carta” divulgada pela Presidência da República a propósito da demissão do governo do Banco Central, na qual, o Chefe de Estado são-tomense, Evaristo Carvalho acusa o governo de Jorge Bom Jesus de ter usurpado os seus poderes.
http://www.stp-press.st/2019/02/05/coligacao-pede-presidente-da-republica-nao-bloquear-as-acoes-do-governo/


QUE CREDIBILIDADE PODERIAM OFERECER ESTES IMPOSTORES?

Os farsolas nomeados pelo foragido,  para lhe assegurarem as trafulhices, as golpadas dos enormes desvios, e que, há uns dias foram sacudidos pelo atual Governo de Jorge Bom jesus, por falta de transparência na gestão dos dinheiros públicos, ei-los a virem a terreiro refutar as cumplicidades em que foram coniventes com Pinta Cabra.


Até onde vai o descaramento, de quem pactuou com o saque do erário público -  O ex-governador do Banco Central são-tomense, Hélio Almeida e os seus antigos administradores refutaram  as acusações e insinuações expressas em resoluções governamentais que lhes exoneraram dos respetivos cargos e lamentaram nunca terem sido chamados “a prestar quaisquer esclarecimentos”, sobretudo, no âmbito da reforma monetária. http://www.stp-press.st/2019/01/26/ex-governador-administradores-exonerados-do-banco-central-refutam-as-acusacoes-do-governo/

Hélio de Almeida  - Américo Barros


NÃO SE PODE PERDER TEMPO COM A DESPARASITAGEM  SE SE PRETENDE LIMPAR AS GRANDES TEIAS DE ARANHAS  ISTALADAS POR TROVOADA EM TODOS OS SECTORES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA


Recentemente, o governo de São-Tomé e Príncipe, liderado por Jorge Bom Jesus,  exonerou Hélio de Almeida do cargo de Governador do Banco de São-Tomé e Príncipe, tendo nomeado  para o seu lugar Américo de Barros



De acordo com um documento, aprovado em Conselho de Ministro, o governo justificava a  “situação anómalas no processo de reforma monetária, que culminou com a transferência de avultadas somas para uma conta de uma sociedade de direito britânico bem como uma queixa-crime relacionada com denúncia de uso indevido de notas velhas recolhidas no âmbito desta reforma.

“ As suspeitas de falta de transparência verificada no processo de adjudicação e execução das obras do novo edifício do Banco central é outro ponto referenciado  no documento como uma das causas da exoneração em bloco da anterior direcção de Hélio Almeida http://www.stp-press.st/2019/01/24/governo-exonera-helio-almeida-nomeia-americo-barros-cargo-governador-do-banco-central/

  PARA OS DESMEMORIADOS -   O QUE DISSEMOS NESTE SITE
  
QUAL DOS DOIS É MENOS ALDRABÃO E MENOS  SEM VERGONHA? 



BANCO CENTRAL DE STP - EM  MÃOS DE CREDIBILIDADE DUVIDOSA

Maria do Carmo Trovoada - CPLP
08-12-2016 - Hélio Almeida é o novo governador do banco Central -Hélio de Almeida, antigo ministro do Plano e Finanças no governo de Gabriel Costa, substitui no cargo Maria de Carmo Trovoada Silveira

O governo são-tomense nomeou o antigo ministro do Plano e Finanças Hélio de Almeida como novo governador do Banco Central de São Tomé e Príncipe (BCSTP). Hélio de Almeida, antigo ministro do Plano e Finanças no governo de Gabriel Costa, substitui no cargo Maria de Carmo Trovoada Silveira, nomeada secretária executiva da Comunidade dos Países de Língua Hélio Almeida é o novo governador do banco Central


MAS QUEM É QUE PODE CONFIAR NOS JOGOS DESTES FARSOLAS? - Vejam-se os dois episódios:


Um Pais sem credibilidade governativa –: O ex-ministro das Finanças, Hélio de Almeida, acusado pelo Partido do Governo de ter lesado o Estado em 300 mil euros foi o político escolhido por Patrice Trovoada para novo governador do Banco Central,

Afinal, quem tinha razão era o Hélio ou o Patrice?  Era o Hélio de Almeida, que acusava Patrice Trovoada, de uma dívida de 192 mil euros com a Globus Vision ou era o então Ministro  das Finanças que  lesou o estado são-tomense em cerca de 300 mil euros, decorrentes de um alegado negócio sigilo entre o governo e a CST, Companhia São-tomense de Telecomunicações?



ABSOLUTISMO DO GABONÊS PATRICE TROVOADA NA  ESTOCADA FINAL À  BANCA, DA QUAL, ALIÁS, SEMPRE SE SERVIU, CONFORME QUIS E LHE APETECEU Mas agora quer ir ainda mais longe: pontapear  os que serviram os seus caprichos esbanjadores , tal como apunhalou os seus amigos de Taiwan  - Porventura para se assenhorar da mesma   - Refere o Jornal Téla Nón, que, "Desde 13 de Fevereiro último que o Banco Central decidiu administrar o Banco Privado. Segundo os accionistas do Banco Privado, já  no dia 26 de Fevereiro, o Banco Central decidiu  pela venda dos activos do banco sob pretexto duma “suposta” situação de pre-falência"Numa carta-protesto, endereçada ao Primeiro Ministro Patrice Trovoada, ao Ministro das Finanças Américo Ramos e ao Governador do Banco Central Hélio Almeida, o conselho de administração do Banco Privado, denuncia as acções desencadeadas pelo Banco Central. Com efeito, em 1 de Fevereiro de 2018 o Banco não se encontrava em situação de insolvência e a sua situação financeira contradizia completamente os vossos argumentos e a decisão de possível falência"lê-se na carta do Conselho de Administração do Banco Privado.
(...) Por estes e mais factos detalhados na carta endereçada ao Governo são-tomense, o Conselho de Administração do Banco Privado, chega a seguinte conclusão …« os acionistas do Banco constatam que a decisão do Banco Central de São Tomé e Príncipe, de proceder a alienação  dos activos do BPSTP é na realidade uma tentativa grosseira de espoliação dos seus activos, portanto duma expropriação brutal dos depósitos dos clientes que à luz dos relatos acima referidos nunca estiveram em causa" - concluiu  

Na luta contra a alegada espoliação dos seus activos por parte do Governo, via  Banco Central, o Banco Privado já avançou com uma providência cautelar junto ao Tribunal Judicial de São Tomé e Príncipe.

O leitor deve ler na íntegra a carta que o Conselho de Administração do Banco Privado, enviou ao Primeiro Ministro Patrice Trovoada, ao Ministro das Finanças e ao Governador do Banco Central.  Excerto de https://www.telanon.info/economia/2018/03/28/26645/assalto-ao-banco-privado/

27/03/2018 OPOSIÇÃO SANTOMENSE PEDE AO MP ABERTURA DE INQUÉRITO CRIMINAL CONTRA A VICE-GOVERNADORA DO BANCO CENTRAL – Mas de pouco ou nada valerá – Quem manda o padrinho-mor da causa nostra
O Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe-Partido Social-democrata (MLSTP-PSD) pediu hoje ao Ministério Público a abertura de um inquérito criminal sobre denúncias, nas redes sociais, de atos de corrupção que envolvem a vice-governadora do Banco Central.
De acordo com essas denúncias, a vice-governadora do banco central são-tomense (BCSTP), Massari Lima Fernandes de Sousa Pontes, sobrinha do actual ministro da defesa e ordem interna do ADI Arlindo Ramos, usou uma avultada soma em dinheiro para a compra de um apartamento em Portugal que custou mais de 250 mil euros.


MARIA DO CARMO TROVOADA  NA AGENDA POLITICA DA ESCOLHA DO TIO MIGUEL PARA CHEFIAR A EQUIPA DE OBSERVADORES DA CPLP
Promiscuidade sem o menor pudor
O mesmo jogo voltou a  fazer para chefiar a equipa de observadores nas eleições presidenciais de Angola, se bem que agora com outra divulgação   23/08/2017Miguel Trovoada: ″Há uma grande calma″ | Mediateca – Todo o ...

As declarações de Miguel Trovoada, não foram tonadas públicas , nas Ilhas, porque também se desconhecia da existência dessa grosseira cumplicidade







Nenhum comentário :