expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Mais de um terço dos imigrantes sente-se descriminado em Cabo verde” Governo de Ulisses Correia e Silva, segue as mesmas politicas ultraliberais do seu amigo Pinta Cabra - Ambos facilitaram vistos de entrada e se preocuparam menos em resolver os problemas sociais mais prementes, gerando descontentamento interno, dados os privilégios concedidos a estrangeiros



JORGE TRABULO MARQUES - JORNALISTA - INFORMAÇÃO E ANÁLISEGE  A INVASÃO AMARELA VAI DE VENTO EM POPA  - DISSE  EM 12-02-2008 – POR ISSO, QUEM NÃO ESTIVER AO LADO DELA , NÃO PETISCA  NADA - MESMO QUE DEPOIS DO VOO, FIQUE DEPENADO E, COM  A PASSARADA ESFOMEADA E REDUZIDA À ESPINHA


CABO VERDE E S. TOMÉ E PRÍNCIPE EXPERIÊNCIAS FALHADAS DE ULISSES COM TROVOADA   - MAS A DESCRIMINAÇÃO. É UM FENÓMENO SOCIAL E NÃO RACIAL   - Que resulta mais da incompetência governativa  e do descontentamento  dos cidadãos do que propriamente  da discriminação que estes possam fazer aos estrangeiros.

 MAS "CUIDADO COM A TROCA DE EXPERIÊNCIAS APOIADAS POR GOVERNOS QUE TÊM ESTADO AO LADO DE PINTA CABRA - POIS  AINDA ESTÃO MUITO FRESCAS 

ERROU NA PONTARIA MAS O DIABO ANDA À SOLTA  NÃO SE SABE ONDE - Quem não reflete nesta afirmação? PM de São Tomé e Príncipe e de Cabo Verde vão passar a reunir-se anualmente

CABO VERDE  - Cidadãos de 32 países europeus isentos de vistos para Cabo Verde a partir de 1 de janeiro 20/09/2018 -  ADI aprovou a alteração da lei de isenção de vistos aos estrangeiros

Refere estudo que "Mais  de um terço dos imigrantes sente-se discriminado em Cabo Verde, onde a população estrangeira mais do que triplicou numa década, segundo dados apresentados  num seminário sobre integração social de imigrantes a nível local -

Segundo a mesma investigação,  35% dos imigrantes sentem-se discriminados, sendo que este sentimento é mais comum entre os provenientes da África Ocidental, por causa da compleição física, e entre os asiáticos, relacionado com a questão da língua.

O estudo aponta ainda que 67% dos cidadãos da União Europeia se consideram bem integrados, comparado com 48% dos chineses e 47% dos africanos.. https://observador.pt/2017/06/15/mais-de-um-terco-dos-imigrantes-sente-se-discriminado-em-cabo-verde/

O TÍTULO DESTA NOTÍCIA DEVIA SER LIDA AO CONTRÁRIO 

 QUEM IMIGRA PARA Cabo Verde, dificilmente vai para trabalhos duros e vergar a mola  - Cabo verde é o pais dos PALOP com  mais população fora do que dentro - Aquele  com mais altas taxas de emigração — as estimativas apontam para um milhão na diáspora.




QUANDO SE ALUDE A TÃO ELEVADA ESTATÍSTICA DE DISCRIMINAÇÃO,  E  SENDO O CABO-VERDIANO, UM POVO  TRADICIONALMENTE EMIGRANTE, HABITUADO A ARROSTAR AS MAIS DURAS VICISSITUDES, A INTEGRAR-SE NAS MAIS DIFERENTES CULTURAS, CUSTA A  CRER, QUE, NA SUA PÁTRIA, ELE DESCRIMINE OU SE SINTA INADAPTADO A ACEITAR OS QUE  PROCURAM TRABALHO NO SEU PAÍS  -  

A explicação é bem diferente: pois deverá traduzir mais o sinal de descontentamento por quem o marginaliza e deveria assegurar-lhe  meios, condignos,  para se fixar   na sua terra e constata que esses privilégios são dados a estrangeiros: - Que, no fundo, é o mesmo estado de espírito que está recrudescendo, em todos os países,  onde a invasão maciça asiática, tomou como que de assalto dos negócios mais apetecíveis, sem grandes riscos e,  a troco de uma malga de arroz ou de um a fatia de pão, rapinarem um salpicão, as suas principais riquezas: sejam minerais, piscatórias, banca, saúde e em tudo onde encontrarem em negócio fácil

Seduzindo e corrompendo as elites em detrimento do povo. Como experientes e milenares  mercadores, não se importam de quem governa, seja o ditador ou o diabo mais pintado do Inferno, senão a cobiça do seu património  A China na África: discurso sedutor, intenções duvidosas

Pelo que é perfeitamente natural que, essa  insatisfação ou indignação,  comércio, inflita naqueles que vão usurpar o controlo e a posse das melhores atividades da sua pátria, sem, contudo, vergar demasiado a mola

  Pois, como é sabido, a escassez de chuvas nas ilhas de Cabo Verde, as secas por vezes prolongadas, o solo mais torrado de que verde, uma certa insalubridade climática, por via das tempestades áridas de poeira do  Saara, da bruma seca que frequentemente flagela a geografia insular, conduz a que,  muitos dos seus filhos ,  emigrem para os mais diversos pontos do mundo, sem, no entanto, a saudade  algum dia se apagar do seu coração ou perderem de vista o retorno ao seu chão natal.  Dai que, hoje em dia, o termo mais usado, para os  cabo-verdianos que emigram  à procura de melhores condições de vida, seja o da diáspora cabo-verdiana






EM ANGOLA SUCEDE A MESMA COISA CAPITAL ANGOLANA – ONDE A PRESENÇA ESTRANGEIRA É A GRANDE PRIVILEGIADA – O grosso da população é afastado para bairros periféricos  miseráveis. "Cidade feita por chineses em Luanda tem tudo, menos pessoas Há relvados, prédios, apartamentos, escolas, lojas e estradas. A única coisa que não há? Pessoas. Era suposto o complexo residencial Nova Cidade de Kilamba - a cerca de 30 quilómetros de Luanda - estar por esta altura cheio de habitantes. Mas até agora não passa de uma cidade-fantasma. https://www.publico.pt/2012/07/05/mundo/noticia/a-nova-cidade-de-kilamba-e-para-ja-uma-cidadefantasma-1553512

A INVASÃO SILENCIOSA MAS EFICAZ   - Denunciada pelo  Sindicato da Construção de Portugal (SCP)que  alerta, em comunicado,  enviado à comunicação social, para a “vinda de milhares de trabalhadores chineses da construção”, uma vez que, já há “contactos entre os chineses que já estão em Portugal com uma rede de angariadores de mão-de-obra portugueses”, que “neste momento já têm, no nosso País, trabalhadores da América Latina e de países do Leste europeu”, estes a “trabalhar clandestinamente em obras de reabilitação e a ganharem 400 euros por mês”. http://etcetaljornal.pt/j/2017/09/sindicato-alerta-para-invasao-de-trabalhadores-

Em Lisboa e Porto, assim como no litoral algarvio, dificilmente se aluga um quatro por menos de 3OO euros mensais Os grandes centros urbanos de Portugal, são aliciantes  para os turistas endinheirados, o maná dos possuidores dos  vistos Golden, para os milionários chineses, marajás  indianos, que são os  grandes senhores  dos principais negócios e ramos de atividade e  cada vez mais difícil para os portugueses e africanos que aqui residam ou  queiram arranjar algum emprego e alugar um quarto ou arrendar uma casa

LISBOA MÃE CABO-VERDIANA, GRÁVIDA, COM SEM-ABRIGO
EM LISBOA NÃO SE VÊM CHINESES SEM-ABRIGO MAS NEGROS E BRANCOS  - E JÁ REPRESENTAM MAIS DE METADE DA IMIGRAÇÃO DE CABO VERDE  - Há 9 anos, em 29/12/2010 - De acordo com os dados da LCP, cerca de 20 mil chineses residem em Portugal, dos quais cerca de três mil estão já naturalizados. Chineses em Portugal apoiam Cavaco Silva - sol.sapo.pt
  
03/09/2015No final do ano passado viviam 21 402 chineses em território nacional, ou seja, mais de 5700 que em 2010, altura em que ultrapassavam o


18/04/2018 - São cerca de 36.578 cidadãos cabo-verdianos residentes legais em Portugal18/04/2018 - São cerca de 36.578 cidadãos cabo-verdianos residentes legais em PortugalCidadãos cabo-verdianos no Norte de Portugal:
 

"O lado racista da presença chinesa em África - Muitos dos trabalhadores dos mega-projetos em África são cidadãos chineses que além da sua força de trabalho trazem na bagagem culturas e perspetivas políticas distintas. E isto dá origem a conflitos, com a rotina diária muitas vezes marcada pela discriminação.



 Na fase de construção da linha ferroviária esteve várias vezes nas primeiras páginas dos jornais devido a alegações de racismo. Jornalistas quenianos expuseram casos de trabalhadores chineses que se recusavam a sentar-se à mesa com os colegas africanos à hora de almoço. Insultos e humilhação eram o prato do dia. https://www.dw.com/pt-002/o-lado-racista-da-presen%C3%A7a-chinesa-em-%C3%A1frica/a-46363461


A MAIOR DITADURA MUNDIAL A CONTROLAR UM SECTOR CHAVE DE UMA DEMOCRACIA -Isto porque a burguesia dirigente no que pensa é acautelar o futuro dos seus com um enorme gamelão ou um majestoso pavilhão
OPA sobre EDP pouco mexe mas chineses são pacientes - Energia ... 11/11/2018
EDP vendida aos chineses por 2,7 mil milhões de euros22/12/2011

Entre 2015 e 2017, cerca de 250 mil cidadãos chineses abandonaram Angola, reduzindo aquela que era a maior comunidade estrangeira no país, concretamente, de 300 mil para 50 mil indivíduos, revelou ontem, a OPAÍS, Xu Ning, presidente da Associação Industrial e Comercial Angola/China.



Os imigrantes dedicavam-se a diversos tipos de actividades, sobretudo nos ramos de construção civil e comércio grossista e retalhista. Contudo em consequência da situação de crise económica e financeira que o país enfrenta desde meados de 2014, agravada por uma acentuada escassez de divisas, muitos viram-se forçados a regressar ao seu país


A PROFECIA QUE SE CUMPRE

ESCRITOR FRANCÊS - HÁ MAIS DE MEIO SÉCULO - NÃO SE ENGANOU - DE QUE A CHINA INVADIRIA  A EUROPA

Vale a pena aqui recordar as palavras do escritor francês louis-Ferdinand Céline - Nma das suas obras mais conhecida é “Viagem ao fim da Noite” Não é autor que eu admire - aliás, o seu comportamento durante a ocupação alemã, é condenado pela história. No entanto, há uma afirmação sua, que surge publicada numa das entrevistas que concedeu, que me parece algo profética ou pelo menos merecedora de alguma reflexão nos tempos actuais. Disse o seguinte: “Vão ter que ver quando as hordas amarelas se lançarem sobre vocês. Digo bem, sobre vocês, os jovens; eu, felizmente, estarei morto” (..) “No mundo amarelo, toda a gente desaparece , antropologicamente. É assim. O amarelo é o pilriteiro da raça. Tudo o mais são fluorescências secundárias. Mas o fundo é amarelo. O branco não é uma cor. O amarelo tem todas as qualidades necessárias para se tornar o rei da Terra. “


Tal como eu disse, há 11 anos,  noutro site, um dos factores principais do sucesso do regime chinês, é, naturalmente, a disciplina, o amor pelo trabalho e a família, o espírito empreendedor e de sobrevivência (que, de resto, já vem de longe) e um grande sentido colectivo - este acentuado ainda mais pela revolução chinesa. Enquanto que, um dos grandes males da decadente civilização ocidental, é justamente o egoísmo dominante, o individualismo exacerbado, o capitalismo selvagem, a perda e descaracterização da sua identidade e dos seus valores ancestrais. - Esta, sem dúvida, a causa para que, ao longo da jornada evolutiva da humanidade, muitas civilizações desaparecessem e outras tomassem o seu lugar.

Este é o destino para qual caminham a passos largos: a Europa, as Américas, Austrália, e até mesmo os países africanos que não souberam libertar-se dos malefícios e dos preconceitos - colonizados/colonizadores - E quem vai saber resistir e perdurar é a raça amarela. Esta já se disseminou há muitos séculos por várias partes do mundo e será precisamente a mesma que completará o seu ciclo, impondo-se às demais.Palavras minhas escritas há 11 anos, em


INVASÃO AMARELA DE VENTO EM POPA  - DISSE EM 12-02-208

DE VENTO EM POPA  - Dizem as estatísticas que a  China já passou da 7ª posição entre as maiores economias mundiais para ocupar o pelotão da frente – Deixando para trás a  Itália, França, Inglaterra e Alemanha. Nesta altura, à  sua frente, apenas o  Japão e os Estados Unidos.

Fábricas que deixaram de empregar mão-de-obra nacional


Não há vila de Portugal – isto para já não falar das cidades – em que não haja lojas do grande país do sol nascente Pergunto: e quantas lojas já os portugueses abriram naquele longínquo país asiático? ... Julgo que poderão contar-se pelos dedos. E, em consequência, o que é que tem acontecido? Fábricas que fecham, comerciantes portugueses que, por não poderem competir com a concorrência dos produtos chineses (confeccionados com mão-de-obra ao preço da chuva) enceram as portas e milhares de portugueses vão parar ao desemprego. Mas isto passa-se, tanto em Portugal, como no resto da Europa e em muitos outros países: uma verdadeira invasão económica. E sem que fosse necessário, usar as armas, dar um único tiro! 

- Aliás, os chineses até são muito pacíficos nos países para onde emigram. Passam grande parte do seu tempo nas lojas - Muitos deles até comem lá e ali reúnem o seu núcleo familiar. Porventura, outros até lá dormem. Preferem os seus a empregarem gente estranha aos seus hábitos e cultura . E até há quem diga que, quando morrem, vão direitinhos de corpo e alma para o céu - É que, se algum morre, nem sequer aparece nas páginas do necrotério dos jornais. Não se vêem funerais. E ainda bem - é sinal de vitalidade e de saúde! Estão em todo o lado em todos os sectores de actividade: são donos de casinos e não tarda que sejam também eles a dominar sub-repticiamente a banca. Não os vejo é a imitar (no futebol) os novos ricos russos. Isso acabará por acontecer, inevitavelmente, mais tarde, quando o regime cair. Para já, parece que o importante é fazer o negócio e não dar muito nas vistas. Actualmente, a colónia chinesa, entre nós, não é das maiores. Porém, já são uns milhares. Mesmo assim, não há casos de polícia nos jornais.

NA CHINA MILENAR   tudo se transforma, nada se perde. Tudo se consome e nada se deita fora - senão o que organismo elimina. Desde a carne de cachorro ao ínfimo gafanhoto. Desde a repelente barata à diligente minhoca. Enquanto na maioria dos países, o golpe económico é desastroso e vai apressar a que o capitalismo seja ainda mais sofisticado e agressivo, naquelas longínquas paragens, as negras nuvens, quase vão passar ao lado. - Pois não se pense que actual crise signifique a morte do grande capital! Ele ainda está de pedra e cal e vai perdurar. - Infelizmente, para pesadelo de biliões de seres humanos, que são usados como carne para canhão Pois, por cada milionário capitalista, haverá mais de mil explorados - E o capitalismo do Estado Chinês, pouco se importará com isso: com o sofrimento de quem está fora das suas fronteiras

 TODAVIA HÁ QUE RECONHECER  QUE A CHINA -  PREFIGURA TAMBÉM  O ENCONTRO DE TODOS OS CREDOS  - 

Aprecio a arte chinesa - tenho este quadro

"A China é um dos poucos países onde se encontram preenchidas todas as grandes espiritualidades da humanidade: Confucionismo, Taoísmo, Budismo, Islamismo, Cristianismo. Mas o processo de abertura foi muito longa. A primeira reunião, foi com a Índia no século IV, o que o levou a abraçar o budismo: levou oito séculos de digerir. O último encontro decisivo, aquele com o Ocidente no século XIX, foi realizada em condições terríveis para a China, sem confiança ou sinceridade. Em 1925 já, Lu Chin, a grande figura literária chinesa, disse: "Nossa salvação está em diálogo com o outro." Hoje, para a China, o Ocidente não é um apelo exótico, uma necessidade vital".
http://www.vida-e-tempos.com/2008/12/a-cultura-amarela-sera-que-atingira-o.html






De acordo com um pensamento  chinês, o universo é regido por um princípio unitário, um sopro (no seu sentido mais nobre, que significa "espírito"). A respiração é a primeira revigorante circular. A matéria é apenas uma espécie de condensação de ar.... Dentro do universo, há duas respirações vitais, yin e yang, e o sopro do vácuo mediana que faz com que uma interação entre os dois, como o torvelinho que vem quando você derramar água quente sobre o chá .- Excerto de.«La peinture est la religion des Chinois» - L'Expres


Tal como também já tive oportunidade afirmar, noutro post - Pessoalmente, nada tenho contra os pacíficos comerciantes e até costumo ser um dos seus clientes (pois, a vida está cara e, conquanto alguns dos seus artigos não me ofereçam grandes garantias, os preços são realmente tentadores: além disso, são simpáticos, não regateiam sorrisos, quando é preciso sorrir. No fundo, o que querem é vender a mercadoria que têm nas prateleiras, receber seu dinheirinho, não ter problemas com ninguém e regressar um dia com um bom pecúlio na algibeira ao seu país, e o resto são cantigas! - São práticos, e, pelos vistos, não são muito apreciadores das nossas burocracias - E, afinal, quem gosta de ser estorvado no seu negócio?… Regem-se pela milenar sabedoria chinesa! Governa-te e deixa que os outros também se governem. Ou seja: compra o que quiseres e deixa vender quem vende - Lá na China o grande patrão é o Estado - e ai daquele que for apanhado a infringir as suas leis! - Já sabe o que lhe acontece. Porém, fora do grande continente amarelo, sentem-se, talvez, como se estivessem perante um verdadeiro oásis comercial: além das ajudas que recebem do seu governo, segundo se diz, gozam de especiais prerrogativas e de uma liberdade total dos Estados onde se instalam - O que a ditadura lá não lhes permite, as democracias ocidentais dão-lhe de bandeja e de sobra: entre outros benefícios fiscais, nomeadamente a possibilidade de mudarem de loja, quando apertados pelo mesmo fisco. É, pelo menos, o que para aí se comenta. Não creio que seja um procedimento generalizado - Mas também dizem que não faltam exemplos.


Fosso entre ricos e pobres está a aumentar, mas é menor na Europa
Relatório que avaliou a desigualdade económica no mundo também conclui que, para aqueles acima dos 50% mais pobres e abaixo dos 1% mais ricos, não houve grandes alterações nos rendimentos desde 1980. https://www.publico.pt/2017/12/15/economia/noticia/desigualdade-entre-ricos-e-pobres-esta-a-aumentar-mas-e-menor-na-europa-1796137


03/09/2015 - No final do ano passado viviam 21 402 chineses em território nacional, ou seja, mais de 5700 que em 2010, altura em que ultrapassavam os 

18/04/2018 - São cerca de 36.578 cidadãos cabo-verdianos residentes legais em Portugal. 18/04/2018 - Cidadãos cabo-verdianos no Norte de Portugal:

A China é uma das grandes potências mundiais e está a expandir-se a cada minuto. Prova disso são os milhares de chineses – cuja população total se cifra em 1.4 mil milhões de pessoas - https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/e-verdade-que-nao-ha-nao-ha-cidadaos-chineses-a-morrer-em-portugal


Os esquecidos da Kinanga ou as promessas de realojamento por cumprir do Governo angolano  - Várias centenas de famílias vivem em condições muito precárias no bairro da Kinanga, um dos bairros mais pobres da capital angolana, enquanto aguardam o prometido realojamento no Zango. https://www.dw.com/pt-002/os-esquecidos-da-kinanga-ou-as-promessas-de-realojamento-por-cumprir-do-governo-angolano/a-19545644

"É muito preocupante porque há situações de violações sexuais e algumas senhoras estão a envolver-se sexualmente com os militares e também os militares estão a extorquir os pacatos cidadãos no sentido de proteger as suas habitações. Só que depois, passando alguns dias, essas casas são demolidas"



AVENIDA ALMIRANTE REIS – A MAIOR AVENIDA DE LISBOA – ESTÁ ENGALANADA COM BALÕES VERMELHOS CHINESES PARA COMEMORAR O ANO DO PORCO  Qual o país ocidental que se dá  ao luxo de fazer o mesmo em Pequim? - "Com um calendário distinto do mundo ocidental, a China inicia nesta sexta-feira (1º) as celebrações de início do ano novo chinês que leva em consideração as fases da lua e a posição do sol.Ano do Porco: China inicia celebração de ano novo nesta sexta-feira 

"CUIDADO COM A TROCA DE EXPERIÊNCIAS APOIADAS POR GOVERNOS QUE TEM ESTADO AO LADO DE PATRICE TROVOA - Era este o nosso aviso, neste site, em 12 de Setembro, 2018


CABO VERDE  - Cidadãos de 32 países europeus isentos de vistos para Cabo Verde a partir de 1 de janeiro 20/09/2018 -Os cidadãos de 32 países europeus estarão isentos de visto de curta duração para entrar em Cabo Verde, uma medida várias vezes adiada, e que começa a vigorar a partir de 1 de janeiro, anunciou esta sexta-feira o Governo.https://observador.pt/2018/12/21/cidadaos-de-32-paises-europeus-isentos-de-vistos-para-cabo-verde-a-partir-de-1-de-janeiro/


ADI aprovou a alteração da lei de isenção de vistos aos estrangeirosA proposta de alteração que foi aprovada com 31 votos da maioria parlamentar, estende o tempo de permanência dos cidadãos estrangeiros que entram em São Tomé e Príncipe sem visto de 15 dias para 6 meses.

A oposição votou contra, e justificou a rejeição da proposta, com o facto de o executivo não ter explicado quais os verdadeiros objectivos do alargamento do tempo de permanência de estrangeiros que entram no país sem necessidade de visto. https://www.telanon.info/politica/2018/08/16/27599/adi-aprovou-a-alteracao-da-lei-de-isencao-de-vistos-aos-estrangeiros/


O AUTO-PROCLAMADO MUÇULMANO, PATRICE TROVOADA  - Pela 2ª vez encosta-se à maçonaria portuguesa  para promover as sondagens da sua campanha eleitoral -   A PITAGÓRICA, que já veio desmentir a sondagem publicada ontem pelo Téla Nón, é uma  empresa liderada  por  Alexandre Picoto - Gestor de PITAGÓRICA - INVESTIGAÇÃO E ESTUDOS DE MERCADO, S.A. – Confesso simpatizante   do “universo maçónico” – Trata-se da mesma empresa de sondagens que está a promover o primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva. Amigo de Patrice -   Sondagem da Pitagórica: MpD considera que resultados mostram confiança no Governo – PAICV diz que confiança está a baixar



Atenção a mais esta apregoada encenação – Nada de fiar: Quem já se esqueceu do saneamento dos juízes sob a cobertura portuguesa, Patrice- “Juízes medíocres podem ser úteis noutros sectores  dos milhões dados a um governo corrupto e das  posições politicas, em seu apoio?  Governo condena tentativa de subversão em São Tomé
  
Quem não reflete nas recentes visitas do Primeiro-Ministro de Cabo-Verde e outras destacadas figuras do regime ultraliberal, que vieram dar cobertura a Patrice? PM de São Tomé e Príncipe e de Cabo Verde vão passar a reunir-se anualmente 



Refere o Téla Nón, que “nas vésperas das eleições gerais de 7 de Outubro próximo, a Comissão Eleitoral Nacional organiza um seminário de troca de experiências sobre o processo eleitoral em São Tomé e Príncipe, Cabo Verde e Portugal. O evento que foi inaugurado esta manhã pelo Presidente da Assembleia Nacional José Diogo, pretende conferir subsídios ao sistema eleitoral são-tomense.l. https://www.telanon.info/politica/2018/09/11/27740/comissao-eleitoral-promove-troca-de-experiencias-com-cabo-verde-e-portugal/

O PAICV, maior partido da oposição em Cabo Verde defendeu hoje que o país vive uma "crise de credibilidade" causada por uma sucessão de "escândalos". - 15/03/2018 PAICV manifestou-se preocupado com a forma como o Governo está a tratar a reestruturação da companhia aérea pública (TACV) e acusou o executivo de pretender também desmantelar os transportes marítimos. “Os TACV foram desmantelados e estão em plena liquidação. O Governo ‘meteu’ 2 mil milhões de escudos (cerca de 20 milhões de euros) na Transportadora Aérea Nacional – que já nem está a voar – e os trabalhadores não conhecem o seu futuro”, disse. Economia - Cabo Verde vive ″crise de credibilidade″ por causa de ...




MUNICÍPIO DE OEIRAS CONDECORA ULISSES...

COMO ELES SE ENTENDEM  -O governante sublinhou ainda que "Oeiras é um parceiro de referência para Cabo Verde". "Esta visita é muito significativa. Temos a convicção de que o desenvolvimento se faz localmente, nos territórios. 


  
A integração dos cabo-verdianos em 
Oeiras é um exemplo bem-sucedido", acrescentou.
Ulisses Correia e Silva disse ainda que um dos grandes objetivos para a comunidade de emigrantes do seu país é que sejam "cidadãos completos" e "isso consegue-se pela cidadania política".


 PITAGÓRICA  NAO PERDE PITADA COM OS GOVERNOS ULTRA-LIBERAIS  - Sondagem da Pitagórica: MpD considera que resultados mostram confiança no Governo – PAICV diz que confiança está a baixar
 
21/07/2018  Cidade da Praia, 20 Jul (Inforpress) – O MpD (partido no poder) considera que a recente sondagem publicada pela empresa Pitagórica mostra a confiança do povo no seu Governo, enquanto o PAICV (oposição) defende que o nível de confiança no executivo está a baixar.


Para o deputado do Movimento para a Democracia (MpD), Emanuel Lopes, o facto de a pesquisa de opinião ter indicado uma queda do seu partido em 10 pontos percentuais em relação às ultimas eleições, o resultado mostra que o povo ainda confia no MpD. CABO VERDE/Sondagem da Pitagórica: MpD considera que

Pitagórica desmente a história de sondagem que chumba ADI  -    - Empresa não tardou a serenar  as hostes de Patrice   -                       

Dizia, ontem,  neste  site, Sondagem encomendada pela ADI projecta sua derrota nas eleições legislativas – E quem duvida? Esta é a vontade da esmagadora maioria dos santomenses – São Tomé e Príncipe – Mas  o que conta é a fraude há muito fabricada – Só que, se for contrariada, Patrice Trovoada, dificilmente poderá resistir  ao descontentamento popular e cavará ainda mais fundo o buraco do seu suicídio politico 
Não constitui surpresa alguma, que Patrice, seja o politico hoje mais detestado dos 43 anos do pós independência, pese todas as suas palavras mansas na rádio e TVS, a propaganda permanente, manipulando, monopolizando desinformando

EMPRESA DE SONDAGENS PITAGÓRICA - LIDERADA POR UM SIMPATIZANTE DA MAÇONARIA PORTUGUESA -  É QUEM  FORNECEU AS SONDAGENS AO MAÇOM ASSUMIDO PATRICE TROVOADA - Segundo ele próprio afirma em "Uma Voz Africana em África" e, nas últimas eleições, deu azo a acesa polémica.


 A Pitagórica – Investigação e Estudos de Mercado é uma empresa com sede em Portugal e escritórios em Cabo Verde bem como no Brasil. Temos também operação ativa com vários projetos realizados em países como São Tomé e Príncipe, Moçambique Angola, Timor Leste e Espanha.  Desenvolvemos a nossa atividade junto das maiores empresas destes países, bem como já trabalhamos com vários Governos, partidos e organizações internacionais. 



Trata-se, com efeito,  de uma empresa liderada por Alexandre Picoto um simpatizante da maçonaria que está também a promover o primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva. Amigo de Patrice, que, na sua visita a S. Tomé, afirmou que  o PM de São Tomé e Príncipe e de Cabo Verde vão passar a reunir-se anualmente   

Sondagem da Pitagórica: MpD considera que resultados mostram confiança no Governo – PAICV diz que confiança está a baixar

Cabo Verde e São Tomé e Príncipe acordaram hoje realizar anualmente encontros entre os respetivos chefes de Governo para avaliar a cooperação bilateral, anunciou o primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva. PM de São Tomé e Príncipe e de Cabo Verde vão ... - Diário de Notícias

P

ADI aprovou a alteração da lei de isenção de vistos aos estrangeirosA proposta de alteração que foi aprovada com 31 votos da maioria parlamentar, estende o tempo de permanência dos cidadãos estrangeiros que entram em São Tomé e Príncipe sem visto de 15 dias para 6 meses.

A oposição votou contra, e justificou a rejeição da proposta, com o facto de o executivo não ter explicado quais os verdadeiros objectivos do alargamento do tempo de permanência de estrangeiros que entram no país sem necessidade de visto. https://www.telanon.info/politica/2018/08/16/27599/adi-aprovou-a-alteracao-da-lei-de-isencao-de-vistos-aos-estrangeiros/

Nenhum comentário :