expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

sábado, 27 de abril de 2019

Naufrágio do Anfitrite, nome da deusa do mar calmo, só trouxe angústia e dor nos corações do Povo de São Tomé e Príncipe : 8 mortos confirmados e 10 desaparecidos – Patrice Trovada: prometeu assegurar as ligação das ilhas com aquisição de novos catamarãs, frisando que com esta perspectiva, o seu executivo pretende dar passos mais largos e quebrar a dependência dos transportes marítimos privado - E, afinal, onde estão os barcos? - Uns encalhados outros envolvidos em negócios privados Questão nublosa, que até hoje não esclareceu devidamente – Empresa multinacional faz publicidade de venda de sete barcos em STP - Quem está ou esteve por detrás do negócio? - Compete às autoridades investigar


JORGE TRABULO MARQUES - JORNALISTA   - INFORMAÇÃO E ANÁLISE 


NÃO PERCA TAMBÉM OS DETALHES MAIS ATUALIZADOS EM
http://www.odisseiasnosmares.com/2019/04/catamaras-para-ligar-as-ilhas-foram.html


PATRICE TROVOADA  É ACUSADO DE TER COMPRADO  CINCO  BARCOS EM SEU NOME  COM O DINHEIRO DO ESTADO SANTOMENSE - Não terá comprado mais e ocultado a sua compra?  E  pô-los  à venda para branquear mais uns largos milhares de euros?   - Compete à justiça investigar  -  Ouça o video, que aqui postamos e atente nas questões que lhe foram colocadas pelo líder da bancada do MLSTP, Jorge Amado e outro deputado da oposição




AUTORIDADE MARÍTIMA SANTOMENSE - DEVERIA INVESTIGAR QUEM É QUE ESTÁ  POR  DETRÁS  DA VENDA DE SETE BARCOS EM STP   NUM SITE DE PROJEÇÃO INTERNACIONAL, É NO MÍNIMO INTRIGANTE  - Numa primeira impressão, tal foi o meu espanto e surpresa, que ainda admiti que os barcos tivessem sido fotografados nas costas marítimas de S. Tomé -
 Mas não tardei a concluir que, para se vender seja o que for, o importante para quem compra é sobretudo a imagem do produto e o preço - E, para quem vende, é sobretudo relevante que a colocação ficcional do que publicita, esteja onde lhe possa dar melhores manobras de se escapar aos impostos e onde ter conta aberta: PT tem muito dinheiro e dispões de muitas cumplicidades em STP  para  continuar a fazer destas ilhas o seu quintal ou a  sua grande propriedade.

Obviamente que não se pode afirmar que seja mais um dos misteriosos negócios de Patrice Trovoada, mas o certo é que ainda hoje subsistem muitas dúvidas com as mal esclarecidas negociatas  dos  catamarãs que comprou  em seu nome  - É uma questão que continua até hoje sem resposta

Não me surpreenderia que ele compre e venda barcos de luxo. Sim, porque em negócios de aviões a jato, já ele tem uma empresa no Gabão, segundo me foi declarado pelo seu ex-assessor , Augério Amado Vaz, de cujo diálogo ainda conservo o registo gravado


Compete à justiça investigar - Ouça o video, que postamos e atente nas questões que lhe foram colocadas pelo líder da bancada do MLSTP, Jorge Amado e outro deputado da oposição - Bem como o video das declarações de Patrice Trovoada, na TVS

,

Somos nós - o time dos sonhos da Rightboat!

"Nós amamos barcos, e nossa equipe estabelecida tem anos de experiência em todos os aspectos da indústria, a melhor inteligência de marketing, a nova tecnologia obrigatória e, finalmente, os mais recentes barcos à venda. Colocamos o serviço de volta ao atendimento ao cliente. Quer esteja a comprar o seu primeiro barco ou a vender as últimas listagens, aqui estão as informações privilegiadas da nossa equipa sensacional!" https://www.rightboat.com/our-team

 - Não há conhecimento que alguém tenha tido sete catamarãs à venda em S. Tomé e Príncipe e novos em folha - Intrigante o facto de se usar o nome de STP como plataforma  para tais negócios 

 INFORMAÇÃO PODERÁ SER VISTA DETALHADAMENTE EM 
 Boats for Sale - New and Used Yachts Sales - Buy Sell a Boat Online 
 DECLARAÇÕES DE PATRICE TROVOADA  NO DIA 31 DE JANEIRO 2016



Naufrágio  do Anfitrite,  Deusa Grega, nome dado a vários barcos, e todo o mundo, não trouxe a calma que a simboliza mas mais uma tragédia as ligações marítimas entre as Ilhas de S. Tomé Príncipe, com oito mortos e 10 desaparecidos, no passado dia 25

ILHA DO PRÍNCIPE MAIS PERTO DE S. TOMÉ  - 01/02/2016Governo são-tomense adquire duas embarcações para fazer ligação marítima entre as duas ilhas. Os dois barcos têm capacidade para cerca de 400 passageiros cada e poderão ligar São Tomé e Príncipe em apenas 4 horas.


É um investimento governamental que poderá atenuar a questão da dupla insularidade de que padece a ilha do Príncipe. Com as duas novas embarcações, o transporte de pessoas e bens, de e para a ilha irmã vai ser mais fácil e frequente. «A continuidade territorial é fundamental. Faz parte da nossa soberania, daí que nós precisamos ter meios do Estado disponíveis para qualquer situação e assegurar a ligação com o Príncipe», afirma o primeiro-ministro Patrice Trovoada.

OUÇA AS ACUSAÇÕES E AS PERGUNTAS COLOCADAS AO ENTÃO PM PATRICE TROVOADA, PELA OPOSIÇÃO, ACERCA DOS CINCO BARCOS COMPRADOS EM SEU NOME MAS COM O DINHEIRO DO ESTADO - Montagem de vídeo com o registo sonoro que fizemos do debate parlamentar, transmitido pela RNSTP




 - GOVERNO ASSEGURA A LIGAÇÃO DAS ILHAS COM AQUISIÇÃO DE NOVOS CATAMARÃS E A DEFESA DAS ÁGUAS TERRITORIAIS COM NOVOS BARCOS PATRULHAS “ -Titulo do artigo publicado na RN STP no dia 1 de Fev de 2016 – Frisando Com esta perspectiva, o seu executivo   pretende dar passos mais largos  e quebrar a dependência dos transportes marítimos privado


Dizendo o seguinte: Dois, dos cinco barcos adquiridos  recentemente pelo  Governo foram testados durante uma volta á ilha realizada a durante todo o período da manhã de ontem 

À bordo, do "CATAMARAN", com a capacidade  para 350 lugares e uma velocidade máxima de 27 nós. estava o Primeiro-ministro  e chefe do Governo Patrice Emery Trovoada, e membros do seu elenco governamental bem como outros convocados que durante algumas horas desfrutaram a beleza paisagística da da Ilha 

O Chefe do Governo já afirmou que este passo é o começo daquilo que pretende para a economia marítima
Ao justificar  a aquisição destes meios, o governante afirmou, pontualizando  que são meios para as Forças Armadas que vêm no meio de um projecto mais amplo para que realmente possamos a ter uma verdadeira politica  do mar  que tem a ver com a  defesa e protecção das nossas águas mas também com um conjunto de medidas para que os investidores possam também  Olhar com garantias os investimentos naquilo que é a economia marítima 

Com esta perspectiva, sublinhou que o seu executivo   pretende dar passos mais largos  e quebrar a dependência dos transportes marítimos privados 


“Sabe que nós  queremos Ir para uma pesca semi-industrial e é preciso que os investidores no sector pesqueiro garantia de protecção_ Nós queremos ir para uma série de actividades  sociais ligadas ao Mar e por isso  os meios de protecção são Importantes. Depois, nós somos um arquipélago e temos a Região Autónoma do Príncipe e o Estado precisa de ter os meios autónomos para garantir a continuidade territorial l e não estar 100% dependente dos meios privados e que multas vezes não estão disponíveis. Portanto, é um conjunto de medidas. também de investimentos e de parcerias que nos vão permitir definir essa política do Mar . Esse é só um principio do começo daquilo  que nós queremos. mais ambicioso e enfim. digamos que engloba mais outros aspectos ligados à Economia Marítima” - afirmou o Chefe do executivo. Palrice Emery Trovoada. quando se pronunciava à bordo do CATAMARAN de seis cascos. com a capacidade para 350 lugares adquirido recentemente pelo Governo para assegurar as ligações marítimas entre as ilhas de São Tomé e príncipe

 A titulo experimental. foi testado, um barco patrulha. um "Speed Boat. com a potência de 600 cavalos e 43 nós de velocidade máxima  para assegurar a defesa das águas territoriais   nacionais
A operacionalidade destes barcos estão à cargo do Ministério da Defesa e do Mar
Patrce Trovoada não descartou a problemática de abastecimento de água às populações. particularmente. as do distrito  de Água-Grande. reafirmando que as acções com vista a melhorar as condições de vida dos santomenses se vão continuar https://www.rnstp.st/index.php/noticias/item/192-governo-assegura-a-ligacao-das-ilhas-com-a-aquisicao-de-novos-catamarans-e-a-defesa-das-aguas-territoriais-com-novos-barcos-patrulhas




NESTE SITE  -Em 15 de Junho 2017 - Golpada de Milhões  - Governo de Patrice Trovoada simula empréstimo de 30 milhões de dólares à  China 'Fund International Limited, em Junho de 2015, do magnata chinês Sam Pa, preso em Outubro do mesmo ano, através da conta 9520-599713-973 SWIFT: CGDIPTL, da Caixa Geral de Depósitos em Portugal http://www.odisseiasnosmares.com/2017/06/golpada-de-milhoes-governo-de-patrice.html

PATRICE TROVOADA NUNCA SE PRONUNCIOU PUBLICAMENTE SOBRE AS SUAS MISTERIOSAS EMPRESAS – E DEVIA TE-LO FEITO EM NOME DA TRANSPARÊNCIA E DE UMA GOVERNABILIDADE CREDÍVEL 


Patrice Trovoada, com empresas no Texas e em vários países, que papel assume quando faz as suas passeatas por  Marrocos, Turquia, Gabão, China, Ruanda, Portugal, EUA etc?....  É em nome dos interesses do Estado Santomense ou nos dos seus bolsos? - Nos EUA já há vozes que se levantam - mesmo no interior do Partido de Trump - a questionar os conflitos de interesses privados das empresas do pala amarela, com os do Estado - mesmo sendo o maior pais capitalista do mundo. -  Veja neste link alguns interesses privados de Patrice, isoladamente ou em sociedade com a esposa e terceiros  http://www.odisseiasnosmares.com/2016/09/patrice-trovoada-milhoes-do-petroleo.htmll

 PATRICE TROVOADA COMPROU CINCO  BARCOS COM O DINHEIRO DO ESTADO SANTOMENSE  - MAS QUE NEGÓCIO,A FINAL, FOI ESSE?
 

ILHA DO PRÍNCIPE MAIS PERTO DE S. TOMÉ  - Governo são-tomense adquire duas embarcações para fazer ligação marítima entre as duas ilhas. Os dois barcos têm capacidade para cerca de 400 passageiros cada e poderão ligar São Tomé e Príncipe em apenas 4 horas.


É um investimento governamental que poderá atenuar a questão da dupla insularidade de que padece a ilha do Príncipe. Com as duas novas embarcações, o transporte de pessoas e bens, de e para a ilha irmã vai ser mais fácil e frequente. «A continuidade territorial é fundamental. Faz parte da nossa soberania, daí que nós precisamos ter meios do Estado disponíveis para qualquer situação e assegurar a ligação com o Príncipe», afirma o primeiro-ministro Patrice Trovoada.


A ligação marítima entre as duas ilhas foi sempre um problema para os sucessivos executivos são-tomenses. Há iniciativas privadas, que visam ajudar a pôr cobro a essa situação, mas não tem sido suficiente para uma ligação coesa entre as duas parcelas territoriais. A isto, junta-se os acidentes marítimos e perdas de vidas humanas que já fazem parte do histórico de ligação entre as ilhas.Ilha do Príncipe mais perto de São Tomé



Fonte - Téla Nón

MILHÕES GASTOS INUTILMENTE – GRANDE FOGUETÓRIO PARA NADA  - Compra de navios e catamarãs, sim, de embarcações, envolvendo milhões de dólares, com honras de espetáculo televisivo, mas para acabarem, umas desaparecidas, sem deixarem rasto, outras  afundadas ou encalhadas nas areias  - 22/06/2017 -  Mais um navio desaparece na ligação entre São Tomé e Príncipe ..


ILHAS AFORTUNADAS DE BELEZA E DE FRUTOS MAS TÃO MARTIRIZADAS

Mais um desastre na ligação marítima entre as ilhas de São Tomé e do Príncipe

Já se perdeu a conta do número de embarcações impróprias para transporte de cargas e pessoas que já sucumbiu nas águas azuis do oceano atlântico, que ligam as duas ilhas irmãs de São Tomé e Príncipe. Na última noite foi a vez do barco Therese(na foto). Com registo oficial de 27 passageiros e tripulantes, a equipa de resgate da capitania dos portos acabou por socorrer 31 pessoas no alto mar. A direcção da capitania acredita que há mais pessoas desaparecidas, incluindo crianças, num total de 6 apenas 3 crianças foram resgatadas. Após a operação de resgate que terminou as cinco horas desta quarta-feira, em declarações exclusivas ao Téla Nón o Chefe da Capitania dos Portos indicou o excesso de peso como sendo a causa do naufrágio do navio Therese. https://www.telanon.info/sociedade/2008/09/17/390/mais-um-desastre-na-ligacao-maritima-entre-as-ilhas-de-sao-tome-e-do-principe/



-O navio Tereze naufragou a exactamente 12 meses. Cerca de 18 pessoas, sobretudo crianças desapareceram no mar ao largo da ilha de São Tomé. Foi um dos naufrágios mais mortíferos na ligação marítima entre as ilhas de São Tomé e do Príncipe. A dor dos habitantes do Príncipe principais vítimas dos sucessos naufrágios, o inconformismo do governo regional, despertou o país e o mundo para a necessidade de garantir transporte marítimo seguro entre as ilhas. É assim que o governo central decidiu fazer tudo para adquirir uma nova embarcação para ligar as duas ilhas.

O novo Barco construído em Espanha, mais concretamente em Catalunha, zarpou de Arenys do Mar, uma vila próxima da cidade de Barcelona, em direcção a São Tomé e Príncipe.  Segundo o relato de um cidadão espanhol Xavier Munoz, que tem acompanhado o processo o novo barco cuja tripulação foi formada em Espanha nos últimos 2 meses, percorrer as 3850 milhas que separam Arenys do mar e o porto de São Tomé em apenas 15 dias. https://www.telanon.info/sociedade/2009/09/16/1871/navio-principe-inicia-viagem-de-socorro-para-a-ilha-do-principe-exactamente-no-dia-em-que-se-assinala-o-primeiro-aniversario-sobre-o-naufragio-da-embarcacao-tereze-que-matou-cerca-de-18-habitantes-d/

Nenhum comentário :