expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

domingo, 19 de maio de 2019

Benfica campeão Nacional 2018-2019 - Soma mais um troféu numa época que começou mal e acabou em festa



Jorge Trabulo Marques - Jornalista e fotojornalista


  NUMA NOITE DE GLÓRIA E DE LOUCURA ENCARNADA  - Benfica campeão 2018-19 – Praça do Marquês de Pombal, ao rubro, à pinha  e tudo a saltar com o palco a transbordar de euforia e salpicado de champanhe - GEDSON FERNANDES - O GENIAL FILHO SANTOMENSE, ATOR E MAESTRO










O CLUBE DAS ÁGUIAS CONQUISTOU O 37º TÍTULO NACIONAL - FOMOS AO VULCÃO DA PRAÇA MARQUÊS POMBAL, EM LISBOA- VER E  FOTOGRAFAR –  Para registarmos a  festa das  estrelas do Benfica: entre as quais, a  super-nova santomense, Gedson, Fernandes, dada a ligação que temos com  seu pais natal 

Benfica sagra-se campeão nacional no Estádio da Luz, com goleada ao Santa Clara mas é na Praça do Marquês Pombal, com todo o recinto espaçoso e feérico abarrotar que a festa vai ao rubro com hinos de empolgar e uma panóplia  de holofotes e pirilampos atestados  nas estrelas  da constelação Bruno Lage


Noite de glória benfiquista, em que os jogadores foram atores da festa  e cineastas: pois também cada um procurou  “tele-filmar”  o desenrolar da  sua festa  para mais tarde recordar.
Um autêntico mar de gente! - Mesmo antes do jogo terminar, e com um Benfica, cedo a assegurar um bom resultado, sobre o Santa Cara, não tardou a que milhares de benfiquistas, se dirigissem  à emblemática Praça do Marquês para ocuparem os melhores lugares

Vieram do Estádio da Luz mas também dos mais diversos pontos do país , e até do estrangeiro: houve quem falasse em meio milhão de adeptos, ao certo era difícil avançar números; pois ali não havia cadeiras contadas, como nos estádios, além disso a assistência estava toda em pé, quase ensardinhada uma outra, não deixando uma única clareira à vista

Todos os jogadores deram o show  à sua maneira. Mas, de entre eles, dificilmente passava despercebido, o Gedson Fernandes,  com o seu cabelo, à crista de calo – A bem dizer, era um dos que não parava de dar ainda mais animação à festa : o atual ídolo  da juventude santomense,  o menino de oiro africano,  de 19 anos, que, ultimamente, mais tem dado nas vistas na constelação da Equipa da luz: o futebol é feito de paixões e desilusões: umas mais efémeras ou duradouras de que outras: ultimamente,  a paixão que mais apaixona os adeptos e as claques do Benfica: tem estilo e talento –  Todo  ele é uma constante performance, seja dentro ou fora das quatro linhas dos relvados. -  Sempre que surgia no corredor do palco, redobrava o tom da febre e da loucura da festa..


s.  


Luís Filipe Vieira e o treinador que escolheu, Bruno Lage,  para substituir  Rui Vitória, tinham, de facto, sobejas razões para estar contentes, pelo que nem precisaram de se alongaram em discursos: o triunfo, que chegou a parecer estar longe do horizonte, afinal acabava por ser  consolidado da forma mais  acalorada e merecida. 

Refere a imprensa desportiva, que “a euforia foi total e todos os jogadores foram ovacionados, com especial destaque para o treinador Bruno Lage, o jovem avançado João Félix, o médio Pizzi e o capitão de equipa, Jardel, que depois levantou a taça e gerou o momento de maior 'loucura' entre os 'encarnados “ – Nós acrescentaríamos, também o nome do jovem santomense 

Um autêntico mar de gente! - Mesmo antes do jogo terminar, e com um Benfica, cedo a assegurar um bom resultado, sobre o Santa Cara, não tardou a que milhares de benfiquistas, se dirigissem  à emblemática Praça do Marquês para ocuparem os melhores lugares
Vieram do Estádio da Luz mas também dos mais diversos pontos do país , e até do estrangeiro: houve quem falasse em meio milhão de adeptos, ao certo era difícil avançar números; pois ali não havia cadeiras contada, como nos estádios, além disso a assistência estava toda em pé, quase colada uma outra, não deixando uma única clareira à vista. Pois até na estátua do Marquês ou mesmo nos candeeiros da iluminação, houve mesmo  quem se alcandorasse a  fazer o seu posto de observação 

A equipa da luz, depois de ter posto o Santa Clara, com um KO de 4-1 e de ter confirmado a conquista de 37º título máximo do campeonato mundial, jogadores, equipa técnica e dirigentes, dirigiram-se em autocarros para a tradicional celebração no coração da capital, corolário dos festejos





Diz”o Sapo-Desporto”, que,  Centenas de adeptos do Benfica ‘invadiram’ hoje, em cortejo automóvel, as ruas da cidade de Portimão, no Algarve, para festejar mais um título de campeão nacional de futebol, o 37.º da história do clube



“Somos campeões”, “Benfica sempre” e "Glorioso SLB" eram as frases mais entoadas pelas centenas de adeptos de todas as idades, muitos dos quais trajados a rigor, de encarnado e branco.


À passagem da caravana que seguia em marcha lenta, o ruído aumentava de tom quando se cruzava, junto aos estabelecimentos de restauração, com adeptos benfiquistas que não se cansavam de gritar que tinham conseguido o 37.º título de campeões.

Nenhum comentário :