expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Ilha do Príncipe, hoje no Olhar do Mundo Cientifico - O eclipse solar que fez Albert Einstein famoso, ocorreu há 100 anos, em 29 de Maio 2019 - Marcelo Rebelo de Sousa, presente na inauguração do Espaço Ciência Sundy, com o seu homólogo Evaristo Carvalho e o Primeiro-Ministro, Jorge Bom Jesus - O Presidente Português, teve ainda um encontro com o ministro dos Assuntos Exteriores e da Cooperação da Guiné Equatorial, Siméon Oyono Esono Angue, que não estava prevista no programa oficial, tendo garantido de que a pena de morte será abolida naquele país antes da próxima cimeira da CPLP, em 2020.

Decorrem, hoje,  as Celebrações, em varias instituições cientificas do  mundo, dos 100 anos da comprovação  da teoria geral da relatividade de Einstein.  Mas é, sobretudo, na roça Sundy,  Ilha do Príncipe, em Sobral, Ceará,  (Brasil), Portugal e no Reino Unido, o  grande palco das principais comemorações. 

 

Foto STP-PRESS


“A teoria da relatividade é essencial para a operação correta dos sistemas de GPS, que, por sua vez, são usados ​​em muitas aplicações comuns, incluindo sistemas de navegação por satélite de veículos (SatNav), previsão do tempo e serviços de emergência e desastres. No entanto, o mundo teve que esperar décadas antes que as aplicações desse resultado de céu azul pudessem ser realizadas."

"Em 29 de maio de 1919, o astrónomo Sir Arthur Eddington verificou a teoria geral da relatividade de Einstein observando a aparente deflexão das estrelas de suas posições normais durante um eclipse solar . Isso acontece porque, de acordo com a teoria de Einstein, o caminho da luz é dobrado pela gravidade quando se aproxima de um objeto enorme como o nosso Sol"


Tal como informámos, em primeira mão, o  Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, deslocou-se  à Ilha do Príncipe, num avião da Força Aérea Portuguesa, tendo a  aeronave - segundo refere a LUSA,   protagonizado  uma aterragem inédita:. "Uma aterragem nunca vista", comentou Marcelo
O avião da Força Aérea Portuguesa aterrou no aeroporto da ilha do Príncipe às 18h35 (19h35 em Lisboa), quando já era de noite, tendo Marcelo Rebelo de Sousa sido recebido pelo seu homólogo são-tomense, Evaristo Carvalho, pelo primeiro-ministro são-tomense, Jorge Bom Jesus, e pelo presidente do Governo Regional do Príncipe, José Cardoso Cassandra.



“Significa uma homenagem num momento que é um momento universal, 100 anos depois da primeira confirmação de uma tese que revolucionou a ciência e a vida do mundo”, disse o chefe de Estado português, referindo-se às celebrações dos 100 anos
 

STP-PRESS
Marcelo Rebelo de Sousa adiantou que esta visita é também “uma homenagem naturalmente ao Príncipe e ao povo irmão e ao país irmão de São Tomé e Príncipe, mostrando que Portugal nestes momentos está sempre presente”. Portugal “até consegue – parece impossível – uma aterragem nunca vista, à noite, em condições, penso, que inéditas aqui no Príncipe”, acrescentou.

Esta deslocação à região autónoma do Príncipe “é uma promessa que foi feita e que foi cumprida”. “Disse ao Presidente Evaristo, eu prometi, eu cumpro e aqui estou a cumprir em nome de todos os portugueses”, declarou
.

Ao seu lado, o chefe de Estado são-tomense acrescentou: “Uma promessa feita na visita oficial” de Marcelo Rebelo de Sousa a São Tomé e Príncipe, que decorreu em fevereiro de 2018 . https://observador.pt/2019/05/28/voo-de-marcelo-rebelo-de-sousa-faz-aterragem-inedita-no-principe/~

Refere a STP-PRESS, que depois de um encontro  com o seu homologo são-tomense, Marcelo Rebelo,  foi obsequiado com  uma receção oficial, na capital do Príncipe, Santo António com outros convidados, para depois participar numa observação noturna de estrelas, na baía de Santo António, uma das iniciativas previstas nas comemorações, que decorrem até quarta-feira.


Além do Presidente Português, Marcelo Rebelo de Sousa, o Ministro dos Negócios Estrangeiros da Guiné Equatorial, Simeon Oyono Esono também participa nesses festejos da teria geral de relatividade de Einstein na Roça Sundy, Príncipe. http://www.stp-press.st/2019/05/29/marcelo-rebelo-de-sousa-chegou-esta-noite-a-ilha-do-principe-para-a-festa-da-teoria-de-einstein/


Marcelo: Guiné Equatorial garante abolição da pena de morte antes de 2020

O presidente da República português disse hoje ter recebido do chefe da diplomacia da Guiné Equatorial a garantia de que a pena de morte será abolida naquele país antes da próxima cimeira da CPLP, em 2020.

Marcelo Rebelo de Sousa, que iniciou hoje ao final do dia uma deslocação à ilha do Príncipe, teve um encontro de cerca de 20 minutos com o ministro dos Assuntos Exteriores e da Cooperação da Guiné Equatorial, Siméon Oyono Esono Angue, que não estava prevista no programa oficial.

"Tive ocasião de apresentar ao senhor ministro dos Negócios Estrangeiros da República da Guiné Equatorial dois pontos: um do futuro imediato e outro mais de fundo, que correspondem à posição de Portugal, expressa permanentemente pelo Governo português, nomeadamente pelo ministro dos Negócios Estrangeiros", Augusto Santos Silva, disse o chefe de Estado aos jornalistas, no final do encontro, que decorreu na sede do Governo Regional do Príncipe, na capital, Santo António.

Um dos pontos, "naturalmente mais importante", foi o de que, para Portugal, "constitui um ponto fundamental a consagração da abolição da pena de morte", declarou Marcelo Rebelo de Sousa.

Sobre isso, "foi dito que está em curso um processo legislativo, que terá intervenção do parlamento e que conhecerá uma decisão bem antes da cimeira de Luanda do ano que vem", referiu.

"E, portanto, nesse sentido recordei a importância da posição portuguesa e aquilo que ouvi corresponde à aceitação daquilo que é a bondade da posição portuguesa, que é a posição de países irmãos da CPLP [Comunidade dos Países de Língua Portuguesa]", comentou.

Outro ponto que Marcelo Rebelo de Sousa transmitiu ao chefe da diplomacia equato-guineense foi de que "como Portugal via com apreço e apoiava a missão da CPLP que se vai deslocar à República da Guiné Equatorial, já no mês de junho". https://www.noticiasaominuto.com/mundo/1261311/marcelo-guine-equatorial-garante-abolicao-da-pena-de-morte-antes-de-2020







Nenhum comentário :