expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

terça-feira, 25 de junho de 2019

Convulsão na ADI - Agostinho Fernandes, ameaça expulsar líder parlamentar da Aliança Democrática Independente, alavanca desestabilizadora e trauliteira de Patrice Trovoada - Por outro lado, no Parlamento, o Governo de Jorge Bom Jesus, vê apoiada a moção de confiança pela bancada que apoia o executivo – Em resposta a um "debate urgente sobre o estado da justiça", pela bancada do ADI, que pedia a queda do Governo, que acusou de estar a "violar a Constituição da República



Jorge Trabulo Marques - Jornalista -  Informação e análise  - O estrangeirado e foragido, Ex-PM."Pinta Cabra", servindo-se da fortuna sacada nas suas misteriosas jogadas e golpadas , embora em paragem incerta,  nem por isso deixa de contar com as suas alavancas desestabilizadoras, com vista a retomar o saque  do martirizado  povo santomense  - Só que, pelos vistos, continua a dar tiros nos pés

Patrice Trovoada, no seu melhor estilo de Rambo Pinta Cabra 

A bancada parlamentar do partido Ação Democrática Independente (ADI), na oposição, liderada por Abnildo de Oliveira, pediu a queda do Governo de Jorge Bom Jesus, que acusou de estar a "violar a Constituição da República". Também um pedido de "debate urgente sobre o estado da justiça", foi introduzido na mesa da Assembleia Nacional pela bancada do ADI.


A desconfiança deste partido,  teve como resposta, na tarde desta terça-feira, a aprovação, no "Parlamento são-tomense, de uma moção de confiança no governo liderado por Jorge Bom Jesus, a pedido deste, para desanuviar as “intoxicações” políticas e consolidar “paz e tranquilidade” na sua governação iniciada há seis meses para um mantado de quatro anos – Refere a STP-Press. http://www.stp-press.st/2019/06/25/parlamento-sao-tomense-aprova-mocao-de-confianca-no-governo-de-jorge-bom-jesus/

 CONVULSÃO NAS HOSTES DA ADI - AMEAÇA ESFRANGALHÁ-LA  AINDA MAIS
Refere a Lusa que  "O presidente do Ação Democrática Independente (ADI), na oposição em São Tomé e Príncipe, ameaçou hoje afastar o líder parlamentar, que acusou de se comportar "como um opositor" à nova direção do partido.

"Obviamente que se ele se apresentar como um opositor da nova liderança do partido não nos restará outra possibilidade senão instaurar um processo disciplinar, afastá-lo do partido e encontrar uma nova liderança para o grupo parlamentar do ADI", disse o novo presidente do ADI, Agostinho Fernandes, hoje à saída de uma audiência com o embaixador de Portugal em São Tomé, Luís Gaspar da Silva.

Agostinho Fernandes iniciou na semana passada um ciclo de encontros com entidades políticas, religiosas e representantes de missões diplomáticas.

Foi recebido pelo presidente do Tribunal de Contas, pelo presidente da Assembleia Nacional e, hoje, pelo embaixador português, aos quais se apresentou como novo presidente do partido ADI.

Agostinho Fernandes
À saída do encontro com o diplonata português, Agostinho Fernandes acusou o líder da bancada do ADI, Abnildo Oliveira, de se "comportar como um opositor".

"Ele faz parte do grupo das pessoas com quem nós estamos a conversar. Iniciámos essa conversa na quinta-feira passada, deveríamos continuar na segunda, mas vamos, em princípio continuar amanhã [quarta-feira], e se ele mantiver o comportamento de oposição à nova liderança do partido, não nos restará outra saída senão afastá-lo do partido e, consequentemente, de deputado do ADI", explicou o responsável.

Agostinho Fernandes garante que "todos os militantes que não reconheceram a nova direção do partido e que se expressarem publicamente nesse sentido terão os competentes processos disciplinares e serão sancionados de acordo com a gravidade da sua atuação".

Entre esses militantes, Agostinho Fernandes cita particularmente os secretários distritais, sublinhando, entretanto que "o ADI continuará a fazer o seu trabalho, sempre pugnando pela união, sempre procurando a paz e a verdade e disponível para esclarecer todos os militantes e dirigentes" desta formação política. – Lusa  https://www.rtp.pt/noticias/mundo/novo-presidente-do-adi-ameaca-expulsar-lider-parlamentar-do-partido-sao-tomense_n1156271


Nenhum comentário :