expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quarta-feira, 5 de junho de 2019

PR de São Tomé e Príncipe diz que justiça "está moribunda" Lusa - Afirmações de quem colaborou – de forma afrontosa, para a sua descarada instrumentalização com Patrice Trovoada – Depois da sua bancada parlamentar ter exonerado e aposentado de forma compulsiva, o Presidente do STP, juiz Conselheiro, Manuel Cravid, eleito democraticamente pelos seus pares, sim, após PT ter afrontado a Justiça, afirmando que "Há Uma Máfia Instalada Nos Tribunais", eis “o meu amigo, o meu conselheiro, o meu irmão, o mais velho, o meu camarada Evaristo do Espírito Santo Carvalho, o nosso candidato às eleições presidenciais!», sim, o perfil do antigo Chefe de Secretaria, uma vez mais , a não saber distanciar-se do servil papel de antigo chefe de uma secretaria colonial


Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise  - EM S. TOMÉ E PRÍNCIPE  - JUSTIÇA MORIBUNDA OU UM PRESIDENTE DA REPÚBLICA, CADÁVER AMBULANTE?

Patrice e Evaristo- A dupla Unida 



ONDE ESTAVA O PRESIDENTE EVARISTO CARVALHO, QUANDO SE COMETERAM VÁRIAS E AFRONTOSAS BARBARIDADES À JUSTIÇA? - A Pactuar com as manobras golpistas de Patrice Trovoada Exoneração de juízes são-tomenses é inconstitucional - Constitucionalista Jorge Miranda https://www.dn.pt/lusa/interior/exoneracao-de-juizes-sao-tomenses-e-inconstitucional---constitucionalista-jorge-miranda-9338161.html  -


Evaristo Carvalho, eleito através de descarada fraude eleitoral  pelo partido de que era vice-presidente, levando a que, Manuel Pinto da Costa, por não querer pactuar e legitimar tão afrontosa  golpada,   não participasse no corolário da mais desenvergonhada farsa, desde que foi proclamado o pluralismo  democrático, pelos vistos, não consegue distanciar-se das orientações de Patrice Trovoada.

 O ANTIGO CHEFE DE UMA SECRETARIA COLONIAL,  PERDEU A OPORTUNIDADE DE TER CREDIBILIDADE E SENTIDO DE  ESTADO  - Não esquecer o ato afrontoso em perfeita sintonia com o ex-PM  Patrice Trovada  - Que faz queixa e anuncia fim de Silva e Frederico no TC

  O Gabinete do Presidente da República anunciou que uma queixa crime já corre os seus termos, contra o Juiz Conselheiro Frederico da Glória o relator do despacho, e também contra o juiz Presidente Silva Cravid. « Correndo contra o Juiz relator e próprio Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, enquanto Presidente do Tribunal Constitucional, cujas funções cessaram com a entrada na ordem jurídica nacional do Tribunal Constitucional autónomo, uma queixa-crime por suspeita de prevaricação, denegação de justiça e falsificação, ficam ambos imediatamente inibidos de qualquer intervenção no processo», diz o comunicado do Gabinete do Presidente da República https://www.telanon.info/politica/2018/01/01/26163/evaristo-faz-queixa-e-anuncia-fim-de-silva-e-frederico-no-tc/


UM PRESIDENTE ELEITO POR PATRICE TROVOADA E QUE ESTE QUIS TRANSFORMAR, ALÉM DE PAU-MANDADO,   NUM CADÁVER – Através de um forjado golpe  - NÃO TEM AUTORIDADE PARA SE ARVORAR EM ÁRBITRO  - E podia sê-lo se lograsse estar acima das suas alavancas

Vem declarar  que a justiça são-tomense "está moribunda" e advertiu que "nenhum investidor" estará disposto a trabalhar no país "sem a garantia de uma justiça credível".

"A nossa justiça está moribunda. Ninguém acredita mais nas decisões dos nossos agentes judiciários, ninguém compreende as atuações controversas, incluindo os magistrados, os advogados", afirmou o chefe de Estado são-tomense, em entrevista à Lusa. 

Evaristo Carvalho fez este comentário a propósito dos recentes desenvolvimentos do processo Rosema - cuja propriedade é disputada pelo empresário angolano Mello Xavier e os irmãos são-tomenses Domingos e António Monteiro -, com decisões contraditórias emitidas pelos tribunais no espaço de 15 dias. 

"No caso específico deste processo, há sinais de envolvimento de pessoas ou grupos ligados ao poder, que disputam interesses contraditórios também nesse sentido", disse, salientando que, num país pequeno como São Tomé e Príncipe e em que há muitas relações familiares, "agora há uma chuva de suspeições entre os advogados, entre os magistrados".  https://www.rtp.pt/noticias/mundo/pr-de-sao-tome-e-principe-diz-que-justica-esta-moribunda_n1151618

 ONDE ESTAVA O MORIBUNDO EVARISTO CARVALHO QUANDO ADI AFASTA O PRESIDENTE MANUEL CRAVID, ELEITO DEMOCRATICAMENTE PELOS SEUS PARES?   E HÁ UM JUIZ QUE DESAUTORIZA A DECISÃO DO SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA


ONDE É QUE UM TRIBUNAL DE 1ª INSTÂNCIA PODE ANULAR ACÓRDÃOS DE UM TRIBUNAL SUPERIOR? - Claro, na república das bananas liderada por Patrice Trovoada e coadjuvada pelo seu pau-mandado, Evaristo Carvalho
O Juiz do Tribunal da Primeira Instância de Lembá, distrito onde se localiza a cervejeira Rosema, emitiu uma sentença que alegadamente anulou o acórdão do Supremo Tribunal de Justiça de 27 de Abril último que ordenou a restituição imediata da Cervejeira Rosema, ao empresário angolano Melo Xavier.
O Juiz António Bonfim Gentil Dias, do Tribunal da Primeira Instância do distrito de Lembá, lavrou uma sentença com base numa providência cautelar interposta pela defesa dos Irmãos Monteiros.


A sentença do tribunal de Lembá, com data de 7 de Maio devolve a fábrica de cervejas aos Irmãos Monteiros, e parece que anula o Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça. Aliás o Juiz Bonfim, põe fim a sua sentença, ordenando que os representantes do grupo angolano que receberam a cervejeira Rosema, devolvam as chaves e todo o resto aos Irmãos Monteiros.

Operação Rosema” : Parlamento exonera juízes do Supremo - «O que assistimos aqui foi mais um acto de violação da constituição política promovido pelo ADI», referiu Danilson Cotu, líder da bancada parlamentar do partido PCD, cujos 5 deputados votaram contra a resolução. “Operação Rosema” : Parlamento exonera juízes do Supremo – Téla ...
 Associação Sindical de Magistrados Judiciais, denunciou, na ocasião. "flagrantes intervenções do poder político no sistema judicial"


Patrice Trovoada, desbocado e irresponsável: não mede o significado das palavras, é insultuoso agressivo Faz dos órgãos de soberania meras extensões do seu gabinete.  Acusou do Bispo da Diocese de Pecador e  faz da justiça o que quiser - Até para  destituir  juízes e  deferir aos Tribunais os mais soezes ataques - 

Sobrepor   a ajustiça aos  interesses avaros do padrinho e da sua quadrilha  - sim, quando, afinal, Patrice é o principal coordenador da Máfia nacional” 

Ordenar a invasão do Parlamento,  com policia de choque, coadjuvado com um pelotão de tropa ruandesa, para  intimidar e humilhar a oposição e de seguida reprimir à bastonada e a tiro o descontentamento e a indignação popular.

Exoneração de juízes são-tomenses é inconstitucional - Constitucionalista Jorge Miranda https://www.dn.pt/lusa/interior/exoneracao-de-juizes-sao-tomenses-e-inconstitucional---constitucionalista-jorge-miranda-9338161.html

GOVERNO DE PATRICE TROVOADA, SUBVERTEU A EVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA DE STP E TRANSFORMOU ESTE PACIFICO E MARAVIHOSO PAÍS NUMA PLATAFORMA DE CRIME ORGANIZADO
Tal como é reconhecido por observadores internacionais, “ao contrário de outros países africanos, a reforma democrática não começou com o fim da Guerra Fria, pois foram iniciadas medidas concretas no final da década de 1980, com o MLSTP convidando políticos seniores exilados a retornar ao país e introduzindo algumas reformas políticas. 

 Fracassado o financiamento  do Golpe de Estado, em Julho de 2003 para eliminar Manuel Pinto da Costa, Fradique Menezes e alguns militares. sim, enquanto Patrice Trovoada, não tomou de assalto o poder, com banhadas de votos comprados  dos milhões desviados nas negociatas do petróleo, os conflitos políticos, entre as diferentes forças partidárias,  eram resolvidos pacifica e democraticamente; passou a imperar o controlo e a  censura nos órgãos de Comunicação Social, o recurso a  milícias pretorianas para exercem bastonadas aos manifestantes, invadirem o Parlamento e intimidarem os deputados da oposição, treinadas por tropas ruandesas - Sim, reina a ditadura do fascismo despudorado;  o absolutismo mais descarado de um Governo altamente corrupto e autoritário e sem credibilidade.

"Juiz Cravid avisou que não vai  aceitar ingerência nos assuntos dos Tribunais" - Foi cilindrado pela máfia de PatriceJuiz Cravid avisou que não vai aceitar ingerência nos assuntos

Silva Cravid  eleito com três dos cinco votos dos seus pares, ultrapassando o antigo juiz presidente José Bandeira que obteve um voto a par da juíza Alice Carvalho enquanto os outros dois juízes conselheiros, nomeadamente, Silvestre Leite e Frederico da Gloria não obtiveram nenhum voto. Em declarações a imprensa, o novo presidente do Supremo defendeu a necessidade de se dignificar os tribunais e todo o sistema judicial são-tomense, sobretudo, através da organização da classe e a união entre os diferentes agentes e fazedores da justiça em São-Tomé e Príncipe.

“ É preciso organizar a casa e unir a classe” – disse Silva Gomes Cravid, tendo sublinhado que “ a que fazer funcionar de facto os tribunais” uma vez que “ é preciso que a sociedade volte acreditar” nos tribunais e que “os políticos dêem credito” ao sistema judicial.http://www.stp-press.st/aa88.htm 


 Depois do constitucionalista português, Jorge Miranda ter considerado que a exoneração de juízes são-tomenses é inconstitucional  -  https://www.dn.pt/lusa/interior/exoneracao-de-juizes-sao-tomenses-e-inconstitucional---constitucionalista-jorge-miranda-
 9338161.html  coube  a vez de UIJLP- União Internacional dos Juízes de Língua Portuguesa, manifestar a sua  preocupação com a crise que abalou o poder judicial de São Tomé e Príncipe.«Temos para nós que nenhuma dúvida subsiste quanto ao facto de a separação de poderes e a independência judicial serem um pilar essencial do estado de direito», diz a União Internacional de Juízes dos Países de Língua Portuguesa na missiva endereçada ao Presidente da República.Órgão Internacional dos Juízes segue com atenção a crise judicial e

UALP - Também a  União dos Advogados de Língua Portuguesa (UALP) Reunida em Assembleia Geral na cidade de Viseu, em Portugal e tendo tomado conhecimento dos últimos acontecimentos ocorridos em São Tomé e Príncipe, que culminaram com a exoneração compulsiva dos juízes conselheiros do Supremo Tribunal de Justiça, o que consubstancia uma violação grave do princípio da separação de poderes e também o desrespeito pelas decisões judiciais. 

A UALP manifesta a sua profunda preocupação pela violação grave dos princípios da independência dos tribunais e da separação de poderes, pilares fundamentais do Estado de Direito Democrático"

Fogo aos diplomas para contestar assalto à Justiça pelo poder de Patrice  - “Cerca  de 30 pessoas, juristas, advogados e magistrados judiciais, deram fogo aos seus diplomas. Numa cerimónia carregada de simbolismo. Deram fogo aos seus diplomas(cópias), porque pela primeira vez na democracia são-tomense, registam o assalto ao poder judicial pelo poder político. Fogo aos diplomas para contestar assalto à Justiça pelo poder de ...


Pois veja-se quem é que depois, Patrice Trovoada,  vai chamar para liderar  a golpada  deferida ao STJ,  pela sua bancada parlamentar, que logrou afastar,  em 04/05/2018, através de   exoneração e aposentação compulsiva ., o Juiz Conselheiro, Manuel Cravid, eleito democraticamente pelos seus pares, em Abril de 2017  Presidente do STJ 

 PARTIDO DE PATRICE TROVOADA,  ELEGE, A PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, O  EX-MINISTRO DA JUSTIÇA DO ATUAL GOVERNO, QUE,  LANÇOU  “BOMBA” INSULTUOSA CONTRA OS TRIBUNAIS E MAGISTRADOS  -

Um tal Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Roberto Raposo, que, segundo era referido ” terá deflagrado uma “Bomba”, no dia 28 de Janeiro último, quando foi interpelado pela Primeira Comissão Especializada da Assembleia Nacional encarregue dos assuntos políticos, jurídicos, constitucionais direitos humanos, género, comunicação social, e administração interna”, tendo declarado, entre outras afirmações, que “os juízes e juízas são-tomenses, não podem estar na avenida a falar de sentenças, no Fundon Pepê, etc, etc. Isso envergonha a classe», frisou Roberto Raposo.

Nenhum comentário :