expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

terça-feira, 30 de julho de 2019

SÃO TOMÉ E PRINCIPE INICIA UM NOVO CICLO DE BOAS RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS COM A GUINÉ EQUATORIAL - Mensagem oportuna de felicitações do PR e do PM Jorge Bom Jesus, entregue pelo Ministro da Defesa, Óscar de Sousa, ao Presidente da Guiné Equatorial - O País insular e continental do Golfo da Guiné, com o qual as Ilhas Verdes do Equador, partilham de extensa linha de fronteiras marítimas, quer relançar cooperação e retomar a criação de uma empresa mista de petróleo - A COOPERAÇÃO DA GUINÉ EQUATORIAL COM S. TOMÉ E PRÍNCIPE “EXIGE RECIPROCIDADE E SERIEDADE” – Patrice Trovoada, não estava habituado a respeitar compromissos sérios e duradouros, mas a que lhe passassem os milhões para as mãos para os desviar, quebrou as tradicionais boas relações


Jorge Trabulo marques - Jornalista   - Informação e análise




Mensagem oportunissima, quase em vèsperas da cleberação do 40º aniversário sobre o   vitorioso  3 de Agosto de 1979, o chamado Golpe de Liberdade, Paz, que teve como principal personagem o então  o tenente-coronel Teodoro Obiang , que depôs o ditador Francisco Macías Nguema,   naquela época o país mais pobre da África Central e um dos mais endividados, que, além de resgatar de um regime dos  mais cruéis de África, logrou guindá-lo a um dos países mais prósperos e tranquilos pese as investidas sucessivas dos fometadores da terra queimada para lhe sacarem as suas riquezas peytrolíferas.  

Gesto de cortesia e também de grande simbolismo, o  de que foi portador o ministro da Defesa Santotomense, Óscar Sousa, na audiência que ontem lhe foi concedida pelo gabinete oficial de S. E. Obiang Nguema Mbasogo, para entregar uma mensagem do Presidente e do Primeiro Ministro de São Tomé e Príncipe.  na presença do Delegado Regional do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Hassan Esono Anusogo, expresando as felicitações  pela celebração do 40º aniversário do glorioso golpe de Libertad, no próximo sábado. 3 de agosto em todo o território nacional 


GUINÉ EQUATORIAL O ÚNICO PAÍS DO GOLFO QUE PODE LEVAR STP AO PÓDIO DOS MAIS RICOS EM PETRÓLEO - PESE O OURO NEGRO ESTAR BEM FUNDO  Acreditamos, pois, que, com o reforço das relações com a Guiné Equatorial, se iniciará um novo ciclo capaz de catapultar o tão desejado progresso e bem-estar das populações, dados os abundantes recursos naturais que dispõe: o importante é que haja sabedoria e inteligência para os saber gerir

PATRICE TROVOADA, EM MENOS DE UM MÊS, ROMPE ACORDOS PETROLÍFEROS COM ANGOLA, VOLTA-SE DE SEGUIDA PARA A GUINÉ EQUATORIAL PARA DEPOIS  RETORNAR AO REGAÇO DO AMIGO MANUEL VICENTE  - E ACABAR TUDO  EM ÁGUAS DE BACALHAU 

De recordar que, no fim do mês  Junho, a Guiné Equatorial enviou uma embarcação para ligar as ilhas de São Tomé e do Príncipe, com capacidade para mais de 300 toneladas para fazer a ligação entre as duas ilhas, semelhante ao "Amfitriti" que naufragou no passado dia 25 de abril, causando oito mortos e nove desaparecidos, vai estar ao serviço do país em fase experimental, para estudar as condições de navegabilidade, e deve depois ser substituído por uma outra com capacidade para passageiros e carga

Foi então referido que “"Estamos a assistir ao esforço do Governo para encontrar soluções a esta limitação que nós temos de transporte de mercadorias para a região autónoma do Príncipe", disse o ministro das Infraestruturas, Obras Públicas e Recursos Naturais, Osvaldo Abreu, que se deslocou ao cais para receber a embarcação.. https://www.dn.pt/lusa/interior/guine-equatorial-envia-embarcacao-para-ligar-as-ilhas-de-sao-tome-e-do-principe-11058095.html


HOJE O CAIS DA ROSEMA, EM NEVES, CAPITAL DO LEMBÁ, MAIS DE QUE UM  ESTALEIRO PERIGOSO, É TAMBÉM A IMAGEM UM PAIS SACADO E DESGOVERNADO


Projeto anunciado com honras de abertura de telejornal e entrevista ao gestor para um mês depois entregar  a distribuição de gás  uma empresa do amigo Manuel Vicente para a capital com abandono das enormes esferas a flutuar ao sabor das correntes


Praia da Rosema, em Neves,  capital do distrito de Lembá,, depois do inexplicável rotura do acordo de cooperação, com a Guiné Equatorial, é agora  uma pálida imagem do que  chegou a ser na última década do período colonial   - Considerada, então, a vila mais aliciante  da indústria cervejeira, combustíveis e pesca: a profundidade e a tranquilidade das águas  ao largo e junto ao cais, conferem-lhe especiais condições de porto de abrigo, tanto para descarregamentos como para embarques, um privilégio que não é fácil de encontrar noutra zona costeira da Ilha

Imagem STP-Press
"O embaixador da Guiné Equatorial, o decano dos embaixadores residentes na capital são-tomense, encontrou-se com Jorge Bom Jesus para o felicitar pela nomeação como chefe do novo Governo e apresentar ao executivo de São Tomé e Príncipe a "disponibilidade" do seu país em "trabalhar para a materialização dos acordos" já assinados e a "exploração de novas áreas de cooperação" Lusa

"Somos países amigos, países irmãos, partilhamos uma história comum, partilhamos fronteiras. Por isso é importante que trabalhemos juntos para aproveitar as nossas capacidades e experiências para encontrarmos soluções aos problemas comuns que temos em benefício dos nossos dois povos", referiu o diplomata". LUSA - Pormenores mais à frente

A GUINÉ EQUATORIAL O PARCEIRO MAIS SÓLIDO NO GOLFO DA GUINÉ 

A Guiné Equatorial, até pela sua proximidade, é com certeza  o  melhor parceiro que S. Tomé e Príncipe, poderá ter no Golfo da Guiné, sobretudo, para exploração dos seus recursos petrolíferos   - E, naturalmente, que, embora um pouco mais a sul, também com Angola,  especialmente agora com a Presidência de João Lourenço, de cujo país irmão tem dependido, desde o abastecimento de combustível e a outros níveis de cooperação, mas cujas relações, foram abruptamente perturbadas pela cabeça tonta de um desequilibrado estrangeirado., que, embora desacreditado, dificilmente deixará de conspirar valendo-se dos milhões sacados.   

Daí se compreenderem as  declarações proferidas, pelo  embaixador da Guiné-Equatorial, Paulino Bololo, na capital de STP, num "encontro de cortesia" com o novo primeiro-ministro são-tomense, Jorge Bom Jesus, que reuniu um  variado leque de  personalidades - Tendo afirmado que  "a base da cooperação entre São Tome e Príncipe e a Guiné-Equatorial “está bem assente no acordo quadro assinado em 1982”,  “Existem elementos históricos e vínculos sanguíneos que nos unem como verdadeiros irmãos” STP-Press  - https://www.stp-press.st/2018/10/30/guine-equatorial-quer-relancar-cooperacao-sao-tome-principe-embaixador-paulino-bololo/

GUINÉ EQUATORIAL QUER CRIAR EMPRESA  CONJUNTA - E O PROJETO  JÁ PODIA TER SIDO CONSUMADO SE NÃO FOSSEM OS JOGOS ESCONDIDOS DO PATRICE EMERY 

STP -PRESS
O embaixador da Guiné equatorial, Paulino Bololo,  num encontro de cortesia com Jorge Bom Jesus, manifestou a vontade o seu país na criação de uma empresa mista de exploração de petróleo com São Tomé – 

Aliás, a intenção foi manifestada há três anos e só não foi concretizada por caturrice de Patrice com os seus jogos e  novelas escondidas com a Nigéria, que é donde tem sacado grande parte do bago

Lusa"Falámos sobre isso com o primeiro-ministro, é um tema que temos sobre a mesa, temos que trabalhar para a materialização dessa iniciativa", disse aos jornalistas o embaixador da Guiné Equatorial acreditado em São Tomé, Paulino Ekobo Bololo, no final de um "encontro de cortesia" com o novo primeiro-ministro são-tomense, Jorge Bom Jesus.
O diplomata equato-guineense considerou que "é possível" executar este projeto nesta legislatura, referindo que se trata de "um assunto muito importante".

"Como disse o Presidente [Teodoro] Obiang, a Guiné Equatorial está aberta para partilhar a sua experiência na área de petróleo e está sempre disposto a trabalhar com São Tomé e Príncipe nesse domínio", mencionou o diplomata.

Imagem STP-Prsess
Em outubro de 2015, o Presidente da Guiné Equatorial, durante uma visita de cerca de 48 horas, defendeu a criação de uma empresa mista na fronteira entre os dois, para gerir e partilhar os recursos que virão da futura exploração de uma "grande bolsa de petróleo", que dizia existir na fronteira marítima entre os dois países.

"Na zona limítrofe entre a Guiné Equatorial e São Tomé e Príncipe existe uma bolsa muito importante" de petróleo, garantiu então o Presidente da Guiné Equatorial.
O chefe de Estado deste país sublinhou na ocasião que a prospeção já foi feita e a exploração deve avançar numa parceria entre os dois países.

"Eu proponho que possamos procurar empresas que nos possam ajudar a explorar o petróleo que está na zona comum. Podemos criar uma empresa mista São Tomé e Príncipe - Guiné Equatorial para partilhar a produção desta grande bolsa que está na nossa fronteira comum", referiu na ocasião.

"A Guiné Equatorial está aberta e pensamos que São Tomé e Príncipe também, as duas partes têm que se sentar para ver como materializar esta ideia, que tem muito benefício para os dois países", disse hoje Paulino Bololo. Lusa https://www.dn.pt/lusa/interior/guine-equatorial-quer-criar-empresa-mista-de-exploracao-de-petroleo-com-sao-tome-10280585.html 

ESTE ENCONTRO DE PATRICE COM EMPRESÁRIOS DA GUINÉ EQUATORIAL  - NÃO PASSOU DA MERA FOTOGRAFIA 

Patrice  - Com os representantes da empresa de gás da Guiné Equatorial

Negócio de gás bloqueado pelo Primeiro Ministro, Patrice Trovoada, depois de proclamado com honras de TVS, deixa baía das Neves, em S. Tomé,  num perigoso estaleiro de esferas metálicas a flutuar –  Depois de romper acordos de exploração petrolífera com Angola para se furtar à divida de 40 milhões, em combustível a STP, volta-se para a Guiné Equatorial  para , em menos de um mês,  cair de novo nos braços de Manuel Vicente, amigos de antigas negociatas e cumplicidades, ambos com cadastros na justiça,  traindo os acordos de cooperação com Malabo – No meio deste desatino, qual o papel do pau-mandado Evaristo Carvalho, no diálogo com Obiang Nguema? Se não mudasse de não seria mais leal  e vantajoso para os santomenses? ..

Empresa da Guiné Equatorial produz gás de petróleo liquefeito em ....23/12/2016  Sonagás é distribuidora exclusiva de empresa de gás em São Tomé  12/09/2017

PROJECTO DA EMPRESA DA GUINÉ EQUATORIAL ANUNCIADO COM HONRAS DE ABERTURA DE TELEJORNAL E ENTREVISTA AO GESTOR -
Quando o projeto parecia sorrir a todos
23/12/2016 - A empresa equatorial guineense Sonagas iniciou a construção de instalações na Ilha de São Tomé, que produzirá gás de petróleo líquido (GLP) para abastecer o mercado do país insular, anunciou o funcionário Daniel Gomes López na quinta-feira.

López, representante da Sociedade Nacional de Gas de Guiné Equatorial (Sonagas), especificou que era "um projeto equatorial guineense em São Tomé e Príncipe, em cooperação contínua entre os governos dos dois países".

Quatro tanques já estão instalados em Neves, no norte de São Tomé, e armazenam GLP, uma mistura de gases de hidrocarbonetos utilizados como combustível em aplicações de aquecimento (fornos, etc.) e em veículos, disse Lopez.

A instalação deve ser concluída dentro de 12 meses, disse ele, acrescentando que, além da proteção ambiental, a produção de GLP na ilha de São Tomé visa tornar o produto mais acessível para os habitantes do país insular. 

 Sonagas, empresa que implementa o projeto de gás de petróleo líquido, foi fundada em 2005 pelo governo da Guiné Equatorial. Há um mês, São Tomé e Príncipe e a Guiné Equatorial retomaram as negociações sobre a exploração conjunta de recursos petrolíferos em um bloco comum ao longo de sua fronteira. . SONAGAS producirá gas licuado del petróleo (GLP) en Santo Tomé y ......Africa Oil & Gas: Sonagas to produce liquefied petroleum gas in São


Foi no dia 21 de Dezembro de 2016, quase sobre as vésperas do Natal - 



O desembarque das enormes esferas de aço, de um navio da empresa Sonagas da Guiné Equatorial, para a produção e transporte de gás para uso doméstico, teve foros de acontecimento na população da pequena cidade piscatória de Neves, que terá observado o inusitado espetáculo num misto de surpresa e agrado, visto poder alimentar as tão desejadas espectativas de emprego e desenvolvimento sustentado, que sucessivamente têm sido frustradas através de projetos, anunciados como promissores mas que depressa são abandonados e passam ao esquecimento:


O SOM DESTE VIDEO FOI VARRIDO DOS ARQUIVOS DA TVS - por conveniência do regime de Patrice Trovoada 




Guiné Equatorial estreita laços de cooperação com S. Tomé e Príncipe - Presidente Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, recebeu o Ministro da Defesa de São Tomé e Príncipe, Óscar de Sousa, com uma mensagem do Primeiro-ministro Jorge Bom Jesus - A escassos dias do Dia Nacional do chamado Golpe da Liberdade.

Jorge Trabulo Marques - Jornalista 

O Presidente concede audiência ao Ministro da Defesa de São Tomé e Príncipe













A audiência, que decorreu ontem, segunda-feira, teve como  objetivo de se continuarem a fortalecer as relações diplomáticas que unem as duas administrações como expressão da vontade dos dois governos. tanto que membros de vários organismos.



A notícia é referida no Site oficial
do Governo da República da Guiné Equatorial, sublinhando  que   O ministro da Defesa Santotomense, Óscar Sousa, passou pelo gabinete oficial de S. E. Obiang Nguema Mbasogo numa audiência que teve como pano de fundo, para entregar uma mensagem do Presidente e do Primeiro Ministro de São Tomé e Príncipe.
Na presença do Delegado Regional do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Hassan Esono Anusogo, o emissário de São Tomé e Príncipe também felicitou o Presidente e o povo da Guiné Equatorial pela celebração do 40º aniversário do glorioso golpe de Libertad, no próximo sábado. 3 de agosto em todo o território nacional
.
Texto: Ekomo Deogracias
Fotos: Miguel Ángel Mba Onva
(


SPORTING 1 – VALENCIA 2 – LEÕES DEIXAM ESCAPAR A PRATA DA CASA – O EMBLEMÁTICO TROFÉU CINCO VIOLINOS FOI LEVADO PARA ESPANHA -


Jorge Trabulo Marques  - Fotojornalismo



BRUNO FERNANDES, ABANDONOU ALVALADE, QUASE EM LÁGRIMAS – MERECIA QUE A NOITE FOSSE COROADA DE GALA E DE GLÓRIA ,MAS SORTE FOI MADRASTA - Sporting1 – Valência 2 -Buno Fernandes, boa exibição, caloroso ambiente de mas, o mais simbólico troféu, foi para Espanha






O arranque  inicial foi de garra com Bas Dost a inaugurar o marcador logo aos 5, mas pouco depois a equipa visitante estabelecia  a igualdade: guarda-redes Renan Ribeiro defendeu um penálti de Rodrigo, mas não conseguiu evitar o golo de Kevin Gameiro, que colocou a turma valenciana no pódio da vitória.


Bruno Fernando, foi o mais ovacionado e podia ter marcado, mas a sorte foi madrasta e não esteve ao o lado da sua equipa - Abandonou o estádio de Alvalade, silencioso e muito contristado. 


A bem dizer, tudo fez, como, aliás, toda a sua equipa, para conquistar e erguer bem alto, o Troféu Cinco Violinos, que recordam o período áureo mais emblemática taça da história do Sporting, em homenagem ao grupo de cinco jogadores da linha avançada da equipa principal de futebol do Sporting Clube de Portugal que, entre 1946 e 1949, maravilhou os espectadores pela arte, harmonia e entrosamento que empregava em campo.

É sublinhado, que “Os Cinco Violinos levaram o futebol português em geral e do seu clube em particular aos maiores êxitos e marcaram uma época sem igual. Enquanto jogaram juntos, durante três temporadas, o Sporting Clube de Portugal foi sempre tricampeão nacional, ao que somaram uma Taça de Portugal, a chamada "dobradinha". Cada um deles marcou mais de 100 golos ao serviço do Sporting, perfazendo, em conjunto, mais de 800 golo https://pt.wikipedia.org/wiki/Cinco_Violinos

 ECOS DA IMPRENSA - ECOS DA IMPRENSA - "O Sporting falhou, este domingo, a conquista do Troféu Cinco Violinos ao perder em casa frente aos espanhóis do Valencia por 2-1. A formação leonina ainda esteve a ganhar, mas a equipa do português Gonçalo Guedes, titular no encontro, foi mais forte e deu a volta ao marcador.

Este foi o segundo ano consecutivo em que os leões perderam o jogo de apresentação aos sócios, depois de no ano passado o Empoli ter ganho no Estádio José Alvalade. Antes, a formação verde e branca tinha ganho as seis primeiras edições.

Os leões, que se apresentaram em campo com o terceiro equipamento, começaram a partida a todo o gás e colocaram-se em vantagem logo aos quatro minutos com um golaço de Bas Dost. Raphinha assiste o holandês que atira uma bomba para o fundo das redes de Domenech. https://desporto.sapo.pt/futebol/amigaveis-clubes/artigos/sporting-mostrou-bons-pormenores-mas-perdeu-o-trofeu-cinco-violinos-para-o-valencia

domingo, 28 de julho de 2019

"Espíritos santos, vocês andam lá em cima na luz, na terra macia" - Eu, humilde mortal aspiro unicamente, cá em baixo e sobre os espinhos dos cardos a ser o peregrino solitário à luz do vosso portal.



"Caminhei por desertos desolados,
e desolado trago o coração:
dá-me, génio da luz, esse condão
de bailar pelo ar tantos bailados...
Há divina folia na alegria
desse poema teu:
Oh, leva-me contigo, cotovia, 
dá-me do teu banquete lá no Céu!"
(...)
Feliz. feliz vivente!
Alma forte e fermente qual corrente
entoando o louvor do Criador!
Como a tua alegria dá coragem!
Só de te ouvir, ou qualquer outro cantador
tão jucundo e fraterno,
eu melhor, d'oravante, irei trilhar
a difícil viagem,
sozinho, até a luz se me acabar,


Excerto - De Friedrich Holderlin


Espíritos santos, vocês andam lá em cima 
na luz, na terra macia. 
Brilhando brisa divina 
tocar suavemente em vocês 
como dedos de uma mulher 
tocar música em cordas sagradas. 

Como os bebês que dormem, os deuses 
respire sem qualquer plano; 
o espírito floresce continuamente 
neles, castamente mantido, 
como em um pequeno broto, 
e seus olhos sagrados 
olhe para fora ainda 
clareza eterna. 

Um lugar para descansar
não nos é dado.
Humanos Sofrendo
declinar e cair cegamente
de uma hora a outra
como a água jogada
do penhasco ao penhasco,
Ano após ano,
no desconhecido. 

 De Friedrich Holderlin


Johann Christian Friedrich Hölderlin ( Reino Unido : ˈ um poeta e filósofo alemão . Descrito por Norbert von Hellingrath como "o mais alemão dos alemães", Hölderlin foi uma figura chave do romantismo alemão . [2] Particularmente devido a sua associação precoce e influência filosófica em Georg Wilhelm Friedrich Hegel e Friedrich Wilhelm Joseph Schelling , ele também foi um importante pensador no desenvolvimento do Idealismo Alemão
Nascido em Lauffen am Neckar , a infância de Hölderlin foi marcada pelo luto. Sua mãe pretendia que ele entrasse no ministério luterano, e ele freqüentou o Tübinger Stift , onde ele era amigo de Hegel e Schelling. Ele se formou em 1793, mas não pôde se dedicar à fé cristã, tornando-se um tutor. Dois anos depois, ele frequentou a Universidade de Jena , onde ele interagiu com Johann Gottlieb Fichte e Novalis , antes de retomar sua carreira como professor particular. Ele lutou para se estabelecer como poeta e foi atormentado por doenças mentais. Ele foi enviado para uma clínica em 1806, mas considerado incurável e, em vez disso, recebeu alojamento de um carpinteiro, Ernst Zimmer. Ele passou os últimos 36 anos de sua vida na residência de Zimmer e morreu em 1843 aos 73 anos de idade.

Hölderlin seguiu a tradição de Johann Wolfgang von Goethe e Friedrich Schiller como um admirador da mitologia grega e poetas da Grécia antiga como Píndaro e Sófocles , e misturou temas cristãos e helênicos em suas obras. Martin Heidegger , a quem Hölderlin teve uma grande influência, disse: "Hölderlin é um dos nossos maiores pensadores, porque ele é o nosso maior poeta." [7] Friedrich Hölderlin - Wikipedia

A vida e a obra de Hölderlin (1770-1843) confundem-se e fundem-se numa unidade totalizadora: a Poesia. Destinado à carreira eclesiástica por uma mãe dominadora, depressa se apercebe de que o seu caminho é o da criação pela palavra poética, a que prende todo o seu pensar, sentir e agir. (...)  é apenas fruto de um estado psíquico alterado. https://www.wook.pt/autor/friedrich-holderlin/86567



sexta-feira, 26 de julho de 2019

Hoje é o dia internacional dos Avós - Carta de José Saramago a “Josefa Minha Avó” - Poema à Avó Mariana, de Alda Espirito Santo, com a imagem da Avó Mena, mártir do Batepá, ao lado de sua filha e netos - - E o Tributo aos avós que não chegaram a conhecer os netos nem estes os avós e aos avós que são esquecidos por filhos e netos. E aos netinhos que desconhecem quem são os seus pais e avós.

Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise 

AVÓ MENA  - MÁRTIR DO BATEPÁ - COM A FILHA E OS NETOS 

HOJE É O DIA DOS AVÓS - EU NÃO OS CHEGUEI A CONHECER -NEM MATERNOS NEM PATERNOS - No Brasil e em Portugal, o Dia dos Avós é comemorado em 26 de julho, tendo sido esta data escolhida em razão da comemoração do dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.

Mas o dia 26 de julho não é um consenso mundial. Na Itália, por exemplo, houve a preocupação de desconectar o Dia dos Avós da memória dos santos, justamente para enfatizar o caráter civil (e não religioso) da celebração- e a "Festa Dei Nonni" é celebrada dia 2 de outubro.
Nos Estados Unidos, comemora-se no primeiro domingo de setembro. No Reino Unido, no primeiro domingo de outubro. A França é um caso raro: há o Dia das Vovós (primeiro domingo de março) e o Dia dos Vovôs (primeiro domingo de outubro). A Estônia comemora no segundo domingo de outubro. A Austrália, no primeiro domingo de novembro. O Canadá, em 25 de outubro.  https://www.bbc.com/portuguese/geral-44930392


Neste dia dos avós, recordo aqui um dos belos poemas de Alda Graça do Espírito Santo, a grande matriarca santomense, autora do hino Nacional de S. Tomé e Príncipe, figura incontornável da poesia  e da cultura destas maravilhosas Ilhas - Ilustrado com a imagem de
Maria dos Santos, mais conhecida por Mena, uma das mártires,  sobrevivente dos hediondos massacres de Batepá,  de Fevereiro de 1953 -  Tinha  80 anos,  em 2015, quando a entrevistei, rodeada da filha e de seus netos,  à  porta de sua casa, em Batepá, distrito  de Mé-Zóchi, uma das mártires - E também pela autora do poema   - Avó Mariana


Avó Mariana
Avó Mariana, lavadeira
dos brancos lá da Fazenda
chegou um dia de terras distantes
com seu pedaço de pano na cintura 
e ficou.
Ficou a Avó Mariana
lavando, lavando, lá na roça
pitando seu jessu
à porta da sanzala
lembrando a viagem dos seus campos de sisal.

Num dia sinistro

p'ra ilha distante
onde a faina de trabalho
apagou a lembrança
dos bois, nos óbitos
lá no Cubal distante.

Avó Mariana chegou

e sentou-se à porta da sanzala
e pitou seu jessu1
lavando, lavando
numa barreira de silêncio.

Os anos escoaram

lá na terra calcinante.

- "Avó Mariana, Avó Mariana

é a hora de partir.
Vai rever teus campos extensos
de plantações sem fim".

- "Onde é terra di gente?

Velha vem, não volta mais...
Cheguei de muito longe,
anos e mais anos aqui no terreiro...
Velha tonta, já não tem terra
Vou ficar aqui, minino tonto".

Avó Mariana, pitando seu jessu
na soleira do seu beco escuro,
conta Avó Velhinha
teu fado inglório.
Viver, vegetar
à sombra dum terreiro
tu mesmo Avó minha
não contarás a tua história.

Avó Mariana, velhinha minha,

pitando seu jessu
na soleira da senzala
nada dirás do teu destino...
Porque cruzaste mares, avó velhinha,
e te quedaste sozinha

pitando teu jessu?
- Alda Espírito Santo, em "É nosso o solo sagrado da terra". Lisboa: Ulmeiro, 1978, p. 51-52
A CARTA DE JOSÉ SARAMAGO - PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA - para "Josefa, minha avó" - 
Tens noventa anos. És velha, dolorida. Dizes-me que foste a mais bela rapariga do teu tempo — e eu acredito. Não sabes ler. Tens as mãos grossas e deformadas, os pés encortiçados. Carregaste à cabeça toneladas de restolho e lenha, albufeiras de água.


Viste nascer o sol todos os dias. De todo o pão que amassaste se faria um banquete universal. Criaste pessoas e gado, meteste os bácoros na tua própria cama quando o frio ameaçava gelá-los. Contaste-me histórias de aparições e lobisomens, velhas questões de família, um crime de morte. Trave da tua casa, lume da tua lareira — sete vezes engravidaste, sete vezes deste à luz.
Não sabes nada do mundo. Não entendes de política, nem de economia, nem de literatura, nem de filosofia, nem de religião. Herdaste umas centenas de palavras práticas, um vocabulário elementar. Com  isto viveste e vais vivendo. És sensível às catástrofes e também aos casos de rua, aos casamentos de princesas e ao roubo dos coelhos da vizinha. Tens grandes ódios por motivos de que já perdeste lembrança, grandes dedicações que assentam em coisa nenhuma. Vives. Para ti, a palavra Vietname é apenas um som bárbaro que não condiz com o teu círculo de légua e meia de raio. Da fome sabes alguma coisa: já viste uma bandeira negra içada na torre da igreja.(Contaste-mo tu, ou terei sonhado que o contavas?)
Transportas contigo o teu pequeno casulo de interesses. E, no entanto, tens os olhos claros e és alegre. O teu riso é como um foguete de cores. Como tu, não vi rir ninguém. Estou diante de ti, e não entendo. Sou da tua carne e do teu sangue, mas não entendo. Vieste a este mundo e não curaste de saber o que é o mundo. Chegas ao fim da vida, e o mundo ainda é, para ti, o que era quando nasceste: uma interrogação, um mistério inacessível, uma coisa que não faz parte da tua herança: quinhentas palavras, um quintal a que em cinco minutos se dá a volta, uma casa de telha-vã e chão de barro. Aperto a tua mão calosa, passo a minha mão pela tua face enrugada e pelos teus cabelos brancos, partidos pelo peso dos carregos — e continuo a não entender. Foste bela, dizes, e bem vejo que és inteligente. Por que foi então que te roubaram o mundo? Quem to roubou? Mas disto talvez entenda eu, e dir-te-ia o como, o porquê e o quando se soubesse escolher das minhas inumeráveis palavras as que tu pudesses compreender. Já não vale a pena. O mundo continuará sem ti — e sem mim. Não teremos dito um ao outro o que mais importava. Não teremos, realmente? Eu não te terei dado, porque as minhas palavras não são as tuas, o mundo que te era devido. Fico com esta culpa de que me não acusas — e isso ainda é pior. Mas porquê, avó, por que te sentas tu na soleira da tua porta, aberta para a noite estrelada e imensa, para o céu de que nada sabes e por onde nunca viajarás, para o silêncio dos campos e das árvores assombradas, e dizes, com a tranquila serenidade dos teus noventa anos e o fogo da tua adolescência nunca perdida: «O mundo é tão bonito, e eu tenho tanta pena de morrer!»É isto que eu não entendo — mas a culpa não é tua.

AQUI DEIXO ESTA BELA IMAGEM DE LINDOS E AMOROSOS ROSTOS AFRICANOS - NA ESPERANÇA DE QUE TODOS TENHAM UMA AVOZINHA OU AVOZINHO, QUE LHE POSSA NESTE DIA DISPENSAR ALGUNS BEIJINHOS E CARINHOS




A ARTE COMO BELA EXPRESSÃO ARTÍSTICA DA FAMILIA  - MENSAGEM DO PROF. VITOR SERRÃO , NESTE DIA DOS AVÓS 26 DE JULHO. "Eu que sou avô, e pai, e filho, e amigo dos amigos, entre muitas outras coisas, celebro a data que se convencionou chamar DIA DOS AVÓS recorrendo, como me é usual, ao discurso de uma obra de arte. Não com a tradicional referência à Oração de Sant'Ana e S. Joaquim na Porta Dourada, tema que gerou algumas obras-primas. Escolhi, ao invés, uma FAMÍLIA DE CAMPONESES, tela dos irmãos Le Nain, pintores franceses da segunda metade do século XVII que criaram uma espécie de 'pintura proletária' avant la lettre. Muito bom, este quadro com um casal de trabalhadores rurais com seus filhos e netos. A fraternidade feita arte, a arte feita fraternidade no intimismo do retrato de grupo a que não faltam cão, gato, música de flauta, frugalidade de alimentos e calor de lareira.