expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

sexta-feira, 19 de julho de 2019

Deus é Imperfeito ou é o mundo que é Injusto? - ONU regista mais de 12 mil violações graves contra crianças em conflito na Síria , em 2018 – O Universo é um Milagre Divino mas parece que ainda há maravilhas ou obras primas por aperfeiçoar e concluir

Memórias de uma Lisboa Violadora 
Jorge Trabulo Marques - Na personagem de Peregrino da Luz 


Oh, sim, Ó Deus do Azul dos Céus! Ás vezes só quero irmanar-me com a liberdade destas formas dispersas e abstrair-me das injustiças e violências humanas sobre as inocentes crianças pobres e desprotegidas, idosos abandonados e os mais desfavorecidos - Mas, ó Deus dos Imensos Mundos Longínquos e Invisíveis, que, lá alto, contemplais a Terra, que também Vós mesmo criastes, quem, em boa consciência, poderá ignorar a cruel realidade que se escancara, no dia a dia, aos olhos dos corações mais atentos e sensíveis




Onde pousarei meu olhar que não veja outro cenário dos meus tormentos que me consomem ou poderei descansar em ponto algum do vasto circulo que me envolve, que não seja o infindo azul do céu e do mar?  



Eu peregrino da luz, errante e sem destino, 

solto e amarrado a um frágil casco escavado
solitário e abandonado dos olhos mortais e do mundo.
Perdido vogo à flor do mar e acima de abismo fundo
trago na fronte do suor do meu rosto e  nas veias do meu coração, 
além da  infinda solidão que me questiona, angustia e consome
estampada também a grande interrogação dos meus irmãos da mesma dor.


"ONU alerta para gravidade e aumento das violações contra crianças Secretário-geral destaca que partes envolvidas “mostraram desrespeito evidente pela vida e pelos direitos fundamentais das crianças” – O estudo documenta mortes por apedrejamento, crucificação ou outras táticas brutais.
(…) O relatório cobre grande parte do conflito na Síria, marcado principalmente pela ascensão do grupo terrorista Estado Islâmico no Iraque e do Levante, Isil. Outros destaques são o uso de agentes químicos tóxicos contra civis, incluindo crianças, e as complexidades e multiplicidade de participantes armados que lutam em todos os lados do conflito, seja na forma de alianças, seja de forma independente.
Também foram documentados o rapto de 693 crianças e 98 casos de violência sexual, apesar deste tipo de crime continuar a não ser denunciado com frequência. Estes crimes incluem casamentos forçados com membros de grupos armados.

Ataques às escolas e hospitais, assim como o uso militar destas instituições, afetaram a disponibilidade de serviços médicos e educacionais essenciais. 
O relatório destaca ainda que o bloqueio ao acesso humanitário se tornou uma tática usada no conflito na Síria, especialmente através do cerco de comunidades inteiras durante meses, senão anos. https://news.un.org/pt/story/2018/11/1649031



Nenhum comentário :