expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

domingo, 28 de julho de 2019

"Espíritos santos, vocês andam lá em cima na luz, na terra macia" - Eu, humilde mortal aspiro unicamente, cá em baixo e sobre os espinhos dos cardos a ser o peregrino solitário à luz do vosso portal.



"Caminhei por desertos desolados,
e desolado trago o coração:
dá-me, génio da luz, esse condão
de bailar pelo ar tantos bailados...
Há divina folia na alegria
desse poema teu:
Oh, leva-me contigo, cotovia, 
dá-me do teu banquete lá no Céu!"
(...)
Feliz. feliz vivente!
Alma forte e fermente qual corrente
entoando o louvor do Criador!
Como a tua alegria dá coragem!
Só de te ouvir, ou qualquer outro cantador
tão jucundo e fraterno,
eu melhor, d'oravante, irei trilhar
a difícil viagem,
sozinho, até a luz se me acabar,


Excerto - De Friedrich Holderlin


Espíritos santos, vocês andam lá em cima 
na luz, na terra macia. 
Brilhando brisa divina 
tocar suavemente em vocês 
como dedos de uma mulher 
tocar música em cordas sagradas. 

Como os bebês que dormem, os deuses 
respire sem qualquer plano; 
o espírito floresce continuamente 
neles, castamente mantido, 
como em um pequeno broto, 
e seus olhos sagrados 
olhe para fora ainda 
clareza eterna. 

Um lugar para descansar
não nos é dado.
Humanos Sofrendo
declinar e cair cegamente
de uma hora a outra
como a água jogada
do penhasco ao penhasco,
Ano após ano,
no desconhecido. 

 De Friedrich Holderlin


Johann Christian Friedrich Hölderlin ( Reino Unido : ˈ um poeta e filósofo alemão . Descrito por Norbert von Hellingrath como "o mais alemão dos alemães", Hölderlin foi uma figura chave do romantismo alemão . [2] Particularmente devido a sua associação precoce e influência filosófica em Georg Wilhelm Friedrich Hegel e Friedrich Wilhelm Joseph Schelling , ele também foi um importante pensador no desenvolvimento do Idealismo Alemão
Nascido em Lauffen am Neckar , a infância de Hölderlin foi marcada pelo luto. Sua mãe pretendia que ele entrasse no ministério luterano, e ele freqüentou o Tübinger Stift , onde ele era amigo de Hegel e Schelling. Ele se formou em 1793, mas não pôde se dedicar à fé cristã, tornando-se um tutor. Dois anos depois, ele frequentou a Universidade de Jena , onde ele interagiu com Johann Gottlieb Fichte e Novalis , antes de retomar sua carreira como professor particular. Ele lutou para se estabelecer como poeta e foi atormentado por doenças mentais. Ele foi enviado para uma clínica em 1806, mas considerado incurável e, em vez disso, recebeu alojamento de um carpinteiro, Ernst Zimmer. Ele passou os últimos 36 anos de sua vida na residência de Zimmer e morreu em 1843 aos 73 anos de idade.

Hölderlin seguiu a tradição de Johann Wolfgang von Goethe e Friedrich Schiller como um admirador da mitologia grega e poetas da Grécia antiga como Píndaro e Sófocles , e misturou temas cristãos e helênicos em suas obras. Martin Heidegger , a quem Hölderlin teve uma grande influência, disse: "Hölderlin é um dos nossos maiores pensadores, porque ele é o nosso maior poeta." [7] Friedrich Hölderlin - Wikipedia

A vida e a obra de Hölderlin (1770-1843) confundem-se e fundem-se numa unidade totalizadora: a Poesia. Destinado à carreira eclesiástica por uma mãe dominadora, depressa se apercebe de que o seu caminho é o da criação pela palavra poética, a que prende todo o seu pensar, sentir e agir. (...)  é apenas fruto de um estado psíquico alterado. https://www.wook.pt/autor/friedrich-holderlin/86567



Nenhum comentário :