expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

terça-feira, 30 de julho de 2019

SPORTING 1 – VALENCIA 2 – LEÕES DEIXAM ESCAPAR A PRATA DA CASA – O EMBLEMÁTICO TROFÉU CINCO VIOLINOS FOI LEVADO PARA ESPANHA -


Jorge Trabulo Marques  - Fotojornalismo



BRUNO FERNANDES, ABANDONOU ALVALADE, QUASE EM LÁGRIMAS – MERECIA QUE A NOITE FOSSE COROADA DE GALA E DE GLÓRIA ,MAS SORTE FOI MADRASTA - Sporting1 – Valência 2 -Buno Fernandes, boa exibição, caloroso ambiente de mas, o mais simbólico troféu, foi para Espanha






O arranque  inicial foi de garra com Bas Dost a inaugurar o marcador logo aos 5, mas pouco depois a equipa visitante estabelecia  a igualdade: guarda-redes Renan Ribeiro defendeu um penálti de Rodrigo, mas não conseguiu evitar o golo de Kevin Gameiro, que colocou a turma valenciana no pódio da vitória.


Bruno Fernando, foi o mais ovacionado e podia ter marcado, mas a sorte foi madrasta e não esteve ao o lado da sua equipa - Abandonou o estádio de Alvalade, silencioso e muito contristado. 


A bem dizer, tudo fez, como, aliás, toda a sua equipa, para conquistar e erguer bem alto, o Troféu Cinco Violinos, que recordam o período áureo mais emblemática taça da história do Sporting, em homenagem ao grupo de cinco jogadores da linha avançada da equipa principal de futebol do Sporting Clube de Portugal que, entre 1946 e 1949, maravilhou os espectadores pela arte, harmonia e entrosamento que empregava em campo.

É sublinhado, que “Os Cinco Violinos levaram o futebol português em geral e do seu clube em particular aos maiores êxitos e marcaram uma época sem igual. Enquanto jogaram juntos, durante três temporadas, o Sporting Clube de Portugal foi sempre tricampeão nacional, ao que somaram uma Taça de Portugal, a chamada "dobradinha". Cada um deles marcou mais de 100 golos ao serviço do Sporting, perfazendo, em conjunto, mais de 800 golo https://pt.wikipedia.org/wiki/Cinco_Violinos

 ECOS DA IMPRENSA - ECOS DA IMPRENSA - "O Sporting falhou, este domingo, a conquista do Troféu Cinco Violinos ao perder em casa frente aos espanhóis do Valencia por 2-1. A formação leonina ainda esteve a ganhar, mas a equipa do português Gonçalo Guedes, titular no encontro, foi mais forte e deu a volta ao marcador.

Este foi o segundo ano consecutivo em que os leões perderam o jogo de apresentação aos sócios, depois de no ano passado o Empoli ter ganho no Estádio José Alvalade. Antes, a formação verde e branca tinha ganho as seis primeiras edições.

Os leões, que se apresentaram em campo com o terceiro equipamento, começaram a partida a todo o gás e colocaram-se em vantagem logo aos quatro minutos com um golaço de Bas Dost. Raphinha assiste o holandês que atira uma bomba para o fundo das redes de Domenech. https://desporto.sapo.pt/futebol/amigaveis-clubes/artigos/sporting-mostrou-bons-pormenores-mas-perdeu-o-trofeu-cinco-violinos-para-o-valencia

Nenhum comentário :