expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Formação da Justiça santomense – Será desta? Portugal financia em 140 mil euros programa de formação na área da justiça, depois de tantos apoios ao Governo de Patrice Trovoada?

Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise – De momento, não estamos no facebook - Siga-nos neste site – Inscreva-se, ao fundo do lado direito  - Vamos procurar  atualizar, neste espaço, dentro do que nos for possivel, a informação de STP - Pode também inserir seus comentários neste post

Deseja-se e espera-se que, desta vez, os apoios, que Portugal tem prestado à justiça santomense, obtenham resultados proficuos, o que não sucedeu, no regime de Patrice Trovoada, bem pelo contrário,como recordaremos mais à frente: É noticia de que, "Os dois países assinaram um protocolo de cooperação para a execução deste programa de formação que abrange, nomeadamente, a Polícia Judiciária, funcionários judiciais e do Ministério Publico, serviços prisionais e medicina legal, durante o período de 2019 a 2020.
O documento foi rubricado, na capital são-tomense, pela ministra da Justiça, Administração Pública e Direitos Humanos, Ivete Lima, e pelo vice-presidente do Instituto Camões, Gonçalo Gomes, em cerimónia testemunhada pelo embaixador português, Luís Gaspar da Silva.
"A assinatura deste protocolo é mais um sinal do compromisso de Portugal para com São Tomé", disse Gonçalo Gomes, considerando o programa de formação como "um investimento no futuro e no desenvolvimento sustentável de São Tomé e na estabilidade democrática" do país.
A ministra da Justiça, por sua vez, defendeu que a cooperação entre Portugal e São Tomé e Príncipe nas áreas do seu pelouro é "uma das mais importantes" entre os dois países.
Ivete Lima sublinhou que o financiamento por Portugal deste programa de formação permitirá ao seu ministério "cumprir alguns objetivos do desenvolvimento sustentável", sublinhando que irá permitir "ter uma justiça mais célere, mais moderna e devolver um pouco a credibilidade dos cidadãos nos sistemas judiciais".  https://www.noticiasaominuto.com/economia/1305535/portugal-financia-formacao-na-area-da-justica-em-sao-tome-e-principe

NA OPTICA DE PATRICE TROVOADA  - “Juízes medíocres podem ser úteis noutros sectores” – Para Patrice Trovoada os juízes considerados medíocres nos resultados da inspeção aos magistrados judiciais, poderão ser úteis em outros sectores do país.“Se não tem aptidão podem fazer outra coisa. O governo está disponível para coloca-los noutro sector, não são pessoas inválidas. São pessoas que para determinada função foram consideradas inaptas. E qual é o problema?», afirmou o Chefe do GovernoPatrice- “Juízes medíocres podem ser úteis noutros sectores” | Téla Nón


NÃO RETIRAMOS UMA LINHA OU PALAVRA DOS AVISOS QUE LANÇAMOS POR VÁRIAS VEZES NESTE SITE - DOS MILHÕES DE SUBSÍDIOS E OUTROS AVULTADOS APOIOS, EM EQUIPAMENTOS, A UM GOVERNO ALTAMENTE CORRUPTO E IMPOPULAR  Que só não sofreu mais pesada derrota, devido às fraudes nas urnas onde fez enormes  chapeladas


GOVERNO PORTUGUÊS DEU INSTRUMENTOS DE ESCUTAS AO REGIME DE TROVOADA, QUE ESTE USOU  - NÃO PARA COMBATER O CRIME - POIS ELE ESTAVA  INSTALADO  NAS SUAS CÚPULAS, MAS PARA PERSEGUIR E CONTROLAR ADVERSÁRIOS POLÍTICOS  - Alertamos, na altura, de que o  Embaixador de Portugal em São Tomé e Príncipe Luís Gaspar da Silva, esqueceu-se, porventura, de  que está a dar instrumentos a um Governo que vai instalar as escutas da antiga PIDE fascista-colonialista - Ou ainda não se deu conta de que, segundo diz Patrice Trovoada,  "a corrupção é uma tradição e a compra de votos faz parte do jogo"?.

POIS CLARO... "Patrice – PJ com escutas para mudar comportamentos na sociedade"

12 de Junho de 2018 No dia em que o Governo são-tomense em parceria com a cooperação portuguesa inaugurou oficialmente a Polícia Judiciária do arquipélago, o Primeiro Ministro Patrice Trovoada prometeu introduzir escutas telefónicas, para facilitar o trabalho da PJ e do Sistema de Justiça.

O sistema de escutas telefónicas, vai segundo o Chefe do Governo, ajudar na mudança de comportamentos na sociedade são-tomense. «Eu estou convencido que quando nós adquirirmos meios de escuta, controlado evidentemente pela justiça, através do Ministério Publico, a sociedade também mudará os seus comportamentos», afirmou. https://www.telanon.info/politica/2018/06/12/27197/patrice-pj-com-escutas-para-mudar-comportamentos-na-sociedade/


ESTES ATROPLEOS NÃO PODEM SER ESQUECIDOS  8 Dez, 2017 Há uma máfia instalada nos tribunais do país de São Tomé e Principe .diz Patrice Trovoada, que "anunciou a vinda de agentes da justiça portuguesa ao país e prometeu apoio técnico e material às instituições judiciais do arquipélago".  Sim, para completarem o saneamento da equipa anterior aos juízes que não são da  confiança politica do regime 15/05/2016  Patrice- “Juízes medíocres podem ser úteis noutros sectores” – 13/05/2016Associação dos Magistrados Judiciais denuncia intervenção política Patrice Trovoada: criação do Tribunal Constitucional é "inalterável"....... MSD/PVSTP também não reconhece Tribunal Constitucional de 15 de   .....

02/02/2018 Um dos principais alicerces de qualquer Estado Democrático, é a Liberdade de Imprensa, e o acesso nomeadamente pelas forças políticas da oposição aos órgãos de comunicação social. EUA alerta o poder são-tomense para garantia da liberdade de ..


Manuel Silva Gomes Cravid, prometeu, "dar volta" ao "total descrédito e incompreensão" em que se afundaram os tribunais são-tomenses Manuel Cravid chamou a atenção dos magistrados para não se esquecerem que “somos independentes e que devemos resistir e afastar de qualquer influência política, publica ou privada”. “O nosso chefe é a constituição, são as leis e a nossa consciência”, disse, lembrando que o poder judicial tem estruturas e mecanismos próprios “para resolver os nossos problemas e interesses ligados a magistratura e ao exercício da função judicial”. Obviamente que a tribo  Trovoada e os seus cúmplices, não gostaram desta afronta à sua ditadura




Não tendo levado a melhor  com a decisão do saneamento dos juízes, a que acresceu a derrota da sua principal alavanca judicial, Patrice sabe que, só com um novo figurante no Tribunal Constitucional da sua bitola, que se vergue ao seus tentáculos corruptos, poderá ter caminho aberto para todo o tipo de jogadas e perversidades  

- De recordar que ele exigiu que a Procuradoria-Geral da República recorra da decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) que mandou reintegrar juízes afastados na sequência de uma inspecção aos tribunais feita por técnicos portugueses. Patrice Trovoada pede recurso contra decisão do Supremo que


Nenhum comentário :