expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

São Tomé e Príncipe na rota do tráfico da droga - Em 2018, autoridades apreenderam 39 quilos de droga – Este ano, de uma só vez, Equipa multissetorial incinerou 33,5 quilos de drogas apreendidos no aeroporto e no porto da capital são-tomense. – Em 17 julho 2019 Maior apreensão de droga em STP, 31 quilos e 700 gramas - Os últimos quatro anos, fizeram das Ilhas Verdes do Equador, a mesma gravidade que os da Guiné-Bissau - diz fonte da PJ portuguesa

Jorge Trabulo Marques – Jornalista – Informação e análise

Droga e Corrupção – Dois dos maiores flagelos da sociedade atual –- Não há paraíso terrestre onde não  exista o flagelo –  exceto nos paraísos fiscais, onde tudo é legal. 

Porém, enquanto a corrupção se instala em jogos de cumplicidades por  corredores e gabinetes, usando os meios mais sofisticados,  pelo contrário, os tentáculos da droga, esses, podem estender-se a céu descoberto, a qualquer hora do dia ou da noite, em todos os lugares, em  toda a parte, onde haja um viciado, há trafico assegurado  


 o Conselho Internacional de Controle de Narcóticos estima que a corrupção, usada por organizações criminosas, é um dos principais obstáculos à luta contra o tráfico internacional de drogas La corruption, principal obstacle à la lutte contre le trafic de drogue ..

HÁ 3 ANOS  - EM 29 DE SETEMBRO 2016 -  FAZÍAMOS AQUI ESTA DENÚNCIA - NÃO MATEM ESTE PARAÍSO MAS ESTÃO A MATÁ-LO -  HÁ UM DESGOVERNO QUE O ESTÁ A  ESMAGAR    -Comandante-Geral da Policia e da Ordem pública, por ocasião do 41º aniversário da Instituição, afirmou que o país  tem “organizações criminosas a células que atuam em países estrangeiros – Discurso na Presença do Pres. da República, M. Pinto da Costa, mas com o Primeiro-ministro, Patrice Trovoada, ausente  há três semanas no estrangeiro.   S. Tomé e Príncipe 

A denúncia e o alerta nacional foram feitos pelo Comandante Geral da Polícia Nacional nas celebrações no último sábado 27 de Agosto, do 41º aniversário da institucionalização da Polícia de Ordem Publica do país.
(...) «A sociedade são-tomense compadece actualmente com a presença de organizações criminosas com ligações a células que actuam em países estrangeiros», denunciou o Super Intendente Samuel António.
O Chefe da Polícia Nacional, prosseguiu. «Importa referir que o perfil do homem são-tomense está a mudar, pelo que é cada vez mais notória a presença de são-tomenses envolvidos em situações de crime organizado».

Uma sociedade em mutação e marcada segundo a polícia pelo aumento da criminalidade. «Uma sociedade onde acentua-se a degradação dos valores morais e civilizacionais com repercussão para o aumento do crime, pondo em causa a autoridade do Estado e o normal funcionamento das instituições democráticas», https://www.telanon.info/politica/2016/08/29/22605/stp-tem-organizacoes-criminosas-com-ligacoes-a-celulas-que-actuam-em-paises-estrangeiros/

NÃO BASTA QUEIMAR A DORGA  - O IMPORTATE É QUE SEJA TRAFICADA- 11-08-2019  - São Tomé: PJ efetua ″a maior incineração de droga até hoje Equipa multissetorial incinerou 33,5 quilos de drogas apreendidos no aeroporto e no porto da capital são-tomense. Ex-ministro da Defesa afirma que "disfuncionamento" nos tribunais dificulta combate ao tráfico no país.
As drogas, incineradas numa operação apoiada por fortes medidas de segurança e coordenada pela Polícia Judiciária (PJ), na lixeira de Penha, a três quilómetros da capital são-tomense, são 31,7 quilos de cocaína apreendidas no aeroporto de São Tomé na primeira semana de julho, e 1,7 quilos de heroína apreendidos nas alfândegas do país.
A operação envolveu agentes da Polícia Judiciária, da Polícia Nacional, da Polícia Fiscal e Aduaneira, do Ministério Público (MP) e dos tribunais e foi considerada "a maior incineração de droga efetuada até hoje" pela polícia. https://www.dw.com/pt-002/s%C3%A3o-tom%C3%A9-pj-efetua-a-maior-incinera%C3%A7%C3%A3o-de-droga-at%C3%A9-hoje/a-49987220

Em 20-12-2016, os dois principais partidos da oposição são-tomense defenderam que a.  Interpol deve investigar alegados atos de corrupção, de lavagem de dinheiro e de tráfico de droga em S, Tomé e Principe 

TRÁFICO DE DROGA EM S. TOMÉ E NOS MARES ENVOLVENTES, É REFERENCIADO PELAS AUTORIDADES JUDICIÁRIAS PORTUGUESAS E INTERNACIONAIS, COM A MESMA GRAVIDADE QUE A GUINÉ-BISSAU


 Em Junho passado, foi referido que a Polícia Judiciária (PJ) são-tomense apreendeu em 2018  - 23 quilos de cocaína, quatro de heroína e 12 quilos de Liamba em operações de combate ao tráfico e consumo de drogas, indica um estudo que a Lusa teve acesso.

O documento, mandado elaborar pelo Ministério da Justiça, Direitos Humanos e Administração Publica, refere o envolvimento nos crimes de cidadãos com idades entre 22 e 62 anos, nacionais e estrangeiros e de ambos os sexos. A maioria desses cidadãos foi detida no aeroporto de São Tomé, uns em trânsito e outros que pretendiam entrar no país.  - Fonte da PJ disse à Lusa que "os cidadãos implicados no tráfico de droga estão detidos", estando os processos a "decorrer os seus termos nas instâncias judiciais".
O estudo alerta ainda para o perigo que esses números representam para o pequeno país, em matéria de tráfico e consumo de droga e revela igualmente o que considera como "exagero no consumo de bebidas alcoólicas quer pelos adolescentes, jovens, homens e mulheres".https://www.dn.pt/lusa/interior/autoridades-apreenderam-39-quilos-de-droga-em-2018-em-sao-tome-e-principe-11059673.html
 GUINÉ-BISSAU  -  "A Guiné-Bissau não é apenas um país de trânsito. Também há consumo de droga, refere um sociólogo guineense do Instituto Nacional de Saúde Pública (INASA) que durante um estudo ficou com a perceção de que o número de toxicodependentes está a crescera Guiné-Bissau já não é só um país de tráfico de droga - Atualidade  OUTRAS NOTICIAS PREOCUPANTES 05/05/2016 África - Cocaína fresca contin a chegar  à Guiné-Bissau e está à ..;  09/03/2017  .Autoridades da Guiné-Bissau pactuam com tráfico de droga - EUA ...20/02/2017A droga novamente em questão na Guiné-Bissau - 2017, 17:17Aumentou o consumo de droga nos mais jovens na Guiné-Bissau - RTP09/03/2017 Autoridades da Guiné-Bissau pactuam com tráfico de droga; …Drogas e crime ameaçam recente estabilidade na Guiné-Bissau -

Em 17 julho 2019 Maior apreensão de droga em STP, 31 quilos e 700 gramas
Foi noticiado de que, Maribel Rocha Directora da Polícia Judiciária, anunciou ao país a maior apreensão de droga da história do país. Num dos voos comerciais oriundo de Portugal, a polícia judiciária em parceria com a sua congénere de Portuguesa, interceptou o trafico de 31 quilos e 700 gramas de cocaína.
Segundo a Directora da PJ, apesar das dificuldades de meios, a polícia está a cumprir a sua missão de combater a criminalidade.

Esta é a terceira apreensão de cocaína, feita pela PJ, através da intercepção dos traficantes, nos voos comerciais que chegam a São Tomé e Príncipe vindos de Portugal.
À semelhança das outras duas situações ocorridas nos anos 2017 e 2018, a Polícia Judiciária de São Tomé e Príncipe, operou numa parceria de comunicação com a Polícia Judiciária de Portugal. Coincidência ou não, os traficantes detidos nos três casos, transportam a droga a partir do Brasil. Escalam Portugal, de onde partem rumo a São Tomé.
A quantidade de cocaína, apreendida no voo comercial desta semana, é de longe a maior de todos os tempos, mais de 31 quilos, disfarçados em pacotes de fraldas para bebés. https://www.telanon.info/sociedade/2019/07/17/29705/maior-apreensao-de-droga-em-stp-31-quilos-e-700-gramas/

PESCA ILEGAL - E TALVEZ NÃO SÓ... AFUNDADO AO SOM DE CÂNTICOS - Certamente que deviam estar bem pedrados, quando o abandonavam e se salvaguardavam nos botes 
06/04/2015 Navio Pirata Thunder afundado ao som de cânticos pela tripulação – Depois de uma perseguição de 110 dias pela Interpol - 


Toda a verdade do “Drama no Mar”relatado pelo  jornalista  The New York Times, Christopher Pala, especialista em questões dos  oceanos.  - As restrições impostas pelas autoridades, não permitiram qualquer contacto entre a imprensa e os 40 sobreviventes do navio .. "Todos foram conduzidos aos diferentes hotéis da capital são-tomense", sem prestarem declarações  – Mas o jornalista freelance, Christopher Pala,  da Washington, D.C., através de telefone, logrou conhecer  toda a história do navio Pirate Chilean sea bass fishing vessel: Sea Shepherd pursues the ...

São Tomé e Príncipe na rota do tráfico de droga - 4 de  Janeiro 2018 - A Polícia de Investigação Criminal (PIC) de São Tomé e Príncipe deteve, nesta última quarta-feira,  três indivíduos, no aeroporto internacional do arquipélago, na posse de 221 cápsulas de cocaína

As mulas, um são-tomense e uma cidadã do Equador, saíram do Brasil e chegaram a São Tomé num voo proveniente de Lisboa, Portugal.O receptor da droga era um empresário nigeriano residente em São Tomé, confirmou o Inspector da PIC Avelino Espirito Santo que vinha seguindo o rasto deste presumível traficante a mais de sete meses. São Tomé e Príncipe: Detidos três indivíduos na posse de 221 capsulas de cocaína

Esta afirmação da mesma noticia é uma rotunda falsidade  - Diz ainda a noticia anterior  que "é a primeira vez" (mas que aldrabice!)  "que são intercetados traficantes com cocaína no organismo, acrescentando que .”as mulas, um são-tomense e uma cidadã do Equador, saíram do Brasil e chegaram a São Tomé num voo proveniente de Lisboa, Portugal"

PORVENTURA OS MESMOS TRAFICANTES,   REFERENCIADOS EM 2015  - E DOS QUAIS NUNCA MAIS SE FALOU  – Haverá alguma relação com estes factos?" Correio" trouxe 340 mil euros em cocaína em duas mochilas

Em   21 de Outubro, 2015 , era divulgada a noticia de que  “cinco quilos de droga estavam escondidos em duas mochilas, uma delas dentro de um trolley. PJ deteve o passageiro de 33 anos quando este chegou a Lisboa vindo de São Tomé e Príncipe
Um homem de 33 anos, nascido na Nigéria mas com nacionalidade espanhola, foi detido na segunda-feira no aeroporto de Lisboa por inspetores da Polícia Judiciária que já estavam à espera que chegasse, vindo de São Tomé e Príncipe. O "correio" só trazia bagagem de mão: uma mochila aos ombros e outra dentro do trolley. No interior das duas mochilas, os inspetores encontraram duas placas de cocaína, com o peso total de cinco quilos (..) um valor estimado em 340 mil euros Droga - ″Correio″ trouxe 340 mil euros em cocaína em duas mochilas


25/08/2015 NO MESMO ANO, DOIS  MESES ANTES, NOS FINAIS DE AGOSTO 2015, ERA DADA ESTA NOTICIA  PIC apreendeu 1 quilo de cocaína -  Era referido, que,   era a primeira vez que a Polícia de Investigação Criminal, apreende este tipo de estupefaciente na praça são-tomense, e o exibe através das imagens da televisão. No entanto na última semana o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Roberto Raposo, anunciou um abrandamento da criminalidade no paíshttp://www.telanon.info/sociedade/2015/08/25/19945/pic-apreendeu-1-quilo-de-cocaina/

Maio 2015 - A Polícia de Investigação Criminal(PIC) de São Tomé e Príncipe a acredita que o consumo elevado de drogas esteja na origem da onda de criminalidade que assola o país. – Obviamente, que um fenómeno acompanha o outro – E há que  procurar atalhar os dois males, dada a sua estreita promiscuidadePolícia de São Tomé e Príncipe diz que droga está na origem do aumento da criminalidade

Maio de 2013  - O tráfico e os toxicodependentes estão a aumentar em São Tomé e Príncipe. No início da semana, as autoridades incineraram drogas no valor de meio milhão de dólares. É o primeiro sinal enérgico no combate ao problema  - São Tomé e Príncipe na rota do tráfico de droga | São Tomé
 TRAFICANTES POSTOS EM LIBERDADE, TAL COMO CONVINHA 

"Concretamente, há duas semanas atrás, em colaboração com a Polícia Nacional efetuaram uma operação policial ao nível da ilha de S.Tomé, tendo culminado com a detenção de trinta e nove (39) indivíduos de ambos os sexos. Ao serem submetidos à instâncias superiores, foram libertados, sem imposição de quaisquer condições, pois , segundo o magistrado judicial a quem coube o processo não existiam matérias que indiciassem a prática de quaisquer ilicitudes por parte destes, nomeadamente elementos probatórios.  -Casos de Droga em São Tomé e Príncipe – Téla Nón

ADI - Acção Democrática Independente: " Um Partido fundado com o  dinheiro do contrabando e da droga



Nós, O MLSTP, assumimos o nosso passado com a cabeça levantada (…) Agora, nós podemos falar do ADI! Um partido que nasceu na base de contrabando e droga” - Acusações gravíssimas, ditas na Assembleia Nacional, durante o debate da Nação,  justamente há um ano, feitas por Jorge Amado, líder da bancada parlamentar do MLST-PSD, principal partido  da oposição, dirigidas  a Patrice Trovoada e ao partido ADI,  de que é líder, criado pelo o seu pai, em 1994, o então presidente Miguel Trovoada.  

PATRICE TROVOADA ACUSADO DE LAVAGEM DE DINHEIRO

De recordar que foi, Armindo Aguiar, um dos dirigentes do partido da oposição PCD que chegou apresentar uma queixa na  Procuradoria-Geral da República (PGR), contra Patrice Trovoada, com o fundamento da existência de "fortes indícios" de lavagem de dinheiro envolvendo a ele e o banco comercial de capitais gaboneses BGFI Bank, instalado na praça financeira do arquipélagoEx-primeiro ministro são-tomense acusado de lavagem de dinheiro - dw~

    
 MÁS NOTICIAS DO GABÃO A NÍVEL DE INSEGURANÇA E DE TRÁFICO DE DROGA, - DO PAIS MAIS PRÓXIMO DE S. TOMÉ E PRÍNCIPE  .Onde nasceu Patrice Trovoada e se diz que ele e um dos irmãos, detêm várias empresas





Do Gabão - antiga colónia francesa, independente desde 17 de Agosto de 1960, o pais mais próximo de S. Tomé e Príncipe -  também de lá não
ao chegam boas noticias - Quer em termos de segurança e paz social quer na sua dívida pública

Situado no Golfo da Guine, África Centra, limitado a norte pelo território de Rio Muni (Guiné Equatorial) e pelos Camarões, a leste e a sul pelo Congo e a oeste pelo Oceano Atlântico, acresce que, a juntar à instabilidade politica, que se agudizou com as eleições presidenciais de 2016, persistem os fenómenos da crise económica e da insegurança, relacionada com a criminalidade violenta e o tráfico de droga.


Gabão em 7º lugar entre os países mais perigosos do mundo, depois da Bolívia, comparando-a com  a  da Venezuela, o Sudão do Sul, Libéria, El Salvador, Argentina e África do Sul

A Organização Gallup classificou a insegurança no Gabão ao mesmo nível da Bolívia e África do Sul (58). Entre a humilhação política e ações de violência, se reúnem em bandos para atacar, matar à vista. Muitos vídeos que circulam nas redes sociais, são reveladores da crise sócio-política ", observa West France.

As autoridades francesas recomendam ao turista para se  proteger contra fraudes bancárias. https://www.gabonmediatime.com/le-gabon-7eme-pays-le-plus-dangereux-au-monde/

APREENDIDA , 1, 5 kg  DE COCAÍNA, CALCULADA EM 45 MILHÕES FRANCOS CFA NO AEROPORTO DE LIBREVILLE A  VENEZUELA DE 37 ANOS 


“Os serviços de Libreville Internacional Alfândegas Aeroporto apreenderam, no passado dia 9 de Agosto, quilo e meio de cocaína em uma mulher de nacionalidade venezuelana. E sobre sua possível cumplicidade no Gabão
(…) A09 août 2017 à 16:20 - "Equipada com um passaporte venezuelano, um visto para Gabão e uma boa quantidade de moeda estrangeira, a senhora que diz que nunca esteve no Gabão, tinha uma reserva de quarto em Libreville Hotel Hibiscus . Mas quem lhe deu a carta-convite que lhe permite obter um visto? Quem lhe deu o quarto em um de segunda classe? Presumivelmente, beneficiou de cúmplices locais.

De acordo com os agentes do Oclad, a jovem, que tinha abandonado a bolsa  na esteira de bagagens  - Observação relatada  para os "costumes" que registaram a sua fotografia. (..) O carro abandonado,  recuperado por alguém conhecido dos serviços aeroportuários ou de trabalho, continha quilo e meio (1,5 kg) de cocaína. O valor do pacote é estimado em 45 milhões de francos CFA

Refere a mesma noticia que “O mercado das drogas pesadas, em Libreville, está florescendo nos dias de hoje, dado o número de casos de overdose registados em hospitais. (,,, ) De acordo com uma fonte polícia, o crack, uma droga sintética causa estragos mesmo nos bairros da capital do Gabão, onde  é chamado de"pedras". . http://gabonreview.com/blog/de-cocaine-45-millions-saisie-a-ladl/


ARMADO EM EMPRESÁRIO  - FAZIA VIAGENS CONSTANTES - 

Há que denunciar e combater, sem contemplações, os traficantes estrangeiros que vêm a estas maravilhosas ilhas, perverter a sua juventude, levando-a ao consumo de droga, à perdição do seu futuro, ao desmembramento dos seus laços familiares e a colocarem em risco a segurança e o tradicional ambiente pacífico destas ilhas paradisíacas. 

Foi em Novembro de 2014 - Mas penso que o caso não perdeu atualidade:  

- Português “empresário” fazia desta ilha o paraíso dum contínuo vai e volta  para encontros com o gang da Ponta Mina, que atua com um  falso elemento da autoridade – Logrou escapar-se num voo da STP, após grande confusão com aquele grupo e elementos da sua “rede” à porta da pensão onde se hospedava – Depois de ter ficado sem 4000 mil euros, computador e telemóvel  e ter sido forçado a pedir dinheiro emprestado 


De nacionalidade portuguesa,  fazia-se habitualmente passar  por um homem de negócios. A nós declarara-nos que abandonara a profissão de advogado para se dedicar a investimentos em S. Tomé, com empresários locais. -  Só naquele ano, fez dezenas de voos na STP Airways..  

Nenhum comentário :