expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Cooperação Portugal - S. Tomé e Príncipe – Oferta de fardamentos às Forças Armadas -Há um ano foram oferecidas 1 500 peças de fardamento para equipar a Polícia Nacional e a Polícia Fiscal e Aduaneira - Agora ofertadas mais 500 parra colmatar outras necessidades


Jorge Trabuo Marques - Jornalista  - Cooperação Portuguesa -  STP 

De facto, Portugal nunca virou as costas à sua antiga colónia; pese arbítrios e  erros do passado colonial, que de resto também afetaram muitos portugueses, perduram  laços culturais, muito profundos, que o tempo dificilmente poderá apagar e que continuam a unir  os povos de ambos os países – De recordar, que, além de importantes contributos financeiros, em vários domínios,  houve mesmo substanciais perdões à sua dívida, tal como sucedeu no Governo de José Sócrates, com o perdão de dívida de 22 milhões de euros, num memorando de entendimento,  então assinado pelo Ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, https://tvi24.iol.pt/teixeira-dos-santos/financas/portugal-perdoa-a-sao-tome-divida-de-22-milhoes-de-euros

Imagem Téla Nõn
É noticia de que o  ministro da Defesa de Portugal, João Cravinho, ofereceu ontem, dia 9,  "um lote de equipamentos e 500 fardamentos militares às Forças Armadas são-tomenses Um gesto louvável da Cooperação Portuguesa, que se  tem revelado em vários setores de atividade e que o próprio ministro português considerou como "um gesto pleno de significado" e pediu às autoridades do arquipélago para "contarem com Portugal, com a amizade, solidariedade e a cooperação de Portugal".

Imagem Téla Nõn
Os equipamentos foram entregues numa cerimónia realizada no Ministério da Defesa são-tomense na presença do ministro da Defesa e Ordem Interna de São Tomé, Óscar Sousa, do embaixador de Portugal em São Tomé e de altas chefias militares dos dois países.  – Excerto de https://www.noticiasaominuto.com/pais/1374090/portugal-oferece-fardamentos-as-forcas-armadas-de-sao-tome-e-principe
Há um ano, em 20 de Novembro, a  Guarda Nacional Republicana (GNR), realizou uma cerimónia de entrega de fardamento doado às forças de segurança de São Tomé e Príncipe, em cujo ato foram .doadas quase 1 500 peças de fardamento para equipar a Polícia Nacional e a Polícia Fiscal e Aduaneira, contou com a presença do Ministro da Defesa e Administração Interna da República Democrática de São Tomé e Príncipe e do Embaixador de Portugal.

A doação efetuada à Polícia Fiscal e Aduaneira surgiu na sequência de uma ação de formação ministrada pela GNR em maio deste ano em São Tomé, sendo o corolário do reforço da cooperação existente entre as duas forças de segurança.
No caso da Polícia Nacional, para além das peças de fardamento foram ainda entregues capacetes para motociclistas. https://semanariov.pt/2018/11/25/gnr-doou-fardamento-a-policia-nacional-de-s-tome-e-principe/

Nenhum comentário :