expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quarta-feira, 25 de março de 2020

Coronavirus – São Tomé e Principe – Perdão da dívida pública - As instituições financeiras mundiais colocam a Guiné-Bissau, Moçambique, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe na lista dos países que devem beneficiar do perdão imediato da dívida para estarem libertos para o combate à Covid-19.

Jorge Trabulo Marques - Jornalista UM BÓNUS ÀS ILHAS MARAVILHA DO EQUADOR PARA ALIVIAR UMA DAS MUITAS PREOCUPAÇÕES HERDADAS PELO GOVERNO DE JORGE BOM JESUS



Em uma declaração conjunta, as duas instituições pediram aos credores que suspendam os pagamentos emitidos pelos países membros da Associação Internacional de Desenvolvimento (AID), que representam um quarto da população mundial e dois terços das populações que vivem em um estado de pobreza. extrema pobreza.

Com efeito imediato, e consistente com as leis nacionais dos países credores, o Grupo BM e o FMI apelam a todos os credores oficiais bilaterais que suspendam os pagamentos de dívida dos países [abrangidos pela] Associação para o Desenvolvimento Internacional (IDA, na sigla em inglês) que assim o solicitem”, lê-se num comunicado conjunto difundido hoje em Washington pelas duas instituições financeiras internacionais.

A IDA é uma instituição que funciona no âmbito do Banco Mundial com a missão de apoiar os 76 países mais pobres, entre os quais estão todos os países


“Isso ajudará os países da AID a resolver suas necessidades imediatas de caixa, a fim de superar os desafios impostos pela epidemia de coronavírus e a reservar um tempo para avaliar o impacto da crise e as necessidades de financiamento de cada país. Disse o FMI e o Banco Mundial em comunicado.
Entre os países membros da AID, existem muitos estados africanos que foram relativamente intocados pela epidemia de coronavírus, mas onde os casos estão começando a se multiplicar.- Entre as fontes que consultámos -https://fr.reuters.com/article/businessNews/idFRKBN21C2IS

Aguarelas de Lisboa - O poema e a voz de Euclides Cavaco

Jorge Trabulo Marques - Jornalista






 



 Aguarelas de Lisboa
Euclides Cavaco

Queria ser como a gaivota
Que de manhã sobrevoa
Toda feliz e sem rota
As colinas de Lisboa...

Queria ser como o ardina
Cuja voz bem cedo entoa
A imprensa matutina
Pelas ruas de Lisboa...


Queria ser como a varina
Que a sua venda apregoa
Sempre lesta e libertina
Pelos bairros de Lisboa...

Eu queria ser marinheiro
P'ra bem firme junto à proa
A bordo dum cacilheiro
Ver as docas de Lisboa...

Queria ser o Cristo Rei
Que lá do alto abençoa
Como patrono da grei
O céu da nossa Lisboa...

Queria ser como a guitarra
Para à noite acompanhar
O fado com toda a garra
Por quem o sabe cantar !...


Euclides Cavaco, poeta e declamador

Nasceu no concelho de Mira, distrito de Coimbra onde concluiu a instrução primária.
Devido às carências económicas de então não lhe foi possível ingressar de imediato nos estudos secundários.
Contudo a sua vontade de estudar era manifesta, por isso ainda muito jovem decidiu ir para Lisboa a fim de arranjar um emprego e poder simultaneamente conciliar o seu grande sonho de estudar, anseio que consumou   tendo assim concluido em Lisboa o curso geral dos liceus e frequentado posteriormente os estudos superiores.

Euclides Cavaco começou a escrever poesia nos seus anos académicos e dela tem feito uma constante da vida.
Incondicionalmente apaixonado pelo FADO, foi talvez no FADO que encontrou a sua inspiração maior.
Por ele nutre uma transparente admiração consagrando-lhe grande parte da sua obra.
Escreve-o para fadistas , declama-o com grande estro poético e essencialmente dá-o a conhecer ao mundo.

Na década de 60 parte para Angola, onde fez o seu estágio para locutor da Rádio.
Em 1970 num impulso de aventura optou por se radicar no Canadá, onde continua a residir.
No Canadá concluiu o curso em Gestão Administrativa e alcançou o estatuto de empresário.

Em 1974 com um grupo de amigos funda o programa de televisão Saudades de Portugal, de que foi apresentador. Em 1976 é nomeado Comissário Público pelo Governo do Ontário.
Em 1980 liga-se à criação da RÁDIO VOZ DA AMIZADE, de que é director e locutor há mais de 25 anos.

A obra de Euclides Cavaco é resumidamente a tenacidade de mais de 35 anos dedicados à divulgação da Língua e Cultura Portuguesa, dignificando com convicção patriótica a Nossa Gente, as nossas coisas e o nome de Portugal no mundo. Pelo seu mérito tem recebido diversas distinções honoríficas entre as quais se destacam: - Mais pormenores em https://lisboanoguiness.blogs.sapo.pt/76829.html







Crovid-19 - David Mourão Ferreira "É QUANDO ESTÁS DE JOELHOS" - A poesia promontório

Jorge Trabulo Marques - Jornalista



"É QUANDO ESTÁS DE JOELHOS"   Poema  de David Mourão Ferreira, escutado por mim na  tarde de ontem, no alto do meu terraço, em Lisboa –Coquei as colunas para ver se quebrava um pouco o silêncio, quase fúnebre, que paira sobre o  vasto casario de Lisboa, quando me deparo com a voz e a poesia do grande poeta português



 "É QUANDO ESTÁS DE JOELHOS
É quando estás de joelhos
que és toda bicho da Terra
toda fulgente de pêlos
toda brotada de trevas
toda pesada nos beiços
de um barro que nunca seca
nem no cântico dos seios
nem no soluço das pernas
toda raízes nos dedos
nas unhas toda silvestre
nos olhos toda nascente
no ventre toda floresta
em tudo toda segredo
se de joelhos me entregas
sempre que estás de joelhos
todos os frutos da Terra."

David Mourão Ferreira - Por H. Mourato
David de Jesus Mourão-Ferreira GCSE (Lisboa, 24 de fevereiro de 1927 — Lisboa, 16 de junho de 1996) foi um escritor e poeta português. Tem uma biblioteca com o seu nome em Lisboa no Parque das Nações.
Considerado um dos maiores poetas contemporâneos portugueses do Século XX, Ganhou notoriedade junto do grande público com os poemas de sua autoria cantados por Amália Rodrigues, como Sombra, Maria Lisboa, Anda o Sol na Minha Rua Nome de Rua, Fado Peniche e sobretudo Barco Negro, entre outros.[carece de fontes][2] Outros fados da sua autoria, como Escada sem corrimão ou Lembra-te sempre de mim, serão interpretados anos depois por Camané[3].
Depois do 25 de Abril de 1974, seria diretor do jornal A Capital e diretor-adjunto do O Dia.
No governo, desempenhou o cargo de Secretário de Estado da Cultura (de 1976 a Janeiro de 1978, e em 1979). Foi por ele assinado, em 1977, o despacho que criou a Companhia Nacional de Bailado.
Foi autor de alguns programas de televisão de que se destacam "Imagens da Poesia Europeia", para a RTP
Mais pormenores em

BOCAGE " Ó TREVAS QUE ENLUTAIS A NATUREZA “ – Versos do mais importante poeta português do século XVIII. – Evocada nestes dias de isolamento e de incerreza


Jorge Trabulo Marques - Peregrino da Luz - Luis de Raziel




O trevas que enlutais a Natureza
Longos cipestres desta selva anosa,
Mochos de voz sinistra e lamentosa,
Que dissolveis dos fados a incerteza;

Manes, surgidos da morada acesa,
Onde de horror sem fim Plutão se goza,
Não aterrais esta alma dolorosa,
Que é mais triste que vós minha tristeza

Perdi o galardão da fé mais pura,
Esperanças frustrei do amor mais terno,
A posse de celeste formosura,

Volvei, pois, sombras vãs, ao fogo eterno;
E lamentando a minha desventura,
Movereis à piedade o mesmo inferno"



Em 1797 Bocage foi preso ao divulgar o poema Carta a Marília, cujo verso inicial é “Pavorosa Ilusão de Eternidade”.

Pavorosa Ilusão de Eternidade,
Terror dos vivos, cárcere dos mortos;
D’almas vãs sonhos vão, chamado inferno;
Sistema de política opressora,
Freio que a mão dos déspotas, dos bonzos
Forjou para a boçal credulidade;
Dogma funesto, que o remorso arraigas
Nos termos corações, e a paz lhe arrancas:
Dogma funesto, detestável crença,
Que envenena delícias inocentes! (...)

Biografia de Bocage - "1765-1805 - foi o mais importante poeta português do século XVIII. - Manuel Maria Barbosa du Bocage nasceu em Setúbal, às margens do rio Sado, em Portugal, no dia 15 de setembro de 1765. Filho de José Luís Soares de Barbosa, juiz de fora e ouvidor, e de Mariana Joaquina Xavier l'Hedois Lustoff du Bocage, descendente de família da Normandia, região histórica do noroeste da França.
Em 1783 Bocage alistou-se na Marinha de Guerra, embarcando para a Índia três anos depois, onde foi promovido a tenente e mandado para Damão, desertando logo depois
.
Ao fugir da Marinha, viveu em Macau e de lá retornou ao seu país em 1790. No regresso à Lisboa, apaixonou-se pela mulher do seu irmão e entregou-se à boemia. Nessa época, escreveu versos sobre a desilusão amorosa e as dificuldades financeiras.
Bocage e o Arcadismo
Considerado como o grande poeta do Arcadismo de Portugal, apesar de ter deixado fama de poeta satírico, Bocage é um dos maiores poetas líricos da literatura portuguesa.
Com o pseudônimo de Elmano Sadino, participou da associação de poetas denominada “Nova Arcádia” ou Academia das Belas-Artes, que surgiu em Portugal em 1790, escrevendo poesias que falam de pastores, ovelhas e da mitologia clássica.
O próprio nome do movimento faz referência à Arcádia, região da Grécia onde, segundo a mitologia, pastores e pastoras levavam uma vida inocente e feliz, em contato com a natureza.
A academia publicou algumas poesias sob o título de Almanaque das Musas e teve curta duração, conquistando prestígio somente com a produção de Bocage e de José Agostinho de Macedo. Indispondo-se com o mesmo, ao satirizar os confrades, afastou-se da academia. Mais pormenores em https://www.ebiografia.com/bocage/




,


terça-feira, 24 de março de 2020

CROVID 19 em S.Tomé e Principe – Governo de Jorge Bom Jesus, nos dias de incerteza faz apelos aos concidadãos e reforça medidas -Numa altura em que, o Turismo, a principal fonte de divisas, vive a pior crise de sempre com empresas anunciarem o encerramento

JORGE BOM JESUS - UM PM CRENTE E FIRME NA SUA FÉ - Alerta seus compatriotas para a prevenção contra o malfadado corona-virus, talvez com os olhos postos nos poderes divinos para que possam ser superados os dias difíceis que se adivinham

Jorge Trabulo Marques - Jornalista  -
Jorge Bom Jesus


O turismo na ilha de São Tomé,  nestas últimas décadas, tem sido visto como um dos motores de desenvolvimento económico, social e político a nível mundial – E, a bem dizer, descoraram-se outras atividades produtivas – E, agora, sem essa fonte de divisas, antevêem-se dias difíceis, um  espinhoso desafio ao Governo de Jorge Bom Jesus, que,  recentemente, recebeu em audiência o presidente da Associação Nacional do Turismo, Hamilton Cruz, tendo este admitido a hipótese de algumas empresas da área virem a cair em  falência em consequência da pandemia do coronavírus, alguma das quais   já anunciaram encerramento provisório até que a situação se resolva, mas muitas delas ainda estão em situação de risco e podem mesmo estar numa situação de falência”, disse à imprensa Hamilton Cruz citando os impactos negativos da doença, tais como o encerramento de fronteiras e proibição de entrada de turistas. http://www.stp-press.st/2020/03/20/coronavirus-associacao-do-turismo-sao-tomense-alerta-para-a-falencia-das-empresas-turisticas/


O executivo do PM, Jorge Bom Jesus, que,  no passado dia 22, fez um balanço positivo das quarentenas e outras medidas adotadas âmbito de prevenção ao coronavírus [ Covid-19], voltando, no entanto, apelar aos seus concidadãos e residentes no país,  dois dias depois,  a através do Ministro são-tomense da Saúde, Edgar Neves, numa Conferência de Imprensa concedida aos Órgãos de Comunicação Social Santomense  para terem o maior controlo e prevenção possível da pandemia do coronavírus, tendo destacado que todos nós somos soldados de saúde pública de comunicação no combate a esta doença, o COVID-19. http://www.jornaltransparencia.st/

Por outro lado, refere a agência, STP-Press, que “O Secretário de Estado para Comunicação Social, Adelino Lucas reuniu-se esta manhã com os diretores e chefes de departamento de informação e programa da TVS, Rádio Nacional e Agência STP-Press, num encontro, no qual,  debateram e adotaram estratégias para cobertura no âmbito das medidas de prevenção do coronavírus [ Covid-19].
Além de ter reconhecido o esforço e a dedicação dos profissionais da imprensa, na cobertura das ações de prevenção da pandemia, Adelino Lucas pediu as direções dos órgãos para uma “maior articulação e permanente”, sobretudo, na vertente sensibilização e informação para a prevenção do vírus “porque o momento urge”. http://www.stp-press.st/2020/03/24/covid-19-secretario-estado-para-comunicacao-social-reune-se-com-directores-dos-orgaos-na-estrategia-da-cobertura/

Fátima - A imagem para onde, agora ,os pensamentos de muitos corações, em dias e noites de grande ansiedade, e de incerteza, deverão convergir pensamentos de muitos portugueses se volverão.





 EM DIAS E NOITES DE ANSIEDADE, DE RECOLHIMENTO E DE MAIS DÚVIDAS DE QUE CERTEZAS – Esta talvez seja das imagens mais invocadas, quer na azáfama dos campos, quer no seio familiar do lar rico ou do teto mais pobre e humilde - Sim, neste forçado isolamento, deixo-lhe aqui estes belos versos de Dom Manuel dos Santos, Bispo da Diocese de STP


“CHAMA-ME
Chama-me
Quero escutar o meu nome nos teus lábios
Quero saber a verdade do meu nome
Quero ler em letras tuas o meu nome
Por ti pronunciado


Chama-me
quero sentir a tua voz no meu nome
quero ler em letras tuas o meu nome
por ti pronunciado


Chama-me
quero ouvir o vento a trazer o meu nome
quero escutar na montanha o eco do meu nome
por ti pronunciado
Chama-me


São Tomé, 26 de Julho de 2013
Dom Manuel dos Santos
In Aqui Onde Estou
Os sonhos São Verdes


Angolares (São Tomé) 7 de Agosto de 2009

Manuel António Mendes dos Santos, C.M.F. (São Joaninho, Distrito de Viseu, Portugal, 20 de maio de 1960) é um bispo católico português, actualmente Bispo de São Tomé e Príncipe, um país insular localizado no Golfo da Guiné, na costa equatorial ocidental da África Central. Filho de uma família numerosa, com três irmãos e quatro irmãs, em 1978 ingressou no Seminário Menor da Diocese de Lamego e, mais tarde, passou para o Seminário da Congregação dos Missionários Claretianos em Carvalhos, Vila Nova de Gaia.

Feito o noviciado em Loja-Granada, Espanha, emitiu a sua primeira profissão em Fátima, a 26 de setembro de 1980, e a profissão perpétua no dia 16 de setembro de 1883. Frequentou os estudos filosóficos e teológicos entre 1978 e 1985 no Instituto das Ciências Humanas e Teológicas do Porto, e na Universidade Católica Portuguesa de Lisboa.

Foi ordenado presbítero na sua terra natal a 20 de julho de 1985. De 1985 a 1993, permaneceu no Seminário “dos Carvalhos” (Vila Nova de Gaia), onde exerceu as funções de promotor vocacional da Província Claretiana Portuguesa (1986-1993) e de Formador e Reitor do Seminário Menor “dos Carvalhos” (1989-1993). Sucessivamente, de 1994 a 1995, fez a experiência missionária em São Tomé, donde partiu em 1995 para a especialização em Teologia Pastoral na Pontifícia Universitá Salesiana, em Roma. De regresso a Portugal, de 1997 a 2001 foi Pároco de São Sebastião e responsável pela Vigararia do Coração de Maria na Diocese de Setúbal.
 No dia 19 de abril de 2001 foi eleito, no X Capítulo em Fátima, Superior Provincial dos Missionários Claretianos.
 De 2003 a 2005, foi Presidente da Conferência Nacional dos Superiores Maiores dos Institutos Religiosos – CNIR.
 No dia 1 de dezembro de 2006 o Papa Bento XVI o nomeia Bispo Diocesano de São Tomé e Príncipe.





"Manuel António Mendes dos Santos, C.M.F. (São Joaninho, Distrito de Viseu, Portugal, 20 de maio de 1960) é um bispo católico português, actualmente Bispo de São Tomé e Príncipe, um país insular localizado no Golfo da Guiné, na costa equatorial ocidental da África Central. Filho de uma família numerosa, com três irmãos e quatro irmãs, em 1978 ingressou no Seminário Menor da Diocese de Lamego e, mais tarde, passou para o Seminário da Congregação dos Missionários Claretianos em Carvalhos, Vila Nova de Gaia.

Feito o noviciado em Loja-Granada, Espanha, emitiu a sua primeira profissão em Fátima, a 26 de setembro de 1980, e a profissão perpétua no dia 16 de setembro de 1883. Frequentou os estudos filosóficos e teológicos entre 1978 e 1985 no Instituto das Ciências Humanas e Teológicas do Porto, e na Universidade Católica Portuguesa de Lisboa.

Foi ordenado presbítero na sua terra natal a 20 de julho de 1985. De 1985 a 1993, permaneceu no Seminário “dos Carvalhos” (Vila Nova de Gaia), onde exerceu as funções de promotor vocacional da Província Claretiana Portuguesa (1986-1993) e de Formador e Reitor do Seminário Menor “dos Carvalhos” (1989-1993). Sucessivamente, de 1994 a 1995, fez a experiência missionária em São Tomé, donde partiu em 1995 para a especialização em Teologia Pastoral na Pontifícia Universitá Salesiana, em Roma. De regresso a Portugal, de 1997 a 2001 foi Pároco de São Sebastião e responsável pela Vigararia do Coração de Maria na Diocese de Setúbal.

No dia 19 de abril de 2001 foi eleito, no X Capítulo em Fátima, Superior Provincial dos Missionários Claretianos.

De 2003 a 2005, foi Presidente da Conferência Nacional dos Superiores Maiores dos Institutos Religiosos – CNIR.

No dia 1 de dezembro de 2006 o Papa Bento XVI o nomeia Bispo Diocesano de São Tomé e Príncipe.





segunda-feira, 23 de março de 2020

São Tomé - Concurso de Beleza Exquisite Face of the Universe 2015 - Recordando o ano em que, uma embaixada de mais lindas e sorridentes beldades femininas de 50 países, foi recebida pelo então Presidente Manuel Pinto da Costa, para a apresentação na capital do arquipélago de STP um dos mais badalados eventos nas passarelas mundiais.

 Jorge Trabulo Marques - Jornalista

"Em 17 de Agosto de 2015, segundo informações do serviço em português da Rádio França Internacional  foram divulgadas informações de que o arquipélago lusófono de São Tomé e Príncipe poderia sediar o certame entre novembro/dezembro, de Misse Universo – 2015, porém dias depois a notícia se provou inverídica, tendo sido apenas um erro da imprensa ao noticiar o nome do concurso. Miss Universo 2015






















Afinal, é o Exquisite Face of the Universe 2015 e não o desfile Misse Universo 2015 – Na verdade, S. Tomé vai ser o anfitrião de um concurso internacional de beleza, o Miss Exquisite Face of the Universe 2015, criado no Uganda em 2008 mas não é o Miss Universo 2015: Lapso põe S. Tomé e Príncipe no radar das “misses do universo






São Tomé na ribalta da beleza feminina universal  - Na agenda do desfile das mais lindas beldades  de 50 países 


Veja os rostos de algumas dessas beldades, ao som dos   Untés,  a  mais famosa banda musical santonense de todos os tempo








Vêm aí o desfile das mais lindas beldades de 50 países em Novembro ou Dezembro - Neste vídeo - com música dos Untués e rostos luzidios como ébano - , trazemos-lhe aqui uma leve paleta do que poderá ver a ser, ainda em 2015, o acontecimento mais mediático de sempre na capital santomense – Na mira do mesmo evento, correram rumores de que a China e a Colômbia, teriam também chamado a si a realização do referido concurso - De momento, ainda não há confirmação exata da data, o que não deixa de surpreender para um evento com tal envergadura.
 


No entanto, a Comissão Promotora do evento, foi recebida, em meados de Agosto, pelo Presidente da República, Dr.Manuel Pinto da Costa, para lhe mostrar algumas das beldades e lhe dar a conhecer os pormenores do programa, que “visa quebrar o paradigma de que a África seja somente o continente pobre onde pessoas morem de fome e de pestes.

 
“A perspetiva é que o concurso seja realizado no final do mês de novembro e inicio de dezembro. Os santomenses estão otimistas pois acreditam que o evento atrairá novos investidores á São Tomé e Príncipe bem como um aumento na economia do país.”

A FACE EXQUISITE do universo é concurso de beleza internacional único, nascido para mostrar os avanços da Eco Turismo. É um concurso excecional que não só apresenta o repertório de corpo e beleza, mas também a personalidade, talento, inteligência e maneirismo de países que representam. Tendo como objetivo promover 0 desenvolvimento e  o Eco da África, a sua Diversidade Cultural, Paz e Coexistência, entretenimento, negócios e Oportunidades de Investimento para o Mundo

CORONA-VIRUS VIROU PÂNICO À ALDEIA GLOBAL DO CONSUMISMO - A solidão da minha terapia, vista em vídeo do terraço das minhas águas furtadas do alto do 6º andar do coração de Lisboa -


Acalme-se, liberte-se da histeria  coletiva e  faça do isolamento, que lhe foi imposto, uma pausa para recuperar energias - A Gripe não lhe fica atrás e quem importa desse numeroso funeral?  Por mim,já me preveni com a máscara há muitos anos no solar dos ventos uivantes   Luis de RazielPeregrino da Luz  - Jorge Trabulo Marques




O pânico retira a lucidez e a serenidade  que requer o combate a um inimigo comum e invisível   - Tal é reconhecido, também,  por especialistas italianos da área da medicina, onde   a controvérsia, a confusão e o caos  se sobrelevam de que propriamente  à eficácia na Assistência Hospitalar.

?

Coronavírus, Annagrazia Calabria (Forza Italia): "Precisamos de uma abordagem lúcida: as Sars tinham uma taxa de mortalidade de 10%, o coronavírus de 2/3%.


ALDEIA GLOBAL TRANSFORMADA NUM IMENSO LAR DE ISOLAMENTO DE ALIENADOS–
O que se pede não é propriamente um isolamento espiritual, tal como o fazem os monges nos conventos ou o faziam os antigos sacerdotes ermitas, entregando-se à meditação nas suas celas, entoando   salmos enquanto realizavam os trabalhos manuais e, durante os finais de semana, entregando-se  liturgias e serviços religiosos comunitários

E também não é um isolamento profilático, porque abrange seja quem for, sãos ou doentes,  O que o isolamento que é imposto é mais parecido   o com o  Isolamento social,  observado na população idosa, sem-teto ou grupos com pouca mobilidade,



O Serviço Nacional italiano está a rebentar pelas costuras,  não apenas pelo surto  do coronavirus mas também pelo deficiente funcionamento de um serviço de assistência hospitalar público, que foi privilegiado em favor do privado de outros interesses obscuros -  Entre, o Ranking de serviços de saúde. Portugal está à frente de Reino e de Espanha - .Entre os 35 países avaliados, o Serviço Nacional de Saúde obteve a 14. ... ...Portugal obteve 21 classificações positivas, como no acesso à terapia contra o cancro em menos de 21 dias, na mortalidade infantil, na perda de potenciais anos de vida ou no transplante de rins




Gripe mata muito mais que coronavírus, conforme dados da OMS   – Pelo menos, há um mês, assim era essa estimativa. Não esquecer que a gripe sazonal mata largos milhares de pessoas no Mundo “Não devemos esquecer que temos cerca de 60.000 mortes por gripe sazonal todos os anos na Europa, quando ", lembrou, no mês passado,  o diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS)  A  avaliar pelos dados divulgados,  pela  estima-se que, mais de três mil pessoas terão morrido em Portugal devido à gripe na época passada, .Os dados constam do relatório do Programa Nacional de Vigilância da Gripe na época 2018/2019, apresentado pelo Instituto Ricardo Jorge, que indica uma baixa dos números da mortalidade atribuída à gripe, para 3331, contra 3700 na época 2017/2018.

O isolamento, quando é  imposto, pode gerar graves disturbios para quem não o faz por estrita necessidade,  pode ser extremamente  prejudicial por via do pânico gerado á volta do novo coronavirus – Sendo o 19ª, então por que razão só com este virus é  que gerou este pânico?

O isolamento, quando é uma opção de vida e de recolhimento, tranquiliza e fortalece o espírito – Esse tem sido o meu caminho e tenho-me dado bem com ele: faço-no na minha aldeia, optando por sair de casa à noite, peregrinando, solitariamente,  pelos seus penhasco,optando por dormir ao longo da manhã: em Lisboa, onde resido, as poucas horas que dedico ao sono, são dormidas, sobretudo, de dia.   

PÂNICO COLETIVO DE GRAVÍSSIMAS  CONSEQUÊNCIAS - PIOR A EMENDA QUE O SONETO."


"Estamos no meio de um ataque de pânico coletivo." -Diz estudioso, dizendo que, enquanto enfermeiros e pesquisadores lidam corajosamente com o coronavírus, teremos que fazer algo para sobreviver. Por exemplo, consulte os dados. Na Internet, não existem apenas tweets e postagens (não recomendado se você estiver ansioso), mas também existem dados abertos sobre muitas coisas, por exemplo, saúde pública. Lembro-me de quando, em 2012, o então presidente do Istat Enrico Giovannini decidiu colocar on-line a quantidade infinita de dados do nosso Instituto de Estatística em um formato aberto. Lá encontrei uma tabela (referente a 2017) com todas as causas de morte na Itália.E eu descobri o que você morre todos os dias, bem como o coronavírus, obviamente. É um exercício útil não para minimizar o que está acontecendo, mas contextualizá-lo e tentar dar coerência a esse repentino desejo de saúde que nos levou.


Vamos tomar a gripe: de todos os que morrem na Itália (650 mil pessoas por ano), um em cada mil morre de gripe. As mortes são quase duas por dia. Imagine um título: mais duas mortes! Todos os dias. número é uma média que, como muitas médias, distorce a realidade: as mortes pela gripe ocorrem em quatro meses e, portanto, pelo menos 5 pessoas morrem por dia entre novembro e fevereiro.O fator de idade deve ser levado em conta: 95% das mortes por gripe tem mais de 65 anos, 77 por cento mais de 80. Na semana passada, havia 656 mil italianos na cama por causa da gripe, o que leva a 5 milhões de 632 mil casos Este ano, somos quase um em cada dez italianos afetados. Em pânico com o coronavírus, eles receberam a vacina? Ou você está entre os que dizem que as vacinas não são necessárias? Será dito: mas o coronavírus é uma forma de influenza que pode pneumonia em 20% dos casos : verdadeiro, com pneumonia, em média, 37 pessoas morrem por dia. Todo ano, mas a Itália não para.

Os dados oferecem outras idéias interessantes: a principal causa de morte são as doenças do sistema cardiovascular: 638 pessoas todos os dias. Verificamos colesterol ou triglicerídeos? Mudou de dieta? Os segundos tumores (483 por dia): prevenção feita? Ou uma doação para algum centro de pesquisa? Mais de 10 pessoas morrem todos os dias em acidentes de viação: alguém por acaso quer parar o trânsito? Os dados são implacáveis, mas os advérbios são mais traiçoeiros: se eu disser "já 100 casos de coronavírus", estou dizendo que o vírus é mais rápido que o esperado; se eu disser "apenas 100 casos", estou dizendo o contrário. A ansiedade não surge dos números, mas dos advérbios. https://www.repubblica.it/dossier/stazione-futuro-riccardo-luna/2020/02/24/news/coronavirus_e_terapia_antipanico_di_cosa_si_muore_ogni_giorno_in_italia-249454511/


Síndrome do pânico será a doença do ano por causa do coronavírus – Reconhece
filósofo, psicanalista e especialista em estudos da mente humana, Fabiano de Abreu,  frisando que. “O pânico cria realidades alternativas que dificultam a racionalidade e embora não estejamos, por enquanto, a viver uma situação de pânico generalizada essa situação pode vir a acontecer.
Tal cenário pode resultar em efeitos adversos tanto num modo global como de um modo muito pessoal", alerta Fabiano.

O filósofo esclarece que a conjuntura atual favorece o aparecimento de síndromes relacionadas com o pânico e que o isolamento pode ser a ignição desses transtornos. “Por essa razão a síndrome do pânico será uma doença que irá afetar muitas pessoas dada a realidade atual", disse. 

novo coronavírus é um dos temas mais falados nas últimas semanas, sua forma de contágio rápido e a proporção que o vírus vem tomando em outros países têm deixado a população apreensiva.
Além do risco de contágio, da ameaça à saúde física e por se tratar de um vírus que está em fase de estudos, vemos grande parte da população sendo afetada em sua saúde mental e com preocupações que estão elevando o grau de ansiedade de todos. https://catracalivre.com.br/saude-bem-estar/coronavirus-como-evitar-o-panico-e-manter-nossa-saude-emocional/





Coronavírus, Walter Ricciardi: "Somos o país mais antigo do mundo, significa que o vírus insiste numa população mais vulnerável. Acrescente a isto as doenças anteriores que afectam um em cada dois italianos. Também devemos estudar as condições ambientais porque o clima de Wuhan, Teerã e as planícies de Piacenza têm semelhanças".


" Estudo diz que a "Gripe sazonal e complicações causam 8.000 mortes todos os anos na Itália.
Dados do Istituto Superiore di Sanità: 82% dos casos graves e 97% das mortes têm pelo menos uma doença crônica pré-existente
Quantas pessoas morrem de gripe na Itália todos os anos? O cálculo é feito pelo Instituto Superior de Saúde, que publicou um relatório em seu portal Epicentro. Em tempos de coronavírus e controvérsias sobre sua alegada afinidade por doenças sazonais, torna-se importante responder a essa pergunta.
Os pesquisadores do Instituto calcularam cerca de 8 mil mortes por ano relacionadas à doença sazonal ou a suas complicações, com picos de até 12 mil de acordo com as estações do ano. Os números são o resultado de uma estimativa que parte dos dados do Istat. "Os dados de mortalidade em tempo real não existem - explica Antonino Bella , do departamento de doenças infecciosas do Instituto - o Istat, que chega depois de dois anos, é usado. Em seu número, encontramos algumas centenas de mortes por influenza por ano. Mas sabemos que, para ter certeza dessa causa, é necessário fazer uma zaragatoa, o que obviamente não ocorre em todos os casos de morte ". Assim, em todos os países, os sistemas estatísticos mais avançados também consideram dados de mortalidade de outras causas relacionadas a complicações da influenza. "Chegamos a 8 mil, avaliando também, por exemplo, pneumonia e certas paradas cardíacas", sempre diz Bell
O Instituto também faz uma análise aprofundada da temporada 2019-2020. "A partir dos dados disponíveis até o momento, surge que se caracterizou por um período inicial de baixa incidência, que durou até o final de dezembro de 2019, e por uma intensificação da atividade viral com o início do novo ano". O pico da epidemia chegou na quinta semana de 2020 (de 27 de janeiro a 2 de fevereiro de 2020), "com um nível igual a cerca de 13 casos por mil assistidos, valor que coloca a temporada atual em um nível de intensidade média". Na temporada anterior, o pico havia sido atingido na mesma semana, mas a incidência havia sido um pouco maior (14 por mil).


Desde o início da vigilância (prevista para 14 de outubro de 2019), até a sétima semana de 2020, foram estimados 5.632.000 casos de síndrome do tipo influenza em todo o país". As regiões da Itália central foram particularmente afetadas. A faixa etária com maior incidência foi pediátrica, principalmente crianças menores de 5 ano
https://www.repubblica.it/salute/medicina-e-ricerca/2020/02/25/news/_influenza_8_mila_decessi_all_anno_ma_e_sbagliato_paragonarli_al_coronavirus_-249546412/




Na Itália, diminuição mínima de infecções e mortes. Na Lombardia, o crescimento caiu pela metade
O total de casos é de 59.138. O número de vítimas cresceu 651, totalizando 5.476. Os curados são 7.024. Borrelli: "Números um pouco menores que ontem". Os vírus positivos da Lombardia subiram para 27.206. Gallera: "Vamos entender se há uma redução real na terça-feira"
 crescimento de infecções por coronavírus na Itália continua a aumentar. O total de casos saltou para 59.138, com um aumento de 5.560 em apenas um dia (porém menor do que o número recorde de ontem, que chegou a 6.557). Foi o que emergiu do boletim de Proteção Civil lido pelo comissário de emergência Angelo Borrelli no briefing da imprensa para fazer um balanço da epidemia.
Os casos atualmente positivos são 46.638 (+ 3.957 em relação a ontem), os recuperados aumentam para 7.024, com um salto de 952 em um dia. As mortes marcam um aumento de 651 em comparação com as últimas vinte e quatro horas, elevando o total para 5.476. Cerca de 361 dessas novas vítimas estão registradas na Lombardia e 101 em Emilia Romagna.
Os hospitalizados com sintomas são 19.846 (+ 2.138); em terapia intensiva existem 3.009 (+ 152); em isolamento domiciliar 23.783 (+ 1.667). O total de casos é, portanto, 59.138 (+ 5.560); os cotonetes realizados até o momento são 258.402 (+ 25.180 em comparação com ontem).
Os números do último boletim de proteção civil "são um pouco menos que ontem". Este é o comentário do chefe da proteção civil, Angelo Borrelli, na abertura de uma conferência de imprensa.https://www.agi.it/cronaca/news/2020-03-22/decessi-contagi-guariti-coronavirus-7763896/