expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Guiné Equatorial e São Tomé estreitam relações de cooperação – O Chefe de Estado, HE Obiang Nguema Mbasogo, recebeu o Primeiro-Ministro de STP, no Palácio do Povo de Malabo, terça-feira - Que depois foi recebido pelo seu homologo , Francisco Pascual Obama Asue, na. sede da Presidência do Governo bem como pelo Secretário Geral do Partido Democrata da Guiné Equatorial (PDGE), Jerónimo Osa Osa Ecoro - Abordadas questões como a exploração do Petróleo, na plataforma conjunta e transportes aéreos, educação, turismo, comércio e apoio financeiro de 1,5 milhões de dólares.

Jorge Trabulo Marques - Jornalista 



O Presidente, Obiang Nguema Mbasogo recebeu, nesta última terça-feira,  o Primeiro Ministro, Chefe do Governo da República de São Tomé e Príncipe, Jorge Bom Jesus.

A imprensa oficial da Guiné Equatorial,  destaca as audiência, sublinhando que  “ambas as personalidades discutiram as estreitas relações de fraternidade e cooperação que unem suas nações em diferentes setores.

Em declarações à imprensa oficial, Jorge Bom Jesus agradeceu a política do governo que dirige com sucesso SE Obiang Nguema Mbasogo e reconheceu o apoio do Chefe de Estado na construção da sede da CISSA (Comissão de Serviços de Inteligência e Segurança) da África), graças ao espírito pan-africanista que o caracteriza.
O Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Simeón Oyono Esono, compareceu a HE Obiang Nguema Mbasogo durante esta reunião.https://www.guineaecuatorialpress.com/noticia.php?id=14970




Por sua vez a Agência STP-Presse, também dá largo destaque à visita, referindo, que, "além de encontro com o Presidente Obieng Nguema, o chefe do governo são-tomense Jorge Bom Jesus foi também recebido por seu homólogo equato-guineense, Francisco Pascual Obama, tendo ainda, na qualidade do líder do MLSTP-PSD, visitado a sede do Partido Democrático da Guiné-Equatorial, PDGE, onde foi recebido por seu secretário-geral, Jerónimo Osa Osa Ecoro.
Quanto a questão de exploração conjunta, Jorge Bom Jesus disse a imprensa que “ nós temos uma fronteira comum que vai-nos permitir trabalhar para que através dos blocos de petróleo, possamos em conjunto fazer esta exploração para o bem dos dois Países”.

“ Na área de transporte aéreo, estamos a conversar com a Guiné-Equatorial para que a Ceiba possa entrar no capital da STP-Airways de forma que possamos formar esse consórcio” disse Jorge Bom Jesus, tendo defendido também a criação de uma linha marítima entre São Tomé, Malabo e Santo António do Príncipe através de investimento equatoguineense público e, ou privado
.
O primeiro-ministro sustentou ainda que “ a nível do transporte, isto permitiria o desenvolvimento do turismo de forma que possamos criar pacotes nesta perspectiva, triangular entre São Tomé e Príncipe, Guiné-Equatoria, Europa e outros continentes. Temos que potencializar relação sul-sul”.
Quanto a questão de exploração conjunta, Jorge Bom Jesus disse a imprensa que “ nós temos uma fronteira comum que vai-nos permitir trabalhar para que através dos blocos de petróleo, possamos em conjunto fazer esta exploração para o bem dos dois Países”.
“ Na área de transporte aéreo, estamos a conversar com a Guiné-Equatorial para que a Ceiba possa entrar no capital da STP-Airways de forma que possamos formar esse consórcio” disse Jorge Bom Jesus, tendo defendido também a criação de uma linha marítima entre São Tomé, Malabo e Santo António do Príncipe através de investimento equatoguineense público e, ou privado.
O primeiro-ministro sustentou ainda que “ a nível do transporte, isto permitiria o desenvolvimento do turismo de forma que possamos criar pacotes nesta perspectiva, triangular entre São Tomé e Príncipe, Guiné-Equatoria, Europa e outros continentes. Temos que potencializar relação sul-sul”.


 Audiência de Jerónimo Osa Osa com o Primeiro Ministro de São Tomé e Príncipe

Em 25 de fevereiro, o Secretário Geral do Partido Democrata da Guiné Equatorial (PDGE), Jerónimo Osa Osa Ecoro, recebeu na sede do Escritório Nacional do partido o Primeiro Ministro de São Tomé e Príncipe e Presidente do Movimento de Libertação da República Democrática do Congo. São Tomé e Príncipe (MLSP), Jorge Bom Jesus, em visita oficial à República da Guiné Equatorial.http://www.stp-press.st/2020/02/26/jorge-bom-jesus-recebido-por-presidente-obiang-nguema-no-acerto-do-petroleo-equato-saotomense/
  


Nenhum comentário :