expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quarta-feira, 25 de março de 2020

Coronavirus – São Tomé e Principe – Perdão da dívida pública - As instituições financeiras mundiais colocam a Guiné-Bissau, Moçambique, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe na lista dos países que devem beneficiar do perdão imediato da dívida para estarem libertos para o combate à Covid-19.

Jorge Trabulo Marques - Jornalista UM BÓNUS ÀS ILHAS MARAVILHA DO EQUADOR PARA ALIVIAR UMA DAS MUITAS PREOCUPAÇÕES HERDADAS PELO GOVERNO DE JORGE BOM JESUS



Em uma declaração conjunta, as duas instituições pediram aos credores que suspendam os pagamentos emitidos pelos países membros da Associação Internacional de Desenvolvimento (AID), que representam um quarto da população mundial e dois terços das populações que vivem em um estado de pobreza. extrema pobreza.

Com efeito imediato, e consistente com as leis nacionais dos países credores, o Grupo BM e o FMI apelam a todos os credores oficiais bilaterais que suspendam os pagamentos de dívida dos países [abrangidos pela] Associação para o Desenvolvimento Internacional (IDA, na sigla em inglês) que assim o solicitem”, lê-se num comunicado conjunto difundido hoje em Washington pelas duas instituições financeiras internacionais.

A IDA é uma instituição que funciona no âmbito do Banco Mundial com a missão de apoiar os 76 países mais pobres, entre os quais estão todos os países


“Isso ajudará os países da AID a resolver suas necessidades imediatas de caixa, a fim de superar os desafios impostos pela epidemia de coronavírus e a reservar um tempo para avaliar o impacto da crise e as necessidades de financiamento de cada país. Disse o FMI e o Banco Mundial em comunicado.
Entre os países membros da AID, existem muitos estados africanos que foram relativamente intocados pela epidemia de coronavírus, mas onde os casos estão começando a se multiplicar.- Entre as fontes que consultámos -https://fr.reuters.com/article/businessNews/idFRKBN21C2IS

Nenhum comentário :