expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Alda Graça do Espírito Santo, completaria hoje 92 anos que se fosse viva

Jorge Trabulo Marques - Jornalista




Rostos infantis alegres e lindos outros mais pensativos, mas também muito queridos, de Uba-Budo e Malanza, agora com mais seis anos, que a Grande Mãe Santomense, Alda Graça do Espírito Santo, gostaria de ter ao seu lado. Se hoje fosse viva, completaria 92 anos - Faleceu em 10 de Março de 2010.
(....)Canta, criança minha
teu sonho gritante
na areia distante
da praia morena.

Teu teto de andala
à berma da praia.
Teu ninho deserto
em dias de feira.
Mamã tua, menino
na luta da vida
gamã pixi à cabeça
na faina do dia
maninho pequeno, no dorso ambulante
e tu, sonho meu, na areia morena
camisa rasgada,
no lote da vida,
na longa espera, duma perna inchada
Mamã caminhando p'ra venda do peixe
e tu, na canoa das águas marinhas .


Nascida em Abril de 1926, Alda Espírito Santo, também conhecida por Alda Graça, foi educada em Portugal e é uma figura emblemática da luta pela independência de São Tomé e Príncipe. Foi pela causa nacionalista que interrompeu os estudos universitários. Depois da independência, manteve-se como destacada figura política, desempenhando cargos de ministra (Educação, Cultura e Informação), de deputada e de presidente da Assembleia Municipal. Foi ainda presidente do Fórum das Mulheres são-tomenses e da União de Escritores e Artistas do país. https://www.dn.pt/…/alda-espirito-santo-era-a-voz-feminina-…




São Tomé e Principe - De 11 para 14 casos Covd-19 - É importante prevenir mas não exagerar – Não se devem copiar figurinos que não se coadunem com a realidade da vida pacifica do povo e da sua insularidade – E muito menos transformar a vida das populações num estado de sítio, com reforço a outros meios que não sejam os habituais


Jorge Trabulo Marques Jornalista – Estamos no Facebook, com diversa informação 




O povo mais carente, continua alimentar-se da bananeira do quintal e pouco mais, à luz da vela e de vigílias prolongadas, entregue às suas orações: temos informações que, o agravamento de medidas restritivas,
com o recolher obrigatório em todo o território nacional, entre as 19 e as 5 horas da manhã, está  a gerar algumas tensões e estados de angústia e de instabilidade, que já teriam provocado alguns conflitos.  



Não é  reprimindo  a  liberdade  do Povo que pode evitar-se o mal-estar ou o descontentamento social.  O governo deve ser cauteloso e saber gerir, com serenidade e prudência,  os ecos do da pânico-pandemia que chegam do exterior.  Ter bem presente que os estados de depressão, também dão cabo da vida às pessoas  com graves implicações nos comportamentos na saúde. 



Não é em S. Tomé 
Não é em S. Tomé
O CORONAVIRUS  É O 19º  -   Ainda é  um virus mal conhecido mas não se devem esquecer os estragos provocados pelas gripes sazonais.  De referir que  "a OMS declarou com razão o coronavírus como uma "emergência de saúde pública de interesse internacional".  A CDC dos EUA, em um boletim de 31 de janeiro de 2020, alertou o público para não baixar o aviso contra a gripe - que causou pelo menos  9 a 45 milhões de doenças, entre 140.000 a 810.000 hospitalizações e entre 12.000 a 61.000 mortes anualmente desde 2010. Fonte:  https://www.cdc.gov/flu/about/burden/index. htm


How Does the 2018-2019 Flu Season Compare to Last Year's Deadly Season?

Angola 
Desconhece-se o pais

Noutra noticia é dito que "O CDC estima que até agora na temporada de gripe deste ano - de 1º de outubro a 19 de janeiro - houve 9,8 a 11,4 milhões de doenças, 4,6 a 5,4 milhões de consultas médicas e 113.000 a 136.000 hospitalizações relacionadas à gripe.

Essas estimativas são preliminares e baseiam-se nos relatórios semanais de vigilância de influenza do CDC.
https://people.com/health/2019-flu-season/


SEGURANÇA REFORÇADA COM  PELOTÕES  MILITARES?

Confesso que não gostaria de estar na pele de qualquer governo, face o alarmismo criado em todo o mundo. Com uma tal alarido global não é fácil governar e tomar medidas sensatas.

No caso especifico de STP, até parece  que não se aprendeu com o cerco à AN. 
Diz o Téla Nón, que "Evaristo Carvalho, explica que convocou o exército e a guarda costeira, porque o efectivo das forças de segurança(polícias e outras forças para-militares), é insuficiente para dar cobertura ao Estado de Emergência em vigor – .
Mas que ideia esta?... “Colocar militares em pontos estratégicos como portos, aeroportos, banco central, serviços de abastecimentos personalizados como água, electricidade, o centro de abastecimento de combustível», pontua o Presidente da República no seu decreto de 24 de Abril.https://www.telanon.info/politica/2020/04/25/31568/comandante-supremo-coloca-militares-na-rua-para-impor-ordem-no-combate-contra-a-covid-19/

A  TROPA EM TEMPO DE  PANDEMIA  CHAMADA A DESEMPENHAR ACÇÕES CÍVICAS – MAS NÃO PARA REPRIMIR AS POPULAÇÕES

Portugal segue o exemplo espanhol, em que, os militares, foram chamados para desempenhar 500 lares de idosos desde o início da implementação das medidas especiais.
Foi noticiado , que, as hierarquias militares vão lançar uma “operação gigantesca” em cerca de 800 escolas, incluindo a desinfeção de escolas antes de reabrirem as aulas do 11.º e 12.º anos, anunciou hoje o Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA). https://www.msn.com/pt-pt/noticias/ultimas/covid-19-militares-desinfetam-escolas-antes-do-regresso-de-aulas-no-11%C2%BA-e-12%C2%BA/ar-BB12ZsU0.

Há, pois, que seguir as recomendações médicas, manter a serenidade  e o bom humor , até porque, os estados de depressão, também matam severamente, enquanto as pessoas bem humoradas ou confiantes nas suas crenças, reforçam mais facilmente as suas defesas.


Compare-se o gráfico com outras doenças 
Nas ilhas, só entram doenças externas se as autoridades descurarem os acessos aéreos e marítimos Há doenças, como o paludismo, que têm feito grandes estragos, além de outras doenças tropicais -Esgotos e lixeiras a céu aberto, mercados com esteiras no chão e sem uma casa de banho acessível. O mercado municipal, herança do Governador Carlos Gorgulho, é um sufoco, num estado deplorável e tudo a monte. Nas imediações, a venda ao ar livre, só visto. As imagens, que ali fiz, deixaram-me arrepiado

Ainda o que vai valendo são as ONGs e outros apoios internacionais - O tradicional "moli-moli" tem-se estendido também a alguma passividade dos governantes .

Refere a Agência STP; que sobe de 11 para 14 casos positivos de infeções do coronavírus 19 , dos quais, 4 já recuperados, 8 internados e 2 casos activos em isolamento, segundo boletim diário sobre pandemia divulgado na tarde de hoje, quarta-feira, 29, pela equipa do ministério da Saúde liderada por ministro da tutela, Edgar Neves e directora dos Cuidados da Saúde, Feliciana Pontes.

Quanto aos casos de Covid-19 positivos acumulados, o boletim informativo revela um total de 14 casos positivos acumulados, dos quais, 4 casos recuperados, 8 casos activos [pacientes internados por Covid-19] e 2 casos activos [pacientes em isolamento].
Relativamente aos testes realizados terça-feira, dia 28 o documento revela um registo total de 5, sendo, 2 testes rápidos negativos e 3 testes rápidos positivos.
Relativamente aos dados acumulados em termos de testes realizados por PCR, os dados mantiveram inalteráveis com um anuncio total de 119 testes por PCR, sendo, 114 testes negativos, 4 testes confirmados, 1 teste inconclusivo.
Quanto aos testes rápidos efetuados já no País, o diário informativo do ministério sobre coronavírus anuncia um total de 45 testes que resultaram em 35 testes rápidos negativos e 10 testes rápidos positivos.
O boletim de hoje faz ainda referência a 4 pacientes suspeitos no SR [Sintomático Respiratório] bem como 67 em contatos de seguimento e zero óbitos. Texto: Ricardo Neto e Leonel Mendes Texto: Ricardo Neto e Leonel Mendes.

quarta-feira, 29 de abril de 2020

Dia Mundial da Dança - 2020 - Temos promovido a Dança nos Templos do Sol, aldeia de Chãs, V. N. De Foz Côa – Nas celebrações dos Equinócios e Solsticios -

Jorge Trabulo Marques - Jornalista e investigador 



Além de danças, que espontaneamente surgem na alegria do esplendorosos momentos, que ali celebramos,também já pudemos contar   com Amalgama - Companhia de Dança e com um grupo de bailarinos da Companhia de dança de Lisboa, junto dos monumentos pré-históricos, existentes no Maciço dos Tambores, nos arredores da aldeia de Chãs, de Vila Nova de Foz Côa, alinhados com o nascer do sol dos equinócios da Primavera e do Outono, e com o pôr-do-sol e o nascer do sol, no solstício do verão e do Inverno.


Retratar o belo, a graciosidade de um movimento,  a harmonia de uma expressão. Estes os ideais dos bailarinos que integram a Companhia de Dança de Lisboa – Mas também este o mesmo espírito que ali levou a Amalgama Companhia de  Dança - Que aceitaram trocar o bulício da capital para rumarem quase ao Norte do país e associarem-se a uma celebração que pretende  evocar tradições antigas, aproximar o homem do fluxo das energias da Terra, dos  verdadeiros ritos da Natureza  e saudar a estação mais romântica do ano.






É um local mágico e faz parte dos poucos lugares da terra onde  a beleza e o esplendor solar se podem repetir à mesma hora e com a mesma imagem contemplativa de há vários milénios.  .

O convite tem sido dirigido não só  à população da aldeia e às gentes do concelho e redondezas, convidando-as a evocar as festas dos ciclos da natureza dos seus antepassados, fazendo com que as mesmas continuem a fazer parte do seu património cultural, como também a  todos aqueles que se interessam pelo estudo e pesquisa do passado longínquo da História do Homem e das particularidades desta região, cheia de um passado riquíssimo, contribuindo com o seu testemunho e partilhando num acontecimento de rara beleza e significado. Se as condições atmosféricas o permitirem, a organização está confiante de que os participantes, poderão ali viver momentos de raro esplendor, alegria e misticismo, tal como, nos tempos idos, os seus antepassados, quando ali se reuniam para agradecerem às suas divindades ( em especial à Deusa-Mãe) os frutos que a terra lhes oferecia. 

terça-feira, 28 de abril de 2020

Gripe vs Coronavírus-19: Qual deles é mais perigoso? Muitos profissionais de saúde estão justamente preocupados com o novo coronavírus, apelidado pela OMS como "COVID-19". É uma realidade totalmente nova para todos. Mas em termos de números reais, a gripe comum representa uma ameaça maior à saúde do resto do mundo do que o novo coronavírus, dizem especialistas do CDC

JORGE TRABULO MARQUES - Jornalista

 
EMERGÊNCIA DE SAÚDE: A OMS declarou com razão o coronavírus como uma "emergência de saúde pública de interesse internacional".  A CDC dos EUA, em um boletim de 31 de janeiro de 2020, alertou o público para não baixar a guarda contra a gripe - que causou pelo menos  9 a 45 milhões de doenças, entre 140.000 a 810.000 hospitalizações e entre 12.000 a 61.000 mortes anualmente desde 2010. Fonte:  https://www.cdc.gov/flu/about/burden/index. htm

Não é em S. Tomé 
Não é em S. Tomé
O CORONAVIRUS  É O 19º  -   Ainda é  um virus mal conhecido mas não se devem esquecer os estragos provocados pelas gripes sazonais. 

How Does the 2018-2019 Flu Season Compare to Last Year's Deadly Season?

Angola 
Desconhece-se o pais

Noutra noticia é dito que "O CDC estima que até agora na temporada de gripe deste ano - de 1º de outubro a 19 de janeiro - houve 9,8 a 11,4 milhões de doenças, 4,6 a 5,4 milhões de consultas médicas e 113.000 a 136.000 hospitalizações relacionadas à gripe.

Essas estimativas são preliminares e baseiam-se nos relatórios semanais de vigilância de influenza do CDC.
https://people.com/health/2019-flu-season/

 NÃO SE DEIXE DERROTAR - PELO DESÂNIMO  - O Poeta e Declamador Português, Euclides Cavaco, dá-lhe algumas dicas neste belo vídeo




As maiores consequências da atual pandemia,  além dos que adoecem com a doença e morrem, também há muitos danos colaterais. O desemprego está subindo rapidamente. As contas de assistência médica estão se acumulando. As empresas estão dispensando ou demitindo trabalhadores
.
Dado tratar-se de uma nova doença, que ainda continua a suscitar mais dúvidas de que certezas, com reflexos inesperados não só aos que apresentam sintomas mas também aos que podem ser portadores e se revelarem assintomáticos,   fenómenos estes que  têm vindo a provocar estados de ansiedade e de pânico nas populações, bem como a ignorar outras doenças não menos perturbadoras e perigosas, que parecem agora passar despercebidas nas estatísticas. 

Há, pois, que seguir as recomendações médicas, manter a serenidade  e o bom humor , até porque, os estados de depressão, também matam severamente, enquanto as pessoas bem humoradas ou confiantes nas suas crenças, reforçam mais facilmente as suas defesas.

COVID-19 “Como as pessoas estão espalhando coronavirus sem sintomas?” - Governo santomense, também se preocupa com os assintomáticos.   Esta a questão colocada por especialistas  “Sabemos que nem todo mundo que entra em contato com o novo coronavírus acaba ficando doente. Mas quantas pessoas por aí têm o vírus e estão se sentindo bem - e talvez o estejam espalhando sem saber para outras pessoas?

Os espalhadores silenciosos estão desempenhando um papel significativo na pandemia, alertam especialistas – Mas este é também o mesmo problema da Gripe e de outras doenças infecto-contagiosas


Novo coronavírus parece 'menos grave' do que a SARS, diz médico francês
O médico responsável pelo tratamento de dois pacientes hospitalares de Paris para o novo vírus da China disse no sábado que a doença parece menos grave do que surtos comparáveis ​​do passado e que a chance de uma epidemia européia parece fraca nesta fase.

Ainda assim, a França continuava preocupada com seus cidadãos em Wuhan , a cidade chinesa agora fechada onde o surto começou. O Ministério das Relações Exteriores da França disse no sábado que autoridades francesas e chinesas estão estudando "eventuais opções que permitiriam aos nacionais que desejam sair".

O consulado francês em Wuhan está em constante contato com os cidadãos, disse o Ministério das Relações Exteriores, sem dizer quantos deles estão na cidade.
A partir de domingo, as equipes médicas estarão nos aeroportos da França, principalmente Charles de Gaulle, em Paris, para ajudar os passageiros que chegam de várias cidades chinesas com perguntas, preocupações ou necessidades médicas, disse Salomon, chefe de saúde.

Esta doença é muito menos grave - e não dizemos isso com base em dois pacientes, mas conversando com nossos colegas internacionais - do que, por exemplo, a SARS", disse Yazdanpaneh, referindo-se ao surto de 2002 da síndrome respiratória aguda grave que matou centenas de pessoas.
Atualmente, acredita-se que a taxa de mortalidade pela doença viral identificada na China no mês passado seja inferior a 5%, enquanto era o dobro da SARS, disse ele.
Ele disse que o mers coronavírus na Arábia Saudita também parece mais grave do que o vírus na China.
O homem e a mulher que receberam atendimento em Paris foram levados para Bichat na manhã de sexta-feira e
os testes para o coronavírus eram positivos à noite, disse Yazdanpaneh.
As duas salas em que estão sendo atendidas são as chamadas salas de pressão negativa que o ar entra, mas não pode escapar para se proteger contra a transmissão. Bichat tem sete desses quartos. https://www.france24.com/en/20200125-new-coronavirus-appears-less-serious-than-sars-says-french-doctor

Este era o aviso lançado o ano em Setembro do ano passado, pela OMS
LONDRES (Reuters) - O mundo está enfrentando uma ameaça crescente de pandemias de doenças que podem matar milhões e causar estragos na economia global, alertou um painel internacional de especialistas, e os governos devem trabalhar para se preparar e mitigar esse risco.
"A ameaça de uma pandemia que se espalha pelo mundo é real", afirmou o grupo em um relatório divulgado na quarta-feira. "Um patógeno de movimento rápido tem o potencial de matar dezenas de milhões de pessoas, perturbar economias e desestabilizar a segurança nacional."
Gro Harlem Brundtland, ex-chefe da OMS que co-presidiu o conselho, acrescentou que as abordagens atuais para emergências de doenças e saúde são "caracterizadas por um ciclo de pânico e negligência".
O relatório citou a pandemia de "gripe espanhola" de 1918, que matou cerca de 50 milhões de pessoas. Com um grande número de pessoas atravessando o mundo em aviões todos os dias, um surto aéreo equivalente agora poderia se espalhar globalmente em menos de 36 horas e matar cerca de 50 a 80 milhões de pessoas, destruindo quase 5% da economia global. disse.
No caso de uma pandemia, muitos sistemas nacionais de saúde - particularmente nos países pobres - entrariam em colapso
.
"A pobreza e a fragilidade exacerbam os surtos de doenças infecciosas e ajudam a criar as condições para que as pandemias ocorram", disse Axel van Trotsenburg, diretor executivo interino do Banco Mundial e membro do painel.
Convocando os governos a “seguirem as lições que esses surtos estão nos ensinando” e a “consertar o teto antes que a chuva chegue”, Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, disse que deveriam investir no fortalecimento dos sistemas de saúde, aumentar os fundos para pesquisas em novas tecnologias, aprimore os sistemas de coordenação e comunicação rápida e monitore o progresso continuamente.
A OMS também alertou no início deste ano que outra pandemia de gripe - causada por vírus transmitidos pelo ar - é inevitável e disse que o mundo deve se preparar para isso. https://www.reuters.com/article/us-health-pandemics/world-at-risk-of-pandemics-that-could-kill-millions-panel-warns-idUSKBN1W22T4


Qual a diferença entre esse coronavírus (COVID-19) e a gripe?
O COVID-19 é um novo tipo de coronavírus, surgindo no final de 2019. Por ser um novo vírus, os profissionais de saúde pública ainda estão aprendendo mais sobre sua transmissão, sintomas e gravidade. Até o momento, é mais provável que a gripe apareça com rápido início de doença, febre alta e dor de cabeça e dores no corpo proeminentes. Por outro lado, o COVID-19 pode apresentar início mais lento da doença, dor de cabeça leve e dor no corpo e febre leve / ausente.
.Qual a diferença entre esse coronavírus (COVID-19) e a gripe?
O COVID-19 é um novo tipo de coronavírus, surgindo no final de 2019. Por ser um novo vírus, os profissionais de saúde pública ainda estão aprendendo mais sobre sua transmissão, sintomas e gravidade. Até o momento, é mais provável que a gripe apareça com rápido início de doença, febre alta e dor de cabeça e dores no corpo proeminentes. Por outro lado, o COVID-19 pode apresentar início mais lento da doença, dor de cabeça leve e dor no corpo e febre leve / ausente.
Coronavírus versus gripe: qual é a maior ameaça?
Esta é uma pergunta muito difícil de responder, pois não há resposta universal. Com base no que sabemos atualmente sobre a gripe (influenza) e a doença COVID-19 (coronavírus), sobre a qual continuamos a aprender mais, ambos podem apresentar problemas para os mais jovens, idosos e pessoas com condições médicas subjacentes. https://www.ynhhs.org/patient-care/urgent-care/flu-or-coronavirus


GE TRABULO MARQUES - Jornalista

Covid-19 - No convívio fratermo com o mais fiel amigo


 Jorge Trabulo Marques


Neste mundo incerto e confuso em que mais perguntas
do que as respostas que te oferecem às tuas dúvidas
Nas horas de fraqueza em que porventura te sintas vacilar
Não te importes de deixar circular o silêncio à tua volta!
Cada dia, que raia, é sempre um novo dia de luz e vida
Conforta a tua alma em plena paz e liberdade de espírito!
Ou então busca refugiar-te junto daquele teu fiel amigo,
Que nunca te fará perguntas incómodas e estará de olhar
sempre ao teu lado e sempre, dando os afetos que precisas
não te exigindo mais que mero alimento ou côdea em troca

 

domingo, 26 de abril de 2020

Lisboa, nos versos de Pessoa - E os fadistas nas esquinas, as pombinhas da Praça da Figueira, perseguidas, têm levado sumiço

Jorge Trabulo Marques - Jornalista


Lisboa, nos versos de Pessoa  - E os fadistas nas esquinas, as pombinhas da Praça da Figueira, perseguidas, têm levado sumiço, mas ainda cantada pelos versos de Pessoa

"A Praça
A praça da Figueira de manhã,
Quando o dia é de sol (como acontece
Sempre em Lisboa), nunca em mim esquece,
Embora seja uma memória vã.

Há tanta coisa mais interessante
Que aquele lugar lógico e plebeu,
Mas amo aquilo, mesmo aqui ... Sei eu
Por que o amo? Não importa. Adiante ...

Isto de sensações só vale a pena
Se a gente se não põe a olhar para elas.
Nenhuma delas em mim serena...

De resto, nada em mim é certo e está
De acordo comigo próprio. As horas belas
São as dos outros ou as que não há.

Álvaro de Campos, in "Poemas"
Heterónimo de Fernando Pessoa




Grândola Vila Morena –25 de Abril 2020- cantada do meu terraço sobre a cidade – Às três da tarde do dia 25 de Abril



Foi assim,  às três da tarde, que celebrei do terraço da minha humilde mansarda, em pleno coração da cidade de Lisboa, 0 46º aniversário do 25 de Abril, cantado alguns estrofes do coro de Grândola, Vila Morena – De Zeca Afonso



Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
José Afonso

OS HERÓIS DE ABRIL NÃO PODEM SER IGNORADOS OU ESQUECIDOS - Assim também o diz esta bela evocação de Euclides Cavaco