expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quarta-feira, 22 de abril de 2020

BRASIL – Descoberto há 520 anos por Pedro Álvares Cabral - Com evocação poética de Euclides Cavaco


Uma data que marcaria a expansão das descobertas pelos navegadores portugueses. O  Brasil é o maior país da América do Sul, com 200 milhões de habitantes e a capital em Brasília. O país tem uma área 92 vezes maior que Portugal. Foi descoberto, a 22 de Abril,  em 1500 por Pedro Álvares Cabral, que lhe chamou terra de Vera Cruz.
É referido por estudiosos que, “treze embarcações partem de Lisboa, no dia 9 de março de 1500, com mantimentos para mais de dezoito meses, e cerca de mil e quatrocentos homens. No comando estava o fidalgo Pedro Álvares Cabral, acompanhado de estudiosos como o navegador Duarte Pacheco Pereira.
Assim, em 22 de março, os navegantes contornaram a Ilha de Cabo Verde de onde seguiram para oeste, atravessando o Oceano Atlântico.
BRASIL E PORTUGAL - Poema e voz de Euclides Cavaco. - Em Video elaborado pelo seu amigo o videógrafo  Afonso Brandão.


Por muito tempo, acreditou-se que essas terras teriam sido descobertas casualmente. No entanto, a experiência dos navegadores revela que eles não se perderiam tão facilmente. Igualmente, segundo os diários de bordo, nenhuma tempestade foi registrad

Chegando ao litoral sul do atual estado da Bahia, as caravelas da esquadra portuguesa avistaram um monte, o qual foi batizado de Monte Pascoal. Nessa data, 22 de abril, uma pequena incursão da frota aportaria no litoral, local que ficou conhecido como Porto Seguro.
Imediatamente, Gaspar de Lemos, navegador veterano e comandante da naveta de mantimentos, recebeu ordens de retornar a Portugal. Ele entregaria o relato de Pero Vaz de Caminha, a famosa Carta, ao rei Dom Manuel I sobre o achamento do Brasil. https://www.todamateria.com.br/descobrimento-do-brasil/

Grandes navegações
A chegada dos portugueses ao Brasil está relacionada com um processo que se estendeu ao longo do século XV e ficou conhecido como grandes navegações — o conjunto das navegações realizadas pelos portugueses no Oceano Atlântico.
Essas expedições resultaram em inúmeras descobertas, e Portugal foi o país pioneiro na navegação atlântica porque reuniu condições para que isso acontecesse, a começar pelas questões políticas. Portugal era um país estável e não passava por turbulências políticas desde a Revolução de Avis (quando a dinastia de Avis foi entronizada).
Além disso, Portugal tinha o território consolidado desde o século XIII, quando os mouros foram expulsos da região do Algarve. Essa estabilidade política não era compartilhada por nações vizinhas, como Espanha, Inglaterra e França. Além disso, ela permitia o desenvolvimento comercial e tecnológico, que, no caso português, reverteu-se em melhorias náuticas.


Portugal tinha um comércio muito desenvolvimento porque a localização de sua capital, Lisboa, tornava-a um centro comercial importante. Na questão do comércio também estava inclusa a necessidade dos europeus de manter contato com a Índia, região na Ásia em que eram obtidas as especiarias, mercadorias muito valorizadas na Europa.

A rota tradicional, que passava por Constantinopla, tinha sido fechada pelos otomanos quando conquistaram a cidade em 1453. Os portugueses passaram a investir na navegação atlântica para que pudessem encontrar uma rota contornando o litoral do continente africano. Ao longo do século XV, eles tentaram contornar a costa sul da África, e só conseguiram em 1488.
Outro feito realizado por Portugal no percurso das grandes navegações foi a descoberta de locais, como Canárias, Madeira, Açores e Cabo Verde. À medida que o oceano era desbravado, o ímpeto de exploração aumentava e o interesse pelo lucro mobilizava homens como Cristóvão Colombo, genovês que conseguiu financiamento espanhol. https://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-do-descobrimento-do-brasil.htm



Nenhum comentário :