expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

segunda-feira, 6 de abril de 2020

Covid-19: São Tomé e Príncipe, ainda na lista de países sem casos de coronavírus - Um dos raros laboratórios do mundo de medicina natural ao céu aberto - PM PREVÊ PROGRAMA DE 65 MILHÕES EUROS PARA PÓS-DOENÇA

Jorge Trabulo Marques - Jornalista




O Primeiro Ministro, Jorge  Bom Jesus, quer que o seu país, continue  a figurar na lista de Países que ainda não têm casos de coronavírus”, declarou sexta-feira, no final de mais uma reunião do comité de crise face a pandemia.

Tendo sublinhado que “esta doença é muito séria” que o seu governo “tem estado a acompanhar o seu alastramento ao nível mundial e tudo estamos a fazer para que ela não chegue às nossas fronteiras”.
Tendo agradecido “todos órgãos da soberania, partidos políticos, sociedade civil e todos aqueles que têm ajudado o governo neste processo de prevenção da doença”, http://www.stp-press.st/2020/04/04/covid-19-sao-tome-e-principe-quer-continuar-na-lista-de-paises-sem-casos-de-coronavirus/

Dos nove países que compõem a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) – todos falando a dita língua menos a Guiné Equatorial – apenas São Tomé e Príncipe se mantém irredutivelmente sem registar qualquer caso de Covid-19, apesar do susto em que vive uma parte substancial da comunidade portuguesa ali radicada. Apesar disso, e segundo relatos dali oriundos, há portugueses que querem regressar, numa altura em que uma série de serviços estão já em regime de contenção e, por isso mesmo, fechado


O problema é que as viagens de avião deixaram de cumprir a regularidade que mantinham até aqui: com viagens diretas para Portugal, havia dois voos semanais da TAP (ida e volta cerca de três horas depois da chegada) e um da STP Airways – que opera com aviões da EuroAtlantic, uma vez que neste momento a companhia de bandeira são-tomense está proibida de voar para a Europa com os seus aparelhos. https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/sao-tome-e-principe-ultima-fronteira-da-covid-19-na-lusofonia-571197


OS RECURSOS DA MEDICINA NATURAL NAS ILHAS SÃO ENORMÍSSIMOS – Há que saber aproveitá-los, também para o exterior. E, de facto, bom era que se apostasse, seriamente, nos imensos recursos da agricultura, nomeadamente nas plantas, que pudessem ser aproveitadas, não só para a tradicional medicina natural,como  na industria farmacêutica 

O Governo reconhece a necessidade de diversificar  a agricultura - Em Setembro passado era o responsável pela pasta da agricultura a reconhece a necessidade de se avançar o sector: 

"De acordo com dados do ministério da Agricultura Desenvolvimento Rural, a economia são-tomense é muito pouco diversificada e agricultura continua a ser o sector predominante com uma contribuição de cerca de 20 por cento para o Produto Interno Bruto (PIB) nacional, sendo o sector agrícola responsável por quase 60 por cento da população ativa e é praticada por pequenos agricultores. http://www.stp-press.st/2019/09/11/ministro-de-agricultura-defende-aposta-na-producao-interna-como-forma-de-se-reduzir-importacoes/


São Tomé e Príncipe  é  considerado “ Um imenso laboratório farmacêutico que  brota da terra,  muito estudado por botânicos e investigadores mas muito mal aproveitado, senão apenas pelos especialistas de medicina natural,os terapeutas tradicionais, conhecidos como “tchiladô ventosa, que recolhem da floresta, da   variadíssima flora das ilhas (desde as ervas, arbustos e árvores)os mais díspares ingredientes naturais para o tratamento e cura das  mais diversas doenças  

Nenhum comentário :