expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quinta-feira, 16 de abril de 2020

São Tomé e Principe "Amanhã serei Homem" - Os meninos da cidade adoram a sua Baía Ana Chaves - Agora privados da liberdade


Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Estamos no Facebook onde postamos com mais regularidade 


Gostam de saborear os frutos da terra, de brincar e de se espraiarem no azul do mar . Menino negro de rosto e corpo de veludo e da cor do ébano! Agora sem liberdade e às voltas com a vida remetida ao quintal de sua humilde cubata alpendrada . – A pobreza não é crime ,a pobreza é ter fome e não encontrar comida.

"AMANHÃ SEREI HOMEM"

"Sou criança 
Mas penso que amanhã serei 
Homem.
Um homem  que há-de ocupar
o lugar de outro homem que sai.

Ocupar e lutar!
Lutar, lutar|
Mas lutar sem armas
Lutar com paz para viver em paz
Para acabar com a fome
a miséria, a guerra,
os maus vicios , o ódio
e acabar com todos 
os sabotadores.

Para termos uma terra sã
De homens e meninos
saudáveis e bons"

- Do livro Antologia Poética Juvenil de São Tomé e Principe - 1977



A nação de São Tomé e Príncipe abrange duas ilhas e vários ilhéus - principalmente desabitados - ilhotas no Golfo da Guiné. Com mais de 70% de suas 197.700 pessoas com idades entre 15 e 64 anos , o país é predominantemente jovem. Devido ao seu pequeno tamanho, localização e paisagem irregular, São Tomé é propensa a riscos naturais e mudanças climáticas que afetam negativamente a agricultura, dificultam o transporte e destroem a infraestrutura.
Dos 189 países, ficou em 137º no Relatório de Desenvolvimento Humano 2019 do PNUD , colocando-o na categoria de desenvolvimento humano médio. No entanto, mais de 65% da população vive abaixo da linha de pobreza nacional de US $ 3,20 e 33% vive com menos de US $ 1,90 por dia. Erradicar a pobreza extrema e a fome continua sendo um dos maiores desafios do país. https://www.wfp.org/countries/sao-tome-and-principe



Nenhum comentário :