expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, 10 de junho de 2020 - "Portugal no Mundo" - A "cerimónia simbólica" contará com as intervenções de Marcelo Rebelo de Sousa e do Cardeal D. Tolentino Mendonça. A RTP vai dedicar uma edição especial do programa “Portugal no Mundo”, Neste post – Três récitas do poeta e declamador Euclides Cavaco


JORGE TRABULO MARQUES - JORNALISTA 


"Amor é um fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói, e não se sente;
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.

 É um não querer mais que bem querer;
é um andar solitário entre a gente;
é nunca contentar se de contente;
é um cuidar que ganha em se perder.

 É querer estar preso por vontade;
é servir a quem vence, o vencedor;
é ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,

se tão contrário a si é o mesmo Amor?! "

10  de Junho 2020  - Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, "Portugal no Mundo" - A "cerimónia simbólica" contará com as intervenções de Marcelo Rebelo de Sousa e do Cardeal D. Tolentino Mendonça.  A RTP vai dedicar uma edição  especial  do programa “Portugal no Mundo” – Neste post –  Três récitas do poeta e declamador Euclides Cavaco


“Haverá 10 de Junho, celebrado com o bom- senso 

Como é do conhecimento público, o  Presidente  da República, decidiu cancelar as comemorações do 10 de Junho, que iam decorrer na Madeira e na África do Sul. A decisão foi anunciada por carta ao Presidente da AR e ao primeiro-ministro

O Ministério dos Negócios Estrangeiros propôs à Rádio e Televisão de Portugal -RTP uma colaboração para assinalar o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, como a transmissão de uma edição especial do programa “Portugal no Mundo”, que será transmitida em simultâneo na RTP Internacional e na RTP1 no final da manhã e durante o período da tarde do dia 10 de junho.



As Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que   estavam previstas  decorrer  na Ilha da Madeira e junto da comunidade portuguesa na África do Sul,  vão realizar-se num “cerimónia simbólica” no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

Segundo uma nota publicada esta segunda-feira no site da Presidência da República, as comemorações terão início pelas 11h no exterior do mosteiro, onde decorrerá “a Cerimónia do Içar da Bandeira Nacional, “com a execução do Hino Nacional, 21 salvas por unidade naval da Armada Portuguesa fundeada no rio Tejo e sobrevoo de homenagem por uma esquadrilha de aeronaves F-16 da Força Aérea

Após a visita à Igreja de Santa Maria de Belém, onde Marcelo Rebelo de Sousa irá depositar uma coroa no túmulo de Luís Vaz da Camões, o Cardeal D. José Tolentino Mendonça, que preside a Comissão Organizadora do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.Marcelo discursará de seguida, no final das celebrações. As celebrações estiveram inicialmente previstas realizar na Região Autónoma da Madeira e África do Sul, porém, segundo a mesma nota, “foram alteradas para assim respeitar as regras de precaução  https://ionline.sapo.pt/artigo/698579/dia-de-portugal-de-camoes-e-das-comunidades-portuguesas-e-comemorado-com-cerimonia-simbolica?seccao=Portugal



 Euclides Cavaco – Prestigiado Poeta e declamador – Intérprete do sentir da alma portuguesa, com belas imagens do nosso património histórico, arquitectónico e paisagístico  e a nostalgia dos sons da guitarra, dedica três récitas ao Dia de Portugal - Camões - Pátria é a Língua Portuguesa


Nasceu no concelho de Mira, distrito de Coimbra onde concluiu a instrução primária. Devido a carências económicas não lhe foi possível ingressar de imediato nos estudos secundários como tanto desejava. A sua vontade persistente de estudar era manifesta, por isso ainda muito jovem decidiu ir para Lisboa a fim de arranjar um emprego e conciliar este seu grande sonho de estudar. Assim trabalhando de dia e estudando à noite , concluiu em Lisboa o curso geral dos liceus e frequentou posteriormente os estudos superiores.




Vocacionado para a poesia desde tenra idade, os seus primeiros ditos e escritos perderam-se no tempo. É durante os seus anos académicos que a começa a escrever com mais veemência e dela tem feito uma constante da vida. Incondicionalmente apaixonado pelo FADO, foi talvez no FADO que encontrou a sua inspiração maior. Por ele nutre uma transparente admiração consagrando-lhe grande parte da sua obra. Escreve-o para fadistas , declama-o com grande estro poético e essencialmente dá-o a conhecer ao mundo.-

Em 1970 num impulso de aventura optou por se radicar no Canadá onde reside e concluiu o curso em Gestão Administrativa , tendo alcançado com êxito o estatuto de empresário. Desde a sua chegada ao Canadá participou em diversas associações comunitárias e organizou muitíssimos espectáculos. Em 1974 com um grupo de amigos funda o programa de televisão Saudades de Portugal, do qual foi apresentador. Em 1976 , devido ao seu empenhado desvelo na Sociedade Portuguesa, é nomeado Comissário pelo Governo do Ontário. Em 1980 inspira a criação da RÁDIO VOZ DA AMIZADE, de que é director e locutor há mais de 30 anos. Em 1995 lidera a criação institucional da Associação Portuguesa de Profissionais e Comércio na Sociedade Portuguesa.Excerto de https://revistalusofonia.wordpress.com/euclides-cavaco/


Nenhum comentário :