expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Quem sou eu

Minha foto
Entre outros assuntos, falo da escalada ao Pico Cão Grande e das minhas aventuras em canoas – Visam defender a teoria de que antigos povos africanos, podiam ter sido os primeiros povoadores das Ilhas do Golfo da Guiné, antes dos colonizadores – Parti à meia-noite, disfarçado de pescador, ligando a ilha do Príncipe. Para me orientar, uma rudimentar bússola – A canoa era minúscula, à segunda noite adormeci: rolei na escuridão das vagas. No regresso fui distinguido com sopapos da policia salazarista, enviado para os calabouços – Cinco anos depois, numa piroga maior, fiz a ligação São Tomé-Nigéria. Partindo igualmente à noite, 13 dias depois atingia uma praia de Calabar, tendo sido detido 17 dias por suspeita de espionagem. - No mesmo ano, já com São Tomé e Príncipe independente, tentei a travessia São Tomé ao Brasil, usando os mesmos recursos. Além de pretender reforçar a minha teoria, desejava evocar a rota da escravatura e repetir a experiência de Alain Bombard. Porém, quis a ironia do destino que vivesse a difícil provação de um naufrágio de 38 longos dias, tendo aportado numa praia de Bioko (Bococo)onde fui recambiado para a famosa prisão de Black Beach

quinta-feira, 18 de junho de 2020

Solstício do Verão 20-06-2020 - Covid-19 – Cancela reunião de solstício de verão em Stonehenge - Nos templos do Sol. em Chãs, V. Nova de Foz Côa, já conhecidos pelo "Stonehenge Português" mantém-se a tradicional evocação mas condicionada a carácter simbólico, sem o tradicional cortejo druida

 Jorge Trabulo marques - jornalista 


É noticias de que   “as celebrações do solstício de verão deste ano em Stonehenge foram canceladas por causa da proibição de reuniões de massa motivada pelo coronavírus.

Tradicionalmente, cerca de 10.000 pessoas se reuniram no monumento neolítico em Wiltshire, em 21 de junho ou por volta, para marcar o solstício de verão.
A English Heritage disse que estava cancelando o evento "pela segurança e bem-estar dos participantes, voluntários e funcionários".
O druida sênior, o rei Arthur Pendragon, disse que foi decepcionante, mas não surpreendente.
O nascer do sol será transmitido ao vivo nas mídias sociais da English Heritage.

O diretor do Stonehenge, Nichola Tasker, disse: "Nós consultamos amplamente se poderíamos prosseguir com segurança e gostaríamos muito de sediar o evento como de costume, mas, infelizmente, no final, sentimos que não temos escolha a não ser cancelar". https://www.bbc.com/news/uk-england-wiltshire-52619549





No maciço dos Tambores, planalto granítico onde termina a meseta ibérica e começa o chamado Douro maravilhoso, existem vários calendários pré-históricos, alinhados com o nascer e o pôr-do-sol do solsticios do Verão e do Inverno, como também com os equinócios da Primavera e do Outono Desde há vários anos, que ali são realizadas cerimónias evocativas com o primeiro dia de casa estação do ano, a partir das 19-00 horas até por volta das 22 horas - Ou seja. nos arredores da aldeia de Chãs, concelho de Vila Nova de Foz Côa. http://www.vida-e-tempos.com/2020/06/celebracao-do-solsticio-do-verao-20-06.html

Observado de véspera
Este ano, por via do covid-16, está prevista apenas uma singela evocação Todavia, os espaços são amplos e, desde que se respeitem as recomendações sanitárias, todos quantos ali queira deslocar-se, serão bem-vindos, naturalmente 
- No entanto, nem por isso deixaremos de saudarmos a entrada da estação mais desejada do ano, com a leitura de recitais de poemas, junto ao altar do majestoso monumento megalítico  


A Pedra do Solstício tem forma arredondada e, no próximo dia 20, sábado, os raios solares "tocam" o seu eixo imaginário, ficando perpendicularmente alinhados "com a crista do monumental megalítico em forma esférica, o circulo evocativo a nascente e o disco luminoso ao esconder-se a poente

Solstício  do Verão   - "Stonehenge  Português  - Sede Bem vindos aos Templos do Sol - 

Vinde, e sede bem-vindos às portas hospitaleiras da minha aldeia,
à amplidão dos grandes espaços,  aos silenciosos caminhos e atalhos,
trilhos milenares, que vos hão-de  levar  ao reino misterioso
das Quebradas e dos Tambores, vasto planalto sulcado
por cerros morros, semeado por negros penedos,
rasgado por rudes penhascos,
ladeado por muralhas de ladeiras escalvadas,
denegridos flancos muito agrestes, muito abruptos,
coroados por esfíngicos bustos, desnudadas fragas,
hercúleos titãs, figuras míticas e trágicas,
há muito divinizadas por  homens de outrora
e pelos olhares sagrados dos seus deuses
que, em rituais bárbaros, os adoravam e invocavam!

Vinde Ver estes antigos sacrários! Vinde Visitá-los!
Tal como diz o imortal poeta, o iluminado!
Vinde comparar os altares erguidos por nossas mãos
com os sagrados lugares da Natureza, que,
unindo a Terra aos Céus,
não limitam, nem os nossos passos,
nem cerceiam a nossa imaginação,
na infindável procura de se encontrarem,
com paixão e amor,
os laços verdadeiros que nos unem a Deus,
em uníssono diálogo e profundo cântico interior
com a Criação, a Sua Altíssima Vontade,

as Maravilhas e Alegria dos Seus Prodígios!





Nenhum comentário :